Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

J1800, 2GB RAM: atualizo para o Windows 8 ou para o Windows 10?


Ir à solução Resolvido por Edvaldo J. Frederico,

Posts recomendados

Minha configuração do MEU PC : Intel(R) Celeron(R) CPU J1800 @2.41Ghz 2.41 Ghz
Memória RAM : 2GB
Sistema Operacional : Windows 7 Home Basic 32Bits       

Recentemente estou usando o Windows 7 Home Basic em 32 bits,eu tinha formatado e instalei esse sistema, então eu tenho apenas tenho ''2GB DE RAM''. Estou achando meu PC lento um pouco! para abrir programas e até funções mais básicas. Eu queria saber se eu devo migrar para o Windows 8 ou 10, estando com essa configuração ai, por que minha configuração não e tão boa. Queria saber se posso migrar e se vai rodar liso,ficar mais lento ou de boa. Ou faço apenas um upgrade colocando mais memória RAM e também comprando um SSD, substituindo HD, é ficando nesse mesmo sistema mesmo ai?  Se poderem me ajudar? Agradeço de coração.       

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador
  • Solução

@FelipexN Boa tarde.

 

Cara com esse pouco de memóra e esse processador recomendo manter com windows 7, o 8.1 acho até um pouco mais leve que o windows 7 eu faria um teste para ver como sai o desempenho.

O Windows 10 exige um pouco mais do processador em relação as vesões mais antiga, e usar o windows 10 sem SSD é possível, só que você precisa otimizar o sistema com mais frequência para um desempenho interessante.

Mais a SSD no seu caso é uma boa e se possível mais memória também é bem vindo.

  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@FelipexN Como o Windows 7 teve o suporte encerrado, a melhor opção seria migrar para uma distro GNU/Linux. O Linux Mint tende a ser o melhor para quem está saindo do Windows.

  • Curtir 6
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • KairanD alterou o título para J1800, 2GB RAM: atualizo para o Windows 8 ou para o Windows 10?

@FelipexN Olá. teu pc tem um hardware bem limitado, tanto em memória ram, quanto em processador. o windows 10 precisa de 2gb de ram, pode não rodar de forma satisfatória. a opção mais viável que vejo é colocar um SSD e continuar no windows 7. o w10 é melhor que o 8.1 se a máquina é boa, mas se a máquina é fraca, vai continuar se arrastando, ou pior do que antes.

  • Curtir 1
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Mais um voto para Linux Mint, Ubuntu e demais variantes Debian.

Dá até pra rodar emuladores nestes sistemas, games, obviamente que limitados ao seu hardware.

Uma máquina destas é para emails, trocar mensagens pela net, e talvez ver uns vídeos.

 

SSD é bem vindo, mas tal máquina é muuuuito limitada. RAM cai na mesma coisa, vai comprar SODIMM DDR3 e colocar num sistema que não performa.

Dica: Nunca mais compre PCs em casa de eletrodomésticos. Um Core 2 Duo de 2006 e 4GB DDR2 dá um pau nesta máquina aí.

  • Curtir 3
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@Le_onardo04 O Windows 7 teve o suporte encerrado pela Microsoft. O ideal é evitá-lo. A falta de atualizações de segurança é algo muito grave.

 

@Phoenyx O Ubuntu até roda, mas fica meio capenga por conta do GNOME (experiência própria com 2GB). Eu daria preferência ao Linux Mint (que é bem leve, mesmo usando Cinnamon) ou Kubuntu. Se quiser algo ainda mais leve, Xubuntu.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador

@FelipexN Sugiro migrar para alguma distro Linux ou se quiser ir pro Windows 10 colocar mais um pente de 2 GB e um SSD.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

cara dá pra você usar o Windows 10 mas com a ISO personalizada sem essas coisas que a Microsoft deixa

eu uso o Windows 10 e por conta do meu HD ser 5.4 RPM e ainda parece estar no seu fim de vida é relativamente lento

mas pra tarefas básicas ele carrega rápido

mas se quiser que ele carregue tudo rápido mesmo e não tem paciência então melhor migrar pro Linux e afins

  • Haha 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@Pepse O que seria uma ".iso personalizada"? Você não estaria sugerindo um sistema como o tal "Windows 10 Lite", certo? Essas .isos modificadas, além de serem ilegais (os termos de uso da Microsoft proíbem modificações), representam grave risco à segurança e nunca devem ser utilizadas. Devido à ilegalidade, a discussão sobre as mesmas é proibida em nosso Fórum.

 

O Windows 10 deve ser utilizado em sua forma original, sem qualquer modificação feita por terceiros.

  • Curtir 1
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Eu não costumo recomendar Ubuntu e suas "sub-versões" (Lubuntu Xubuntu e afins), porque não só eu como outros que conheço tiveram problemas com Ubuntu, muitos bugs e instabilidades, erros para instalar alguns pacotes, etc.

Eu recomendo mais ir para Linux Mint, que além de ser perfeito para quem está saindo do Windows, é muito mais estável e funcional do que Ubuntu (apesar de ser baseado em Ubuntu).

Linux Mint tem a versão Cinnamon, que é a principal. Mas caso queira algo mais leve, aconselho a versão MATE.

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador
Em 15/04/2021 às 13:23, Ferox Lupinabilis disse:

Eu não costumo recomendar Ubuntu e suas "sub-versões" (Lubuntu Xubuntu e afins), porque não só eu como outros que conheço tiveram problemas com Ubuntu, muitos bugs e instabilidades, erros para instalar alguns pacotes, etc.

Eu tive alguns probleminhas com o Ubuntu. Por exemplo, a loja de programas dele é uma das coisas mais bugadas que já vi. Mas não tive esse problema ao lidar, por exemplo, com o Kubuntu. De forma geral (e passei quase um ano usando o Ubuntu direto), gostei bastante do sistema, apesar dos contras.

 

A questão é que, depois que passei a usar o Pop!_OS, percebi que usar o Ubuntu não anda fazendo muito sentido. O Pop!_OS tem todas as qualidades do Ubuntu, mas sem os defeitos. O Linux Mint acaba seguindo a mesma lógica. Ultimamente tenho recomendado principalmente os dois.

 

Para essa configuração, eu não indicaria Ubuntu, Pop!_OS ou qualquer sistema que use o GNOME como DE. Até funciona razoavelmente para uso básico (usei Ubuntu no meu tablet com 2GB de RAM por um bom tempo), mas é aquele "razoavelmente" que também seria obtido com o Windows 10. Ou seja, se usar algo mais leve, melhora a experiência.

 

O Linux Mint na versão Cinnamon é minha recomendação para o caso dele aí. Bonito, leve e funcional. E não tem a modularidade do KDE do Kubuntu para assustar o iniciante.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

@KairanD @Ferox Lupinabilis Porque ao invés de usarem estes OS modificados não instalam logo o Debian? Fico perplexo com isto. kkkkkkkkk

Quer algo bom? Vá até a fonte. Não gosto de utilizar subversões de subversões altamente modificadas. Lembrando que Ubuntu e Mint utilizam os pacotes unstable e testing do Debian, daí o maior risco de quebra de pacotes.

Com a instalação mínima do Debian (netinst), que cabe em um pendrive de 512MB de 2001, tu instala o OS crú (sem janela, sem nada) e aí depois tu escolhe o que quer fazer, quais pacotes instalar, tudo via rede, baixando na hora, tu monta seu SO do jeito que quiser, com a janela que quiser, etc.

  • Haha 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@Phoenyx Os probleminhas que tive estiveram associados ao Ubuntu. Não se repetiram no Linux Mint ou Pop!_OS. Meio que as últimas versões do Ubuntu estão com alguns probleminhas que foram resolvidos por essas outras distros, que também trazem facilidades que me agradam. Eu participo de alguns grupos focados em GNU/Linux e o Ubuntu 20.10 deu o que falar desde que foi lançado (essa versão foi especialmente problemática). Eu estava usando ele. A experiência na 20.04 LTS seria mais polida. Quem quer estabilidade não deve usar as edições short lived. Eu curto porque gosto de ficar mexendo mesmo, e fico ansioso pelas novidades. :P

 

Por isso acaba que não vejo muitos motivos para usar o Debian (até porque eu iria insistir em usar unstable e testing). Contudo, não descarto para o futuro. É fato que Debian é o rei da estabilidade e segurança. É uma distro maravilhosa.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

@KairanD Mas é isso que eu tô dizendo. Tu já tem familiaridade com o sistema, por isso não vejo motivos para subdistros, a não ser em caso de iniciantes.

Eu mesmo uso o Debian Sid.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
3 horas atrás, KairanD disse:

Eu tive alguns probleminhas com o Ubuntu. Por exemplo, a loja de programas dele é uma das coisas mais bugadas que já vi. Mas não tive esse problema ao lidar, por exemplo, com o Kubuntu. De forma geral (e passei quase um ano usando o Ubuntu direto), gostei bastante do sistema, apesar dos contras.

Interessante, não sabia que o Kubuntu era mais estável.
Eu mencionei que não recomendo as "sub-versões" porque tive problemas também com Lubuntu e Xubuntu, e o Kubuntu não cheguei a testar.

 

3 horas atrás, KairanD disse:

O Linux Mint na versão Cinnamon é minha recomendação para o caso dele aí. Bonito, leve e funcional. E não tem a modularidade do KDE do Kubuntu para assustar o iniciante.

Também gosto muito do Cinnamon, usaria ele se não fosse por um probleminha: Não dá de desativar o compositor, e isso afeta no desempenho em jogos. E apesar de ser relativamente leve, 2GB de RAM é pouca memória... Então por isso eu pessoalmente preferiria usar uma versão mais leve que a Cinnamon, como MATE por exemplo. (Em questão de leveza talvez até a versão XFCE fosse a melhor opção, mas como eu tive problemas com XFCE em outras distribuições, não citei ele aqui, porque não sei como está o Linux Mint XFCE, faz tempo que usei). De qualquer forma, o certo seria ele testar para ver se o Cinnamon fica bom para ele.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 14/04/2021 às 06:50, KairanD disse:

O Ubuntu até roda, mas fica meio capenga por conta do GNOME (experiência própria com 2GB). Eu daria preferência ao Linux Mint (que é bem leve, mesmo usando Cinnamon) ou Kubuntu. Se quiser algo ainda mais leve, Xubuntu.

realmente... o que eu fiz no meu pc (instalei kali uma vez para testar umas coisas) foi instalar tudo do GNOME, desinstalei o XFCE e fiz uns paranauezinhos lá... fiquei com kali com gnome... e se fizesse o contrário: instalar ubuntu com XFCE/KDE/LXDE/qqer outra interface?

Em 14/04/2021 às 08:27, Pepse disse:

cara dá pra você usar o Windows 10 mas com a ISO personalizada sem essas coisas que a Microsoft deixa

isso seria o que? linuxfx? acho q a microsoft ainda vai processar os criadores por cópia...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Um mero usuário acho que me expressei mal

realmente ISO personalizada é ilegal

na verdade o que eu quis dizer em outras palavras "muito erradas" é remover manualmente umas coisas que a Microsoft colocou no Windows 10 que quase ninguém usa e só estão lá consumindo o PC em geral

mas pra ficar leve mesmo só outros sistemas por que não tem Windows 10 que rode liso nesse Setup

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

9 horas atrás, Pepse disse:

@Um mero usuário acho que me expressei mal

realmente ISO personalizada é ilegal

na verdade o que eu quis dizer em outras palavras "muito erradas" é remover manualmente umas coisas que a Microsoft colocou no Windows 10 que quase ninguém usa e só estão lá consumindo o PC em geral

mas pra ficar leve mesmo só outros sistemas por que não tem Windows 10 que rode liso nesse Setup

hahah... agora faz sentido... deletar os arquivos *.dat, são meio pesados né >:)
(se alguém tiver lendo isso, por favor não delete os arquivos *.dat, teu pc vai dar ruim)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Um mero usuário deus me free fazer isso

o Windows depois de reiniciar vai explodir

mas bem

o recomendado a fazer isso é tirar coisas que ninguém usa durante o dia a dia

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador
2 horas atrás, Pepse disse:

@Um mero usuário deus me free fazer isso

o Windows depois de reiniciar vai explodir

mas bem

o recomendado a fazer isso é tirar coisas que ninguém usa durante o dia a dia

O que seria " coisas que ninguém usa durante o dia a dia"? Se for aplicações modernas, elas não interferem em nada o desempenho do Windows, além de que o próprio CCleaner oferece opções para desinstalá-las se quiser sem precisar fazer essas gambiarras de personalização de ISO.

Pela config do OP, o melhor seria ir de Linux mesmo, porque Celeron e 2 GB de RAM não vão ficar legais no W10.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como se tornar um desenvolvedor full-stack

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!