Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Marcos Rodrigues

Membros Plenos
  • Total de itens

    54
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%
  1. Depois que descobri Splinter Cell, nem sei mais o que é Metal Gear.
  2. Marcos Rodrigues

    Som Lagando...

    Isso acontece com a minha SBLive! 5.1 e não sei dizer qual pode ser o problema. Se alguém souber aí...
  3. Splinter Cell daria um filme löko. Mas como Tom Clancy já virou lugar-comum no cinema (série John Ryan, Soma de Todos os Medos, etc.), talvez as chances sejam poucas. E como o cara falou lá no começo, realmente o ator que vem à mente de primeira é o Clooney. Para Doom e Half-Life acho que já esgotou o tempo para filme. A não ser que fosse adicionado algo MUITO criativo. GTA Vice City é bem no estilo do Tarantino, ia dar um filme bacana. Inclusive poderiam até aproveitar o próprio Ray Liotta, que fez a voz do Tommy Vercetti no jogo. Mas o que para mim daria um filmaço seria DUKE NUKEM! :palmas: Dos filmes-jogo já feitos, também só gostei do Resident Evil. Por outro lado, Street Fighter e Mortal Kombat foram o ó do borogodó. O que prova que Unreal Tournament não ia dar certo.
  4. Marcos Rodrigues

    Nfsu!

    Olha, eu não me lembro de todas as opções disponíveis ali, mas vamo lá. Daquelas opções, o que mais pesa no desempenho com certeza é a resolução de tela, motion blur e reflexo do chão. Na minha opinião, o visual do jogo fica muito poluído com todas as opções no máximo. Motion blur é o efeito nebuloso que começa a surgir na tela em altas velocidades, similar ao usado no filme Velozes e Furiosos. É legal no começo, mas depois de um tempo incomoda um pouco, e afeta muito no desempenho. O reflexo de chão, quando no máximo, também acho um pouco incômodo, então deixo no nível primário. Não chega a ser um problema. Texture animation, como o nome diz, são texturas animadas. São, por exemplo, aquelas setas que piscam durante a corrida, indicando a trajetória correta. É um recurso leve, desligá-lo não vai fazer diferença alguma. Isso é mais por questões de compatibilidade com placas de vídeo antigas. Há também a taxa de refresh dos reflexos no carro. É também um recurso leve e recomendo que deixe no máximo. Do contrário, dá uma impressão estranha ver um jogo tão rápido com reflexos iguais ao NFS3. Light trails são as manchas de velocidade em iluminação, que podem ser bem percebidas nos postes e carros de tráfego. É um recurso não tão pesado, e junto do motion blur produz um visual interessante. World detail é o nível de realismo do mundo. Sinceramente, não percebi diferença visual entre os ajustes, mas sim de desempenho quando deixo no máximo. Então, como o que os olhos não vêem o coração não sente, deixo no mínimo mesmo. Headlights são os faróis do carro. Se desligar, deixa o jogo mais fluente. Se você quer um alto desempenho do NFSU no seu jogo e não se importa de perder algumas minúcias visuais, recomendo que desligue o motion blur, headlights e light trails. E, se não se importar com o serrilhamento, diminua para resolução de 800x600. Espero ter ajudado. Falou.
  5. Marcos Rodrigues

    Juiced.

    Pobre quando come caviar fica assim mesmo. Dizer que esse jogo tem gráficos ruins é forçar a barra. Neguinho pode até achar NFSU ou Splinter Cell coisa linda e novo paradigma, mas depois retornemos ao bom senso, né? Os gráficos do Juiced não são FARCRY-PIXELSHADER-XICABUM mas estão acima da média sim.
  6. Cara, o desempenho dos drivers pode variar de acordo com os jogos. Eu tenho uma geforce como a sua, e usava até há um tempo atrás os drivers 44.03, com o qual eu obtive a melhor performance no NFS Underground, que era o que eu mais jogava na época. Nos outros jogos, vi pouquíssima diferença em relação a outras versões de driver. Recentemente instalei jogos mais atuais, como Splinter Cell Pandora Tomorrow e Far Cry. Eu não estava gostando muito do desempenho, e no Splinter Cell havia umas falhas durante o jogo. Então resolvi instalar o Forceware 53.04. Devo dizer que o desempenho nesses jogos novos melhorou consideravelmente, e as falhas que encontrei no Splinter Cell sumiram. Em compensação, com o NFS Underground e jogos anteriores, a situação piorou ligeiramente. Como eu disse, depende do jogo. No meu caso, eu preferi abrir mão de alguns quadros por segundo em troca de melhor estabilidade.
  7. Não é o jogo em si. Isso acontece durante a execução de alguns jogos, e depois que fecho ele e vou ouvir um mp3 no Winamp, por exemplo, o problema persiste. Só reiniciando para parar. E as placas estão em IRQs diferentes sim. Tá cruel, não tenho ideia do que seja isso.
  8. É o seguinte: possuo uma SBLive! 5.1, e em alguns jogos acontece uma coisa estranha. Depois de algum tempo jogando, começam a surgir pequenos "engasgos" no som, como se algo estivesse atrapalhando o trabalho da placa. E depois que isso começa, afeta todos os outros aplicativos (inclusive Winamp) e só pára quando reinicio o computador. E provavelmente nem é problema de driver, pois o mais recente é de 2002. Isso acontece com mais alguém? Como poderia solucionar isso? Valeu.
  9. Tem umas músicas de jogos que, mesmo com anos sem ouvi-las, continuam na minha cabeça, de tanto que gostei delas: - Música da primeira fase do Contra de NES - Ice Zone do Sonic 3 - Um monte do Streets Of Rage 1 e 2, como também de vários jogos da Ancient (Yuzo Koshiro rules!!) - Primeira fase de P.O.W. (Prisoners Of War) do NES - Primeira fase de Vectorman, do Mega Drive - Segunda fase de Turrican, do Mega Drive Também me amarrava nas musiquinhas da série Megaman
  10. Até o momento pra mim esses foram os melhores: 1. Medal Of Honor: Allied Assault 2. Soldier Of Fortune 2: Double Helix 3. Tom Clancy´s Splinter Cell Os Piores: 1. IGI 2: Covert Strike (bugado até o talo) 2. Serious Sam: The Secound Encounter (beleza não põe mesa) 3. série Ghost Recon (dá sono) E tô contando os dias pra botar minhas mãos em HL2 e Doom 3.
  11. Acho que a conversão estava era demorando. Jogo 2D hoje em dia, por melhor que seja, não pega mais. No meu caso de indivíduo fissurado em Worms (tenho todos, desde o 1...joguei até o Liero) achei a conversão muito boa. Quero dizer, em relação à manter a estratégia e tal, porque os modelos 3D e texturas ficaram fraquinhos. Parece plugin 3D de Winamp. E falando em estratégia, que joguinho complicado, putz! Levei mais de uma hora pra assimilar a movimentação da minhoca. Teclas pra andar, teclas pra ajustar a mira, mouse pra olhar em volta...sem contar as múltiplas visões que oferecem (mapa e primeira pessoa). Mas no final, tudo serviu pra melhorar o jogo. Gostei das missões também, são tão bacanas quanto as do Armageddon. []s
  12. NFSU é realmente exemplar. Acho que desde o NFS 3: Hot Pursuit que eu não me divertia tanto com um jogo da série. Já que é pra comentar se faltou algo, na minha opinião sim, faltou muita coisa, que tornaria o jogo ainda melhor, e principalmente, mais variado. Carros: não tive do que me queixar. As opções são muitas, e cada carro tem sua personalidade bem evidente, tanto no visual quanto no desempenho. Claro que a gente sempre vai achar que "faltou esse, ou faltou aquele". Mas reconheço que as escolhas foram muito bem feitas. Se é pra citar algum que acho que fez falta, eu digo que foram os muscle cars. Pelo menos um Dodge Charger de bônus, sei lá. Gráficos: Excelentes, nada menos que isso! Eu achei bem interessante o efeito "motion blur" idêntico ao do filme. Só não concordei quanto ao fato dele poder ser usado constantemente. Pra mim, o efeito deveria surgir somente nos momentos em que o nitro é usado. E sim, a visão in-car fez falta. Tuning: é bem variado. Muitas opções, mas acho que faltou uma melhor relação entre elas. Como já foi citado, se você colocar um vinil unique, acabaram-se as opções. O mesmo acontece com os capôs. Se mudar ele, não dá pra colocar um vinil em cima. A não ser que coloque os vinis antes. E uma coisa MUITO IMPORTANTE que faltou: um botão de RESET para os tunings aplicados. E se eu quiser refazer todo o carro depois de um tempo? Cenário: aí que a coisa complicou. Uma só cidade dividida em setores, e só À NOITE, foi sacal. Lá pra corrida 90 e poucos eu já não aguentava mais aquela cidade, já sabia tudo de cor e salteado. Sem variações climáticas, luz do dia, ou até mesmo outros locais, o fator diversão do jogo perdeu muitos pontos. O replay fez falta sim, mas eu até entendo nesse caso. O mapa é gigantesco, então teriam que adicionar centenas de câmeras pelas ruas a fim de se conseguir imagens interessantes, e isso dá trabalho. AI: onde está a polícia quando mais se precisa dela? Quando finalmente vemos um NFS mais veloz e frenético que o 2 (lembram? era RÁPIDO), não colocam a polícia pra atanazar nossa vida. Foi uma pena mesmo. E o trânsito é realmente moroso e invariável. Deveria ter mais vida própria, como no GTA 3. Aquilo sim é uma aula de inteligência artificial! Bem, minhas impressões foram essas. Como NFSU tá fazendo mó sucesso mundo afora, com certeza vamos receber uma continuação. Se assim for, muitas dessas falhas provavelmente serão solucionadas. (e surgirão outras também ) []s
  13. Seguinte: tenho um amigo que tem uma Radeon 9000 e ele está se queixando do desempenho dela (tudo bem, é uma 9000 ), e eu disse pra ele que talvez drivers novos poderiam ajudar. Mas como ele está sem internet no momento, ele pediu pra eu baixar tais drivers. Só que como sou um Nvidia freak, não sei dizer quais seriam os melhores drivers pra ATI dele, ou os que proporcionam melhor desempenho numa média geral. Alguém pode me dar uma luz? []s
  14. Sim, realmente os jogos ficam mais rápidos com o vsync desativado. Isso ocorre porque nessa condição os frames do jogos não estão sincronizados com a frequência vertical do monitor, que normalmente é de 60hz, mas também pode ser de 75hz ou mais. Quando existe a sincronização, o framerate do jogo ajusta-se à taxa de atualização do monitor, o que faz com que o jogo rode a 60fps constantes (mesmo que a máquina consiga mais que isso), no caso de um monitor de 60hz. Isso faz com que os jogos rodem de modo mais fluido, sem variações, e também elimina o flicker de sobreposição de quadros, chamado de page tearing. Então, só é recomendado utilizar o vsync em máquinas bem poderosas, onde os jogos rodam a no mínimo 60fps sem problemas. Mas como na maioria dos casos não se consegue esse resultado (inclusive o meu), então é melhor que fique desativado mesmo. A vista fica cansada mais rapidamente, mas fazer o quê? []s
  15. Depois de um tempo trabalhando em um provedor de internet, descobri que há algumas strings que funcionam bem em mais de 90% dos casos de modems HSP (Micromodem, PC-TEL, Jaton, etc.) e Motorola SM56, que são os mais vendidos por aí, caso o comprador não peça um modelo específico. Para adicioná-las, deve-se ir nas configurações avançadas de modem do Windows (o caminho varia de uma versão para outra). Em Win95/98 vai-se em Painel de Controle/Modems/Propriedades/Conexão/Avançadas/Campo "Configurações Adicionais". Se seu modem é HSP, coloque essa string (tudo em MAIÚSCULAS): AT&FX3%N6 Se seu modem é Motorola SM56: AT&FX*MM13 (caso MM13 não melhorar, vá mudando para 14, 15 ou 16) É isso. Espero ter ajudado em algo. []s

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!