Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Qual a potência de um termistor?


Posts recomendados

Pessoal, o termistor é de 1k@25°C, 3mm, desse tipo aqui:

termistor.jpeg.2c7bb76f6ee28f29de193e2377c5b574.jpeg

 

 

Pretendo usá-lo no lugar de de R1, no esquema abaixo:

lm317t-voltage-regulation-circuit.gif.2a23a5ee240196095646118f49c94bf8.gif

 

A carga seria, estourando, 150mA.

 

Esse cara aqui diz que a corrente nesse resistor é mínima, 7mW, mas achei melhor consultar os mestres antes.

 

Se a corrente nesse resistor não for tão pequena assim ou se o termistor é que aguenta muito pouco, e se associasse com outro resistor, fixo?

 

Não lembro se a potência final aumenta ou diminui se botar um resistor fixo em série com o NTC. Se aumentar, poderia colocar um valor fixo bem baixo, para não interferir no resultado final. Mas se, para aumentar a potência, o certo for colocar o fixo em paralelo, para não interferir teria que ser um valor bem grande, algo como 100k, será que tá certo isso?

 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Qual o valor ôhmico real do termistor? Tens acesso ao datasheet?

 

2 horas atrás, rmlazzari58 disse:

para não interferir no resultado final

 

2 horas atrás, rmlazzari58 disse:

para não interferir teria que ser um valor

Sinistro isso. Afinal a missão do termistor ' interferir

 

E a corrente de carga não vai passar pelo termistor

2 horas atrás, rmlazzari58 disse:

A carga seria, estourando, 150mA

Que projeto doidão é esse? você está inventando ou se baseia num pre-existente?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, .if disse:

Qual o valor ôhmico real do termistor? Tens acesso ao datasheet?

Imagino que a 25°C vá dar 1k, mesmo. Não consegui estabilizar nessa temperatura mas monitorado por um LM35, esfriando com gelo e esquentando com o soldador, "en passant" dá para obter valores muito próximos disso.

 

Datasheet dele não tenho, comprei genérico pela Internet. Tem uns ds aqui, que catei mas não só não sei se se aplicam como, prá falar a verdade, não encontrei nenhuma referência a watt, ampere... Tô mandando.

17 minutos atrás, .if disse:

Sinistro isso. Afinal a missão do termistor ' interferir

 

O que eu quis dizer é que não gostaria de que um EVENTUAL (se for necessário) resistor fixo, em paralelo ou em série, colocado para melhorar a potência requerida pelo LM317 alterasse muito a resistência do termistor.

 

19 minutos atrás, .if disse:

Que projeto doidão é esse? você está inventando ou se baseia num pre-existente?

É o da ventoínha de velocidade proporcional à temperatura, ainda. É que eu acho que consegui uma proporcionalidade boa, se calculei certo, vai rodar a ventoínha a partir dos 40°C - que só de ligar o amp, sem nada para amplificar, já chega a isso - e aumentar a velocidade gradativamente até... bem, eu só cheguei aos 60°C no teste, tive medo de forçar o amp. Mas como a alimentação do LM317 vai ser de 12v, nem que R1 seja 0ohm, a ventoínha não vai receber mais de 12v, né?

 

Aliás essa é mais uma pergunta: será que estraga o LM317 se eu setar uma tensão na saída e alimentá-lo com menos do que isso? Por exemplo, setei os resistores dele para entregar 12v na saída, e alimento o circuito com 10v. Não vai ter 12v na saída... na verdade não vai ter nem 10v. Mas será que isso pode estragar o regulador? Será que o fará ferver, estragar mesmo ou algo assim?

 

 

sensor_ntc-thermistor_assembly_en.pdf r44e.pdf TKS_TTC05102KS.pdf

 

 

Usando aquele esquema ali em cima, R2 = 1k2 e R1 = o que o termistor tiver.

As medidas são imprecisas porque não tenho como estabilizar a temperatuta, tenho que botar prá esquentar (ou esfriar) e ficar de olho nos dois multímetros, o do LM35 e o do termistror.

 

27°C - 975ohm

30°C - 873ohm

35°C - 714ohm

40°C - 553ohm

45°C - 450ohm

50°C - 355ohm

55°C - 299ohm

60°C - 232ohm

 

Isso na esquentada. Na esfriada ficou um pouco diferente... é como se tivesse uma histeres maior no termistor que no LM35. Na descida ficou assim:

 

60°C - 237ohm

55°C - 267ohm

50°C - 343ohm

45°C - 427ohm

40°C - 531ohm

35°C - 681ohm

30°C - 835ohm

27°C - 969ohm

 

Fiquei pensando que essas imprecisões não são tão importantes assim, que o que importa é estar na faixa, no mais ou menos, porque quantas RPM em função de tantos graus é menos importante do que estar acelerando (positiva ou negativamente) e tudo isso menos importante do que estar simplesmente rodando.

 

Se o motor parar, por qq razão, aí sim acho que terá problema. Grave. Mas rodando com v tão menor que o limite, ainda por cima.

 

De qq forma o chip tem uma proteção aos 145°C ele se desliga. Mas aí até os fios já derreteram, o gabinete pegou fogo... eu, hein? rs...

 

 

 

Olha a linha dos R1 com R2 = 1k2:

R2\R1     150     180     220     240     270     330     370     390     470
(...)
1200     11.25     9.58     8.07     7.50     6.81     5.80     5.30     5.10     4.44

 

As tensões que obtive foram calculadas na mesma página que tem essa tabela, essa página aqui.

 

 

Nessa página também tem as tensões usando R2 de 1k5, 1k... de 68ohm a 3k3.

E mais embaixo tem por tensão.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
2 horas atrás, rmlazzari58 disse:

bem, eu só cheguei aos 60°C no teste, tive medo de forçar o amp.

Que amp? Estás a ligar direto o cooler neste tal amp? Um BDxxx da vida  ou até bc637 dá conta.

 

Sobre o  projeto que saiu da sua mente pouco posso acrescentar a não ser que de fato vai haver variação da V em função da temp. Como sempre não ajudo com cálculos, matemática e afins. Só mesmo insights: meça direto a V já com a carga na saída do seu sistema em função da temp

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, .if disse:

meça direto a V já com a carga na saída do seu sistema em função da temp

 

Tá assim, If:

 

esquema

esquema.thumb.jpg.90d99e260b7a05dcda029799d41b9f7a.jpg

 

vista de lado da aplicação real

1613997145_grfico.thumb.jpg.c39a52d865aef72d92d1fab95143308e.jpg

 

E surpresa, tá funcionando bem: o LM317 está carregando o motor com um pé nas costas, não esquenta nada. Há um atraso bastante grande na resposta do termistor à mudança da temperatura apurada pelo LM35, dá para melhorar... na montagem o LM35 vai sair fora e o termistor fica no lugar, bem atrás do "die" do amplificador.

 

Deixando um tempo sem tocar nada, sem sinal nenhum a ser amplificado, o sistema estabiliza em 34~35°C (segundo o LM35) e a tensão na ventoínha fica abaixo do 4v, uns 3,8v segundo o voltímetro em paralelo com o motor. Tocando música alta, o equilíbrio entre a tensão na ventoínha e a dissipação do amp faz o sistema estabilizar nuns 43°C, com a ventoínha rodando a 4,2v + ou menos... fica oscilando: o amp esquenta o dissipador, o dissipador esquenta o termístor, ele apressa a ventoínha, que esfria tudo até que... o amp esquente de novo.

 

Tem uma coisa curiosa: se eu for aumentando a tensão nesse motor fora desse sistema, através de fonte variável, ele só começa a rodar com 3,8v ou 3,9v. Mas segundo o multímetro nele, ele começa a rodar com 3,3v... Troquei os voltímetros de lugar, e o resultado foi o mesmo. Será que é porque não tem um diodo invertido, paralelo ao motor? Dá a impressão que o próprio multímetro interfere no sistema... será?

 

Bom, meu receio é que com o tempo, no uso do dia-a-dia, esse termístor, menor que uma cabeça de fósforo, não aguente a corrente que o LM317 faz passar nele... Como falei, não encontrei nada nos ds, nem sei se esse termístor tem alguma marca (nem ao menos sei se é mesmo de 1k@25°C...). Li por aí que a corrente que o LM317 põe nele é mínima mas sabe como é... como falei, se precisasse, poderia por um resistor em paralelo ou em série com o termistor, desde que não alterasse a resistência final do conjunto, que como está, só o termístor mesmo, tá funcionando bem. Só não sei por quanto tempo...

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, rmlazzari58 disse:

Aliás essa é mais uma pergunta: será que estraga o LM317 se eu setar uma tensão na saída e alimentá-lo com menos do que isso? Por exemplo, setei os resistores dele para entregar 12v na saída, e alimento o circuito com 10v. Não vai ter 12v na saída... na verdade não vai ter nem 10v. Mas será que isso pode estragar o regulador? Será que o fará ferver, estragar mesmo ou algo assim?

Vai estragar o LM317 se colocar o termistor no lugar do R1. 

Esse resistor é sempre fixo, o variável é o R2. 

No datasheet do LM317 não tem nenhum exemplo onde o R1 pode variar, pois ali a tensão e corrente é sempre fixa.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP

Bacana que funcionou. Estraga nada não ou seja, pelo menos eu (eu) não sinto motivo/explicação teórica ou prática pra estragar.

No seu sistema termistor e lm35 não estão estão relacionados eletricamente né? Ou seja, você desenhou o lm de bobeira e só pra me (me) confundir e estressar, né?

  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, .if disse:

só pra me (me) confundir

rs... juro que não, If... botei o LM35 para mostrar de onde vem a info da temp, para fazer aquela tabela lá. E porque esse chip compartilha a fonte com o LM317. E também prá gente entender porque o termistor demora a responder a mudança de temperatura.

 

5 horas atrás, Renato.88 disse:

Vai estragar o LM317 se colocar o termistor no lugar do R1.

Tá certo, eu não tinha reparado mas de fato não tem um único exemplo, no ds, de variação de R1.  Olhando o ds, bem...

 

1340142693_Semttulo.png.9bff4fe5535d57f68c68429b2d199416.png

 

não sei o que é aquela seta dentro de um círculo, Iadj, mas a entrada não-inv do comparador... ah, poxa. Tá funcionando tão bonitinho :( E o LM317 não tá esquentando nadica de nada...

 

O problema é que R2 é o oposto de R1. Quanto maior R2, maior a saída. E quanto maior R1, maior a saída.

 

Bom, vou dar uma sapiada naquele LT431 que a gente falou em algum lugar do passado, num conjunto LT431 + transistor, então. Mas por enquanto vou deixar aqui como está, funcionando, prá ver se queima e também para ficar ouvindo música ;)

 

Vamos lá ver esse LT, cumé que funciona.

 

 

(***)

 

Compartilho profundamente dos sentimentos do If 

1 hora atrás, .if disse:

não sinto motivo/explicação teórica ou prática pra estragar.

 

mas tenho que reconhecer que o sistema todo tá estranho, na verdade. O voltímetro que mede a saída do LM317 tá mostrando, agora, 1,5v. No entanto a ventoinha está girando. Talvez se fosse um motor comum, desse com escova e tudo... Sei lá, tá estranho.

 

Só como curiosidade, If e Renato, olha as "coisas" que a gente encontra pela Internet afora:

 

1309518562_poweramplifiercircuitusinglm317.jpeg.40719c124fec7d587198a9b85db69847.jpeg

 

é mole?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, rmlazzari58 disse:

mas tenho que reconhecer que o sistema todo tá estranho, na verdade. O voltímetro que mede a saída do LM317 tá mostrando, agora, 1,5v. No entanto a ventoinha está girando. Talvez se fosse um motor comum, desse com escova e tudo... Sei lá, tá estranho.

Pra mim tá normal, motor consegue girar com pouca tensão mesmo. 

Deixa quieto o circuito, a tensão e corrente é baixa, nem deve dar problema mesmo que errado.

 

4 horas atrás, rmlazzari58 disse:

Só como curiosidade, If e Renato, olha as "coisas" que a gente encontra pela Internet afora:

Depois que eu vi um radio feito com um 555 eu não duvido de mais nada! :lol:

  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
4 horas atrás, rmlazzari58 disse:

O voltímetro que mede a saída do LM317 tá mostrando, agora, 1,5v. No entanto a ventoinha está girando. Talvez se fosse um motor comum, desse com escova

Td a v. Motor brushless tem característica não resistiva por isso provoca alguma instabilidade da medição. Tenta colocar um cap 100...1000uF em paralelo pra ver que merdadá. Teoricamente dá uma aparada nas arestas.

 

Ao nadar contra a corrente e variar o R1 de cima, considere que a matemática não deixa a V variar linearmente. Perceba R1 em baixo da fórmula zoando a linearidade da coisa...

                                                   |                              

33c2ae4076ff850d31805f649a8a420d.jpg

 

LM317-Example-Schematic.jpg

 

Se 'estragar' foi usado erroneamente neste sentido, pode ter alguma coisinha a ver. Se foi no sentido de danificar, tenho dúvidas. Sua prática confirma aí pra nós, ok?

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grato, amigos. Versão final:

543211003_LM317termistor.thumb.jpg.15bab56aac44afb8c9d91e698f37a333.jpg

 

Na aplicação real sai o LM35. Não coloquei o capacitor que a If falou mas coloquei aquele diodo ali, já que o motor tem bobina.

 

E está funcionando que é uma beleza: independente do volume que o amp entregue aos alto-falantes, a temperatura se mantém (em dias quentes, como hoje) entre 36°C e 40°C. É que quando a temperatura aumenta, a ventoínha roda mais rápido. E com o amp em silêncio, a ventoínha roda mais devagar.

 

Se variar R1 tantas vezes por (segundo?) estraga o LM317, só o tempo dirá: hoje tocou direto por mais de 8 horas e o LM317 nem esquentou.

 

Ainda permaneço com a dúvida: quanto de watt esse termistor aguenta? Quanto de corrente o LM317 põe nele?

 

Fiz um teste colocando 1k5 em paralelo com o termistor, prá reforçar. Mas a ventoínha ficou mais rápida, o que é desnecessário para o arrefecimento. Então optei por correr o risco...

 

Quanto à 

7 horas atrás, .if disse:

linearidade

ficou maravilhoso: o tanto de mV percebidos pelo LM35 é aproximadamente o mesmo de volts que a ventoinha recebe.

 

Fiz uma filmagem do negócio todo funcionando, sobe a temp, a ventoínha roda mais rápido (em homenagem à If, rs...) Taquí.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

Errata: Em vez de

 

15 horas atrás, rmlazzari58 disse:

Quanto maior R2, maior a saída. E quanto maior R1, maior a saída.

 

O certo é

 

Quanto maior R2, maior a saída. E quanto maior R1, menor a saída.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, rmlazzari58 disse:

Quanto de corrente o LM317 põe nele?

1,25 dividido pela resistência do termistor. 

 

  • Curtir 1
  • Haha 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!