Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Posso desenvolver jogos de uma franquia que já existe?


Posts recomendados

Acho que para isso a franquia não precisa ter a marca registrada no meu nome, pois por exemplo, tem jogos da franquia The Legend of Zelda que não foram desenvolvidos nem publicados pela Nintendo, que são 6 jogos de Adobe Flash Player, 1 de Java Applet e 1 de HTML5, que funciona no computador, mas não no celular e tem 3 animações para assistir de Adobe Flash Player dessa franquia também. Vi isso no projeto Flashpoint da BlueMaxima na versão 8.2.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem muitos projetos criados por fans de jogos não-oficiais de grandes franquias. O problema é que se o projeto ganha reconhecimento, torna-se grande a chance da empresa detentora da franquia mandar o chamado "cease-and-desist order", que nada mais é do que uma comunicação oficial avisando que se o projeto não for cancelado e tirado do ar eles vão processar na Justiça. Foi o caso do jogo AM2R, um remake não-oficial do Metroid 2 criado por fãs que ficou melhor do que qualquer jogo Metroid feito pela Nintendo nos últimos anos. Quando a Nintendo foi lançar um novo jogo da franquia, mandou tirar tudo do ar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

@Eduardo de Quadros

Isto é complicado. Dependendo da franquia, os possuidores dos direitos autorais podem aceitar de boa ou serem carrascos. Você até pode tentar criar um projeto de alguma franquia sem pedir autorização, mas desde que não seja comercial e nem use recursos de terceiros sem permissão.

Para ter uma ideia, no RPG Maker, até mesmo alguns DLC que você compra não podem ser usados em projetos comerciais, ou então ao menos precisam ser mencionar os criadores nos créditos e ainda levar parte dos lucros.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

2 opções, se você quer ganhar algum dinheiro com isso vai precisar comprar uma autorização do dono dos direitos autorais ou de imagem. Se não quiser ganhar dinheiro é só disponibilizar a coisa de forma gratuita (e sem propagandas).

 

Neste segundo caso, se a detentora dos direitos se incomodar com seu jogo eles só vão poder mandar tirar do ar, sem direito a ressarcimento.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Eder Neumann disse:

vai precisar comprar uma autorização do dono dos direitos autorais ou de imagem

 

O que significa isso?

 

Comprar a marca registrada de toda a franquia, para qualquer franquia custa de 100 milhões a 2 bilhões de dólares americanos. Para comprar a marca registrada de todas as franquias de jogos, brinquedos e filmes precisa ter um saldo maior que 100 bilhões, o que é impossível, nem a pessoa mais rica do mundo consegue ter esse saldo.

 

Mas o que significa isso que você disse e eu citei?

 

Quero ganhar dinheiro com o jogo, que é criar novos jogos de franquias que já existem. É possível?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
12 minutos atrás, Eduardo de Quadros disse:

Comprar a marca registrada de toda a franquia, para qualquer franquia custa de 100 milhões a 2 bilhões de dólares americanos. Para comprar a marca registrada de todas as franquias de jogos, brinquedos e filmes precisa ter um saldo maior que 100 bilhões, o que é impossível, nem a pessoa mais rica do mundo consegue ter esse saldo.

Se fosse tão barato e simples comprar os direitos, franquias de sucesso passariam de mão em mão toda hora.

O que você pode fazer é entrar em contato com os desenvolvedores e fazer uma proposta, sendo que terá 99% de chance de lhe dizerem um belo "NÃO".

 

15 minutos atrás, Eduardo de Quadros disse:

Quero ganhar dinheiro com o jogo, que é criar novos jogos de franquias que já existem. É possível?

De forma independente não. O jeito mais fácil de criar jogos de franquias existentes é entrando para a equipe responsável.

Muitos fãs começam a fazer projetos interessantes e tentam disponibilizar de forma gratuita, o que gera credibilidade e abre a possibilidade de convites para entrar em equipes (o que também não é garantido).

Considerando o cenário atual, para ganhar dinheiro criando jogos, o melhor caminho de forma independente é criar a partir de ideias próprias e originais, ou seja, iniciando uma franquia, sendo basicamente o que define o termo "indie" para jogos. Muitos desenvolvedores estão ganhando fama e expandindo seus projetos desta maneira.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Lost Byte Sou bom designer gráfico, sou bom programador, sou bom testador, sou bom compositor musical e sou bom sound designer, mas não sou bom game designer para criar novas franquias. Como vou escrever GDD de várias franquias que não existem? Não tenho ideias de conteúdos de franquias!

 

Apenas tenho ideia de 1 jogo. É um jogo de memória sobre temas de festa. Cada tema de festa (como festa de aniversário de um adulto) tem vários elementos. Nesse jogo de memória, cada carta poderá ter 1 ou mais elementos, olha quais são os temas:

 

  • Tema 1 (Abelhas): Os elementos desse tema são por exemplo, mel, colmeia, arbusto de néctar, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 2 (Amor): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 3 (Antiguidade): Os elementos desse tema são por exemplo, deuses, mitologias, perfume puro nardo, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 4 (Aquático): Os elementos desse tema são por exemplo, cascata, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 5 (Artes Marciais): Os elementos desse tema são por exemplo, Karatê, Capoeira, Judô, Sumô, Taekwondô, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 6 (Autismo): Os elementos desse tema são por exemplo, ecolalia, euforia, hiperatividade, estereotipia, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 7 (Bolhas): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 8 (Café): Os elementos desse tema são por exemplo, cookies, palha italiana, torta de ricota, massa folhada de creme, croissant de chocolate, pão de queijo, pastel assado salgado, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 9 (Carnaval): Refere-se ao carnaval que no Brasil é comemorado em fevereiro ou março, não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 10 (Caverna de Cristal): Os elementos desse tema são por exemplo, gruta, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 11 (Celeste): Refere-se ao céu, não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 12 (Circense): Os elementos desse tema são por exemplo, palhaço, bola de canhão, bobô da corte, contorsionista, malabarista, equilibrista, trapezista, perna de pau, acrobata de tecido, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 13 (Desértico): Os elementos desse tema são por exemplo, oásis, dunas, patíbulo, areia movediça, cactos, egito, lugar da Arábia onde fica no topo dos prédios ou alto dos prédios, mar de areia, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 14 (Dislexia): Os elementos desse tema são por exemplo, transtorno na escrita, transtorno na leitura, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 15 (Doces e Guloseimas): Os elementos desse tema são por exemplo, balas, pirulitos, chicletes, chocolates, algodão doce, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 16 (Downs, Turners, Pataus e Afins): Os elementos desse tema são por exemplo, 2 palances ao invés de 3 nos dedos mindinhos das mãos, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 17 (Espacial): Os elementos são por exemplo, planetas, estrelas, satélites, nave espacial, estação espacial, foguete, disco voador, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 18 (Fazenda): Não tenho ideias de elementos desse tema.
  • Tema 19 (Figuras Geométricas): Os elementos desse tema são polígonos, como triângulos, quadrângulos e o restante dos polígonos, figuras redondas, como circunferência e elipse, área e perímetro das figuras geométricas, lados e ângulos dos polígonos, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 20 (Floresta): Os elementos desse tema são por exemplo, muitas árvores, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 21 (Fogo): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 22 (Futuro): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 23 (Grafos): Os elementos desse tema são vértices, arestas, grafos orientados, grafos ponderados, grafos regulares, grafos completos, grafos conexos, grafos bipartidos, árvores, arestas paralelas, laços, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 24 (Halloween): Os elementos desse tema são fantasma, cabeça de senhor abóbora, bruxa, lobisomem, castelo mal assombrado, não tenho ideia de outro elemento do tema.
  • Tema 25 (Índios): Os elementos desse tema são arco e flecha, não tenho ideia de outro elemento.
  • Tema 26 (Industrial): Não tenho ideia de elementos do tema.
  • Tema 27 (Instrumentos Musicais) Os elementos desse tema são violão, violino, violoncelo, piano, guitarra, tambor, pandeiro, tamborim, bombardino, trombone, saxofone, sanfona, flauta, flautim, não tenho ideia de outro elemento.
  • Tema 28 (Inverno): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 29 (LGBT) Os elementos desse tema são por exemplo, heterossexual, homossexual gay, homossexual lésbica, bissexual, transgênero, transexual, não tenho ideia de outro elemento.
  • Tema 30 (Mágica): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 31 (Magos): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 32 (Marinho): Os elementos desse tema são por exemplo, peixes, tubarão, baleia, água viva, baiacu, piranha, não tenho ideia de outro elemento.
  • Tema 33 (Medieval): Os elementos desse tema são por exemplo, cavalheiro, entre outros.
  • Tema 34 (Museu): Não tenho ideia de elementos.
  • Tema 35 (Natal): Os elementos desse tema são pinheiro e outros.
  • Tema 36 (Neve): Os elementos desse tema são, snowshoe, snowmobile, snowboard, esquis, patins de gelo, entre outros.
  • Tema 37 (Outono): Os elementos do tema são folhas douradas caindo, entre outros.
  • Tema 38 (Piratas): Os elementos desse tema são tapa-olho, almirante e outros.
  • Tema 39 (Praia): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 40 (Pré-Histórico): Os elementos desse tema são dinossauros, dentes de sabre, cientista louco, pintura rupestre, entre outros
  • Tema 41 (Primavera): Os elementos desse tema são flores, entre outros.
  • Tema 42 (Samurais): Não tenho ideia de elementos desse tema.
  • Tema 43 (Sólidos Geométricos): Os elementos desse tema são poliedros com faces, vértices e arestas, perímetro das arestas, área das faces e volume dos sólidos, prismas, pirâmides e troncos de pirâmide e corpos redondos como esfera, cilindro, cone e tronco de cone, entre outros.
  • Tema 44 (Verão): Não tenho ideia de elementos do tema.
  • Tema 45 (Vulcânico): Os elementos são lava e outros.

 

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador

Exatamente isso como falaram.

Usar um personagem ou algo de uma franquia já existente legalmente não pode. Pois não tem os direitos. O único jeito é entrar em contato com a empresa e fazer a proposta como já foi dito.

Algumas empresas aceitam outras não.

 

Até mesmo um processo de tradução, se for "oficial" você precisa de autorização.

Um exemplo disso foi o jogo Titan Quest da THQ.  Um usuário começou uma tradução não oficial. Depois ele entrou em contato com a empresa e eles aceitaram e ela passou a ser oficial, tanto que entrou na steam.

 

Uma empresa que  tem fama de dar tapas na cara dos fãs é a Nintendo. Eles não permitem nem fazer vídeo do jogo no youtube, tão menos fazer um jogo baseado nos produtos deles.

 

Antigamente um fã começou a fazer um remake 3D de chrono trigger. Ficou muito bom, porém a Enix Square, mandou parar e excluir.. mesmo tendo potencial de ser recrutado pela equipe para continuar o projeto.

 

Enfim... Ou você adquire os direitos legais ou entra para equipe da empresa e faz a proposta.

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou autista, tenho 22 anos e ele tem 17.

 

Entrei em contato com o polonês Mateusz Skutnik, que fez todos os jogos em Adobe Flash Player da franquia Submachine, que são todos jogos pequenos, perguntei se eu poderia criar um filme baseado no Submachine, um filme sobre Submachine, que é um filme que os personagens seguem a história de todos os jogos do Submachine, inclusive os jogos suplementares, que não pertencem ao enredo principal, ele me respondeu que é claro, eu posso criar, mas quando estiver pronto ele quer que eu envie um link para ele. Eu falei com ele em inglês pelo Facebook Messenger da página dele.

 

Meses depois, meu irmão estava escutando de perto eu falar em inglês por telefone que eu queria pedir uma permissão, estava ligando para a Nintendo que me respondeu para falar em inglês comigo, meu irmão me interrompeu, eu falei que eu queria pedir para a Nintendo se eu podia criar um filme baseado no jogo The Legend of Zelda Breath of the Wild, um jogo grande. Esse filme não tem nenhum personagem e nenhum inimigo do jogo, apenas tem todas as armas do jogo que parecem espadas. Meu irmão disse que eu devo pagar à Nintendo uma taxa em um valor maior que 10 mil reais.

 

Por favor corrijam meu irmão! como o Mateusz Skutnik não me cobrou nenhum valor de nenhuma taxa?

 

Tem pessoas que, pelo que elas falam, não é nem incorreto nem correto, é apenas opinião da pessoa.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade o assunto que você abordou não está relacionado a hardware, e sim a direitos autorais.

  • Curtir 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

existe a questão dos direitos autorais, uso de imagem, tudo isso, são leis q falam sobre isso.....

mas no caso do Mateusz se tudo andar como planeja, o certo seria você ter toda documentação, onde ele te permite esse uso, até pra nao dizer q você esta usando indevidamente, você precisa ter tudo documentado, o correto seria procurar um advogado da área pra orientar certinho sobre tudo, porque você fazer algo, se tornar um sucesso, podem agir de má fe e te prejudicar, a questão do $$ fala muito alto nesse mundo.....

 

mas realmente como o colega disse, é um assunto bem especifico e a parte das questões q se fala por aqui, é difícil conseguir exatidão em alguma resposta

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei algo que pode ajudar. Mesmo que altere algumas coisas não é possível.

O melhor exemplo pra esse caso foi quando a Riot Games processou a Mobile Legends e ganhou a ação:

https://www.theenemy.com.br/pc/dona-da-riot-games-ganha-us-112-milhoes-em-processo-contra-mobile-legends

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
3 horas atrás, Eduardo de Quadros disse:

Como vou escrever GDD de várias franquias que não existem? Não tenho ideias de conteúdos de franquias!

Isto requer um tanto de imaginação, afinal você precisa de uma base ou um "universo" a seu gosto para formar o projeto. Ao meu ver, é um tipo de criatividade espontânea que não tem como forçar nem mesmo com muito estudo e conhecimento.

Neste caso, ou você consegue uma inspiração para tocar o projeto ou então terá que achar um "sócio", sendo ele alguém com boas ideias que podem ter sucesso e criar os jogos baseados no universo que ele montou. Neste segundo caso, terá que entrar a questão de confiança, como seria dividido as partes do projeto, dentre outros detalhes mais técnicos, ou seja, trabalhar em equipe.

Por outro lado, se eu entendi bem, você quer misturar várias franquias de início? Neste ponto de vista é algo realmente difícil, senão impossível de criar a partir do zero. Por exemplo, você teria que criar todos os heróis da Mavel primeiro para depois junta-los em Vingadores.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Lost Byte Se eu dominar 20 franquias que já existem, que é zerar o máximo possível (100%, 101%, 105%, 200% ou outros) na história e jogar em todos os modos de jogo, com todos os personagens jogáveis (como jogos de corrida e de minijogos) de todos os jogos lançados de uma franquia, assim para 20 franquias que já existem, será que é fácil ter ideia do GDD de uma franquia para criar?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador

@Eduardo de Quadros Você pode buscar inspirações em qualquer coisa para criar um jogo. Seja ler um livro, quadrinhos e/ou jogar diversos jogos de estilos diferentes.

O lance é que é humanamente impossível você fazer um jogo que seja BOM  sozinho. Naturalmente você vai precisar de uma equipe.

 

Seja de desenvolvimento de códigos, desenvolvimento criativo, desenvolvimento sonoro, desenvolvimento de efeitos especiais, desenvolvimento de script de roteiro, desenvolvimento de desenho artistico,.. enfim  é bastante coisa que entra num processo de criação de um jogo.

 

Há exceções, como por exemplo a Hello Games.  Que com apenas 3 pessoas criaram um jogo infinito chamado No Man's Sky.  Atualmente esta equipe é bem maior. E o tempo de desenvolvimento foi aproximadamente 6 anos para ter uma base de jogo e mais 4 anos para transformarem o jogo em uma obra prima. Ou seja. levou 10 anos para ter um jogo desse nível com poucas pessoas.

 

Skyrim levou 5 anos para ser criado. com uma equipe gigantesca e dividida por setores.

o que diria uma pessoa fazendo o papel de toda uma equipe? uns 20 anos? 30 anos? é muita coisa. Mesmo que trabalho 24h por dia sem dormir.. é humanamente impossível criar algo bom sozinho.

 

Acredito que se você quer criar um jogo, procure por uma equipe e separe as funções.... pelo menos umas 5 pessoas para cada tipo de função.

Você tem até a opção de contratar uma empresa para desenvolver, você só terá o trabalho de criar um roteiro e dar todas as informações de como você quer.  basta ter dinheiro.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
12 horas atrás, Eduardo de Quadros disse:

Se eu dominar 20 franquias que já existem, que é zerar o máximo possível (100%, 101%, 105%, 200% ou outros) na história e jogar em todos os modos de jogo, com todos os personagens jogáveis (como jogos de corrida e de minijogos) de todos os jogos lançados de uma franquia, assim para 20 franquias que já existem, será que é fácil ter ideia do GDD de uma franquia para criar?

Nada é garantido. Inspiração é algo que se consegue de uma hora para outra ou então você inicia uma ideia e a expande com o tempo, o que depende de pessoa para pessoa, como também a situação por qual ela passa. Pessoas que sonham muito e aqueles que possuem imaginação fértil geralmente tem mais facilidade para criar enredos e histórias, assim como visualizar como seriam os jogos.

Vale ressaltar que muitas vezes ideias precisam ser polidas e modificadas para pôr em prática.

Resident Evil 4 foi um jogo feito a partir de 3 projetos falhos, tinha tudo para dar errado com tanta falta de nexo e mesmo assim em seu produto final fez muito sucesso que até hoje é referência para muitos jogadores. Curiosamente os projetos que falharam deram vida a outras franquias, sendo Devil May Cry uma delas.

 

O interessante de jogar alguns jogos é que você pode obter referências de como eles são feitos, tanto em jogabilidade como forma de progressão. Proporcionar uma experiência divertida para o jogador pode ser mais importante do que a história e a qualidade gráfica. Ou seja, nem sempre precisa criar um universo perfeito para agradar os jogadores.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

algumas empresas podem permitir sem custo o uso da imagem de personagens ou criações deles para outros fins, algumas empresas simplesmente não vão e vão lhe cobrar por isso (afinal é assim que muitas ganham dinheiro).

Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Eduardo de Quadros O jogo Croc do PS1 era um jogo do Yoshi pra N64. Tava pronto, a Nintendo recusou e os caras só fizeram as alterações necessárias para poder vender com outro nome. O Bombshell e o Ion Fury eram pra ser Duke Nukem, mas a empresa perdeu os direitos e transformou em outra coisa.

 

Você pode fazer o seu projeto inspirado na franquia que quiser. Só lembre que não pode comercializa-lo sem retirar as referências à franquia em questão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador
19 horas atrás, Eder Neumann disse:

algumas empresas podem permitir sem custo o uso da imagem de personagens ou criações deles para outros fins, algumas empresas simplesmente não vão e vão lhe cobrar por isso (afinal é assim que muitas ganham dinheiro).

É bem complicado esse negócio de direitos autorais. Algumas empresas não dão bola, mas somente se não atrapalhar eles. 

Por exemplo se criar um jogo com algum personagem que já existe e comercializar, dá problemas judiciais.  Até mesmo se disponibilizar gratuitamente  pode dar problemas. 

Um exemplo foi o antigo projeto de remake do Chrono trigger.  Se chamava Chrono Trigger Resurrection. Ia ser de graça, de fã para fã.

 

Olha que baita potencial de jogo  que ele tinha.  Se a Enix Square não tivesse sido tão cabeça dura.... e  contratado o time que fez isso, hj teríamos um remake de sucesso, e não aquela "remasterização" chinfrim que lançaram.

 

Mas não,  a empresa, foi lá e ameaçou os caras. Felizmente não  mandaram tirar do youtube.. Agora só nos resta apreciar essa obra prima de quase 20 min

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!