Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Dimmer não controla potência corretamente


santanar00

Posts recomendados

Olá pessoal, tudo bem?

 

Eu trabalho em um grupo voluntário e estamos precisando criar um dimmer para lampada de 1000w em 220v com materiais que ganhamos de doação. ganhamos potenciometros lineares   de correr de 50K e seguimos diversos tutoriais no Youtube para montar mas em todos ou não zera a carga, ou não oscila nada ou queima componentes.

 

Alguém por acaso conseguiria me indicar um esquema que de fato possa trabalhar com estes componentes? Posso até pagar pelo projeto, se não sor muito caro porque não temos verba dentro do grupo de voluntários... rsrs !

 

Muito obrigado!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@santanar00 Mostre os circuitos que estava tentando fazer e não deu certo.

A primeira coisa a analisar num circuito desse é ter um triac compatível com essa potência e tensão.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá! Obrigado pela resposta. Nós tentamos seguir os passos dos quatro vídeos abaixo, porém nenhum funcionou corretamente...

 

Basicamente para TRIAC usamos o BTA12, DIAC DB3, resistores e capacitares variando conforme os esquemas, mas nada deu certo... Possivelmente estamos errando no balanço entre o valor do potenciômetro (50K) versus resistores / capacitares, mas como não entendemos muito de eletrônica, não estamos conseguindo resolver...

 

Agradeço de antemão pela ajuda! Se precisar de maiores detalhes, é só falar!

 

 

 

 

 

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

18 minutos atrás, santanar00 disse:

Basicamente para TRIAC usamos o BTA12, DIAC DB3

Sim, tá certo. O BTA12 é para 12 A e 600V, suporta a sua lâmpada de sobra. O DIAC também tá certo, esse aí é o mais usado para esta aplicação.

 

19 minutos atrás, santanar00 disse:

Possivelmente estamos errando no balanço entre o valor do potenciômetro (50K)

O maior problema é que 50K é pouco, geralmente usam potenciômetros de 220 ou 470k quando se deseja que a lâmpada vá do mínimo ao máximo.

Aliás, fazer isso num dimmer comum como esses postados no vídeo, com corrente e tensão alta com essa da sua lâmpada é mais complicado, pois geralmente os dimmers atingem somente uma faixa.

Se conseguir um potenciômetro de maior valor, pode tentar montar os circuitos outra vez.

 

Já, se insistir no potenciômetro de 50k, penso que o circuito abaixo seja o mais indicado:

image.png.10a16dac9cab24300ec863f336447bc3.png

Esse, apesar de ser um dimmer é mais preciso e pode ser regulado a todo gosto através de R15, R2 e o capacitor C1.

Originalmente, esse circuito foi projetado para trabalhar com sensor de temperatura. Eu eliminei a parte do sensor para que ele seja controlado através de um simples potenciômetro.

No tópico abaixo tem explicações sobre como funciona:

 

 

 

  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

27 minutos atrás, Renato.88 disse:

Já, se insistir no potenciômetro de 50k, penso que o circuito abaixo seja o mais indicado:

 

É que na verdade ganhamos estes (e outros) componentes e por isso estamos "insistindo" neles...

 

De qq forma, vou estudar o circuito que enviou que será de grande ajuda. O único ponto que fiquei com dúvida agora é com relação aos componentes... Como estaremos dimerizando 12 lâmpadas individualmente, eu precisaria criar 12 circuitos idênticos a este ou usando alguns componentes compartilhados (como exemplo o transformador) conseguimos? Ou existiria um circuito "mais simples"?

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

51 minutos atrás, santanar00 disse:

Como estaremos dimerizando 12 lâmpadas individualmente, eu precisaria criar 12 circuitos idênticos a este ou usando alguns componentes compartilhados (como exemplo o transformador) conseguimos?

Sim, ali da pra compartilhar vários componentes.

Veja um exemplo de como seria pra três lâmpadas:

imagem309.thumb.GIF.b6d5bcdda5fd59f9c1a6b52159a56047.GIF

 

 

52 minutos atrás, santanar00 disse:

Ou existiria um circuito "mais simples"?

Sim, existe. Tem uns circuitos de dimmers parecidos com esses dos vídeos que são um pouco mais elaborados, com uns componentes a mais como filtros e um segundo ajuste para "programar" o potenciômetro principal na faixa de luminosidade adequada. Eu já vi alguns circuitos desses, mas não tenho nenhum para mostrar agora.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Olá. O que te impede de usar circuito minimalista como este..

Dimmer.gif...?

ou dos videos que não vi... Talvez se você definir melhor...

10 horas atrás, santanar00 disse:

nada deu certo...

se possa te conduzir ao sucesso com o minimalista. Também tens a opção de mostrar (fotos, videos) seu trabalho, esquemas que usaste bem como o resultado que obtiveste e o que gostarias de obter.

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ola! tudo bem?

Esse circuito minimalista eu cheguei a montar mas não funcionou. tive dois problemas, um que nao dimerizava a lampada quase nada e o outro é que em dado momento o potenciômetro parava de funcionar e esquentava... na foto tem um exemplo do que montei....

 

Os componentes foram Potencioôetroô de 50K, DIAC DB3, Cap 200nf/400v resistores 8,2k e 100. Lampada 1000w/220v

 

Ficarrmos muito agradecidos se puder nos ajudar!

 

IMG_0752_HEIC.jpg

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

11 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

Talvez seu triac estivesse com defeito. Tenta trocar por outro

Eu testei os Triacs segundo alguns videos do youtube e aparentemente estavam bons. cheguei a usar cinco diferentes para garantir...

 

11 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

O aquecimento do pot você resolve com um R duns 4k7 em série ou 2 dos seus 8k2 em paralelo. Parece que no último video tem o R em série.

Vou tentar aqui, mas o que estranhei é ele dimerizar pouco e também parar de dimerizar um pouco tempo depois...

 

Desculpe falar tanto, é que realmente sou leigo no assunto e sou entusiasta. Estou tentando aprender muito no Youtube e com vcs aqui que dão dicas valiosas... Mas ainda peno muito com essas questões...

 

O que segui que mais chegou perto, foi o do vídeo abaixo, porém, precisei colocar um pot de 500k para funcionar e não o que preciso, de 50k

 

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, santanar00 disse:

Os componentes foram Potencioôetroô de 50K, DIAC DB3, Cap 200nf/400v resistores 8,2k e 100. Lampada 1000w/220v

Esse capacitor é muito alto para o potenciômetro de 50k, por isso que varia pouco. 

Tente com 100 ou 68nF.

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 03/03/2019 às 13:59, Renato.88 disse:

Esse capacitor é muito alto para o potenciômetro de 50k, por isso que varia pouco. 

Tente com 100 ou 68nF.

 

Em 03/03/2019 às 14:28, Isadora Ferraz disse:

ou 2 ou 3 200nF/400 em série.

Pra carga pesada, use dissipador.

 

Eu hoje tentei comprar alguns componentes que me faltam para testar os dois modelos que vcs me indicaram, mas estavam fechadas. Quinta comprarei e falo o resultado, mas fiquei com uma dúvida...

 

@Renato.88 disse para usar capacitor menor e @Isadora Ferraz disse para usar capacitor maior... Porque essa divergência?

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

... e agora hein? Altos conflitos emocionais kk...

Seguinte ... eu (eu) quis aproveitar os que você já tem na sua lista pra não precisar comprar nada. Capacitor em série diminui o valor 2x200 em série dá 100 nas duas pontas. Se achar que deve google associação de capacitores

  • Curtir 3
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz Eu fiz uma simulação em um programa na internet do circuito que você postou e, na pegada de manter os componentes que tenho, troquei o potenciômetro para o do 50k invés do 100k do seu exemplo e... Não funcionou... kkk Não zerava a tensão... Ai, seguindo o que li sobre capacitares, ao invés de ligar em série dois de 100nf, liguei em paralelo, ou seja, no seu exemplo, onde temos 150nf coloquei dois paralelos de 200nf. No final ficou quatro de 200nf (2x200 + 2x200) e voilá... Carga zerada...

Vou montar agora esse circuito no protoboard para testar na real e te falo, mas achei muito capacitor... rs. De qq forma, preciso agora validar se suporta a carga e se não volta a ocorrer os problemas de aquecimento do Pot e tb parar de dimerizar. 

 

Em 03/03/2019 às 13:59, Renato.88 disse:

Esse capacitor é muito alto para o potenciômetro de 50k, por isso que varia pouco. 

Tente com 100 ou 68nF.

@Renato.88 Eu tentei com o capacitor de 100 e não deu resultado... A menor carga apurada no simulador foi de 150V... Resultado justamente o contrário quando mais que dobrei a potencia do cap. Eu ainda vou testar o seu modelo, mas só quando  passar o carnaval porque nenhuma loja (boa) quer trabalhar neste período... rs

 

Continuo agradecendo aos dois pela ajuda! 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 ano depois...
  • Membro VIP
Em 02/03/2019 às 22:40, Renato.88 disse:

se insistir no potenciômetro de 50k

 

Está no canto superior esquerdo. Ufa, eu demorei pra encontrá-lo! Já ia soltar um "cadê o potenciômetro?" Kkkk...

 

Em 02/03/2019 às 22:40, Renato.88 disse:

Esse, apesar de ser um dimmer é mais preciso e pode ser regulado a todo gosto através de R15, R2 e o capacitor C1.

 

@Renato.88 , você pode nos exemplificar essa versatilidade?

 

Não precisa ser com valores para os referidos componentes. Apenas a menção de alguns "casos de uso". Só pra justificar a complexidade...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

27 minutos atrás, alexandre.mbm disse:

você pode nos exemplificar essa versatilidade?

No lugar do potenciometro, ou junto com ele dá pra adaptar outras coisas como sensor de temperatura, sensor de controle de velocidade para motores. Vai da criatividade e da necessidade do projeto

  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

agora, alexandre.mbm disse:

Mas por que isso somente com o 555?

Poderia ser com outro tipo de timer, um transistorizado, com portas lógicas, ou então quem sabe com um micro controlador.

Na época desse circuito foi com o 555 mesmo, era o que tinha a mão e mais fácil trabalhar.

 

A questão ali é a baixa tensão, tensão DC e o circuito pode ser alterado sem medo por causa dos resistores de acordo com o que precisa.

No dimmer comum fica limitado a eletrônica com semicondutores já que é AC e tem também as limitações do circuito triac-diac.

  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 8 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.