Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Qual o melhor S.O. de código aberto para jogos em Ryzen 3 3200G?


Posts recomendados

Olá, boa noite. Recentemente venho adquirindo peças para montar um computador novo e não estou em condições de comprar uma licença do Windows (mas se n tiver outro jeito eu me viro), a Key que eu tinha do win7 não funciona e optei então em trocar para SO livre. O problema é que não tenho experiência com esse uso, há anos utilizava o Ubuntu em virtualização pelo PenDrive e só. Gostaria de saber se é possível que me auxiliem de alguma forma com dicas do que utilizar para atender minhas necessidades.

Eu gosto de jogos, quero usar o computador para jogos e acesso a internet (redes sociais, youtube, netflix e estudo da faculdade) só isso. No momento me dedico a jogos muito simples, como Diablo III e Starcraft II. Mas futuramente (quando comprar uma fonte que preste) pretendo utilizar jogos mais pesados. E gostaria de utilizar emuladores de Playstation e de Android. Isso é viável com SO aberto? E qual eu deveria usar?

Minha máquina é boa (falta melhorar a fonte):

Ryzen 3 3200G

Gigabyte AB350M-DS3H V2

Viper Gaming DDR4 8GB

SSD Crucial 120GB

HD Samsung 500GB

STRIKE-X 500W 80 Plus (Bronze)

 

Alguém pode me dar uma luz? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Dayne Anglius Tente a versão Mint, é uma versão bem simpática do Linux, bem mais amigável que o ubuntu e mais parecida como o Windows.
Tem também o Linux FX que usa a interface do Windows 10, então caso sua adaptação com uma versão linux seja mais difícil essa distribuição seria uma boa.

Ao menos Diablo III eu sei que roda no Linux, os demais eu já não tenho certeza.

 

Linux FX (Interface Win10)

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@NIGHT FALL Eu consigo pelo menos instalar esses programas de simulação de android? porque até poder comprar um Win10, eu uso os jogos no pc da minha esposa.

Só quero conseguir brincar com jogo de celular no pc e usar para estudar e escrever/imprimir material de faculdade, quando conseguir comprar fonte e win eu troco.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

31 minutos atrás, Dayne Anglius disse:

@NIGHT FALL Eu consigo pelo menos instalar esses programas de simulação de android? porque até poder comprar um Win10, eu uso os jogos no pc da minha esposa.

Só quero conseguir brincar com jogo de celular no pc e usar para estudar e escrever/imprimir material de faculdade, quando conseguir comprar fonte e win eu troco.

 

Tem que verificar com o fabricante desses programas se eles são compatíveis com linux, mas mesmo que não sejam existem outros emuladores de android pra linux que devem te atender nessa demanda.

Eu gostei bastante do Linux Mint, é muito leve e bem responsivo, nos primeiros dias a gente estranha um pouco, mas é bem fácil se habituar.
O mais interessante é que você nem precisa instalar pra testar, assim como o Ubuntu você pode rodar uma mídia removível e usar no modo Live (testes), se gostar já tem um atalho na área de tralho pra instalar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • KairanD alterou o título para Qual o melhor S.O. de código aberto para jogos em Ryzen 3 3200G?
  • Coordenador
19 horas atrás, Dayne Anglius disse:

Eu gosto de jogos, quero usar o computador para jogos e acesso a internet (redes sociais, youtube, netflix e estudo da faculdade) só isso. No momento me dedico a jogos muito simples, como Diablo III e Starcraft II. Mas futuramente (quando comprar uma fonte que preste) pretendo utilizar jogos mais pesados. E gostaria de utilizar emuladores de Playstation e de Android. Isso é viável com SO aberto? E qual eu deveria usar?

Não apenas é viável como funciona bem. Se você se acostumar com o sistema, é provável que nem queira comprar uma licença do Windows. Eu uso apenas GNU/Linux para tudo desde o começo do ano passado e não sinto falta do Windows.

 

A maioria dos jogos de Windows funciona (e muito bem) no GNU/Linux. Isso é possível por meio de aplicações como o Proton (do cliente Steam) e o Lutris, que são baseadas na camada de compatibilidade do WINE, utilizando principalmente tradução por DXVK (DirectX to Vulkan). Os jogos que não rodam (em maioria shooters online) geralmente não funcionam porque possuem um anti-cheat invasivo que depende do kernel do Windows. Com relação aos emuladores, você encontrará dezenas de opções ao buscar diretamente no Lutris.

 

Você pode consultar o status de um jogo (no caso, se estiver disponível no Steam) usando a base de dados ProtonDB: https://www.protondb.com/

 

Para quem está começando, o sistema mais fácil e recomendado é o Linux Mint. Ele lembra bastante o Windows e você terá uma adaptação mais rápida e confortável. Contudo, caso queira algo diferente, vale a pena dar uma olhada no Pop!_OS 20.04 LTS. Ambos são baseados no Ubuntu.

 

Esses 8GB de memória do seu computador estão em dual channel?

 

19 horas atrás, Tavaares00 disse:

Boa Noite, recomendo que troque pro Windows 10.

É importante destacar que a utilização do Windows 10 sem licença após o fim do prazo de teste (30 dias) é ilegal e constitui violação dos Termos de Uso da Microsoft. Portanto, não há como escapar da compra da licença.

 

19 horas atrás, NIGHT FALL disse:

Tem também o Linux FX que usa a interface do Windows 10, então caso sua adaptação com uma versão linux seja mais difícil essa distribuição seria uma boa.

Eu sinceramente detesto o LinuxFX. E ainda não sei como está de pé. Essa distribuição viola claramente direitos autorais da Microsoft e, por isso, eu não a recomendaria, inclusive porque cedo ou tarde ela vai ser derrubada judicialmente.

 

Não tem problema uma distro ter um workflow semelhante ao do Windows, como o Cinnamon do Linux Mint. Contudo, o LinuxFX eu considero um desserviço para a comunidade open source.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

5 horas atrás, KairanD disse:

Eu sinceramente detesto o LinuxFX. E ainda não sei como está de pé. Essa distribuição viola claramente direitos autorais da Microsoft e, por isso, eu não a recomendaria, inclusive porque cedo ou tarde ela vai ser derrubada judicialmente.

 

Não tem problema uma distro ter um workflow semelhante ao do Windows, como o Cinnamon do Linux Mint. Contudo, o LinuxFX eu considero um desserviço para a comunidade open source.

 

Eu acho difícil que eles façam isso, esse sistema vem sendo desenvolvido desde 2007.

Fora isso atualmente ela é uma das empresas que mais contribui com a Linux Foundation, além do WSL2 e do projeto do Windows 10 com Kernel Linux.

A Microsoft nunca esteve tão próxima do Linux quanto hoje, duvido muito que eles comprem uma briga dessa, até porque é justamente o que eles estão fazendo, só que ao contrário.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@NIGHT FALL O Linuxfx é (supostamente) desenvolvido desde 2007. Contudo, a última versão, Windowsfx, foi lançada em abril de 2020. Portanto, tem um ano que esse projeto começou a copiar o Windows 10, e ele passou a ganhar notoriedade justamente por ter se transformado em uma cópia plagiada (inclusive em processo de troca de nome para Windowsfx). O Diolinux e diversos outros canais fizeram reviews a partir da metade do ano passado, e questionamentos sobre a legalidade do projeto são frequentes.

 

A Microsoft pode até estar "apoiando" o GNU/Linux (algo que deve ser visto com cautela, pois devemos nos lembrar do "embrace, extend and extinguish"), mas "apoiar" não significa deixar uma cópia do Windows 10 ser vendida por aí. Sim, isso mesmo. Vendida. O desenvolvedor ainda teve a audácia de lançar uma versão "Professional" do tal "Windowsfx 10.8", com mais recursos, para tentar vender: https://www.linuxfx.org/?option=com_content&view=article&id=38. O negócio tem chave de ativação e, segundo relatos de usuários, ainda fica pedindo para ser ativado na versão gratuita. Boa parte dos recursos "oferecidos" não fazem sentido ou poderiam ser instalados sem gastar um centavo. E ele ainda quer dar suporte em cima desse produto!

 

Acho muito difícil que a Microsoft não caia em cima disso daí, ainda mais agora que começou a aparecer no DistroWatch. E, considerando que essa é uma das distribuições mais polêmicas e mais rejeitadas pela comunidade open source (vide debates em fóruns), duvido que alguma entidade "coloque a mão no fogo" para salvá-la. Outro motivo para não usar esse sistema é a segurança: enquanto o Linux Mint, por exemplo, é uma distribuição com muitos anos de existência, desenvolvida por um time consolidado e que sobrevive por doações, o Linuxfx (em sua forma plagiada Windowsfx) é uma distribuição que surgiu recentemente, supostamente desenvolvida quase que por apenas uma pessoa, e com fins cinzentos.

 

Eu realmente não vejo esse projeto com bons olhos. Oferecer uma adaptação fácil ao ambiente GNU/Linux não é o objetivo dele. O objetivo é fornecer uma cópia capenga do Windows 10, tentando "transformar" o GNU/Linux em Windows e ainda faturar uma graninha em cima disso. Ora, o GNU/Linux existe justamente para ser diferente. Um iniciante que pegar isso daí pode achar que vai funcionar igual ao Windows 10 e, se tiver essa mentalidade, pode acabar tendo uma experiência traumática. O GNU/Linux deve ser uma terceira via ao Windows e ao MacOS, e não uma cópia capenga do Windows 10. Isso inclusive ajuda a "queimar" ainda mais a imagem pública do GNU/Linux, que já não é das melhores.

 

O Linux Mint é uma ótima distribuição para iniciantes. O Linuxfx, na minha opinião, é obscuro. Ele até tem boas ideias, como um assistente de voz e acesso facilitado e integrado ao Wine, mas é um grande exemplo de como implementá-las de maneira errada. Não me leve a mal, eu sempre apoio projetos pequenos, ainda mais nacionais. Mas esse Linuxfx (ou melhor, Windowsfx) não desce. Eu torço bastante para que o desenvolvedor desista de copiar o Windows 10 e passe a aplicar suas ideias de forma mais original.

  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em 16/04/2021 às 17:04, KairanD disse:

Não apenas é viável como funciona bem. Se você se acostumar com o sistema, é provável que nem queira comprar uma licença do Windows. Eu uso apenas GNU/Linux para tudo desde o começo do ano passado e não sinto falta do Windows.

 

Para quem está começando, o sistema mais fácil e recomendado é o Linux Mint. Ele lembra bastante o Windows e você terá uma adaptação mais rápida e confortável.

 

Esses 8GB de memória do seu computador estão em dual channel?

 

Obrigada pela resposta, vou tentar baixar o Linux Mint então.

 

É uma memória só de 8GB, pretendo comprar outra depois quando tiver condições, aí coloco em dual.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@Dayne Anglius Legal! Se precisar de ajuda, não deixe de perguntar. :)

 

Perguntei sobre a memória porque o vídeo integrado fica com o desempenho muito prejudicado em single channel. Cai para perto da metade. Por isso, para ter bom desempenho em jogos, você precisará investir em outra memória o mais rápido possível.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@KairanD Entendi, obrigada pela informação. Para colocar em dual é necessário que ela seja completamente igual a que eu tenho? Colocar uma placa de vídeo similar a integrada é melhor do que colocar a memória em dual ou dá na mesma?

 

Tô pensando nos custos, pois ainda tenho que melhorar a fonte e o gabinete, pc tá montando num gabinete despedaçado e velho em cima da mesa rs (prioridades)

 

Obrigada pela ajuda ;)

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 

Em 17/04/2021 às 08:17, KairanD disse:

A Microsoft pode até estar "apoiando" o GNU/Linux (algo que deve ser visto com cautela, pois devemos nos lembrar do "embrace, extend and extinguish"), mas "apoiar" não significa deixar uma cópia do Windows 10 ser vendida por aí. Sim, isso mesmo. Vendida. O desenvolvedor ainda teve a audácia de lançar uma versão "Professional" do tal "Windowsfx 10.8", com mais recursos, para tentar vender: https://www.linuxfx.org/?option=com_content&view=article&id=38. O negócio tem chave de ativação e, segundo relatos de usuários, ainda fica pedindo para ser ativado na versão gratuita. Boa parte dos recursos "oferecidos" não fazem sentido ou poderiam ser instalados sem gastar um centavo. E ele ainda quer dar suporte em cima desse produto!

 

@KairanD Eu desconhecia essa questão deles estarem vendendo o sistema operacional. 25 dólares por um sistema com a interface plagiada é complicado.

Neste caso é bem provável que a Microsoft em algum momento vá aciona-los judicialmente, porque lucrar em cima do trabalho dos outros é sacanagem.

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador
Em 24/04/2021 às 00:13, Dayne Anglius disse:

Para colocar em dual é necessário que ela seja completamente igual a que eu tenho? Colocar uma placa de vídeo similar a integrada é melhor do que colocar a memória em dual ou dá na mesma?

 

Tô pensando nos custos, pois ainda tenho que melhorar a fonte e o gabinete, pc tá montando num gabinete despedaçado e velho em cima da mesa rs (prioridades)

Não precisa ser igual. Contudo, prevalece a regra do elo mais fraco. Isso significa que, se você colocar uma memória mais rápida e uma mais lenta para funcionarem juntas, ambas irão operar conforme a mais lenta. Ou seja, vamos supor que sua memória seja de 2400 MHz. Se você colocar uma de 3000 MHz aí, a mais rápida irá se ajustar para trabalhar nos mesmos 2400 MHz da primeira. Os demais parâmetros também se ajustam (portanto, não compensa investir em uma memória mais cara).

 

O ideal é procurar instalar memórias idênticas ou muito parecidas. Isso evita eventuais problemas de compatibilidade. Contudo, esses problemas eram comuns em hardware antigo. Atualmente, é bem difícil não funcionar, mesmo com memórias completamente diferentes.

 

Com relação à questão da placa de vídeo, definitivamente é melhor colocar apenas outra memória. Isso porque o preço das placas de vídeo alcançou valores insanos e o desempenho do vídeo integrado desse seu processador é bacana. Estou te alertando sobre a questão de ter memórias em dual channel porque se você tiver assistido a vídeos que demonstram o desempenho do vídeo integrado, o seu sistema ficará bem distante desses números, uma vez que a falta do dual channel vai cortar o desempenho pela metade ou perto disso. Para ter bom desempenho do vídeo integrado é obrigatório operar em dual channel.

 

Sua fonte foi testada pelo Teclab:

 

 

Ela apresentou dois problemas: temperatura muito alta e baixa eficiência. Contudo, as tensões estavam estáveis e o ripple foi muito bom (e isso é o mais importante). Considerando que o teste é feito em carga máxima, tomando como base os resultados e sabendo que seu computador irá consumir muito pouco, creio que essa fonte não ofereça risco.

 

Com relação ao gabinete, desde que as temperaturas estejam ok, não tem problema.

 

8 horas atrás, NIGHT FALL disse:

Eu desconhecia essa questão deles estarem vendendo o sistema operacional. 25 dólares por um sistema com a interface plagiada é complicado.

E a cara de pau do desenvolvedor é tão grande que o sistema ainda fica enviando mensagens pedindo para o usuário comprar a edição paga.

 

Essa distro nem deveria ser considerada parte do universo GNU/Linux. Espero que ela desapareça se continuar desse jeito. Ou melhor, que a Microsoft entre logo com o processo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • mês depois...

@KairanD Obrigada, fico feliz que a fonte não precise ser trocada tão rápido. Eu uso o pc para coisas tão simples que eu acho que ele nem se dá conta de que está ligado rs Só deve aquecer um pouco quando jogo, mas nada absurdo. Vou correr atrás da memória então, muito obrigada pela explicações.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...

@KairanD Concordo com tudo que disse, essa Distro aí é meio zoada...

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como se tornar um desenvolvedor full-stack

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!