Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Gago Chocolate

Membros Juniores
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. Hello Royal John, não consegui abrir as fotos que você enviou, mas não importa. Na placa de circuito impresso onde os componentes são montados, na face “superior” onde se vê os desenhos dos componentes e suas referidas posições, você verá o desenho onde se conectam os fios do mouse, um retângulo com cinco furos e ao seu lado direito uma marcação oval com dois furos indicando a posição do capacitor “C3” (que não é usado – está vazio). Perfeito, agora que você localizou, perceba que no local da conexão dos fios do mouse há cinco furos, sendo que os fios que vêm do conector USB são apenas quatro. Ok, você utilizará apenas os quatro furos da esquerda. Deixando o primeiro furo da direita vazio. Da esquerda para a direita, esses quatro furos correspondem às conexões elétricas do plug USB na seguinte ordem (independente da cor usada), primeiro (da esquerda para a direita) GND, esse fio, geralmente preto, é a conexão do terra, equivalente ao primeiro terminal do plug USB, visto de frente com os contatos voltados para cima. Logo em seguida há o D+ (DP) geralmente verde. Em seguida o D- (DM) geralmente transparente ou branco. E finalmente o último furo usado, quarto da esquerda para a direita, usado para conectar o positivo + 5V (Vcc). O ‘ultimo furo da placa, ao lado dos furos do capacitor “C3” fica vazio, sem fio, isso porque ele é igualmente um terra e na maior parte das vezes não é usado. Em alguns casos, poderá ser usado com a conexão da “massa” do plug, aquela malha que envolve os fios e que é conectada à parte metálica do plug. Recuperar um mouse “quebrado” é fácil e rápido. Você poderá usar qualquer fio e qualquer plug USB disponível que funciona se você fizer as conexões corretas. Lembre-se de não colocar o fio muito apertado, deixando uma folga para não sofrer desgaste mecânico rápido. Boa sorte a todxs.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×