Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

kaio Felix

Membros Plenos
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. @scrip E como está a reputação do Avira? Percebi que agora eles oferecem junto ao antivirus vários outros programas. Sei que da pra ficar somente com antivirus, mas até navegador agora o avira instala junto! E a reputação da empresa? Continua boa? Porque digo reputação, penso que se tem um programa além, claro, do próprio windows e google que coletam e sabem muito sobre você é o seu antivirus. Será que vendem dados e hábitos de navegação? Coletam arquivos? Abrem backdoor? Será será??????
  2. No Windows 10: gerenciador de tarefas do windows > desempenho > abrir monitor de recursos > escolha a aba rede. Na aba de rede > visualize atividade de rede > clique na coluna envio (B/s) para redefinir a coluna do maior para menor. Dessa forma a coluna vai mostrar o processo que mais enviar dados para internet naquele momento. Aqui nos meus testes, quando estou jogando, consigo descobrir o IP do servidor no qual estou conectado dessa forma. Isso porque na aba de rede em conexões e atividade de rede, você pode ver varias conexões do seu jogo com vários IPs, mas não são todos os IP do servidor no qual você está jogando a partida. E uma forma de ver isso é o ip que o processo do jogo mais invia dados e por isso redefinir a coluna mostrar do maior para o menor. Assim, no topo vai aparece o processo do jogo e o IP que servidor no qual você está conectado (que é o que mais envia dados). adicionado 0 minutos depois @Michel0595
  3. @paulok7 E sobre a queda eu monitoraria com ping pelo prompt de comando para saber onde está essa queda (se é seu provedor ou se é seu cabo/roteador com problema interno) Escolhe um site que você costuma pingar como o famoso www.google.com.br e trace uma rota para ele no prompt de comando (tracert www.google.com.br) depois do tracert, pinga todos os hosts que aparecer no caminho até o google( exemplo do comando ping para pingar infinitamente até interromper com control + C : ping -t www.google.com.br), o primeiro deve ser o equipamento que está na sua casa, talvez o próximo é um equipamento que está no seu provedor e assim por diante. Você tem que deixar pingando o dia todo, com os vários prompt de comando aberto, quando cair, você observa qual ip que você estava pingando parou de responder. Por exemplo, se caiu a internet, mas você continua pingando o seu roteador ou modem do provedor (no teste de ping eles continuam respondendo), problema não é na sua rede interna. Aí é problema de conexão do seu provedor. Mas se quando cair e você ver que não consegue pingar seu próprio roteador, o problema pode estar no cabo ou nele. Mas isso é um exemplo de como pode descobrir onde está o problema.
  4. Tenho contato com máquina de 10 a 5 anos de uso, e elas rodam bem o windows 10. Me parece que os celulares com Android tem vida útil bem mais curta. Não sei se é porque os computadores deram uma estagnada no desempenho nos últimos 10 anos. Em 2010 muitas máquinas já tinha 8 gb de ram, e até hoje muitas máquina ainda usam 8gb, até para jogos. Depois do Intel core segunda geração, me parece que o poder computacional não foi tão relevante a cada geração. Talvez o hardware para celulares que aumentaram muito o desempenho e o Android procurou acompanhar essa salto maior que os computadores. Entendi. entendi. Vou pesquisar mais sobre custom rom. Será que é confiável usar esses sistemas operacionais? R: vou pesquisar, valeu. Obrigado por responder! @Marco Tada
  5. @nixolas Você usa o adaptador em um computador ou notebook? Qual a marca do adaptador? Já viu a taxa máxima teórica dele? Qual é a marca o modelo do seu roteador? Para ver a velocidade que seu adaptador está conectado no windows 10: clique com botão direito do mouse sobre ícone de conexão>abrir configurações de rede e internet>alterar opções do adaptador>novamente com botão direito clique em status na conexão do wifi e observe a velocidade. Observe também no gerenciador de tarefas>desempenho>wifi. Aqui você encontra mais informações sobre o adaptador e pode observar velocidade de transferência (enviar e receber). Se vai melhorar ou não é difícil de dizer com exatidão agora. Pode ser que sim pode ser que não. Fiz um teste rápido aqui com um adaptador sem antena e com antena, mas ambos operam com padrão 802.11n máximo teórico de 150 mbps. Mas nas propriedade de conexão um marcava com 72 mbps e com outro 65 mbps. No teste prático não passei de 50 mbps. Testando usando youtube e baixando outros arquivos, além de teste de velocidade de site como speedtest. Estava com uma parede de distância do roteador. Sua internet é de 35 mega bits por segundo (4,37 Mega Bytes por segundo), pode ser que o gargalo não seja o seu adaptador totalmente. Faz mais testes no sites abaixo (tanto no wifi quanto via cabo, anote os resultados para postar pra gente), porém tenha certeza que ninguém mais está conectado no roteador além de você tanto por cabo quanto via wifi(desliga tv, celular qualquer outra coisa ligado ao roteador), para ter certeza que ninguém mais está usando banda: https://www.speedtest.net/pt https://www.minhaconexao.com.br/ https://www.copeltelecom.com/site/speedtest/ http://www.rjnet.com.br/velocimetro.html Posta o resultado dos sites acima aqui pra gente. Aí respondendo sua pergunta: talvez o problema possa estar no site no qual baixa o arquivo ou no seu provedor que pode não garantir banda para esse site. Por isso tem que fazer vários testes para ter certeza onde está o problema.
  6. @Luiz Guilherme Fracalossi Você usa HD ou SSD? Deixou o pc ligado por mais tempo para ver se o windows concluía o que estava fazendo?
  7. @MARIANE BANKS Tentar descobrir a faixa IP dos sites e servidores desses jogos e bloqueá-los no roteador. Nunca testei na prática, mas na teoria deve funcionar. No Windows também tem como bloquear pelo firewall, mas ele pode saber reverter, penso que fazer o bloqueio no roteador em horário especifico possa ser melhor opção. Mas como disse nunca testei...mas aí só você pode ter a senha do roteador para ele não entrar e desfazer as configurações. adicionado 5 minutos depois Você fala criar outra conta de usuário no windows? E se tiver jogos no celular? adicionado 15 minutos depois @MARIANE BANKS Ele joga no computador e celular? Qual idade dele?
  8. Não sou da área mas já fiz isso pra mim, na minha casa, mas dá muito trabalho subir no telhado, furar parede, fixar câmeras e passar cabos. Usei um DVR , porém, Hoje se eu fosse montar, compraria câmeras IP para usar cabo de rede um NVR. Mas prefiro apenas gravar localmente, não confio em deixar esses equipamentos expostos na internet (para ser acessador pela internet). O risco de invasão e comprometimento é muito alto. porém com o NVR, eu preferiria usar um roteador somente para ele. Sobre produtos chinês: vai ficar difícil, tudo vem da china, todos os fabricantes, que eu saiba, vem de lá. Até intelbras... Pesquisa no google KIT NVR: eles vem com cameras, nvr, cabos etc.
  9. @nixolas também recomendo no primeiro momento testar por cabo. Além disso, é bom testar vários serviços na internet. Não dá para confiar apenas no teste de download de um site específico. A limitação de banda pode estar no servidor do site no qual você baixa o arquivo. O legal é abrir alguns videos no youtube, colocar na qualidade máxima, baixar vários arquivos ao mesmo tempo (fazer download) de servidores diferente abrir outras coisas que você sabe que usa muita internet e enquanto faz isso abre o gerenciado de tarefas e observe o gráfico que mostra o uso da rede. Esse teste você vai ver se seu provedor lhe garante o 35 mbps mesmo e que o problema não é na conexão com seu roteador. Esse tipo teste você pode fazer em sites que testam velocidade de conexão tipo esses: https://www.speedtest.net/pt https://www.minhaconexao.com.br/ https://www.copeltelecom.com/site/speedtest/ http://www.rjnet.com.br/velocimetro.html Porém os provedores conseguem e podem filtrar sua conexão, limitando a largura de banda para determinado tipo de tráfego. Assim, na maoria das vezes que você fizer o teste nesses sites de velocidade, a gente sempre bate a velocidade contratada. Recomendo leitura: https://pt.wikipedia.org/wiki/Traffic_shaping https://blog.intnet.com.br/traffic-shaping-entenda-o-que-e-e-como-testar-na-sua-internet/ https://www.tecmundo.com.br/conexao/3078-o-que-e-traffic-shaping-.htm https://canaltech.com.br/internet/O-que-e-traffic-shaping/ https://www.minhaconexao.com.br/blog/entenda-o-que-e-traffic-shaping/ Resumindo o que pode ser: O site da onde você baixa pode não ter banda para enviar pra você. Pode ser a limitação da sua conexão via wifi e quanto mais longe e mais barreiras menor a velocidade. Pode ser o seu provedor limitando sua velocidade para esse tipo de download ou simplesmente porque ele não tem um um link bom com o backbone e por isso naturalmente há gargalos ou limitações de velocidade de conexão para determinados serviços.
  10. @jose luis do nascimento Acrescentando ao que foi dito aqui: Ping tem haver com distância, mas também com com um hardware/rede recebe as informações. Quando há congestionamento, como já foi dito pode haver aumento de ping. Na rede wireless isso é pior ainda, pois pode ter haver com interferências desde propositais até naturais. Assim, esse serviços que prometem diminuir a latência não vai funcionar para você. O lag (latência alta) pode sim ter haver com rota, tanto que em alguns testes que fiz na minha cidade, pingando um servidor que está na minha cidade mas com outro provedor, minha conexão vai para outro estado e depois volta! Olha que bizarro! O ping em conexão fibra ótica, que poderia ficar entre 1ms a 5ms no máximo dentro da minha própria cidade, ficou com 30 a 50ms! Talvez é isso que esses programas prometem, mas nunca testei e sei nada de rota, se tem como a gente configurar isso no nosso computador (acredito que somente o provedor pode mudar essa rotas). Porém, como já mencionado, o lag em muitos casos tem haver com provedor sacana que não tem uma estrutura boa e vende mais planos de internet do que a largura que realmente tem e nos horários de picos congestiona tudo, equipamentos ruins que não devem conseguir gerenciar uma grande quantidade de dados e filtrar tudo isso corretamente, porque os provedores filtram sim nossa conexão, eles privilegiam em certos momentos certos tipos de dados em detrimento de outros.... então se no cabo as vezes já tem esses problemas, imagina em uma conexão sem cabo, que é o caso da rádio? Então rádio é bem pior... só da sua casa até a antena do provedor você ja ganha uma latência e quando tem interferência essa latência sobe mais ainda... aqui eu fico testando o ping direto com o meu roteador e sempre abaixo de 1ms. Quando é no wifi fica oscilando 10 a 100ms de acordo com a distância e fora que as vezês dá uns picos monstros de 150 a 300ms! Só uma coisa que eu não concordo muito em que o pessoal fixou é com largura de banda. Largura de banda menor não é necessariamente, na minha experiência de uso da internet, algo que vai influenciar na sua latência. Como se pelo fato de você ter só 5mbps que sua latência é mais do quem tem 50 mbps. Latência, tem haver com distância, principalmente, é o tempo que uma informação vai e volta. Não é regra largura de banda maior, menor latência, e menor largura de banda maior latência. O problema é com apenas 5mbps e você ter muitos dispositivos usando junto e isso vai causar gargalo e sim pode aumentar a latência. Mas 1gbps não vai fazer a latência com japão cair para 10ms. Ao mesmo tempo que eu posso ter uma conexão de 1mbps com meu provedor e pingar um server na cidade vizinha e ter um ping de 5ms. O mesmo ping que outro cliente, só que com uma internet de 100 mbps, desse provedor teria com essa cidade. A diferença vai ser quando 10 dispositivos tentarem usar a internet ao mesmo tempo e usarem muito banda, lógico que 1mbps mal serve para um celular ver videos no youtube. Eu te aconselho como falaram fazer um tracer para o google. Abre o prompt de comando e digita: tracert www.google.com.br e vai mostrar os equipamentos (roteadores no meio caminho) até chegar o google, depois você fica pingando cada um deles e vê onde está o aumento de latência. Faça testes de dia e de madrugada para você identificar onde começa o aumento da latência.
  11. @F4b10 No caso da ROM ela é especifica pra um modelo de aparelho e dependendo do celular ainda pode haver versões diferentes da ROM stock dependendo de onde o celular foi vendido, baixar e instalar a ROM errada vai transformar seu aparelho em peso de papel. R:Entendi. Então ficamos muito amarrado ao fabricante de celular. O android só fornece Android diretamente para os aparelhos da linha Pixel e alguns aparelhos que fazem parte do programa Android One, esses recebem atualizações direto da google e antes de todo mundo por 2 anos, porém as atualizações são baixadas direto no aparelho...Basicamente quem tem um aparelho android One ganha o direito de ser um beta tester do Android e descobrir os novos bugs de cada nova versão antes de todo mundo... R: O que acho complicado é não recebe atualização de segurança, algumas vulnerabilidades não são corrigidas. Isso é o que mais me interessa, talvez ao contrário da maioria. Se eu tive um celular velho ( 2 anos talvez nem seja tão velho), já era, é lixo? OU seja, não posso tentar instalar uma versão mais recente e "segura" do android? Nem atualizações de segurança separados eu consigo? Dependo sempre do fabricante liberar as atualizações de segurança. Nos computadores, pelo menos, temos a chance de instalar "livremente" o Windows, e linux, por mais que o Windows 10 não rode em uma máquina muita antiga, sempre haverá uma versão super leve do linux que vai rodar tranquilo, nem que seja pra acessar internet e editar textos. O windows sempre recebe as atualizações de segurança e não dependo do fabricante de hardware para recebe-las. Todo mês tem...já android vai ter celular que nunca receberá uma atualização de segurança, isso considero muito grave! Alias por conta desse risco de baixar uma atualização errada os fabricantes em sua maioria, e quando tem atualização, elas são baixadas direto no aparelho, pessoalmente eu prefiro um Android desatualizado mas que rode razoavelmente estável e sem sustos, do que ter a ultima versão do sistema mas com bugs sérios que façam passar raiva, ou que acabem com a bateria rapidamente. R: Também não ligo para recursos novos, lógico que os avanços são bem vindos, mas ter apenas aparência melhorada não me atraem e me convence. Problema é não poder instalar as atualizações de segurança. Não me conformo que somente o fabricante do celular que pode me enviar... Eu não entendo como os celulares hoje são tão caros para oferecerem tão pouco e ainda ficar preso ao fabricante. No pc parece que é possível usar o máximo do hardware por um longo período. No celular ele já nasce morto visto que não é possível "formatar" do zero como fazemos com Windows. Percebi uma diferença muito grande entre celular e computado: -- celular: fica preso ao fabricante, não é fácil ou não é possível instalar do zero o sistema. Se pegar um vírus do root tem que jogar o celular fora (tudo me leva a crer que sim). Se o fabricante não atualiza com patchs de segurança seu celular fica obsoleto propositalmente. Matam o hardware rapidamente sendo que seria possível utilizá-lo por mais tempo. Dizem que o Android é mais seguro, mas depois de tudo isso, é uma meia verdade. É seguro para quem podem pagar por uma celular melhor e que vai sempre receber atualização de segurança. Celulares baratos e de entrada já saem da loja ultrapassado. Vi um trecho de uma palestra direcionada para provedores de internet no qual falava sobre o tráfego gerado por dispositivos vulneráveis. -- computador: você pode montar a vontade, coloca mémória ram, hd, ssd no tamanho no qual você desejar e poder pagar. É totalmente configurável suas peças. Por mais seu hard seja antigo você coloca uma versão leve do linux e faz muita coisa. Pcs de 10 anos de uso ainda são muito uteis. O windows sempre recebe autalização o linux você tem várias distribuições... E a cada dia que passa só vejo o preços dos celulares subirem e serem pouco úteis e as pessoas se tornando escravas deles.
  12. @Error 404 Not Foud Obrigado! Só funcionou depois que adicionei o start antes. Aí fiz assim no bloco de notas e deu certo: start ping -t www.clubedohardware.com.br start ping -t 192.168.0.1 start ping -t 192.168.1.1 O ruim de abrir vários prompts de comando com o bat é que ao interromper com o control + c ele fecha a janela e não me retorna as estatísticas de ping. O que pode ser? Tem como resolver isso? Criar um bat com o comando tracert também não consegui. Porque será? Para monitorar a rede quais outros comandos podem ser bem uteis para fazer em forma bat?
  13. Entendi. E para celulares onde posso encontrar as versões de Android oficial da Google? Ou sempre vou ter que recorrer ao site do fabricante?
  14. @ecf.fiori OLá! Você sabe se existe algum telefone fixo que rode android para essa função? Qual o aparelho da Panassonic que faça essa função de bloqueio? Existe algum aparelho que somente aceite ligação de quem estiver na lista de permitidos e que bloqueia automaticamente os demais? Quais outros aparelhos fixos que você conhece que façam essa função de filtragem de números?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

celulares-popup.jpg

iPhone + Android + troca de vidro + reparo em placa + hard reset + instalação de ROM + e mais!

CLIQUE AQUI E CONFIRA AGORA MESMO!