Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Faire

Membro Pleno
  • Total de itens

    43
  • Cadastrado em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. Por gentileza amigo, consegue aplicar isso na planilha que anexei acima, eu entendi o raciocínio mas aparentemente não vejo como funcionaria bem, eu fiz a sua fórmula aqui e resultou em um valor gigante, pois é a divisão de 1000 por um valor decimal máximo (a porcentagem, que deu uns 0,13), fazendo a mudança das quantidades na mão eu consigo arrumar quase zerando, com 2 mil reais, agora com fórmula não vai de jeito nenhum, pensei no solver já, enfim, agradeço pela ajuda, me deu um norte.
  2. Olá amigos, quebrei bastante a cabeça e não consegui pensar em nada muito eficiente, recorri aqui pois vocês são feras, espero que me ajudem, fiquei muito grato (ANEXEI A PLANILHA EM WINRAR) Na imagem acima, temos uma planilha, cujo objetivo é aplicar o valor acima, R$1000,00 nos ativos existentes, adicionando mais quantidades (QT), e nessa foto temos a coluna de "distorção", como parâmetro para fazer esse ajuste, ou podendo ser utilizada outra coluna caso queiram dar uma ideia, nesse exemplo, o valor negativo, -14,57% é o que precisa ter prioridade pois o mesmo está lo
  3. Não consegui anexar
  4. Obrigado amigo, a opção =Não.Disp() funcionou, só que fica um pouco feio kkk, sabe como contornar isso? pois essa coluna tem os valores variáveis, ás vezes uma vai ter, outra não, por isso a célula tá vazia, pois tem uma fórmula de condição, só que o Excel não entende que tem que pular essa linha, pois acredito que seja por conta da fórmula que descaracteriza a célula estar vazia, queria uma forma de ele ignorar com condição lógica ou algo assim sabe, conhece algo sobre isso?, o que eu quero basicamente é, quando tiver dados das linha 15 E 20, apareça o nome da categoria e o valor dessas respe
  5. Boa noite amigos, alguém poderia me ajudar? tô dentro um probleminha com a exibição de categorias cujo o valor é 0 ou vazio "". Nessa imagem, eu filtrei os dados sendo >0, só que mesmo assim, esse "Nome da Categoria" está aparecendo, gostaria de removê-lo quando os dados da coluna "META" estejam vazios ou zerados, está aparecendo entre os cortes do gráfico, na divisória, como na imagem "Renda Fixa; Criptomoedas", obrigado.
  6. Boa noite pessoal, sou leigo no assunto, estou aprendendo, e gostaria de saber se alguém pode me ajudar Na imagem a seguir eu fiz 2 marcações A primeira é utilizando a função range para selecionar um intervalo de acordo com ás linhas que encontrei. E a segunda é uma macro gravada pelo excel para eu entender como funciona, ele utiliza a função range para fazer o preenchimento de fórmulas em uma tabela, só que seria no meio da tabela, um linha nova no caso, e essa fórmula se referência a células acima abaixo de cada linha, nesse caso ele buga se inseri
  7. Essa imagem ilustra melhor?
  8. Entendi que ele varia a tensão e a corrente sobre o coletor de acordo com o sinal na base, no caso a corrente conduz do coletor para o emissor (pnp). Mas há algum resquício de tensão/corrente AC/DC da base pro coletor em algum momento?
  9. Uma dúvida bem simples que tenho mas que não consegui esclarecer em nenhum vídeo do youtube que vi. Vamos supor um amplificador de 1 estágio, emissor comum, no caso o transistor tem seus resistores de polarização de base, emissor e coletor. C>B>E PNP. Conforme o sinal AC varia na base conduz mais corrente e o sinal cai no coletor e sobe resultando na fase de 180°, porém... Queria saber se o sinal AC que temos no coletor é uma cópia do sinal que está na base (AC+DC), ou se o sinal AC passa de base p/ coletor e depois da passagem o mesmo é amplificado, e outra coisa, como é
  10. Porque é mais eficiente, o núcleo é sólido e circular, logo um convencional com a mesma força de um toroide teria que ser bem maior.
  11. Sim, é para ligar na rede alternada, e se eu fizesse um toroide adequado para aguentar a potência exigida e filtrasse muito bem o ripple e a tensão ficasse continua, isso vai arretar uma melhoria no áudio? eu sei que não ouço frequências altíssimas mas a mesma entrando no amplificador o afeta mesmo assim ocasionando ruídos (eu já fiz o teste, ligando na bateria de um carro 12,6v não acontece ruído porque a tensão é continua e a qualidade é muito boa (ripple) , já com fonte chaveada a situação muda porque o ripple é alto. Mesmo eu não ouvindo altas frequências gera sujeira no som final.
  12. Acho que não amigo, tente colocar um capacitor de valor alto na saída e verás que a "fonte" entenderás como curto circuito e irá desarmar, esse sistema não é inteligente o suficiente para entender que é um mero capacitor armazenando elétrons. Já com transformador toroidal não terei esse problema, não será enxergado como "curto" ou "surto de corrente". adicionado 2 minutos depois Meu objetivo é alimentar um amplificador classe D com um transformador toroidal unido de capacitores enormes, tipo 25v 47000uf para eliminar o ripple da saída e manter a tensão realmente continua, só que m
  13. É que amigo, eu quero evitar mexer com fonte chaveada, principalmente em relação a som, como fonte chaveada não permite capacitores parrudos na saída, tipo 47000uf, não é interessante, pois apresentará um ripple muito grande, consequentemente afetando o som pois 0 60Hz da rede será amplificado e o som ficará todo caggado
  14. 2 hipóteses, se eu não mexer no amplificador, utilizá-lo como está, precisarei confeccionar um toroide que solte 12,6v no secundário e uns 50a (vai ter que usar um fio bem grosso no secundário e muitas espiras no primário provavelmente). 2 maneira seria se eu conseguisse passar pela fonte interna do amplificador, assim eu montaria um toroide com uma tensão mais elevada, exemplo: se na entrada do amplificador classe D entra 12,6v e saí 40v pros falantes, um toroide de 40v ignorando a fonte interna, "fazendo uma ligação direta".
  15. Boa tarde amigos, os amplificadores automotivos trabalham de 12,6v até 14,8v mais ou menos, só que fornece uma tensão muito alta pros falantes, então sabemos que dentro do mesmo existe uma fonte para elevar a tensão de entrada de 12,6v para 40 45 60v dependendo da potência do amplificador. Então será possível passar essa fonte interna, e ai no caso alimentá-lo com uma fonte simples usando um toroide, retificação de onda completa e capacitores bem parrudos para filtrar o ripple, e ai encaixa outra dúvida, se for utilizado um toroide de 12,6v na conexão normal do amplificador e capacitores

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!