Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

makotsunami

Membros Plenos
  • Total de itens

    58
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D

Reputação

36

Sobre makotsunami

  • Data de Nascimento 06-01-1997 (21 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Curitiba/PR
  • Sexo
    Prefiro não dizer

Outros

  • Biografia
    Entusiasta do desenvolvimento WEB (:
  • Ocupação
    PHP Dev
  • Interesses
    Clean code é KREYGASM HAHA
  1. Eu usaria PHP caso fosse muito importante a segurança dos dados e você precise salvar os dados. Caso isso não seja um problema tão grande, é muito mais fácil usar JavaScript. Você pode criptografar as respostas fazendo com que seja muito difícil para um usuário normal acessa-las, pode fazer um uglify no JavaScript também. Você poderia criar uma variável com as respostas e adicionar um eventListener no formulário, daí quando o usuário submetesse o formulário você compararia as respostas dele com as que você tem salvas. Mas como eu disse, isso não iria te permitir salvar os dados no banco, a não ser que você use um banco de dados online e envie requisições AJAX, só que daí já seria complicado de mais para o que você precisa.
  2. Quando dá esse erro é porque o usuário e senha estão incorretos. Precisa verificar no seu .ENV se os dados estão certos.
  3. @lucio_jorge Verdade, já tive esse erro. Talvez se você fizesse DELETE FROM pedido AS p daria certo.
  4. O site está online? Tem alguma maneira de inspecionar o CSS desse site? Eu aposto que tem algum elemento HTML que ta segurando essa imagem. Tenta por width:300% na imagem pra ver se ela passa a linha vermelha.
  5. @th3xcalibur Vou te dar uma dica, algo que passei na pele, sofri e aprendi. Antes de fazer esse curso, pegue um curso de Javascript avançado e faça-o inteiro, mesmo que pareça inútil. https://www.udemy.com/modern-javascript-from-the-beginning/ Esse cara tem um canal no Youtube chamado Traversy Media eu acho, tem muita coisa boa e grátis no youtube, recomendo ainda mais do que o curso dele da Udemy.
  6. @IagoTM Tentou por o !important?
  7. Salve salve! https://codepen.io/jhonnyizidoro/pen/QJyMKK Muito simples. As divs são elementos com display block por default, ou seja, ela sempre vai ocupar 100% da largura do elemento pai. Basta adicionar o código abaixo no seu CSS. .some-div { display: inline; } @EDIT: CSS é uma linguagem muito peculiar. Ninguém acha que é difícil, mas é. É necessário muita experiência para dominar, sério! Eu sei o arroz com feijão. hehe XD Tem que meter bastante a mão na massa pra pegar o jeito.
  8. Amigo, você já configurou o firebase ou só deu um Ctrl C + Ctrl V no seu código? Você está usando NPM no seu projeto para trabalhar com módulos? Se sim, uma solução é fazer o uso do firestore. Você vai precisar de um arquivo de configuração do firebase que o próprio firebase te fornece no site, dai você pode importar esse arquivo para um outro arquivo que utiliza o firestore, e com isso iniciar seu banco. import firebase from 'firebase/app'; //MÓDULO NPM import 'firebase/firestore'; //MÓDULO NPM import config from './firebaseConfig'; //ESSE É O ARQUIVO DE CONFIGURAÇÃO FORNECIDO PELO PRÓPRIO FIREBASE const firebaseApp = firebase.initializeApp(config); const db = firebaseApp.firestore(); db.settings({ timestampsInSnapshots: true, }); export default db; Daí no arquivo Javascript que vai mandar a requisição você importa esse módulo que acabou de criar, que vai facilitar muito sua vida. Daí você pode usar alguns métodos bem simples. Para salvar algo no banco, pode exemplo, seria assim: import db from "./firebaseInit.js"; db.collection('registers').add({ votos_nulo: sua_variável_com_votos_nulos, votos_no_haddad: sua_variável_com_para_haddad, votos_no_bolsonaro: sua_variável_com_para_bolsonaro, //aqui pode ser enviado qualquer dado que será salvo no seu documento online do firebase }).then(docRef => { console.log('dados salvos, os votos serão apurados!'); }).catch(error => { console.log(error); }); Agora, caso você esteja usando Javascript Vanilla, sem node e sem NPM, ai eu já não sei. O que eu faria seria escrever meu código utilizando o node e npm depois utilizaria o Babel para compilar o código.
  9. @fredkissfree Boa tarde parceiro! Acho que você consegue solucionar esse problema com flexbox. Coloca uma classe nessa sua coluna, .center por exemplo. .center { display: flex; justify-content: center; align-items: center; /** ISSO AQUI ALINHA VERTICALMENTE */ } Se não funcionar tenta utilizar o !important, pois uma das muitas desvantagens do Bootstrap é ele ser difícil de sobrescrever os estilos originais. .center { display: flex !important; justify-content: center !important; align-items: center !important; /** ISSO AQUI ALINHA VERTICALMENTE */ } EDIT: Não se esqueça de verificar se o Bootstrap já não tem uma classe .center, pode dar ruim. Cria com um nome não convencional, ou cria em português: .centro.
  10. @Matheus Evandro Rech Sério isso? lol Como o @DiF falou, a universidade não ensina muito, a maioria das coisas você aprende é fora da sala de aula. Eu inclusive defendo que a universidade nem deve ensinar muito disso, como utilizar jQuery por exemplo. Acho que um grande papel da Universidade é dar um conhecimento básico geral e ensinar o aluno a lidar com pessoas. Isso na nossa área, é claro. Não espero isso de um curso de medicina kkkkk
  11. Absolutamente não. O complicado é que, você sem curso superior vai ser afetado negativamente em dois pontos: 1→ Muitas empresas grandes e médias requerem um certificado, mesmo eu não achando necessário, como eles tem um volume muito grande de pessoas, eles exigem. 2→ Difícil iniciação no mercado e nos estudos. Pois na universidade você fica inserido num meio onde você tem à quem recorrer caso tenha dúvidas sobre o que estudar. Outro ponto também é que na universidade é muito fácil você conseguir um estágio na área de programação. Mas assim, diploma não significa nada, você só terá um caminho, talvez, mais difícil. Tem muito programador excelente sem diploma e muito programador horrível com diploma.
  12. Você já tentou fazer outro processo que leve bastante tempo para ver se a variável max_execution_time está sendo lida pelo servidor? Tenta fazer um loop infinito em um arquivo e testa quanto tempo ele vai ficar rodando. Isso ta com cara de ser configuração de servidor mesmo.
  13. Você pode utilizar JavaScript moderno para economizar linhas. Esse código faz basicamente a mesma coisa que o código postado acima. Provavelmente não vai funcionar no Internet Explorer por ele ser um navegador antigo. fetch('file.txt') //Caminho do seu arquivo .then(response => response.text()) .then(text => { //O parâmetro text tem todo o conteúdo do seu arquivo txt, faça o q quiser com ele console.log(text); }) .catch(error => console.log(`Erro ao ler o arquivo: ${error}`));
  14. Amigo, sempre fiz isso usando Laravel, que deixa esse trabalho bem mais simples. Mas com PHP não é tão difícil também! É muito importante você saber que existem muitas formas de fazer isso, inclusive deve ter bibliotecas prontas. Como eu faria: 1→ Todos os filtros seriam passados como parâmetros GET, o primeiro passo seria filtrar meu array de produtos. Supondo que você tenha um array tipo esse: $carro_1 = [ 'marca' => 'Ford', 'modelo' => 'Fiesta', 'preco' => 29000 ]; $carro_2 = [ 'marca' => 'Ford', 'modelo' => 'Ka', 'preco' => 25000 ]; $carro_3 = [ 'marca' => 'Renault', 'modelo' => 'Clio', 'preco' => 15000 ]; $carros = [$carro_1, $carro_2, $carro_3]; Daí você verifica se os parâmetros GET foram passados, e para cada verificação você faz um filtro no array. if (isset($_GET['marca'])) { $carros = array_filter($carros, function($carro) { return $carro['marca'] === $_GET['marca']; }); } if (isset($_GET['modelo'])) { $carros = array_filter($carros, function($carro) { return $carro['modelo'] === $_GET['modelo']; }); } if (isset($_GET['preco_minimo'])) { $carros = array_filter($carros, function($carro) { return $carro['preco'] >= $_GET['preco']; }); } if (isset($_GET['preco_maximo'])) { $carros = array_filter($carros, function($carro) { return $carro['preco'] <= $_GET['preco']; }); } 2→ Dai para reduzir as opções você deve passar uma variável para sua tela com as opções. Supondo que o usuário tenha realizado um filtro de valores, eu ainda preciso de uma variável com as marcas disponíveis para serem mostradas na minha tela. Para achar todas as marcas do meu array de produtos e armazenar em uma variável sem que esses valores se repitam, posso fazer um map no array. Então minha variável marcar seria uma variável com todas as marcas mostradas. $marcas = array_unique(array_map(function($carro) { return $carro['marca']; }, $carros)); Mas como eu disse, acho que usar uma biblioteca é melhor. Dei uma pesquisada e essa aqui achei bem legal. https://github.com/ircmaxell/filterus
  15. Quando você faz document.getElementById você está selecionando o elemento HTML da sua página. Então quando você compara login1 com senha, você está companhando: ISSO: <input type="text" id="login" class="caixalogin"> COM ISSO <input type="password" id="senha" class="caixalogin"> Que são duas coisas bem diferentes. Para compara, você precisa pegar o valor desses campos, ou seja: if (login1.value == "teste" && senha1.value == "teste"){ document.getElementById("kkk").innerHTML="certo"; }

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×