Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

lucasmz

Membros Juniores
  • Total de itens

    13
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D
  1. De fato, se comparada com a RX 570, a GTX 1050 Ti não justifica sua compra. Contudo, repare que o contexto da minha afirmação é a hipótese de a questão pela insistência do sujeito pela GTX 1050 for uma predileção pela NVIDIA. Nesse caso, entendo que a GTX 1050 Ti teria sim custo x benefício. Não é a escolha que eu faria, nem de longe (tenho uma RX 570, inclusive), mas não estou aqui para julgar. De qualquer modo, eu deveria ter estressado com maior clareza que a RX 570 é superior não apenas a GTX 1050, mas também a GTX 1050 Ti. Lendo novamente, realmente parece que coloco as duas no mesmo nível, coisa que não estão.
  2. A menos que você esteja com um FPS muito abaixo de 60 com a RX 480, o que eu duvido muito, não vejo muita lógica em comprar uma placa de vídeo nova se for para continuar com um monitor limitado a 75 Hz. Você não conseguirá aproveitar o ganho de FPS assim.
  3. Tranquilo não será, provavelmente terá engasgos em alguns momentos do jogo que exigem mais do processador, mas no geral deverá manter um FPS acima de 60 em 1080p com gráficos no Epic. Já com o 2400G, terá que reduzir bastante a exigência pra rodar mais liso. Há vídeos no YouTube dessa configuração, veja-os.
  4. Sim, a GTX 1050 3GB está por R$ 579,90 na KaBuM! Mas por R$ 699,00 você consegue a RX 570 na Terabyte, que tem um custo x benefício realmente muito superior. Se a questão é ter preferência pela NVIDIA, tem também a opção da GTX 1050 Ti 4GB, que está por R$ 689,90 na KaBuM! e entrega um desempenho bem melhor do que as 1050 "comuns". Qualquer uma das duas justificam os pouco mais de R$ 100,00 de diferença.
  5. Você tem que ter em mente que, apesar de o video integrado do 2400G ser decente, ele não chega nem perto do desempenho da RX 570 que você queria a princípio. Jogar Fortnite nele será bem aquém do que é no PS4. Em 720p você vai pegar uns 70 FPS, mas em 1080p dificilmente passará dos 50 FPS. Como outros já apontaram, o 1600 é melhor para jogos que dependam muito do desempenho do processador (CPU bound). Não sei se vale a pena economizar agora se você meio que já sabe que vai acabar comprando uma placa de vídeo mais pra frente. Mas se acabar sendo realmente essa sua opção, talvez já seria o caso de pensar em pegar então o 2200G, que vai te entregar um evidentemente desempenho inferior (mas dentro do esperado pelo significante preço a menos que cobra) ao do 2400G no Fortnite a 720p, mas que ainda assim é aceitável (na casa dos 50 FPS), mas que também não vai dar gargalo num upgrade para uma RX 570 depois. Ou então até seria de se pensar em um combo Athlon 200GE + RX 570, que sairia um pouco mais caro do que o 2400G, mas te entregaria mais desempenho. Se os dois núcleos se demonstrarem insuficientes mais para frente para o que você precisa, aí bastaria o upgrade do processador, mas para um PC gamer certamente o mais importante é o vídeo.
  6. Se aceita uma sugestão, opte por uma RX 570 4GB. Está mais barata que a GTX 1050 3GB e entrega um desempenho bem superior. Em alguns jogos ela consegue competir até com a GTX 1060 3GB.
  7. Bom dia. Um tempo atrás criei um tópico no fórum buscando por opiniões quanto ao computador que deveria montar com um orçamento de até R$ 3.000,00, incluindo nesse valor o monitor. Resolvi seguir a maior parte das sugestões, mas investi um pouco mais por considerar que o custo x benefício seria interessante. Acabei investindo na casa dos R$ 3.200,00, com gabinete e frete. A máquina ficou assim: Processador AMD Ryzen 5 1600 3.2GHz / 3.6GHz Max Turbo placa-mãe Biostar A320MH DDR4 AMD AM4 Placa de Vídeo Gigabyte Radeon RX 570 Gaming 4GB 2x Memória DDR4 Kingston HyperX Fury HX424C15FB2/8 8GB 2400MHz SSD Sandisk PLUS 480GB SDSSDA-480G-G26 Fonte Corsair 450W 80 Plus Bronze PFC Ativo CX450 CP-9020120-WW Agora procuro um monitor que corresponda a essas configurações. Ao ver múltiplos reviews de placas de video antes de efetuar a compra da RX 570, acabei me interessando por vários jogos testados, particularmente Elder Scrolls Online, The Witcher 3 e Battlefield V. Penso que com o PC que montei conseguirei rodar a maioria dos jogos com gráficos ao menos no high com FPS acima de 60, mas tenho intenção de sacrificar um pouco de qualidade em favor da fluidez se for preciso para atingir maiores frames, sobretudo em jogos como o Battlefield, que pesa uma barbaridade e FPS é tudo. Em razão disto, estou procurando um monitor que me entregue o que estou buscando. Ocorre que quanto mais eu leio, mais confuso fico. Cada marca parece que usa uma linguagem completamente diferente da outra, o que torna extremamente árduo para o leigo o trabalho de entender se não está comprando gato por lebre. Pelo que pude entender de várias análises que li, o mais importante a se ver em um monitor é qual a sua taxa de atualização (60, 75, 144 Hz). Outros falam também em "tempo de resposta" (sendo 5 e 1 ms as descrições mais comuns). Fora isso, as várias tecnologias embarcadas (FreeSync, HDR10, Motion Blur Reduction etc) e a necessidade de cabos "especiais" (DisplayPort, destacadamente) ajudam a confundir ainda mais. Fui ver pessoalmente alguns monitores em lojas físicas, e me apaixonei a primeira vista pelas opções ultrawide, particularmente pelo LG 29UM69G, que dá um campo de visão a mais extraordinário, sedutor para games. Contudo, após ler bastante, meu tesão inicial meio que diminuiu, e acabei voltando os olhos para monitores "não-widescreen", mas com taxas de atualização maiores. Por exemplo, o Acer KG251Q, que está em um preço equivalente ao do LG acima, mas com especificações totalmente distintas. Assim, pergunto: 1. É melhor, considerando os games que pretendo jogar e a configuração do meu PC, eu comprar um monitor com 60~75 Hz ou ir direto para um 144 Hz? A LG diz que o 29UM69G tem tempo de resposta de 1 ms e fala também em tecnologia Motion Blur Reduction, mas tenho lá minhas dúvidas se isso é o bastante para bater de frente com um monitor 144 Hz, mesmo que tenha um tempo de resposta maior (o que não parece ser o caso do Acer, já que a fabricante informa que também é 1 ms). 2. Vários reviews que eu vi são contraditórios. Alguns dizem que o FreeSync não funcionaria a partir de "x" FPS, outros que não tem nada disso etc. Afinal, é um recurso importante, considerando que minha placa de video é AMD? 3. Aproveitando o gancho do FreeSync, e o tal cabo DisplayPort? Vi em vários lugares que comprar um que entregue o que prometa é bem difícil, que a maioria dos vendidos no Brasil não é lá essas coisas. Para o que realmente ele é necessário? Onde posso comprar um com segurança? 4. Vários reviews de monitores ultrawide comentam que tais monitores sacrificam FPS em razão da resolução maior, o que realmente faz sentido. Será que se eu adquirir o LG ou outro monitor equivalente, acabarei por meter a RX 570 em uma roubada nos games que pretendo jogar? 5. O Acer é "apenas" Full HD (1920 x 1080). Confesso que procuro, se possível, um monitor 144 Hz com resolução maior, pagando até R$ 1.500,00. Existe ou estou querendo demais? Quais outros monitores nesta faixa de preço vocês indicariam, fora os dois que eu mencionei? Editado: Em outro tópico aqui do fórum, encontrei um membro satisfeito com seu AOC G2460PF, que me pareceu muito parecido ao Acer. Grato.
  8. Vi que você indicou uma RX 570 da XFX. Encontrei nos sites os mais variados fabricantes (Gigabyte, PowerColor etc), com os mais variados preços também. Existe alguma diferença de desempenho, ou eu simplesmente pego a mais barata e pronto? Aparentemente todas indicam as mesmas especificações (4 GB GDDR5, 256 bits etc). Quando você diz "até 4 tipo Sata" quer dizer que eu posso colocar 4 unidades SDDs ali? Ou elas entram no tipo M.2? adicionado 5 minutos depois Outra coisa: por que no caso da Athlon 200 GE você indica a placa-mãe Asrock A320M, enquanto para a Ryzen 5 1600 a Biostar A320MH? É mera conveniência por estarem disponível a um preço acessível na mesma loja que os respectivos processadores, ou é porque eu não posso utilizar um Ryzen 5 1600 junto com uma Asrock A320M? Pergunto pois dada sua explanação penso em pegar agora um Athlon 200 GE para quebrar o galho com a Asrock A320M, mas mais pra frente pegar uma Ryzen (uma 5 2600 ou outra que estiver em um preço atraente, por exemplo) mais potente sem ter que trocar a placa-mãe junto.
  9. Segundo vi agora no site cpu.userbenchmark.com, a diferença do Ryzen 5 1600 para o Athlon 200 GE é de 54% em "velocidade efetiva". Não sei se dá para levar a sério tais números, mas me pareceu bastante. A questão é: o Athlon 200 GE seria suficiente para eu jogar FIFA 2019 com as opções no máximo e ainda arranhar um Witcher 3, ou precisaria partir para o Ryzen 5 1600 mesmo? Sobre a placa-mãe, essa aí que você indicou (Biostar A320MH) me permite um upgrade no futuro (processador, placa de vídeo, mais memória RAM e unidades SDDs?). Ou ela é competente apenas agora, mas seria um gargalo no futuro?
  10. No mínimo Full HD, melhor se possível neste orçamento sem prejudicar o investimento em outras coisas mais importantes para o desempenho geral da máquina. Sobre o gabinete, não sei exatamente o que seria um "gamer", mas o que busco é um que já permita de antemão um futuro upgrade de algumas peças (não sei, por exemplo, se a troca da uma placa-mãe ou placa de vídeo pode se tornar impossível de acordo com o gabinete que escolher agora). Se for quanto a aparência: discreto, sem aquelas luzes e transparências todas (mas não precisa também ser um picolé de chuchu rs). É um computador que ficará em um escritório, jogarei apenas após o expediente. Na maior parte do tempo, será uma máquina de trabalho.
  11. Boa tarde. Busco montar um PC novo, totalmente do zero. Pretendo investir até R$ 3.000,00, podendo ser um pouco mais (margem de 10%) se o custo x benefício for interessante. O uso da máquina será misto, para atividades de escritório (múltiplas janelas de Google Chrome, Word e Acrobat Reader abertas ao mesmo tempo) e, vez ou outra, alguns games. Meus jogos preferidos são Civilization VI, FIFA 2019 e Counter-Strike: Global Offensive. Os requisitos recomendados apontados pelos fabricantes para tais games são Intel Core i5 de quarta geração com no mínimo 2.5 GHz, 8 GB de RAM e vídeo Radeon HD 7970 no caso do Cilivization VI; Intel Core i3 6300T, 8 GB de RAM e video Radeon R9 270X no caso do FIFA 2019. Não sei dizer qual o mais exigente, me parece ser o FIFA 2019, mas não tenho certeza. De qualquer modo, busco uma configuração que me permita rodar com bom FPS em alta resolução e com todos os recursos de imagem destes games fixados no máximo, se possível. Em adendo, tenho vontade de testar alguns games de mundo aberto, como The Witcher 3, embora tenha noção de que para um jogo desses rodar "liso" precisaria de um computador que custaria bem mais do que R$ 3.000,00. De qualquer modo, é possível uma máquina neste orçamento restrito ter desempenho ao menos aceitável em jogos dessa natureza (creio que o fato de ser mundo aberto exigiria bastante do processador também)? Por fim, pretendo fazer um upgrade neste computador daqui um ou dois anos. Sou leigo, mas creio que nesta hipótese seja prudente pensar bem quanto a placa-mãe escolhida. Tenho receio de adquirir uma que esteja obsoleta em breve, com a vinda de uma nova geração de processadores ou placas de vídeo. Faz sentido o que estou dizendo, ou é bobagem? Quanto ao monitor, busco por um de no mínimo 23 polegadas (maior, que suporte 4K, seria ótimo, mas acredito ser difícil caber neste orçamento). Será que seria mais interessante eu deixar um bom monitor para mais tarde e investir no resto no momento? Em resumo, é possível montar um PC assim com R$ 3.000,00? Só esclarecendo que não inclui teclado, mouse, leitor óptico, impressora etc, mas gabinete sim. Outra coisa, é melhor eu comprar as peças avulso aos poucos, ou comprar tudo de uma vez de lojas especializadas na montagem (como Pichau etc)? Grato deste já.
  12. Obrigado @grievous e @dudaskank. Levarei o notebook na manutenção para ver se é alguma coisa relacionada ao aspecto físico em si do equipamento, e se é possível um upgrade. Pensava que não, pois é daqueles notebooks ultracompactos, mas se der para colocar mais memória e expandir o armazenamento, talvez já possa ajudar. Se não for o caso, tomarei em consideração as vossas sugestões para a nova máquina. Em caso de o video integrado ao processador Ryzen 5 2400G ainda assim não ser o suficiente para um bom desempenho nos games que citei, qual seria a placa de video indicada para um bom custo x benefício? Ou seria mais interessante (financeiramente falando), se for o caso, buscar um processador superior ao 2400G em vez de buscar um video dedicado? Falando em video, existe alguma exigência específica que eu deva saber antes de montar a máquina no caso de pretender utilizar dois monitores, ou qualquer equipamento já os suportaria hoje em dia? Que tipo de segurança esse filtro promove? Desculpe a ignorância. Grato.
  13. Boa tarde. Preciso de um desktop para uso preponderante de programas de escritório (Chrome, Outlook, Word, Adobe Reader etc). Atualmente possuo um notebook Samsung 900X, rodando com Windows 8.1 64-bits. A configuração é: processador Intel Core i5 4200U 1.60 GHz, memória RAM 4 GB DDR3 1600 MHz, SSD 120 GB SATA III 6.0Gb/s e placa de video integrada Intel HD (uso resolução 1920x1080, para uma tela de 13,3'). Tenho necessidade de trabalhar constantemente com múltiplas janelas do navegador abertas ao mesmo tempo, bem como vários arquivos Word e PDF. A máquina que possuo não está mais dando conta do recado. Frequentemente aparece mensagem do sistema pedindo para fechar janelas ou então o software simplesmente para de funcionar. Neste exato momento que escrevo o uso do equipamento está moderado, longe do que usualmente faço, e ainda assim o uso da memória está acusando 77% e a CPU, se eu alternar entre vários programas, atinge picos constantes superiores a 70%, o que torna tudo muito lento. Não tenho interesse numa máquina "pronta" (Dell etc), a não ser que seja realmente muito boa e um custo-benefício imbatível. Prefiro montar um desktop "customizado", pois assim penso que terei maior liberdade para um eventual upgrade no futuro. Não considero o monitor incluso no orçamento de R$ 2.500,00, e sim a parte, bem como demais periféricos (teclado, mouse, caixas de som). Dispenso CD-ROM. De tudo, o que acho imperativo é continuar com disco SSD, pois a diferença que notei para os antigos HDD que usava é enorme. Não sei se é possível combinar os dois tipos, mantendo desempenho e ganhando mais espaço de armazenamento sem encarecer muito (os atuais 120 GB que tenho são muito poucos). Se for, tanto melhor. Outra coisa, apesar de o maior emprego da máquina ser as atividades de escritório, no lazer eu jogo de vez em quando games da Steam, como Counter-Strike Global Offensive, Sid Meier's Civilization VI e outros de estratégia, que tendem a ficar bastante travados conforme a partida vai evoluindo. Não sei se é por causa da ausência de placa de video dedicada ou da memória RAM ser restrita. Enfim, uma placa de video que desse conta de jogos desse tipo talvez fosse interessante também. Grato desde já.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!