Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Bills

Membros Plenos
  • Total de itens

    32
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. @aphawk eu testei e o circuito ficou muito instável. Com comportamento as vezes correto mas muitas vezes o pulso não produzia efeito nenhum... Já tava pensando em fazer placa de circuito impresso sem testar... kkk você me salvou. Vou abandonar esse projeto. Obrigado!!
  2. você está me dizendo que se eu montar esse circuito na protoboard ele não vai funcionar? vou testá-lo aqui e volto com os resultados...
  3. Hmm... não seria mais fácil, então, usar o 555 como astavel numa frequência bem baixa e proibir as oscilações através do aterramento do pino 4?
  4. @aphawk é pra um alarme que estou montando com peças tiradas de sucata... Utilizarei o BC547 e o BC557 funcionando como um SCR... E como sei que nessa configuração a corrente de saída é igual à soma das duas correntes de base, então me preocupei se poderia alimentar diretamente o relé com bobina de 70 ohms. Mas, como o amigo @BCP me mostrou que não pode ultrapassar 20 mA,, decidi colocar outro transistor no circuito. Pelo menos no simulador "deu certo" Na simulação utilizei dois transistores com HFE de 200 pois sei que esse é o HFE mínimo deles... Um fato estranho é que, no simulador, o circuito funciona com alguns transistores e com outros não. O próprio BC547b, que tem na biblioteca do LTspice, funciona quando combinado com alguns transistores mas não funciona com outros (todos de baixa potência). Porque? ...
  5. Procurei por esse parâmetro mas não encontrei...
  6. Olá pessoal! Eu estava testando um eletrificador de cerca (procurando curto na cerca...) e tive a "brilhante" ideia de usar uma chave de teste comum. Na chave de teste estava escrito "100-1000V" e usava um resistor de 820k em série com uma lâmpada neon. Como a tensão que eu iria testar era de 15 mil volts, troquei o dito resistor por dois resistores de 47M em série com a lâmpada, totalizando, portanto, 94M. Fazendo contas breves, 15kV/94M=159uA. pensei que essa corrente não era suficiente pra me dar choque (tinha lido que o limiar da sensação de choque era de 1mA...) mas me enganei. Levei um baita choque... kkk O que deu errado? Onde eu errei no meu raciocínio? Obrigado!
  7. Eu tinha um walkie-talkie parecido, só que de outra marca, dando o mesmo defeito ( as pilhas começaram a descarregar bem mais rapidamente do que quando o aparelho estava novo...). Troquei um capacitor eletrolítico que ficava em paralelo com a fonte (pilhas) e ele voltou ao consumo normal... Espero ter contribuído!
  8. O @Magnect quer saber a melhor maneira de se iniciar em eletrônica e o tópico descambou para um debate sobre obsolescência programada... kkkkk Cara, no site do Newton C Braga tem um curso básico para iniciantes sobre eletrônica analógica e eletrônica digital. Depois você pode ler os livros "Eletrônica" do Malvino e ir evoluindo no grau de dificuldade das leituras... Não sei se é a melhor forma, até porque sou mero hobbista.... mas, olhando do ponto de vista de quem quer começar, acho que está de bom tamanho. Lógico que o aperfeiçoamento você conseguirá com cursos e faculdade mas o mais importante de tudo é você gostar de eletrônica e sempre querer evoluir e independente do que possam dizer, é indescritível a sensação de você mesmo montar uma "geringonça" e vê-la funcionando... por isso, creio eu, a eletrônica é e sempre será apaixonante!!!
  9. Eu até consegui captar uma rádio local aqui mas bem fraquinha e com muita interferência. Pensei nesse circuito pra tentar aperfeiçoar o rádio e ver se conseguia captar mais estações... vou ver se acho alguma sucata de rádio antigo nos ferro-velhos aqui da cidade pra tentar achar um diodo de germânio ou um cristal de galena e também testar um diodo rápido como vcs sugeriram. Obrigado a todos!
  10. @Isadora Ferraz, @Mestre88 e @rjjj talvez (certeza acho.. rsr) "retificador" não foi a expressão correta. Minha intenção era melhorar um rádio AM "de galena" que montei... esse circuito seria usado como demodulador no lugar do diodo. Meu pensamento foi o seguinte, os diodos geralmente usados necessitam que o sinal captado pela antena tenha mais que 0,6V, então pensei que poderia usar o transistor fazendo o mesmo trabalho e com a polarização do transistor "cortando" a "banda inferior" do sinal, eu conseguiria reduzir bastante essa "barreira" de forma que, segundo meu raciocínio, eu conseguiria ouvir sinais muito mais fracos... Mas não sei se isso é viável, como vcs podem ver tenho muita ideia e pouco conhecimento e prática kkkk Minha ideia seria viável?
  11. Olá pessoal! Eu estava fazendo alguns testes no LtSpice e então resolvi tentar fazer uma espécie de retificador polarizando o transistor com tensão de base abaixo de 0,6V, assim, pensei eu, ele só vai amplificar metade do sinal... mas não foi isso que aconteceu, a senoide está sendo completamente amplificada... estou postando um print da minha experiência, a tensão no gráfico é a do coletor do transistor em relação ao terra... se alguém puder me explicar onde eu errei fico grato.
  12. Olá pessoal, estava fazendo o exercício da imagem e após fazer todos os cálculos resolvi conferir no LTspice mas o ganho de tensão não tá dando certo... Sendo Ic=~3,5mA, os cálculos que fiz foram estes: r'e=0,025/0,0035=7,14 Av=~(1000//1000) / 7,14 = 500/7,14= 70 De acordo com as contas que fiz, Zin=1428 ohms e a tensão de entrada absorvida pelo transistor (injetando 1mVpp) é de 124uVpp, o que multiplicado por 70 deveria dar 8,7mVpp, só que na simulação ta dando exatos 7mVpp na carga... O que eu fiz de errado? Segue abaixo também um print da simulação...
  13. Podem ser vagabundas e não durar nada mas não são baratinhas, aqui na minha city valem uns sete reais... péssimo custo-benefício... kkkkk
  14. @aphawk Desculpe mas eu ainda sou estudante e estou aprendendo e essa sua frase me deixou uma dúvida. Se não estou enganado, com o sensor aberto o primeiro transistor entra em corte, certo? Então o segundo transistor não teria polarização de base, logo sua corrente entre emissor-coletor seria bem pequena... bom foi esse o meu raciocínio. Onde eu errei? Desde já obrigado!

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×