×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

ComandateGustavo

Membro Pleno
  • Posts

    633
  • Cadastrado em

  • Última visita

Reputação

88

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Limeira
  1. Bom para atualizar o tópico, procurei nas lojas e esse tipo de chaveta é difícil achar, só achei na internet por 15 reais cada uma mais frete, então pedi para meu pai fazer uma para mim e deu certo, a de cima é a que ele fez e a de baixo é a original do comando de válvulas (o motor usa a mesma chaveta para várias peças) vou montar o motor essa semana e aí vamos testar na prática como vai funcionar o horímetro.
  2. o horimetro tá escrito que trabalha de 12 - 36v estou achando que não deve interferir, mas se interferir o que fazer? Será que um resistor de valor bem alto resolveria? Essa ideia de resistor acho que é usado em algumas fontes de alimentação para não deixar os capacitores carregados por muito tempo não? não vi no painel todo mas ali é um led, acho que deve ter um resistor ou algo que puxe mais corrente porque o led não consome muita corrente aí não sei se ele sozinho iria funcionar...
  3. aí que estava o problema, estava ligando o terminal da lâmpada no - da bateria, mas por via das duvidas peguei a luz de seta que é uma lâmpada incandescente comum, o rele que faz ela piscar, aí usando ela funcionou, e usei a furadeira de mão com soquete dessa vez porque ela tem bem mais giro que a furadeira de bancada, e ela apanhou pra girar ein? o eixo do alternador pesa bastante... Mas consegui testar e nos terminais da bateria subiu para 13v e a lâmpada apagou então creio que o alternador está ok. e testei no circuito que fiz para ligar o horimetro, usei um led com resistor e deixei o voltimetro nele, deu 13v mais ou menos quando estava girando, o problema foi ao desligar, mesmo com o eixo parado ainda fica uns 2,5v no terminal e o led acende mais fraco, será que isso é por causa do capacitor ou porque o eixo ainda está imantado? E será que essa tensão residual pode fazer o horimetro funcionar mesmo com o motor desligado?
  4. @Renato.88 lembrei que a furadeira de bancada tem o mandril maior coloquei nela só que não deu certo, ela prendeu e girou o alternador mas nada de carregar a bateria nem a luz acendeu quando ele estava parado, muito estranho estava monitorando a tensão da bateria e ela estava sempre na mesma, 12,63v com o alternador girando ou não, estou achando que ou alguma coisa está solta ou o regulador queimou ou as escovas não estão encostando direito no rotor, talvez tenha tinta onde não deveria ter e não está dando contato, estou perdido tem alguma ideia? tá mortinho nada acontece, a tensão não muda e a lâmpada não acende... Fiquei um tempão quebrando a cabeça ali e nada de descobrir o problema boa ideia! tenho jogo de soquetes e um adaptador para furadeira, não sei se vai servir porque deve ser chave grande mas vou tentar, enquanto isso falei pro meu pai ver se consegue fazer a chaveta meia lua para mim, ele é torneiro aposentado, estou torcendo pra conseguir porque quando for colocar de volta no carro vou precisar de uma de qualquer jeito estava usando led para verificar se o D+ tinha tensão, mas não acendeu nenhuma vez, o D+ precisa de lâmpada incandescente para ter mais corrente passando e assim fazer o alternador funcionar ou o circuito do D+ não tem nada a ver com o circuito que energiza o eixo?
  5. boa ideia! tenho jogo de soquetes e um adaptador para furadeira, não sei se vai servir porque deve ser chave grande mas vou tentar, enquanto isso falei pro meu pai ver se consegue fazer a chaveta meia lua para mim, ele é torneiro aposentado, estou torcendo pra conseguir porque quando for colocar de volta no carro vou precisar de uma de qualquer jeito
  6. no dia que li seu comentário fui tentar fazer, aí ao colocar a polia percebi que a chavetinha que estava no eixo caiu e estou correndo atrás de outra, talvez tenha que fazer outra, curioso como uma coisa simples vai ficando cada vez mais cabeluda, eu desmontei o alternador, limpei e pintei, montei o circuito com os diodos e capacitor troquei os rolamentos e na hora de testar com a furadeira não deu certo, e quando fui testar com a correia vi que a chaveta sumiu kkkkk Se não achar a chaveta vou tentar fazer uma, o duro é que chaveta tipo meia lua enjoada pra fazer, mas vou conseguir sim, de resto o alternador está praticamente pronto é só colocar a chaveta e testar.
  7. @Renato.88 demorei mas terminei o alternador, aconteceu um monte de coisa essa semana ai acabei atrasando, descobri que tem uma peça externamente no alternador acho que é um tipo de capacitor e ele fica acoplado ao + externamente: montei tudo aí percebi que um dos fios ficava raspando no rotor, desmontei tudo arrumei a posição dos fios aí deu certo a montagem, mas não consegui testar na bancada, a furadeira não consegue segurar o eixo do alternador pra testar, pelo jeito só vai dar pra testar no motor do carro mesmo ou tem outra forma de testar?
  8. exatamente, nos de fábrica tem válvulas e a injeção eletrônica trabalha de forma diferente, os motores que foram turbinados e não são de fábrica tem que trabalhar de forma diferente ou podem quebrar... O alternador está quase pronto aí vou fazer os testes e coloco aqui, vou sair de viagem amanhã mas semana que vem já posto os resultados aqui.
  9. é quase kkkkkk cara ele estava começando a ficar ruim e eu notei que estava tendo limalha no óleo, como estou montando turbo achei melhor abrir, descobri coisas boas e ruins, a ruim é que estava muito gasto tinha muita folga precisava retificar mesmo, a boa notícia é que o motor nunca foi retificado, todas as bronzinas estavam com o logotipo da VW e a medida original estampada nelas, os pistões também, estava com 120 mil km rodados, levando na retifica constatei junto com eles que é realmente a primeira retifica do motor, ele funcionou por 30 anos até precisar ser retificado! fiquei tão contente que guardei as bronzinas e pistões antigos aqui de recordação kkkkkkkk estou gravando e tirando foto de tudo, quando terminar vou postar no youtube pro pessoal que quiser ver... tinha mas antes mesmo de eu mexer já foi retirado kkkkkk essa pecinha tem nos carburadores TLDZ que foram os últimos a sair nos motores de carros, depois deles já veio injeção em tudo. está um absurdo de caro, por isso tô pesquisando a mais de anos pra tentar afinar o motor e deixar ele mais econômico e potente possível ou seja tô quase fazendo mágica kkkkkkk Seria! na verdade é exatamente assim em carros com injeção eletrônica de fábrica! quando o motor chega perto do limite de giro a injeção começa a tirar combustível e isso evita também que se o cara tirar o pé de uma vez do acelerador a borboleta feche de uma vez, isso faria o motor "afogar" muito combustível com pouco ar pode dar uns estouros no escapamento e isso num carro original é péssima ideia. PORÉM em motor que foi turbinado a coisa muda, se você estiver acelerando com a turbina mandando pressão necessariamente precisa mandar mais combustível não só para ter mais potencia mas também porque o combustível a mais ajuda a resfriar o motor, se tiver a pressão positiva da turbina e pouco combustível a temperatura do motor sobe rapidamente em questão de segundos, e pode ocorrer pré-ignição devido a temperatura, literalmente em uma acelerada o motor QUEBRA: aqui dá pra ver os problemas de pré-ignição literalmente tu perde o motor em segundos. Por isso no meu caso o ideal vai ser cortar a ignição mesmo... um gringo fez um limitador de rpm com arduino também, o motor dele usava platinado ainda: https://create.arduino.cc/projecthub/adrianos_botis/automotive-engine-rev-limiter-9c05cc
  10. Não morre, na verdade já tem sistemas desse pra vender a bastante tempo é o 3 step: você programa nele a rotação máxima que vai querer e quando chegar nessa rotação ele bloqueia o sinal para a bobina, a rotação do motor vai cair abaixo da limite aí a bobina é alimentada novamente então o giro sobe até chegar na rotação limite quando a bobina é cortada novamente assim o ciclo se repete, isso acontece muito rápido e o motor está com rotação alta então ele não morre, aqui um vídeo curto mostrando o funcionamento: funciona muito bem mesmo sem controlar a borboleta do carburador, mas na verdade isso é mais pro pessoal que participa de corridas ou arrancadas, como vai cortar a ignição mas a borboleta do carburador ainda está aberta vai sair combustível sem queimar pelo escapamento e como o escapamento está quente o combustível que não queimou pega fogo ali dentro e mantém a turbina com giro alto, isso é interessante caso o cara queira "sair rasgando", no meu caso eu queria limitar mesmo pra ficar uma coisa mais segura de andar e ser mais barato, um 3 step desse aí não sai por menos de 400 ou 450 reais... disso eu não sabia eu jurava que era um hall mesmo kkkkkkkk mas isso de fazer limitador de RPM é bem interessante, tem até alguns videos gringos sobre isso, eu tentei fazer a um tempo atrás pelo arduino lendo os pulsos do distribuidor, mas o arduino não lia alguns pulsos aí precisava usar aquela função atach interrupt, e isso deu bastante dor de cabeça e funcionava + ou -, mas quando montar o motor novamente vou continuar com o projeto, coloquei alguns videos sobre isso no youtube e apareceu bastante gente perguntando sobre como fazer, isso pode ser interessante porque além de me ajudar vai ajudar outras pessoas também, se bobear as vezes nem precisamos fazer com arduino talvez um PIC dê conta do recado mas aí me falta conhecimento sobre isso...
  11. @Sérgio Lembo isso me fez lembrar que preciso continuar o projeto de limitador de RPM para este motor, parei no meio do projeto porque tive que retificar o motor rsrs, na verdade estou pensando em usar um sensor indutivo ou um led emissor uv e um receptor na polia do virabrequim para ler a rotação do motor e aí usar algum controlador tipo arduino para cortar a bobina de ignição e não deixar a rotação subir mais... Pessoal estou pintando o alternador leva um tempinho pra secar mas essa semana eu já vou montar ele e testar os circuitos aí posto aqui pra vocês o resultado.
  12. então eu coloquei o termo retrátil em volta do capacitor, os diodos deixei sem nada porque estava sem espaço, e eu até tenho o silicone preto aqui, mas fiquei com medo de colocar e tampar demais a ventilação isso poderia prejudicar a circulação de ar do alternador inteiro então deixei sem, por sorte tem ventoinha e o alternador fica bem na frente do motor então acho que não deve dar problemas, como estou montando o motor ainda vou ver se consigo testar o alternador na bancada assim: aí acho que se der tudo certo devo encontrar 14v nesse pino que montei e a lâmpada do D+ deve apagar...
  13. bom consegui com muito custo montar tudo no alternador, deu bastante trabalho levei a manhã toda pra montar um circuito aranha com 4 componentes kkkkkkkk a fiz mais ou menos isso, coloquei um parafuso atarraxante e prendi a perna do capacitor nele, não ficou tão bom quanto soldar mas acho que já funciona depois que prendi com o parafuso usei o multimetro para testar tudo aparentemente está tudo ok. consegui montar o terminal no lugar de onde seria o terminal W ficou uma posição boa, mas achei estranho uma coisa: testei no multimetro todos os diodos estão bem e para o capacitor usei esse testador de componentes e está ok também, mas por curiosidade testei os diodos com o testador também e ele "encherga" diodo duplo, será que isso é porque o capacitor interfere na medição? Ou de alguma forma o testador também testa os diodos originais do alternador? o que acha @Renato.88 ? aproveitando se alguém ver algum erro na montagem ou alguma coisa que pode dar pau comentem aí pra eu saber, as vezes tem coisas que eu não percebo passa batido e depois dá pau
  14. certo, providenciei os componentes e o conector hoje vou montar e amanhã posto foto aqui acho que apesar do alternador esquentar ali baste um pouco de vento então deve ajudar... sabe o o fabricante? eu tenho aqui o preto que é para motores também. . então é mesmo, vou tentar com parafina e se não der mesmo ai tento usar o parafuso tenho alguns aqui.
  15. dá sim, me preocupo com a temperatura na verdade, será que pode esquentar a ponto de estragar o capacitor? A placa de diodos tem dois dissipadores grandes onde são soldados os diodos, de um lado é o positivo e do outro o negativo, vou ver se consigo soldar no dissipador isso vai dar mais firmeza na montagem o problema é que é aluminio aí deve ser chato soldar. onde estão os conectores largos é o dissipador e o lado positivo, o lado sem os terminais é o negativo nossa nem me toquei desses terminais tenho alguns aqui mas não tem as capinhas neles, vou comprar pra colocar, não tem encaixe mas tem a saida na carcaça com o sinal W que deve ser aquele de conta giros, aí eu uso aquilo e dou um jeito de prender de alguma forma o terminal dentro do alternador, talvez antes da placa de diodos dê pra fixar.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!