Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Henrique dos Santos Dias

Membros Juniores
  • Total de itens

    8
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. E aí colega tudo bom? Dei uma revisada no seu código, e saca só: quando se quer declarar uma string em C, você usa um vetor de char: char frase[30] // Onde [30] é o tamanho máximo de caracteres da frase quando se quer "pegar" do usuário um texto em string, você usa: scanf(" %[^\n]s", &frase) // Onde o "[^\n]s" significa que você quer um texto // e quer ele apenas até a tecla ENTER (^\n) e finalmente, quando se quer printar na tela uma string, você usa: printf("a frase eh: %s", frase) // Onde o "%s" significa string Após pegar todos os dados de todos os funcionários (ou seja, após escolher a opção "n"), você pode fazer isso: maior = vet[0]; // escolhe por padrão o primeiro elemento como o maior for(i=0;i<cont;i++){ if (vet[i].soma > maior.soma){ // se ele encontrar alguem com o salario maior, maior = vet[i]; // o maior se torna este } } Depois, é só printar os dados do maior. Qualquer coisa pode falar!
  2. Olá, eu tenho uma dúvida simples creio, mas procurei em diversos locais e não encontrei respostas. Eu gostaria de saber se o C++ possui uma função que faz o mesmo que o "gotoxy(x,y)" faz em C. Tentei utilizar essa função em diversos programas, incluindo a biblioteca conio.h e a conio2.h porém não tive resultado, e agora que estou usando o C++ gostaria de saber se ele possui uma função diferente que faça o mesmo. Obrigado!
  3. Olá, posso dar só uma ajudinha? O valor da variável "i" não pode atingir o valor 10 no for. Portanto, no for, ao invés de for (i = 0; i <= 10; i++){ // resto } Ele deve ser implementado assim: for (i = 0; i < 10; i++){ // resto } Pois considerando que um vetor A[10] possui 10 campos iniciando do campo A[0], a ultima posição dele é sempre A[9]. Para fins didáticos, um vetor A possui a posição inicial em A[0] e a posição final em A[i - 1]. Caso você tente acessar a posição A[10], ele retornará: ou um erro, ou lixo. Nesse caso, o valor da posição 10 não existe, Por isso o valor absurdo! adicionado 8 minutos depois Perdão, eu estava enganado! A unica coisa que consigo ver, é que seu vetor está declarado dentro do FOR. Declare ele antes de iniciar o FOR que provavelmente seu programa irá funcionar do modo que se espera.
  4. Nossa..... kkkkkkk Obrigado eu não tinha visto que esteja "re-preenchendo" a matriz....
  5. Como o Daniel disse, o FOR deve ser utilizado quando se deseja repetir um comando um numero N exato de vezes. O uso do WHILE permite varias condições de parada, portanto, pode-se repetir até o número N de vezes ser atingido, ou quando a variável de saída adquire valor true. É bom lembrar que é possível ainda quebrar o laço do FOR com o comando BREAK, mas não possuo esse costume.
  6. E aí tudo bom gente, então estou com um problema com esse código: #include <iostream> using namespace std; #define n 3 int main(){ int A1[n][n], transpA1[n][n], A2[n][n], i, j; bool sair; for (i=0; i<n; i++){ // ENTRADA DA MATRIZ A[3][3] for(j=0; j<n; j++){ cout << endl << "Entre A1[" << i << "][" << j << "]: "; cin >> A1[i][j]; } } for (i=0; i<n; i++){ // ENTRADA DA MATRIZ B[3][3] for(j=0; j<n; j++){ transpA1[j][i] = A1[i][j]; cout << endl << "Entre A2[" << i << "][" << j << "]: "; cin >> A1[i][j]; } } sair = false; for (i=0; i<n; i++){ for (j=0; j<n; j++){ if (transpA1[i][j] != A2[i][j] && sair == false){ sair = true; cout << endl << "A matriz A1 nao e transposta de A2"; }else if (sair == false){ cout << endl << "Conferindo Elementos..."; } } } } O problema é que ao checar se a matriz é transposta, independente se é ou não, ele acusa não ser. Conseguem ver o que há de errado?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×