Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Novo notebook compacto dois em um Chuwi MiniBook será lançado em setembro de 2019


Posts recomendados

  • Editor

Tópico para a discussão do seguinte conteúdo publicado no Clube do Hardware:


Novo notebook compacto dois em um Chuwi MiniBook será lançado em setembro de 2019


"O notebook miniatura traz teclado retroiluminado com teclas grandes para evitar erros de digitação."


Comentários são bem-vindos.


Atenciosamente,
Equipe Clube do Hardware
https://www.clubedohardware.com.br

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Administrador
11 minutos atrás, Marcio Jose Rocha disse:

Acho que tem um erro no título. Não seria "dois em um" ?

Corrigido, obrigado!

 

1 minuto atrás, Dioney Froes Januario disse:

podeia voltar aquela onda de netbooks.

Foi a primeira coisa que me veio à mente ao ler esta notícia!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Dioney Froes Januario disse:

podeia voltar aquela onda de netbooks.

mas dessa vez melhores né.kkk

podia ser versão mobile dos ryzen com video integrado, daí podia até rodar uns joguinhos.

Com qualquer coisa que não seja um atom ou Celeron e não custe os olhos da cara dá pra encarar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
47 minutos atrás, T1000_2015 disse:

Com qualquer coisa que não seja um atom ou Celeron e não custe os olhos da cara dá pra encarar.

"processador Core M3-8100Y com dois núcleos de até 3,4 GHz ou Celeron N4100 com quatro núcleos de até 2,4 GHz, 8 GiB de memória LPDDR4"

Este tem a opção de Celeron também.

Tenho um Net Book com Atom Dual Core e 1GB de RAM. Uma vez ou outra exercito minha paciência com ele. kkk...

  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador
Em 29/07/2019 às 10:07, Dioney Froes Januario disse:

podeia voltar aquela onda de netbooks.

mas dessa vez melhores né.kkk

podia ser versão mobile dos ryzen com video integrado, daí podia até rodar uns joguinhos.

E posso afirmar que o mercado quer isso. Esse tipo de equipamento ainda tem procura, embora tenha perdido parte do espaço para outros dispositivos. A Asus introduziu os netbooks há algum tempo e, ao meu ver, foi a última a produzir dispositivos compactos e realmente viáveis nesse estilo. 

 

Tenho dois computadores portáteis aqui. Um deles é um notebook convencional, um Asus S46CB, que levo para a universidade quando vou trabalhar por muitas horas no laboratório - digitando muito - ou executar algo muito pesado (AutoCAD Civil 3D, planilhas gigantescas e coisas do tipo). O outro é um híbrido Asus T100TA, que uso no dia a dia. Para o uso em sala de aula e trabalhos em que você não ficará muito tempo, é perfeito. A bateria dura uma eternidade, ele é extremamente rápido para esse tipo de atividade e é muito fácil carregar de um lado para o outro. 

 

O problema que creio ser comum a todos esses híbridos é o que gosto de chamar de Paradigma do Pato. Pois, como podem observar, o pato anda, nada e voa, mas não é ótimo em nada. O tablet/netbook híbrido é semelhante. O meu, com tela de 10.1'', é pequeno demais para uso prolongado na forma netbook, já que o tamanho da tela e do teclado começam a incomodar em trabalhos demorados. Ao mesmo tempo, é grande demais na forma tablet, de tal forma que, após algum tempo, você fica incomodado só de segurá-lo. Creio que nenhum desses dispositivos escapa desse paradigma. O que não quer dizer que não sejam excelentes no dia a dia, respeitadas as suas limitações.

 

Digo que tem mercado para isso considerando a quantidade de pessoas que ficam fazendo perguntas sobre ele. Ficam perguntando direto "Isso é um netbook? Onde você comprou?". E, na sequência, comentam que não conseguiram achar equipamento semelhante para comprar. O que é engraçado é que tem gente que pensa em atrair a curiosidade das pessoas com carros, esportes, música ou coisas do tipo. Eu faço isso sem querer com um tablet. Esses equipamentos têm realmente muitas utilidades! 😹

 

Não há equipamento mais perfeito para estudantes universitários ou profissionais com rotina semelhante. Os primeiros netbooks eram realmente ruins, mas isso devido à limitação do hardware da época. As baterias não eram capazes de armazenar tanta energia, os HDs eram lesmas, as telas eram toscas, os equipamentos eram grossos e, principalmente, os processadores eram muito lentos. Mas a ideia era boa. Ao usar o T100, percebo que a Asus conseguiu resolver todos esses problemas (e ele é de 2015). Ele é a materialização daquilo que o Bill Gates deve ter imaginado quando apresentou o primeiro tablet híbrido do mundo, rodando Windows XP, em 2002. 

 

O nome "Atom" ainda causa muita desconfiança. O que é justificável, já que os antigos eram lentos a ponto de tornar o computador inutilizável e diversas pessoas não acompanharam a evolução desses chips. Atualmente, esses processadores já estão bem avançados. O Atom Z3775 do meu tablet (lançado em 2014) tem desempenho próximo de um Core i3 final U de 3ª Geração e é extremamente ágil para trabalhos do dia a dia. Trazer processadores mais potentes, principalmente no quesito vídeo integrado, vai ser uma fantástica evolução de algo que já está bom.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!