Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Como melhoro o desempenho do Debian 11 LXDE?


Ir à solução Resolvido por KairanD,

Posts recomendados

Bom eu instalei debian lxde no meu PC e queria testar o quando de desempenho o linux pode dar ( só estou fazendo por curiosidade)

 

Config:

i5 750

4gb ram DDR3

 

queria saber como posso configurar o debian LXDE para um modo de desempenho máximo ou próximo

alem que o debian lxde ja e muito leve

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador

@Senpia Kkj O LXDE não tem muito o que "melhorar". No máximo você pode desativar as (poucas) animações dele, editando o arquivo ~/.config/openbox/lxde-rc.xml, substituindo a palavra "yes" na linha abaixo por "no":

 

<animateIconify>yes</animateIconify>

 

Não fará muita diferença, mas é melhor do que nada. O LXDE é extremamente leve por padrão.

 

Em 11/10/2021 às 00:13, FoxBlack disse:

Qualquer distro com lxde ou lxqt é leve., sem ser capenga como o Debian. Por exemplo: Fedora Lxde  ou Lubuntu

 

@FoxBlack Onde que o Debian é "capenga"? Já salvei muito "dinossauro" com o Debian LXDE. O spin LXDE do Fedora nunca rodou leve nos computadores que testei.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Rio McCloud alterou o título para Como melhoro o desempenho do Debian 11 LXDE?

O único ruim do Debian é o suporte a hardware mais recente. Fora isso, falar que Debian é uma distribuição capenga é no mínimo estranho. 

De todo modo, se quer um Debian leve (o mais leve possível, né, que é o que parece), eu sugiro que você esqueça isso de usar uma DE completa (LXDE, KDE, XFCE...), e passe a usar só um tiling window manager. Tô com um core 2 duo E7400 (@ 2.8GHz), 2 GB de RAM DDR2, e fiz uma experiência legal nele pra deixar ele minimamente funcional:

na hora da instalação, quando perguntava qual DE eu queria, eu desmarquei tudo, e instalei só o sistema base, em modo texto mesmo. Depois, a partir dali, eu instalei só o que eu precisava: xorg/xserver(ambiente gráfico), o lightdm (display manager), bspwm (o tiling window manager), o sxhkd (uma ferramenta pra ler comandos do teclado, porque o bspwm nem isso tem), o polybar (uma barra pra ficar aparecendo hora, consumo de RAM, temperatura do cpu, conexão à internet, e outros, porque nem isso o bspwm tem kkkk), o alacritty (um emulado de terminal aí), e o brave-browser (um navegador). 

Você pode ter menos trabalho se resolver usar o i3wm em vez do bspwm, porque aí não tem que baixar nem o polybar nem o sxhkd, e te poupa de configurar os dois. Mas acho que com bspwm fica mais leve.

Deu um pouco de trabalho, a maioria das pessoas não tem essa paciência, mas o PC liga consumindo apenas 137MB de RAM. Abro algumas abas diferentes no navegador, e ele continua abaixo de 1GB.

Como você tá fazendo só por curiosidade, talvez você tenha essa paciência. Eu acho que pode ser uma boa você fazer isso, até porque você aprende muito num rolê desses. Se quiser, até pilho de te ajudar se você tiver algum problema depois.   
 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

7 horas atrás, Rio McCloud disse:

@FoxBlack Onde que o Debian é "capenga"? Já salvei muito "dinossauro" com o Debian LXDE. O spin LXDE do Fedora nunca rodou leve nos computadores que testei.

 

   Diríamos que, temos -> Debian (muitos bugs, pacotes ultrapassados) -> Ubuntu(Debian Melhorado) -> Linux Mint (Ubuntu aperfeiçoado)

 

   A base do Ubuntu é o Debian !? sim., pode ser. Mas o que seria do Debian, sem a Canonical.

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador
  • Solução

@Senpia Kkj Experimentei algumas distros no meu tablet/netbook ASUS T100TAS, que tem um Atom Z3775 (quad core @ 2.4 GHz) e 2GB de memória RAM. A distro com pior desempenho foi o Fedora (talvez por conta do BTRFS, não sei). Ubuntu rodava mais ou menos. E o Debian rodava bem. Todos testados com a mesma interface (GNOME).

 

Por incrível que pareça, mesmo com quantidade tão limitada de memória RAM, esse computadorzinho funcionava bem para tarefas básicas, mesmo rodando GNOME (o que não é recomendável, pois se trata de um ambiente mais pesado). O sistema estava rodando em um SSD e com 4GB de swap habilitados (e ter SSD faz uma enorme diferença nesse caso).

 

Você escolheu uma das melhores distros em termos de leveza, com uma interface também muito leve. Não há muito a se fazer. Fica a minha recomendação de adquirir um SSD, mesmo que seja básico, caso não tenha um.

 

A leitura do meu tutorial pode ser interessante:

 

Atualmente estou usando Manjaro KDE em todos os meus computadores. Estou achando bem leve e muito fácil de usar.

 

47 minutos atrás, FoxBlack disse:

Diríamos que, temos -> Debian (muitos bugs, pacotes ultrapassados) -> Ubuntu(Debian Melhorado) -> Linux Mint (Ubuntu aperfeiçoado)

Passei um bom tempo usando o Ubuntu e o Debian Testing. O Ubuntu me deu muito mais dores de cabeça por conta de bugs. Fora a loja de aplicativos (Snap Store) que parecia um beta. Eu deixei de recomendar o Ubuntu após algum tempo. No lugar dele, prefiro recomendar o Pop!_OS (para quem quiser GNOME) ou o Linux Mint (para quem quiser algo mais parecido com o Windows), que considero distros menos problemáticas.

 

Para quem está disposto a configurar o sistema (pois dá mais trabalho), o Debian continua sendo ótima pedida. Mas eu não recomendaria usar a versão Stable, e sim a Testing. É um sistema pouco propenso a bugs e que tem pacotes bem atualizados.

 

Debian Stable tem pacotes muito antigos justamente porque extensos testes são conduzidos para evitar bugs. Contudo, no contexto do usuário doméstico, acho exagero.

 

47 minutos atrás, FoxBlack disse:

Mas o que seria do Debian, sem a Canonical.

Um sistema independente, com uma base enorme de desenvolvedores e que continuaria funcionando e sendo atualizado. Já quanto ao sentido contrário não se pode ter certeza.

  • Curtir 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se quer distro mais leve que o Debian, cê vai ter que apelar pra coisas um pouco fora da caixinha, e Lubuntu não vai tá no meio. Mas não vai mesmo. 

Bug no Debian eu vi menos em 2 anos de uso do que em 6 meses combinados de Xubuntu e Linux Mint. Nunca vi bug no Debian. 

Debian tem um suporte a hardware pior porque eles só usam software livre por padrão. Faz parte da filosofia e do pacto social da organização. Debian estável tem pacotes menos atualizados porque a distribuição é feita pra não quebrar e durar vários anos, já pensando em manter um servidor rodando durante mais de 4 anos sem manutenção excessiva e sem quebrar. Linux Mint quebra com atualização, Ubuntu quebra com atualização. Fedora quebra com atualização. Manjaro. Arch. Até meu openSUSE Tumbleweed, que me fez largar o Debian, quebra com atualização. E tudo bem, são propostas diferentes, para públicos diferentes, e assim sendo, qualquer comparação fica meio que fora de propósito. As comparações só valem para casos isolados, para usos e usuários específicos.

Mas se o Debian for compatível com seu hardware, se você não precisa da versão mais atual possível de cada pacote, e se você tem paciência pra fazer uma configuração inicial no sistema(que é bem simples) e não tem problema em usar o terminal e ler um pouco (se necessário) - se esse for o caso, é difícil dizer que qualquer coisa é melhor que o Debian. 

Independente de tudo, o Debian é talvez a distribuição menos capenga que existe. 

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não gosto de usar o Debian apenas pelos pacotes estarem um pouco atrasados como os colegas já relataram, hoje uso o
Ubuntu pois minha máquina tem processador e memória de sobra, mas nas outras máquinas mais antigas que tenho uso

Slackware, meu servidor de arquivos e de impressão, rodam lisos no XFCE4, mas como não preciso de muito visual, prefiro

rodar tudo no i3-gaps.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Redes-Wi-Fi-capa-3d-newsletter.png

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!