Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Quanto uma Fonte Genérica de 500 W Realmente Fornece?


Posts recomendados

Acho q você's mataram uma charada! um amigo estava tendo 1 problema c/ o windows q só carregava em modo de segurança, no modo normal ele ficava agarrado na tela de load! ele formatava e logo depois voltava! hoje compramos 1 HD de 500GB Samsung 16MB sata II, 2 x 1GB Kingston 667MHZ! o HD novo é porque o de 80 q ele estava usando ele desconfia q esteja c/ problemas apesar do scandisk não pegar nenhum erro! e a fonte é uma genérica das bravas igual essa do teste ele tem 2 gravadores de DVD, 2 HD'S e acabaram os cabos de alimentação!

Ele estava acahando q o problema era o HD mas deve ser a fonte!:confused:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

mas a questão realmente foi o nivel de ruido que foi alto em qualquer potência.

mesmo que o pc puxe 100w ele pode ficar instável pelo alto nivel de ruido.

Cara, acho que tá tendo um certo exagero nessa história. Um nível de ruído um pouco mais alto não atrapalha tanto assim na grande maioria dos casos. Conheço muitos pcs com fontes genéricas que estão aí funcionando perfeitamente. Inclusive já tive vários pcs com fontes que vieram em gabinetes e nunca tive problemas. Claro que isso era numa época em que eu não era muito esclarecido, fora que o pc em questão tinha uma FX5200 ou no máximo uma 9600PRO. Mas mal ou bem, minha VCom de gabinete de "400W" segurou meu P4 Prescott 3.2ghz sqt 478 com 1 gb de memória, essa 9600 com captura de tv, um combo e 1 grav. de dvd, 1 HD Sata e 1 neon de gabinete.

Claro que eu nunca irei recomendar fontes de gabinete pra quem vai jogar ou rodar programas pesados, mas para pcs de escritório sim. Por exemplo, imagina ter que gastar em torno de R$ 120-150 apenas em 1 fonte para cada pc de um escritório que tem uns 5 pcs? Pode colocar uns R$ 500 + ou - de gasto extra apenas com fonte para pcs que irão rodar no máximo um Internet Explorer e um Microsoft Word. Pra esses pcs eu recomendo fontes Vcom e nada além disso.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente teste. O Clube do Hardware conseguiu fazer esse artigo ser muito educativo, sem deixar de lado aspectos técnicos importantes.

O gráfico de ruíno no sinal +5 já diz tudo: use fonte genérica e espere sua mobo morrer!

Ou então, torça para a fonte morrer antes dela...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns a equipe Clube do Hardware.

ótimo artigo/teste. Podemos notar um aumento consideravel no número de user's que frequentam o forum, não apenas para perguntar, mas para auxiliar também.

Se continuar assim, com otimos testes, e com novas pessoas para auxiliar o site, o mesmo vai crescer muito, mas muito mais.

OBS: provou à muita gente que não se escolhe a fonte somente pela etiqueta.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...

Gostaria de ver o teste desta fonte!

Fonte Extream SuperFlower 650W

Modelo: SF-650T28 (FEX-65T28)

A minha config deve ser esta logo abaixo!

Asus M2N-E + Athlon x2 4850e + 1GB DDR2-800 Tuper Talent

Geforce 8400GS ou 8600GT 512MB + 500GB Samsung Sata II

Gravador DVD Benq DW1655, porém não sei se minha Maxtroo 500W 20 pinos com adaptador para 24 pinos vai segurar......

:eek:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pois bem...excelente...eu como fuçador de eletrônica..numa genérica de 750 wats voce pode ter provavelmente 500 Wats reais...você só teria que colocar os componentes faltantes da placa..em relação a filtragem..e o rippie....ou utilizar uma generica de 500 wats recolocando os componentes que faltam..para melhor filtragem..e reclacificar a potencia..para pcs modestos...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
Pois bem...excelente...eu como fuçador de eletrônica..numa genérica de 750 wats voce pode ter provavelmente 500 Wats reais...você só teria que colocar os componentes faltantes da placa..em relação a filtragem..e o rippie....ou utilizar uma generica de 500 wats recolocando os componentes que faltam..para melhor filtragem..e reclacificar a potencia..para pcs modestos...

Realmente dá pra melhorar um pouco acrescentando os componentes que

faltam, o problema é conseguir esses componentes.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 semanas depois...
  • 2 meses depois...
O CHD podia testar outras fontes genéricas porque querendo ou não, sendo ruim ou não é o que mais sai. Gostaria de saber se todas pecam nos mesmos quesitos.

Há genéricas e genéricas da mesma forma como há diversidade entre as de marca. O artigo pecou pelas muitas generalizações que fez, nem todas corretas, mas de modo geral as fontes de baixíssimo custo também pecam nos mesmos quesitos: Ruído elétrico elevado, ausência de componentes, componentes de quinta categoria, baixíssima eficiência. Potência real alguma têm e outras não. Na média as fontes típicas de gabinete tem potência entre 180~ 220W. O mais importante a considerar é que elas valem o que custam e até um pouco mais, porque muitas vezes suportam bem configurações que seriam impensáveis para elas. Nesse ponto tem muita fonte de marca por aí que são piores porque não merecem o que custam nem suportam o que tinham obrigação de fazer.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente dá pra melhorar um pouco acrescentando os componentes que

faltam, o problema é conseguir esses componentes.

aí isso é realmente viavel?? tipo, é possivel acrescentar esses componentes que faltam... e se for... compensa pelo custo beneficio ou é melhor jogar fora a fonte generica e comprar uma de watts reais?? falo pelo que seria gasto em componentes para melhorar a fonte ... alguem saberia calcular esses custos???

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Vou relacionar aqui alguns itens que podem e devem ser melhorados:

- Varistor(se encontrar algum mais "competente");

- Bobina de filtro(geralmente são usados dois jumpers);

- Ponte de diodos(mais corrente);

- Capacitores primários(estabilização);

- Transistores chaveadores(maior corrente);

- Dissipadores primários e secundários;

- Diodos Schotky(genéricas pecam demais nesse quesito. Aumentar corrente disp.);

- Acrescentar as bobinas L faltantes;*

- Incluir capacitores;*

- Trocar capacitores das saídas(melhora a estabilidade);

- Trocar resistores de carga da linhas(geralmente vem de 1/2 ou 1/8W e aquecem demais);

- Acrescentar os cabos para compatibilidade com novos sistemas(Sata, PCI-e, ATX12V, etc.

* Cuidado com componentes que funcionam como filtros LC ou RLC, pois alterando seus componentes, pode alterar a frequência dos filtros!

Estes são os básicos e mais simples de se fazer. Tenho uma Satéllite LCB 500 retrabalhada nessas condições e que chegou a ganhar quase 1Kg!!!!!!

Diodos Schotkys de 10A ou 16A são comuns em genéricas. Algumas trazem de 30A na L12 e numa fonte queimada, basta retirar o de 30A e aplicar na cobaia.

Lembro ainda que os trafos chaveadores não são fáceis de encontrar substitutos e assim, continuam a segurar a confiabilidade!

Lembrando que essas modificações não garantem um produto final TOP....é apenas um curativo!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 5 meses depois...

Acrescentar componentes na unha?? Magina, isso é loucura.. É quase tunnar um Uno velho (todo respeito aos Unos, pego várias caronas em um desses).

Sobre o comentário: Sendo ruim ou não é o que mais sai..

Exato, é o que mais sai mas são esses PCs com essas fontes que gastam 60 reais em manutenção e usam 2 ou mais fontes durante o curso de suas vidas úteis. Quem mais precisa economizar no PC acaba tomando na cabeça em médio prazo. R$50 de fonte bixera + R$60 do técnico quando começar a travar + R$50 da fonte bixera nova depois do 1º ano de uso = fontinha boa de 450W de R$160. Fica com a fonte o tempo que for, e com qualidade. Menos ruido, pouco travamento, fonte mais filésinha.

Como comentado pelo CdH, isso é uma questão de cultura que tem que mudar.. Idem tomada de 3 pinos (um aterrado).

Muito legal essa análise, isso só prova que tem muita cultura eletrônica que tem que mudar.

A parte que eu mais gostei foi a análise do ruido com a telinha do osciloscópio.. Aquilo seria cômico se não fosse trágico.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 meses depois...

fonte genérica é fonte genérica, como os fabricantes não querem por o nome em seus produtos é porque eles nao querem se responsabilizar com possíveis danos que podem provocar no equipamento dos outros.

Não gastar 70 a 100 reais a mais para comprar uma fonte mais confiável e por em risco todo o resto do pc nso é uma atitude muito legal não.

Só utilizei fonte genérica quando não sabia do seu poder destrutivo (uhauhauha), depois parti sempre pra fontes de confiança como AKASA no pc 1 e SPIRE JEWEL no pc 2.

ABAIXO AS FONTES GENÉRICAS.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 meses depois...

Bem elucidativo...poupa ter que ficar explicando pra todo cliente a necessidade de investir em uma fonte de qualidade, não necessariamente em uma fonte cara. É possível gastar mais uns R$100 a R$150 (para um pc básico) e conseguir maior estabilidade de funcionamento e economia na conta de energia, além de evitar dor de cabeça com queima de componentes mais caros. Aqui no Rio acha-se uma Extream FEX-45T12, de 450W, por R$ 142,00 e essa é uma fonte de boa qualidade, conforme teste daqui do CdH.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 10 meses depois...

Isso de colocar ou trocar componentes é bom para quem quer estudar eletrônica, como eu. :D

Estou tentando ver o que posso fazer com uma “leadershit” de 550W para melhorar sua filtragem.:wacko:

https://www.clubedohardware.com.br/printpage/Fonte-de-Alimentacao-Leadership-Casemod-550-W/1324

A partir daí posso colocar com segurança em um PC velho, tipo um PIII ou Athlon XP, T-bird, Duron, Celeron dos antigos. ;)

Eu concluo, mesmo que, uma fonte genérica supre os 150 ou 200W que um PC básico necessita, ela estará cheio de ruídos e interferências que sobrecarregarão os componentes do PC. :unsure:

Fará com que o computador fique instável e até queimar componentes, como o HD, que é muito sensível a interferências. É a primeirca coisa a dar defeito, o HD. :o

E ninguém quer perder seus arquivos. Ficar gastando dinheiro com peças e, além de perder tempo com o conserto. (_(

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Redes-Wi-Fi-capa-3d-newsletter.png

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!