Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Fernando Mercês

Membro VIP
  • Total de itens

    2.679
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

169

Sobre Fernando Mercês

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo/SP
  • Sexo
    Masculino
  1. Muito obrigado pelas sugestões, @GenesisG7! Já troquei todas as peças que recomendou na minha lista. Achei as memórias mais baratas até. Vou tentar ver individualmente em diferentes lojas se consigo promoções, como recomendou. A RX 580 tá R$ 1.699,90. Bem puxado. Abraço!
  2. Aí amigos, o que acham? Processador AMD Ryzen 5 1600, Cache 19MB, 3.2GHz (3.6GHz Max Turbo), AM4 Placa-Mãe Gigabyte B450M DS3H, AMD AM4, mATX, DDR4 Placa de Vídeo Asus Arez Dual AMD Radeon RX 580 OC Edition, 8GB, GDDR5 - AREZ-DUAL- Memória Corsair Vengeance LPX, 16GB (2x8GB), 3000MHz, DDR4, CL16, Preto SSD Kingston A400, 480GB, SATA, Leitura 500MB/s, Gravação 450MB/s Fonte Corsair 650W 80 Plus White VS650 - CP-9020172 R$ 4.774,13 já com o frete. Aí depois me viro com teclado, mouse, gabinete, etc... Parece ok pra vocês? Tipo, tudo compatível?
  3. Oi Leticia! Valeu por responder. Não tenho absolutamente nada.
  4. Salve, galera, tudo bem? Tempo que não venho aqui, mas não conheço comunidade melhor no que diz respeito à hardware. Hoje eu quase comprei essa oferta, mas vi uma galera aqui dizendo pra não cair nessas lojas de prateleiras. Só que eu tô ultra, mega desatualizado do que tá rolando no mundo do hardware e por isso vim pedir a ajuda de vocês para montar um PC para jogos que eu não precise trocá-lo por pelo menos um ano e meio, dois. Será que com uns 4 mil daria pra rodar um Fortinite no máximo? Queria garantir que a próxima versão desse jogo rodasse, por exemplo. E onde
  5. Tá bem legal, cara. Parabéns! Já tá bem menor né? Quer parar por aí? Porque eu tenho mais sugestões! haha Como você tá inicializando o array, não precisa dizer quantos elementos ele terá. O compilador calcula pra você, mas você vai ter que usar a notação de ponteiro junto, ficando *mes_por_extenso[]. Se você reparar, o mes-1 bate com a posição da string certa no array então você não precisa do loop. Se você fizer mes_por_extenso[mes - 1] já vai funcionar sempre, percebe? Se o mês é Março (3), por exemplo, vai pegar a posição 2 do array (mes - 1), sem precisar do laço.
  6. Relaxa. O assunto é extenso à beça hehe. Por que você não faz o seguinte: quando terminar e funcionar do seu jeito, avisa e volta aqui. Aí a gente discute alguns jeitos de melhorar, pra aprendermos ainda mais.
  7. Verdade. E ó, olhando bem esse programa dá pra ser muito pequeno. hehe Acho importante você seguir com sua linha de raciocínio, mas depois que terminar, vale observar essas sugestões minhas e do @isrnick. Tenho mais algumas ó: Usar unsgined int ao invés de int, já que todos esses inteiros aí não podem ser menor que 0 (dia, mês, ano). Isso vai requerer o modificador %u ao invés do %d. Criar um array de strings para os meses e depois exibir diretamente o mês correto usando array[mes - 1]. Teu código vai ficar bem mais limpo, rápido e você vai economizar 12 if's/switch's.
  8. Em tempo, você pode usar o %d pra ler direto um inteiro usando a scanf(), assim você não precisa ficar convertendo de string: #include <stdio.h> int main(int argc, char *argv[]) { int dia, mes, ano; scanf("%d-%d-%d", &dia, &mes, &ano); printf("dia: %d\nmes: %d\nano: %d\n", dia, mes, ano); return 0; } Veja: $ ./data 17-05-2018 dia: 17 mes: 5 ano: 2018 Valeu!
  9. A printf() tá dentro do bloco do switch. Só tirar. Abraço!
  10. De fato, nenhuma extensão "é vírus" por si só, mas este arquivo está bem estranho e acho que ele perdeu a formatação quando você colou seu conteúdo aqui no fórum. De repente se você editar e usar um bloco de código (botão <>) vai melhorar. Ou você poderia comprimir este arquivo com uma senha e anexar aqui (mas não sei se o fórum ou suas regras permitem). Bem, eu fui ajustando o arquivo aqui e realmente ele tenta executar algo: C:\Windows\System32>Set data= ZPC(" 7Pl(a Pn-WO TIXm aPm.Q IOrsZ Ia ). 4nas 4f 1 GZUq( 'p 1:// hzg.I hZ4qI .r4g/ ?hghZ dHM8S AS 7 T
  11. Pode ser muita coisa: uma máquina na rede escaneando os hosts, um cliente P2P na rede disparando pacote pra todo lado, etc. Nenhum desses eventos consiste de fato em tentativas de invasão. Tá mais pra scanning ou negação de serviço mesmo. Você pode procurar o administrador da rede e passar esses endereços IP e MAC pra ele, assim essa origem pode ser verificada. Em tempo, o tal "smart ARP" não é padrão. Isso deve ser um jeito que a Panda chama quando você recebe uma requisição ARP que tem seu IP como origem e destino. Seu host então responde pra si mesmo e em teoria isso poderia faz
  12. A função isdigit() tá no header ctypes.h e não em stdlib.h, logo, segundo o enunciado do seu exercício você não pode usar. Parece que parte do que seu professor está pedindo, é justamente implementar uma função análoga, não usar uma pronta. Pelo menos é o que faz sentido pra mim, já que isso é um exercício. Você vai precisar entender a tabela ASCII pra fazer isso, creio. Abraços, Fernando
  13. Eu não diria isso. Há uma deficiência no mercado e na academia em relação à código seguro. Em muitas faculdades se aprende a criar sistemas, o que é uma aplicação de programação, que nem sempre é muito explorada. Programação segura então, menos ainda. O seu sistema reflete o nível dos criadores de sistemas que formamos todos os anos nas faculdades. Para suprir essa demanda há várias empresas que prestam consultoria em SDL (Secure Development Lifecycle) e código seguro, incluindo treinamentos. O mais legal em minha humilde opinião é envolver seus programadores com este conteúdo, formar sua equi
  14. Boa tarde, pessoal. Como sei que vocês fazem análise de malware aqui (já troquei altas ideias com o @diego_moicano sobre) então achei que seria legal compartilhar que estamos fazendo um crowdfunding, ou seja, todo mundo ajuda um pouquinho e o curso é entregue, para um curso de Engenharia Reversa em x86 no YouTube. No contexto de malware, a ER é usada quando na sua análise o bichinho "não faz nada" e também para descobrir strings encodadas e triggers que só são executadas depois que o malware checa o ambiente. Eu fiz um vídeo explicando o projeto: Pra en
  15. Tamo junto! Eu acho que a mensagem LB_ADDSTRING só deixa adicionar um item mesmo (que acaba na quebra de linha). Acho que você vai ter que chamá-la várias vezes. Por isso falei da fgets(), que você chama várias vezes também, aí lê linha por linha e já fica pronto pra passar pra SendMessage(). Ou fscanf()? Pra ser honesto, não sei qual a melhor solução pro seu caso. Cada item vai estar numa linha? Em qual formato? Sorry, eu raramente trabalho com arquivos de texto.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!