Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Atualizar BIOS (A320M-K/BR) e Ryzen 1º geração


Posts recomendados

Pretendo comprar 2x8GB RAM de 3000Mhz e vender a minha atual de 2400Mhz, porém sei que os Ryzen de primeira geração (possuo um R5 1600F) tiveram muitos problemas de incompatibilidade com memórias de alta frequência. Nisso, imaginei que atualizado a BIOS da minha placa-mãe (A320M-K/BR), que não atualizo desde 2019 e está na versão 4602, eu teria uma chance melhor de que as memórias funcionassem perfeitamente. Contudo, soube também que em algumas placas mãe, a BIOS deixa de oferecer suporte para Ryzen 1º e 2º geração em builds mais novas e eu não faço a menor ideia se isso chegou a ocorrer também na minha ASUS (até dei uma olhada nas descrições das BIOS e não vi nada sobre).

 

Alguém saberia dizer se isso ocorreu também nela ? Se sim, em que versão ? 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Eduardo V. D. C. Noblat

9 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Pretendo comprar 2x8GB RAM de 3000Mhz e vender a minha atual de 2400Mhz, porém sei que os Ryzen de primeira geração (possuo um R5 1600F)

Pra que comprar memorias novas ? Se já tem e são do mesmo tamanho (no caso 2 pentes de 8GB 2400mhz) é só fazer overclock dessas memorias para 3000mhz, alias o 1600 AF é de segunda geração não primeira.

 

10 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

BIOS deixa de oferecer suporte para Ryzen 1º e 2º geração em builds mais novas e eu não faço a menor ideia se isso chegou a ocorrer também na minha ASUS (até dei uma olhada nas descrições das BIOS e não vi nada sobre).

Apenas B450 e X470 podem fazer isso (se ainda fazem, que eu duvido muito), nenhum risco de perder a compatibilidade ai.

 

10 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Alguém saberia dizer se isso ocorreu também nela ? Se sim, em que versão ? 

Não tem um por que de atualizar a BIOS se a sua atual não te causa problemas, atualizar a BIOS as vezes pode causar problemas e por isso nem sempre é a melhor opção.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

16 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Pra que comprar memorias novas ? Se já tem e são do mesmo tamanho (no caso 2 pentes de 8GB 2400mhz) é só fazer overclock dessas memorias para 3000mhz, alias o 1600 AF é de segunda geração não primeira.

Eu acabei não sendo claro, eu possui apenas 1x8GB de 2400Mhz e acredito que, se eu chegasse em 3000Mhz (e é um grande se), as latências ficaram por volta de CL20 em um possível overclock ou eu estou exagerando ? Nesse caso, como a latência da nova é CL15, há um risco de incompatibilidade entre as duas, ao menos pelo que já ouvi falar e não sei se valeria a pena correr esse risco, você acha que é ok ?

 

20 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Apenas B450 e X470 podem fazer isso (se ainda fazem, que eu duvido muito), nenhum risco de perder a compatibilidade ai.

Então eu poderia atualizar para a versão mais recente sem problemas quanto a isso, correto ? 

 

20 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Não tem um por que de atualizar a BIOS se a sua atual não te causa problemas, atualizar a BIOS as vezes pode causar problemas e por isso nem sempre é a melhor opção.

Claro, a questão é que eu atualizaria apenas caso ocorresse incompatibilidade no Ryzen com uma frequência mais alta (inclusive, isso poderia ajudar no overclock da memória que já possuo, não ?)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Eduardo V. D. C. Noblat

2 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Eu acabei não sendo claro, eu possui apenas 1x8GB de 2400Mhz e acredito que, se eu chegasse em 3000Mhz (e é um grande se), as latências ficaram por volta de CL20 em um possível overclock ou eu estou exagerando ?

Você estaria mexendo no clock não na latência, se quiser gastar a grana extra de comprar 2 pentes novos iguais pode comprar, mas raramente há problemas com simplesmente colocar uma memoria 3000mhz e fazer over na antiga.

 

4 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Nesse caso, como a latência da nova é CL15, há um risco de incompatibilidade entre as duas, ao menos pelo que já ouvi falar e não sei se valeria a pena correr esse risco, você acha que é ok ?

A única coisa que mudaria é que a memoria atual seria do mesmo clock e latência que a antiga, que com leves mudanças poderia deixar igual ou super parecido com a nova.

3 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Então eu poderia atualizar para a versão mais recente sem problemas quanto a isso, correto ? 

Sim mas não há um porque de se fazer isso.

 

5 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Claro, a questão é que eu atualizaria apenas caso ocorresse incompatibilidade no Ryzen com uma frequência mais alta (inclusive, isso poderia ajudar no overclock da memória que já possuo, não ?)

Não haverá problemas, isso era coisa mais das BIOS mais antigas e de lotes antigos dos Ryzen de primeira geração, com a segunda geração e lotes mais atuais da primeira (até que pararam de ser vendido) esses problemas foram quase completamente concertados, se você tiver algum problema você é bem azarado.

E não, atualizar BIOS não muda na capacidade de overclock, apenas os chips da memoria RAM podem dizer o limite (tu pode dar azar e não conseguir subir nem 1 MHz, ou da uma sorte danada e conseguir subir o quanto quiser, ambos os extremos são basicamente chance nula).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

15 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Você estaria mexendo no clock não na latência, se quiser gastar a grana extra de comprar 2 pentes novos iguais pode comprar, mas raramente há problemas com simplesmente colocar uma memoria 3000mhz e fazer over na antiga.

Vou tentar ver o máximo que eu consigo com overclock amanhã, o que você acha que seria o mínimo pra a antiga trabalhar bem com a nova e valer a pena os 3000Mhz ?

 

15 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Não haverá problemas, isso era coisa mais das BIOS mais antigas e de lotes antigos dos Ryzen de primeira geração, com a segunda geração e lotes mais atuais da primeira (até que pararam de ser vendido) esses problemas foram quase completamente concertados, se você tiver algum problema você é bem azarado.

Então, o meu Ryzen é dos lotes antigos de primeira geração hahaha, por isso a preocupação. Quando você diz que eles foram quase completamente consertados, isso seria na BIOS, não ? Porque comprei a placa-mãe justamente nessa época dos Ryzen e nunca cheguei a atualizar a BIOS.

 

15 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

E não, atualizar BIOS não muda na capacidade de overclock, apenas os chips da memoria RAM podem dizer o limite (tu pode dar azar e não conseguir subir nem 1 MHz, ou da uma sorte danada e conseguir subir o quanto quiser, ambos os extremos são basicamente chance nula).

Entendi, só que nas próprias descrições das versões de BIOS diz: "Improve system performance/Improve DRAM stability/Improve system stability/Improve system compatibility"

Inclusive, você saberia dizer ao que "Removes Gen 4 support when using Ryzen 3000 CPUs" se refere ?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

5 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Vou tentar ver o máximo que eu consigo com overclock amanhã, o que você acha que seria o mínimo pra a antiga trabalhar bem com a nova e valer a pena os 3000Mhz ?

Deixar o mais parecido com a que vai comprar o possível no caso 3000mhz com CL 15 (mas se não der CL 15 pode deixar um pouco mais alto).

 

5 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Então, o meu Ryzen é dos lotes antigos de primeira geração hahaha

Não, Ryzen 5 1600AF tem o nome de primeira geração (1000) mas é um processador em segunda, foi um refresh do aclamado 1600 só que em 12nm, é basicamente um 2600 só que com clock e cache de um 1600.

 

7 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Quando você diz que eles foram quase completamente consertados, isso seria na BIOS, não ?

BIOS atualizada ajuda mas no geral era culpa dos próprios processadores, mas não precisa ficar preocupado com isso, raramente tem incompatibilidade de memorias hoje em dia.

 

9 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Porque comprei a placa-mãe justamente nessa época dos Ryzen e nunca cheguei a atualizar a BIOS.

em 2019 (última atualização da tua BIOS) já existia Ryzen 3000, os Ryzen de primeira geração são de 2017, não é tão antiga assim.

 

10 minutos atrás, Eduardo V. D. C. Noblat disse:

Entendi, só que nas próprias descrições das versões de BIOS diz: "Improve system performance/Improve DRAM stability/Improve system stability/Improve system compatibility"

Inclusive, você saberia dizer ao que "Removes Gen 4 support when using Ryzen 3000 CPUs" se refere ?

Não se preocupe com a BIOS, só se preocupe com isso caso dê problema, fica tranquilo, e esse gen 4 não sei o que pode ser, mas sobre processador que não é, A320 só suporta da primeira a terceira geração, sempre foi assim e sempre será.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

35 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

Não, Ryzen 5 1600AF tem o nome de primeira geração (1000) mas é um processador em segunda, foi um refresh do aclamado 1600 só que em 12nm, é basicamente um 2600 só que com clock e cache de um 1600.

Erro meu, é só um 1600F, li errado no CPU-Z.

35 minutos atrás, PlayerUzumaki disse:

em 2019 (última atualização da tua BIOS) já existia Ryzen 3000, os Ryzen de primeira geração são de 2017, não é tão antiga assim.

Verdade, isso me deixa mais tranquilo. Vou comprar e ver como vai ficar, se der incompatibilidade pode deixando o endereço que vou cobrar, viu ? hahaha

Obrigado pela paciência.

 

Aproveitando que você já me ajudou até aqui, eu tava muito em dúvida entre comprar 2x8GB 3000Mhz Blood Shadow da Gloway no ali por R$370 (aí valeria até a pena vender a que eu já tenho) ou comprar a que eu estive falando na pichau que seria 1x8GB 3000Mhz Crucial Ballistx por R$280, qual a sua opinião ?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.