Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
    • DiF

      Poste seus códigos corretamente!   21-05-2016

      Prezados membros do Fórum do Clube do Hardware, O Fórum oferece um recurso chamado CODE, onde o ícone no painel do editor é  <>     O uso deste recurso é  imprescindível para uma melhor leitura, manter a organização, diferenciar de texto comum e principalmente evitar que os compiladores e IDEs acusem erro ao colar um código copiado daqui. Portanto convido-lhes para ler as instruções de como usar este recurso CODE neste tópico:  
Entre para seguir isso  
anon176

Como fazer interface gráfica?

Recommended Posts

Ola a todos, pessoal. (:

Eu comecei a programar a pouco tempo em C++ e estou com uma dúvida.

A única coisa que aprendi foi a fazer aqueles programinhas no dev c++ ou no code blocks em que no fim das contas, é só mais um programa que roda naquela janela parecida com o MS-DOS.

A questão é como avançar para interfaces gráficas?

Tipo, existe um programa que associa trechos de códigos com imagens e tal? Como fazer para criar um ambiente virtual com objetos que interagem entre si?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estude MFC.

Editado por Xazu
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Procura sobre o wxwidgets no google, você pode usar ele diretamente no code blocks.

Ou você pode baixar o visual c++ express

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na verdade, há uma infinidade de maneiras de fazer.

Interface gráfica com c/c++ é uma das maneiras mais complicadas.

Se quiser ir por esse caminho, primeiro estude WinApi, DEPOIS MFC.

Se faz, geralmente, usando o Visual Studio(somente pra Windows...tem que aprender uma variante da C++, a CLI, Windows Forms etc) ou o Qt Creator (multi-plataforma ; software livre).

Tem que estudar pra usar esses programas.

Maneiras BEM mais fáceis de fazer isso são com outras linguagens, como C#, Java, Ruby, Delphi...e a mais simples, Visual Basic.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Discordo, não tem necessidade de estudar primeiro WinApi, totalmente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se você começo com C/C++ a pouco tempo, recomendo você continuar treinando, pois como ja falaram em C++ é meio complicado (principalmente se você ainda nao tem dominio sobre a linguagem).

Eu uso o visual studio, é mt fácil de fazer as interfaces, mas você precisa ler um pouco sobre CLI (principalmente para nao confundir com C++ quando for utiliza-lo).

O Qt tb é bem simples.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Precisar, não precisa, mas vai te dar um entendimento maior da coisa.

Pra entender melhor como as coisas funcionam no Windows, estudar winapi é mais que essencial, mas não é obrigatório pra fazer interface gráfica. A MFC facilita porque te 'esconde' muita coisa, já faz muita coisa automaticamente, você dá um pulo no aprendizado.

Lembrando que MFC é do Visual C++, é algo específico.

WinApi é do sistema, vai te ser útil em muitas outras áreas e realmente vai entender o Windows e aprender a usar ele nos seus programas.

Mas se quiser dar um pulo maior mesmo, tem o C#, voce pode criar várias aplicações mexendo pouquíssimo no código, só arrastando os botões etc.

Se não me engano, é no livro de C# da coleção Head First, que nas primeiras páginas você desenvolve uma agenda usando MySQL, quase nem precisando olhar pros códigos.

Enfim, tudo depende muito do que você quer e o que mora no seu coração.

Atualmente, como opinião pessoal, te indico o Qt Creator, que é cross plataform, ou seja, ele serve em várias plataformas, é um soft livre. Não é uma ferramenta específica e limitada como Visual C++/MFC.

Venho usado bastante ele e não deixa a desejar em absolutamente nada a nenhuma outra ferramenta.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Usar Win Api ate hoje eu não vi muita finalidade, mas mesmo assim eu estudei um pouco sobre, depois fui pro você#, que é muito mais útil, em winapi so pra criar aqueles menus que ficam na parte superior do programa, você tem que criar um arquivo resourcer, e fazer cada

submenu do menu principal, com o Visual Studio é só puxar, arrastar e pronto, o código é gerado automaticamente, com Visual Studio você só se preocupa com as operações do programa, o visual do programa você cria muito rapidamente

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem muita gente que fala que é melhor estudar api de nao sei o quê, pra aprender a fazer tudo na "raça"(escrevendo código), mas acho isso perda de tempo, hoje tem várias ferramentas para facilitar todo esse trabalho(Visual Studio, Wxwidgets,qtcreator..). Acho que se for só pra "desenhar" a interface gráfica do programa, não precisa estudar nada. Só escolher o item que quer colocar na janela e arrastar :)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pra que reinventar a roda?, não e?

Concordo com o Dead.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não existe isso do que é melhor ou mais útil, depende totalmente do seu objetivo, do que você quer criar...api e entendimentos mais aprofundados não foram necessários pro objetivo de vocês.

Essa história de estudar api pra fazer tudo na raça é MITO, até porque alguns softs e SO, são humanamente impossíveis de se fazer na raça.

Se quiser criar uma agenda, um programinha em Windows normal, Visual e C# devem ser usados, é até burrice ir na 'raça', não me lembro de ver gente fazendo coisas grandes sem uso de ferramentas gráficas.

Assim como fazer um programa pra tratar textos e não usar Perl, por exemplo, e usar C/C++ também é perda de tempo.

É tudo uma questão de propósito, um balanço entre Produtividade(tempo, $$) e Eficiência. Criar programa pra Windows, com menus e gráficos em C# ou por windows forms (onde um "Hello world" pesa megas) é rápido, mas o programa é pesado e lento. Mas isso é normal, ninguém liga e todos aceitam um lentidãozinha, faz parte da cultura esperar programas funcionarem.

Em meio acadêmico, ou na criação de jogos de alto desempenho, isso é totalmente inconcebível.

Em eng. de telecomunicações, por exemplo, é necessário sim o conhecimento bem a fundo de apis, assembly e coisas bem baixo nível. Nesse caso sim, é NECESSÁRIO fazer na raça, no talo, programar direto no metal.

Drivers, microcontroladores, chips, sistemas operacionais, jogos de alto rendimento...enfim, posso dar mil exemplos da utilidade de se estudar API e ter conhecimento de outras coisas mais a fundo é ESSENCIAL.

Concordo com vocês e também digo que é bom sim usar MFC (ja usei) e ferramentas gráficas (uso), mas pra algumas coisas, mas pra outras é totalmente inútil, portanto não generalizem.

Se vocês não querem estudar, ok, podem ser felizes e criar várias coisas dentro da limitação do conhecimento que esse estudo mais 'raso' traz (a grande maioria dos programadores trabalham sem nunca se preocupar com essas coisas mais a fundo), mas dizer que não precisa estudar, que é inventar a roda ou que é perda de tempo, é desconhecimento das coisas.

E como dito no blog do grande programador Rodrigo Strauss, você é melhor programador quanto mais você souber o que está acontencendo em seu computador quando você chama uma função.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×