• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
    • DiF

      Poste seus códigos corretamente!   21-05-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware, O Fórum oferece um recurso chamado CODE, onde o ícone no painel do editor é  <>     O uso deste recurso é  imprescindível para uma melhor leitura, manter a organização, diferenciar de texto comum e principalmente evitar que os compiladores e IDEs acusem erro ao colar um código copiado daqui. Portanto convido-lhes para ler as instruções de como usar este recurso CODE neste tópico:  
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
raf-sp

Manipulação de String´s no C/C++

4 posts neste tópico

Pessoal,

Quando eu "rodo" o código abaixo, o compilador do C++ dá um erro:

error C2440: '=' : cannot convert from 'char [1]' to 'char'

This conversion requires a reinterpret_cast, a C-style cast or function-style cast

Porque a variável "xyz[1]" não atribui o valor "1"??? :muro:

#include "windows.h"

#include "stdio.h"

#include "iostream.h"

#include "string.h"

#include "stdlib.h"

char palav[8];

char xyz[6];

void main()

{

//(......)

cout << "\n\n\nDigite uma palavra : ";

cin.getline (palav, 8, '\n');

switch (palav[0])

{

case '"A"':

xyz[1] = "1"

case '"B"':

xyz[1] = "2";

case '"C"':

xyz[1] = "3";

case '"D"':

xyz[1] = "4";

case '"E"':

xyz[1] = "5";

case '"F"':

xyz[1] = "6";

case '"G"':

xyz[1] = "7";

case '"H"':

xyz[1] = "8";

case '"I"':

xyz[1] = "9";

case '"J"':

xyz[1] = "0";

}

cout << "Caracter1 " << xyz[1] << endl;

//(.....)

}

:help:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quando você faz referencia a xyz[1] , está se referindo ao segundo caracter da variável xyz.

Quer dizer, enquanto xyz é um pointer a char (um array de char), xyz[1] é um simples char.

Por este motivo, para comparar, atribuir, etc, você somente pode usar um outro char.

"A" (com aspas) é uma string, enquanto 'A' (com apóstrofe) é um caracter.

Então o seu código deveria ser escrito assim:

switch (palav[0])

{

case 'A':

xyz[1] = '1';

case 'B':

xyz[1] = '2';

......

}

:bye:

Elga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, não sei se vou conseguir explicar toda a teoria sobre o assunto. Mas aqui vão dois exemplos.

1) Se você quer declarar um array de strings, que já vão ser inicializados (ex. uma lista de mensagens para mostrar na tela), fica assim:

char *Mensagem[] = {"Mensagem 1",
                "Mensagem 2",
                "Mensagem 3",
                "Mensagem 4",
                "Mensagem 5",
                "Mensagem 6",
                NULL,
               };

O NULL final não é imprescindível, mas é bom pois facilita as coisas se você precisar percorrer o array, e ajuda na hora de implementar mecanismos de segurança que impeçan ultrapassar a fronteira do array.

2) Já se você precisa declarar um array de strings cujo tamanho não é conhecido inicialmente, (ex., buscar e listar nomes de arquivos em um diretório), pode declarar assim:

char  **files;

No código, antes de usar o array terá que alocar memória para ele, e para atribuir valor a um elemento em particular, tem que alocar memória para esse elemento, exemplo:


#define MAXFILES 100; // Vamos supor que so vai ter até 100 files

char StringExemplo[] = "Exemplo";
.....

files = calloc(MAXFILES , sizeof(char *)); // Aloca memoria para o array de pointers a char

files[5] = malloc(strlen(StringExemplo) + 1); // aloca memória para o elemento de indice 5 do array

strcpy(files[5], StringExemplo); // Agora sim, pode fazer alguma coisa com ele !

Bom, não é muita coisa, mas espero que ajude.

:bye:

Elga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0