Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Projeto de uma fonte regulavel de 0V a 12V e 0 a -12V sem transistores


Posts recomendados

Galera faço eng mecânica, mas por algum motivo tenho materias de eletronica na minha grade, e tenho que fazer um projeto de uma fonte regulavel de 0V a 12V sem transistores e com uma corrente de 1A. Eu fiz uma parte, consegui a saida fixa de 5V, porém a saida de cima não consigo fazer chegar a 0V (ela consegue chegar a 12V), e a saida de baixo não chega a 0V e nem a -12V alguem me ajuda pfv
"Uma fonte Simétrica ajustável que ajuste a tensão de saída de zero volts a ±12 volts e
também possua uma saída de alimentação fixa de 5 volts. As saídas da fonte devem ser
capazes de fornecer uma corrente de no mínimo 1 A."

image.png

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que polarizar o potenciômetro com uma tensão de 1,2V. 

Isso se faz com diodos e resistores. 

 

image.png.f5f434134d42a743e2e6911145291507.png

Colocando mais um diodo em série com D1 vai ter aproximadamente -1,2V no potenciômetro, assim é possível ter 0V na saída do LM317. 

V2 é a sua fonte de tensão negativa, como ela fornece uma tensão de aproximadamente 16V R3 deve ser maior que o do exemplo, podendo ser de 1K.

 

Para fazer a parte negativa com o LM337, deve ser feita as ligações de maneira invertida, puxando a referência da parte positiva da fonte. 

  • Obrigado 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Ao meu ver de fato a questão do zero V é relativamente complexa. P.ex. quando em zero tem que ter "potencial de terra" (inventei isso agora) ou seja, tem que absorver a corrente da outra fonte que eventualmente esteja conectada nesta saída. Não tenho o esquema mas tenho uma fonte assim 🙂. Ao zerar a V e ligar em série com outra, de fato ela se comporta como curto pro gnd. Acho que tem um gnomo dentro dela que liga uma chave em curto pro terra 😁... puts.. ajudei pra caramba!!

 

De fato penso que ela tem uma saída algo como...

1200px-CMOS_inverter.svg.pngpesquise sobre...

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • BCP alterou o título para Projeto de uma fonte regulavel de 0V a 12V e 0 a -12V sem transistores
4 horas atrás, .if disse:

Ao meu ver de fato a questão do zero V é relativamente complexa. P.ex. quando em zero tem que ter "potencial de terra"

Nem sempre, pode ser uma coisa desligada sem energia (isso só serve pra fonte mesmo). 

Penso que o objetivo do exercício é encostar o potenciômetro no cursor e o multímetro apenas marcar zero. 

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

@.if @Renato.88

 

 

Mais ainda, lembro que uma vez o @faller disse que na associação entre fontes ATX não se pode encostar as caixas metálicas. Penso em qual é, em uma fonte profissional, a relação entre o terra de sinal (do fio de 0 V) com o terra de carcaça (da instalação elétrica)?

 

 

 

Talvez não tenha nada a ver. É possível que o problema seja apenas a falta de aterramento em diversas instalações prediais, o que deixaria as carcaças em potenciais flutuantes (relativos ao solo do planeta Terra, no caso).

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
12 minutos atrás, Renato.88 disse:

uma coisa desligada sem energia (isso só serve pra fonte mesmo). 

Sinistro. Pra este caso, meta-lhe uma chave L/D.😁

Pra uma fonte quebra galho tudo bem. Pro caso de fonte de bancada profissional (meu caso 😁) a condição que supracitei é sine qua non. P.ex. ela é de 50 .. 50. precisei de 80 com aumento gradual. Liguei em série, mantive uma em zero, aumentei a outra até 50 e passei a aumentar a uma.

 

18 minutos atrás, Renato.88 disse:

o objetivo do exercício é encostar o potenciômetro no cursor e o multímetro apenas marcar zero

Exercício pra mim só mental mesmo. Os de escola não me pertencem +. Pode não resolver o problema do garoto mas vez ou outra sinto vontade trazer a realidade pra cá. 🤪

 

1 minuto atrás, rjjj disse:

disse que na associação entre fontes ATX não se pode encostar as caixas metálicas. Penso em qual é, em uma fonte profissional, a relação entre o terra de sinal (do fio de 0 V) com o terra de carcaça (da instalação elétrica)?

Me lembro vagamente que foi eu quem diz. Associação em série não pode encostar a carcaça pois essa é também o terra da fonte. É simples de visualizar mentalmente (tenta aí). E sim, também o fio terra (pino do meio do plug) está à carcaça conectado. Se der contato através da tomada e a lesma lerda de encostar o chassi (mentalizou?)

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas vejam só, no exemplo que eu mostrei se cria um potencial de zero volt. 

É como o potencial de zero volt que se cria num amplificador de áudio com o volume no mínimo, onde no meio dos transistores de saída forma um equilíbrio. 

Por causa da tensão de referência inversa, o LM fará o controle mantendo a tensão no potencial zero volt, não será algo "desligado" como eu mencionei acima. 

15 minutos atrás, rjjj disse:

Mais ainda, lembro que uma vez o @faller disse que na associação entre fontes ATX não se pode encostar as caixas metálicas. Penso em qual é, em uma fonte profissional, a relação entre o terra de sinal (do fio de 0 V) com o terra de carcaça (da instalação elétrica)?

Com fontes em série....

A carcaça de uma se torna o positivo da outra. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

@.if @Renato.88

 

 

Mentalizei mais ou menos. Duas fontes ATX não podem ser ligadas em série tendo referências equivalentes para seus fios de +5 V, +12 V etc. Só não entendi uma coisa: o fio preto de 0 V que alimenta a placa-mãe do computador já vem eletricamente conectado à carcaça?

 

 

 

Agradeço pelas respostas GbhmuXl.gif.

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
6 minutos atrás, rjjj disse:

o fio preto de 0 V que alimenta a placa-mãe do computador já vem eletricamente conectado à carcaça?

1 teste comprobatório simples: muiltímetro na escala beep: coloque entre carcaça e pino terra do plug 🤪

  • Obrigado 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, rjjj disse:

Duas fontes ATX não podem ser ligadas em série tendo referências equivalentes para seus fios de +5 V, +12 V etc.

Eu também não acho bom, mas teve um membro aqui do fórum que ligou um amplificador potente de 24V usando duas fontes dessa. 

Só da pra usar uma única tensão, se ligar o 12V, os outros devem ficar livre. Mas dá pra usar o 5V da fonte que a carcaça se manteve como negativo. 

8 minutos atrás, rjjj disse:

Só não entendi uma coisa: o fio preto de 0 V que alimenta a placa-mãe do computador já vem eletricamente conectado à carcaça?

Sim, a carcaça do computador tem o potencial zero volt. Fazem assim pra evitar ruídos, mas pra funcionar direito tem que aterrar a carcaça na terra de verdade também. 

O mesmo acontece com os amplificadores de áudio pelo mesmo motivo se tiverem caixa de metal. 

  • Obrigado 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

minicurso-montagem-popup.jpg

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!