Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Informação sobre capacitores eletrolíticos


Posts recomendados

Olá a todos. Gostaria de esclarecimentos sobre capacitores eletrolíticos. Um aparelho eletrônico com cerca de treze ou catorze anos de uso deve ter seus eletrolíticos trocados? Como saber se há tal necessidade? Com relação aos capacitores da fonte (2 de 4700 uF x 63 v, fonte simétrica), noto que o aparelho não possui a dinâmica de antes (nas passagens de maior impacto). Isso poderia ser em decorrência dos capacitores? Poderia substituí-los por dois de 10000 uF x 63 v? O que significa o termo 105º ou 85º constante em alguns capacitores? Marca como a EPCOS é confiável? Tem baixo ESR? Muito obrigado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membro VIP
Olá a todos. Gostaria de esclarecimentos sobre capacitores eletrolíticos. Um aparelho eletrônico com cerca de treze ou catorze anos de uso deve ter seus eletrolíticos trocados? Como saber se há tal necessidade? Com relação aos capacitores da fonte (2 de 4700 uF x 63 v, fonte simétrica), noto que o aparelho não possui a dinâmica de antes (nas passagens de maior impacto). Isso poderia ser em decorrência dos capacitores? Poderia substituí-los por dois de 10000 uF x 63 v? O que significa o termo 105º ou 85º constante em alguns capacitores? Marca como a EPCOS é confiável? Tem baixo ESR? Muito obrigado.

Com o tempo de uso os eletrolíticos perdem parte de sua capacitância.. Não sei se treze anos ou quinze ou 40 anos... Mas idade cresce, capacitancia diminui com o uso..

Mal não vai fazer trocá-los.. Procure substituir por algum de igual valor ou assemelhado, não com o dobro da capacidade...

Aqueles valores de 85 ou 105 são as temperaturas máximas de trabalho deles..

A Marca EPCOS sim é boa, é a mesma da antiga ICOTRON ou se quiseres, derivada da Siemens...

Se tem baixo ESR ou não isso não depende do fabricante e sim da série do capacitor. Um mesmo fabricante geralmente fabrica as séries comuns ou standard bem como as séries de baixo ESR, essas últimas geralmente usadas em fontes chaveadas, que operam com alta frequência.. Geralmente não é necessário seu uso em etapas de retificação normal de entrada de fontes..

  • Curtir 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Faller,

Pergunto isso porque já vi pela internet pessoas que fazem 'mod' nas fontes dos amplificadores. Inclusive vi o mesmo modelo de amplificador que possuo, onde um sujeito colocou dois capacitores de 15.000 uF x 63 v no lugar dos dois de 4700, do circuito original. A alegação é de que o amplificador fica com mais dinâmica. Acho 15000 exagero; pensei em substituir por 10.000. Se dobrar a capacitância, o aparelho corre algum risco? Observando que ele utiliza uma ponte retificadora.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro amigo, se a tensão for igual e a temperatura o mesmo ou superior, para os capacitores você deve colocar a capacitancia igual ou maior, ele vai atuar como filtro quanto maior a capavitancia maior a capacidade de filtrar, só que também fica mais caro o componente, então se tiver maior pode colocar sem problema, mais o mais perto do dimencionamento original melhor pois é o que foi projetado para o mesmo... abraço...

  • Curtir 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!