Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Webert Oliveira

Membros Juniores
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Belo Horizonte
  1. Entre em www.skypebrasil.com, lá existe um tutorial ensinando como fazer isso.
  2. Amigão, eu já respondi uma pergunta tipo esta em um tópico antes deste, lá eu indiquei umas cinco empresas de internet via rádio em BH, mas agora só lembro de uma que ná época foi a única que me deu retorno. www.wminas.com.br Agora, o fato de existir a empresa em BH não quer dizer que você poderá utilizar os serviços da mesma. Tente entrar em contato com o site acima e se quiser ver quais são as outras que eu indique, procure o topico em datas anteriores. E este site http://www.citywifi.com.br parece que é uma furada, já vi um tópico e já entrei no site, não tem telefone de contato, você faz o cadastro e não recebe retorno, fique com o pé atrás porque quando a esmola é de mais o santo desconfia. Qualquer dúvida estamos ai...
  3. Esqueci de colocar o site. http://telecom.zip.net
  4. E ai Galera, mas voltando para o assunto da taxa de assinatura. Cai a liminar que suspendia assinatura telefônica. Brasília - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) conseguiu derrubar na Justiça a liminar que impedia a cobrança da assinatura básica da telefonia fixa. A cobrança não chegou sequer a ser interrompida, já que as empresas estavam aguardando ser notificadas da decisão, o que ocorreu minutos antes de a liminar ser cassada. O deputado Celso Russomano (PP-SP), presidente do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), disse que vai recorrer da decisão ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, em Brasília. O Inadec é o autor da ação civil pública que resultou na liminar. O deputado considera a cobrança ilegal, porque está prevista apenas no contrato de concessão das empresas. A Anatel argumenta que a interrupção da cobrança pode "comprometer seriamente o equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão e, em última análise, a própria qualidade do serviço de telefonia fixa no País". A agência defendeu a legalidade da cobrança, dizendo que é a assinatura é tarifa pública e não uma taxa e anexou ao recurso outras decisões proferidas anteriormente a favor da cobrança. O pedido de reconsideração da Anatel foi aceito na própria 2ª Vara da Justiça Federal, em Brasília, que havia concedido a liminar. A decisão de cassar a liminar foi da juíza substituta Lília Botelho Neiva, que já havia julgado outra ações sobre o mesmo assunto e não aceito os argumentos. A assinatura básica é cobrada mensalmente nas contas de telefone mesmo que o cliente não faça ligações. As empresas argumentam que os recursos arrecadados com a cobrança representam 40% de seu faturamento, o que representa R$ 1,6 bilhão por mês. (Gerusa Marques) Fonte: Agência Estado.
  5. www.shark.com.br www.acesso.com.br www.wminas.com.br

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×