Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

mjesus

Membros Plenos
  • Total de itens

    768
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Rio de Janeiro
  1. Bom dia! Estou tendo problemas para fazer um upgrade em uma placa M863G v.5.1A ela trabalhava com um Athlon T.bird 1.2 FSB 100 e fiz a troca para um Athlon xp 2000+ 1667 MHz Thoroughbred, mas a placa não funcionou tudo liga as ventuinhas, a ventoinha do cooler etc. mas o sistema não sobe e nem sinal de vídeo, tentei atualizar a bios fui no site da Pcchips pegei a bios mas recente observando o modelo e versão da placa tudo nos conformes mas quando vou atualizar recebo a mensagem que o arquivo rom não e valido. Aguém tem uma dica? Consegui atualizar a bios mas mesmo assim a placa não responde não entra o post só as ventoinhas funcionam
  2. Pois éh colegas comprei recentemente um mouse PS2 Vcom modelo C 167 óptico com scroll, sóh que quando desliga o pc o mouse continua aceso (Placa mãe Pcchips M863, Windows XP SP2), jáh testei o mouse em outro pc com o windows 98se e funcionou na boa apagando quando no desligamento do pc, então alguem poderia dar uma dica
  3. Alô pessoal beleza, Estou com um HD Maxtor 40GB em uma placa-mãe Pcchips M748lmr de uma hora para outra o HD deixou de ser reconhecido, ao ligar o pc não é encontrado o OS daí entrei no setup para verificar e constatei q o HD não era reconhecido, sendo assim tirei o mesmo dessa placa-mãe e espetei em outra uma 863G, entrei no setup e o mesmo foi reconhecido dando a marca, modelo etc, ah um detalhe na 863G espetei ele com slave como disse no setup foi reconhecido mas quando entro no windows o mesmo não é reconhecido só aparece a letra do HD primário master e do CDRW secundário master o Maxtor q seria o primário slave não consta. Alguém tem uma dica ou o HD já era mesmo.
  4. Aqui estou com essa placa-mãe + um celeron D 2.13 + XPSP2, acontece que ela não reinica o monitor apaga, o HDDLED apaga o HDDPOWER fica ligado + ela não reinicia tenho que desligar no botão liga/desliga e depois ligar, também quando pressiona o reset apresenta o mesmo sintoma, reparei também que a temperatura da cpu esta variando entre 70 a 85C isso mostrado no setup, ligar e desligar funciona normal só quando e necessario reiniciar como por exemplo na instalação de algum programa é que da o problema citado, tomei uma surra pra instalar o xp, ela sempre desligava em uma determindo andamento da instalação instalei depois de uma serie de tentativas + isso acredito ter relação com as temperaturas já citadas, agora é com a reiniação. alguém tem uma dica??? uma luz??
  5. Quando acesso o Windows 2000 SP4 em modo seguro, não estou tendo mouse esse serial isso é normal ou tem algo errado com windows ou o mouse?
  6. Já no setup, você tem q mudar a sequencia de iniciação escolhendo em primeiro lugar o CDROM, mas em algumas placas-mãe existe um popup q da opção de escolher o boot sem entrar no setup, teclando F8 ou alguo parecido, de uma olhada no manuel da sua placa-mãe para melhor avaliação
  7. Tive problemas de travamento ao instalar o kurumin quando optava por habilitar o Gerenciamento de energia durante a instalação
  8. Estou usando a versão 5 final do kuruma e para gerenciar meus downloads uso o KGet e funciona numa boa
  9. De uma olhada no manual http://www.guiadohardware.net/livros/kurumin/05/ e não poste em caixa alta, assim você esta gritando e o moderador vai chamar sua atenção
  10. Peço desculpas amigo, só queria saber qual versão do kuruma
  11. você não informou qual distro, o kurumin atualmente esta na versão 5, achei 128MB de memo pouco, agora quer saber + faça uma visita em http://www.guiadohardware.net/
  12. você baixou versão beta ou a final ? eu costumo usar o Gparted
  13. Hawker Hurricane AII, c você tiver interessado ai vai o Change-log do Kurumin 5.0 O Kurumin 5.0 vem com um novo Kernel, suporte a hardware atualizado e atualizações em diversas áreas. Mas, sem dúvidas, a novidade mais importante desta versão é o uso do Unionfs, que permite instalar programas e fazer modificações no sistema ao rodar do CD, derrubando a principal limitação do Kurumin até então. Você pode usar os ícones mágicos para instalar novos programas, inclusive servidores, o VMware ou drivers 3D, sem precisar instalar! Reporte os problemas que encontrar usando o ícone "Reportar um bug" no desktop, ou escreva diretamente para o: kurumin@guiadohardware.net Algumas das atualizações feitas nesta versão: Os pacotes do sistema foram atualziados em relação ao Debian Sarge. Esta versão usa por padrão o Debian Sarge (stable) como fonte de atualização e instalação de novos programas. Você pode alterar este comportamento, passando a usar o testing ou o unstable nos arquivos de configuração do apt, o /etc/apt/spurces.list e /etc/apt/apt.conf. Esta versão inclui o BadRAM (http://rick.vanrein.org/linux/badram/), que permite especificar endereços de memória (RAM) defeituosos durante o boot. Isto faz com que eles são sejam usados pelo sistema, permitindo aproveitar módulos defeituosos, que não poderiam ser usados em condições normais. Para usá-lo, os passos são os seguintes: a)Dê boot com o CD do Kurumin. b)Use o parâmetro de boot "memtest" para executar o teste do Memtest86, que usaremos para detectar os endereços defeituosos. Dentro do Memtest, aperte a tecla "c" para acessar a configuração e em seguida as opções, "5" (Error Report Mode), "2" (BadRAM Patterns) e depois "0" duas vezes para voltar ao teste principal. Deixe o Memtest rodando por um bom tempo (o ideal são pelo menos duas horas) e anote os endereços reportados na parte inferior da tela do teste. c)Reinicie o micro, novamente dando boot com o CD do Kurumin. Use agora a opção de boot "kurumin badram=", seguida pelos endereços defeituosos, reportados pelo teste do Memtest86, como em: "kurumin badram=0x00f00000,0xfff00000". d)Ao instalar o sistema, responda "Sim" quando o instalador perguntar se você deseja revisar a configuração do Lilo. Dentro do arquivo de configuração (o /etc/lilo.conf) adicione o parâmetro "badram=0x00f00000,0xfff00000" dentro da linha "append=" (que passa opções para o Kernel), sem apagar os demais parâmetros. Depois da modificação a linha ficará "append = "splash=silent apm=power-off nomce quiet psmouse.proto=exps devfs=mount badram=0x00f00000,0xfff00000" O Script de instalação do Kurumin Terminal Server (KTSP) foi atualizado. Agora é utilizando como base o LTSP 4.1.1 (a versão mais recente), com suporte ao acesso à placa de som, drives de disquete e CD-ROM nas estações. O Painel de administração de servidores dentro do Painel de Controle foi atualizado com novas opções e descrições mais elaboradas de cada servidor disponível. Adicionado o k-saveconfig (disponível no Iniciar > Configuração do sistema), que permite (ao rodar o Kurumin do CD) salvar o diretório home, incluindo tanto as configurações quanto os arquivos num arquivo de loopback, salvo numa partição do HD ou num Pendrive. O arquivo pode ser salvo tanto numa partição do Windows (formatada em FAT), quanto numa partição Linux. Depois de criar o arquivo, você pode utilizá-lo usando a opção "kurumin home=" na tela de boot, como em: kurumin home=/dev/hda/kurumin.img O próprio k-saveconfig indica o comando de boot apropriado, incluindo o dispositivo no final do processo. Usar um arquivo de loopback como home permite ter um ambiente de trabalho persistente ao rodar o Kurumin do CD e possui um efeito positivo no desempenho da máquina, pois ao armazenar o home num arquivo mais memória RAM fica disponível para os programas. Esta versão inclui o Acrobat Reader 7 e muitas correções, sobretudo nos scripts de conexão via ADSL PPPoE e modem (resultado dos reports de bugs durante as versões Alpha e Beta) Incluído o RealPlayer10, adicionando suporte a filmes em formato .rm (incluindo streaming via web, usando o Firefox), que não eram suportados até a versão anterior. Os demais formatos de vídeo, incluindo QuickTime e WMF podem ser visualizados no Kaffeine, depois de instalar o pacote w32codecs. Com a adição do RealPlayer, o Kurumin fica compatível com todos os principais formatos de vídeo, as únicas excessões ficam por conta de sites que utilizam recursos do active-X ou tags proprietárias do IE para abrir os vídeos, o que faz com que não funcionem em outros navegadores. Nestes casos o problema é com o design do site em sí, não com o sistema. Foi feito grande trabalho de otimização do sistema, melhorando o desempenho (principalmente ao rodar do CD) em de 7 a 15% e diminuindo o espaço ocupado. O tempo de boot pelo CD num Duron de 1.5 GHz, com 256 MB e CD-ROM de 40x diminuiu de 2:45 para 2:10 min. Dando boot usando um arquivo ISO armazenado numa partição do HD (usando a opção 'kurumin bootfrom=/dev/hda1/kurumin.iso' na tela de boot) o tempo de boot cai para 1:20 enquanto uma instalação limpa no HD dá boot na mesma máquina em 1:05. O instalador agora detecta instalações do Windows ou de outros sistemas instalados no HD e adiciona as linhas necessárias para que eles apareçam no menu de boot (other=) automaticamente. Não é mais preciso configurar o dual boot com o Windows manualmente dentro do arquivo de configuração do lilo como antigamente. O Kurumin-emu foi atualizado, incluindo agora o Qemu 0.7, com alguns patches do CVS. Essa versão tem um desempenho melhor e resolveu vários problemas de compatibilidade com o Windows 2000 e XP. O Windows 95/98/SE/ME continua rodando apenas com o Kqemu desativado. Incluída a opção de ativar o prelink no Iniciar > Sistema. O prelink pode ser usado para otimizar o desempenho do Kurumin instalado no HD. As barras leterais do superkaramba foram removidas, pois muita gente estava reportando problemas em relação a elas, mas ninguém se interessou por pesquisar e contribuir com soluções para os mesmos. Como este é um recurso puramente cosmético e que ainda por cima consome uma generosa parcela dos recursos do sistema, dificilmente as barras voltarão a ser incluídas nas próximas versões. Se você realmente gosta deste recurso e deseja que elas sejam reincluídas, crie um projeto de manutenção, usando como base o tema incluído no Kurumin 5.0 beta3. Atualize o tema para que as barras sejam corretamente exibidas em diferentes resoluções e pesquise soluções para os problemas de estabilidade e das "paradinhas" ao usá-lo em conjunto com placas Ati. Lembre-se: um "funciona para mim" não é suficiente. Para que seja reincluído no sistema ele deve funcionar para todos. O kword e kspread foram removidos, pois devido à inclusão do OpenOffice passaram a ser pouco usados. A remoção dos dois permitiu remover também as bibliotecas base do koffice, liberando um espaço considerável. Foi desativada a opção "kurumin toram", que podia ser usada para copiar a imagem do o Kurumin para a memória RAM (ao rodar do CD), deixando o drive de CD livre. Como atualmente o Kurumin tem mais de 400 MB, esta opção passou a funcionar apenas em micros com 796 MB de RAM ou mais. Em máquinas com 512 MB a cópia consome quase toda a memória RAM, impedindo o boot normal. O suporte a SMP, necessário para que o sistema detecte os dois processadores lógicos em máquinas com processadores Pentium 4 HT vem desativado por padrão. Isto é feito por três motivos: 1- O HT não melhora perceptivelmente o desempenho ao ser ativado, em muitas situações o desempenho é menor que com ele desativado 2- Ao ser ativado no Kernel, o suporte a SMP diminui o desempenho do sistema em outras máquinas, sem dois processadores ou HT. 3- O suporte a HT no Kernel possui uma brecha de segurança ainda não corrigida, por isso é prudente mante-lo desativado, eliminando o problema. Você pode ativar o suporte a SMP recompilando o Kernel, o que é relativamente simples usando o ícone mágico.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×