Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Processador envelhece ?


Posts recomendados

bom... queria saber c é possivel uma cpu "envelhecer".

tenho um p4 em casa q ja tem por volta d 9 anos,

e ele aparentemente anda ficando muito lerdo,

mesmo com hd novo, e memorias novas...

isso pode ser o "desgaste" com o tempo, ou só impressão, por usar outros pcs mais rapidos??

valeu..

flow!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, pelo que eu fiquei sabendo , o processador tem uma vida útil estima em 20~30 anos, podemos perceber que há k6, PII, Duron...etc. equipando várias máquinas por aí funcionando perfeitamente.

Sua máquina está lenta por vários fatores, como quantidade de memória , arquivos fragmentados , hd quase cheio e até mesmo instalações de programas pesados, há caso de instalação de sistema operacionais mais novos em máquinas "velhas" como é o caso do windows 7.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também veja as temperaturas do processador, placa mãe e etc, pode ser que você precise trocar ao menos a pasta térmica do bicho.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

hum..

bom saber q dura tanto assim um proc.. XD eu faço uma manutenção nesse pc, mas quem usa mais ele é minha mae e meu irmão, para coisas basicas, principalmente browser e pacote office..

em relação a manutenção logica com certeza num tem nada errado..

ele usa windows xp, 2gb ram, e hd novo, frequentemente desfragmentado e recentemente formatado, sem arquivos e programas inuteis "juntando pó" (com mais d 70% livre)..

a unica coisa q falta eu fazer é a manutenção da troca da pasta termica, q faz alguns 3 ou 4 anos q esta com a mesmo XD

então NASCARBR, eu num comparei a velo das aplicações, mas o pc como um todo, demora para abrir programas, e tem muito leg no processamento durante a ultilização dos programas.

valeu ae pessoal pelas dicas o/

mas, quanto mais melhor :P

a.. tava até pensanu em fazer um overclock pequeno, mas será q vale a pena? por ser um pc antigo.. ele tem 1.6Ghz.. estava pensanu em passar para 1.8, ou 2.0Ghz..

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apesar de todos os Pentium IV terem um IPC fraco, os de núcleo Willamette possuem desempenho muito mais fraco ainda. Talvez seja o caso, pois em 1,6GHz ainda existiam Pentium IV Willamette.

Os programas atuais requerem muito mais processamento que os da época do Pentium IV 1,6GHz. Um anti-vírus da época, por exemplo, possuía um banco de dados muito limitado comparativamente à atualidade. Imagine que para cada vírus há necessidade de uma assinatura, que é composta por uma parte do código do vírus suficiente para que o mecanismo de detecção funcione! Some-se a isso o fato de os sistemas operacionais, aplicativos e utilitários atuais serem desenvolvidos para explorar o desempenho dos processadores ainda em linha de produção.

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Processador envelhece... O seu começou como Pentium iV, agora já deve ser Pentium III e logo logo vai ser um Pentium II...

Zueira :D

Os programas vão ficando mais pesados, pois eles supõe que todo mundo tem máquinas fortes, então isso é normal. Eu recomendo escolher no dedo o que você instala aí, principalmente antivirus que costuma pesar bastante. Eu tenho um Athlon XP aqui, com apenas 512 de memória, e rodo nele o Win XP SP2 (o SP3 deixa lento), Office 2007, Firefox, etc... e tá tranquilo, mas tá sem antivirus no momento.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com o advento da internet é impossível ficar sem atualizar pelo menos alguns programas: anti-vírus, caso você utilize Windows; browsers (Internet Explorer, Mozilla Firefox, Opera, Chrome, etc); dentre outros, dependendo do uso que você faz do seu PC.

Infelizmente para os padrões atuais o Pentium 4 Willamette não apresenta boa performance, mesmo que você tivesse o modelo mais potente dessa arquitetura. Para quem tem um Northwood, Prescott ou Cedar Mill e uns 2GB de RAM pelo menos DDR 333MHz, fora uma boa placa-mãe e uma placa-de-vídeo offboard qualquer (desde que seja no mínimo a GeForce 6200 A-Le 256MB), ainda dá para rodar muita coisa atual (exceto jogos, claro). Para uso simples é mais que o suficiente, mesmo sem garantir desempenho topo-de-linha. Até Windows 7 com anti-vírus atualizado dá para rodar com desempenho tolerável.

Entretanto, infelizmente para usar um Pentium 4 Willamette, principalmente se tiver menos de 1GB de RAM, só fica viável se você utilizar alguma distro de Linux leve ou antiga. Ou então se você não usar esse PC para internet, dá para rodar Windows antigos ou mesmo o XP com efeitos gráficos desabilitados e com programas antigos, com o fim de manter uma performance decente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Moderador

Outro item que deve ser levado em consideração é a placa-mãe e fonte.

No caso dos P4, por terem um consumo considerável, a fadiga dos capacitores era comum, principalmente porque na época não se era prática utilizar capacitores sólidos nos VRMs. Uns 3 anos, recuperei uma placa de P4 - 478 trocando capacitores, e substituindo alguns por sólidos. A placa voltou a funcionar perfeitamente, claro que com a limitação de processamento pertinente ao processador P4.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

outra coisa legal de abordar é que manter um pc antigo vivo, em alguns casos sai caro, como memorias e hd´s ou seja se voce compra qualquer pc basico da geração atual é mais rápido que esse aí ^_^ se possivel troque de pc de no maximo de 4 em 4 anos... :D

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!