• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Capitão Crunch

desempenho

3 posts neste tópico

Em opções de desempenho - memória virtual - alterar, se eu deixar em tamanho gerenciado pelo sistema e aplicar alterar ele irá aumentar o desempenho do micro? Desde já agradecido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aumentar eu não diria, mas evitar perda, veja:

A memória virtual é uma forma de permitir aos programas utilizar mais memória que o computador possui fisicamente. Ela consiste de um conjunto de alterações no projeto do hardware combinadas a alterações no projeto do sistema operacional. Tecnicamente falando, ela permite ao programa executar em um espaço de memória cujo tamanho não é necessariamente limitado ao tamanho da memória física do computador.

Quando uma posição de memória é lida ou escrita, o hardware traduz o endereço gerado pelo programa ((o endereço de memória virtual) em um endereço de memória real, normalmente diferente, (o endereço físico de memória). Isto é feito preservando a parte menos significativa do endereço numérico binário, e tratando a parte mais significativa como uma chave para uma ou mais tabelas de tradução. Por esta razão uma faixa de endereços consecutivos no espaço de endereçamento virtual corresponde a uma faixa de endereços físicos. Esta faixa é chamada página. O tamanho das páginas é tipicamente entre 512 e 8192 bytes (com 4K sendo muito comum), entretanto, páginas de 4 MB ou maiores podem ser utilizadas para propósitos especiais.

A tradução é implementada pela MMU, que pode ser um módulo da CPU ou um circuito auxiliar em um chip interligado à CPU. A MMU tem a habilidade de monitorar referências a páginas de acordo com o tipo de referência (para leitura, para escrita ou execução) e o privilégio da CPU quando a referência foi gerada. Além disto, a MMU pode detectar que uma referência é para uma página marcada como indisponível. A MMU responde a tal condição gerando uma exceção de software para a CPU, que será capturada pelo sistema. Isto torna possível ao sistema operacional fazer o swapping (troca). Este processo consiste na cópia de uma página da memória para o disco para restaurar para a memória outra página copiada para o disco anteriormente. Isto pode ser realizado em uma partição de swap, uma seção dedicada do disco, ou em um arquivo de swap.

Para minimizar a perda de desempenho da tradução de endereços, a maioria das CPUs modernas incluem a MMU no próprio chip, e mantêm uma tabela das traduções de endereços mais recentes em um dispositivo, o TLB. Endereços com entradas no TLB são traduzidos instantaneamente.

A principal vantagem da memória virtual é que ela permite ao computador trabalhar com múltiplos programas sem o trabalho de copiar imagens de memória dos programas. Ela ainda permite ao sistema operacional proteger seu próprio código de corrupção por um aplicativo com erros e a proteção de uma aplicação da outra. Se a combinação de memória virtual e sistema operacional permite o swapping, então o computador pode ser capaz de executar simultaneamente um total de programas que supera o total de memória física disponível. Isto é possível porque muitos programas têm um pequeno conjunto de páginas (conjunto ativo) que eles referenciam durante a sua execução. Se muitos programas são executados ao mesmo tempo, então as cópias de e para o disco ficam muito freqüentes e o desempenho final fica inaceitavelmente lento. Isto é frequentemente chamado de thrashing (porque o disco está trabalhando excessivamente -thrashed) e se deve ao fato que o acesso ao meio de swap (disco rígido) ser no mínimo três vezes mais lento que o acesso à memória principal.

Fonte: Wikipedia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0