Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

vfurlan

Membros Plenos
  • Total de itens

    113
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1

Sobre vfurlan

  • Data de Nascimento 06-06-1974 (44 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Sorocaba - SP
  1. Obrigado por comentar, DiC4prio. O novo PC seria usado basicamente com Linux com uso para internet e eventualmente algum programa para trabalhar imagens (PS, Gimp e Fireworks) e virtualização (VirtualBox), e gostaria que ele desse conta do recado por pelo menos uns 5 anos sem engasgar. Estou pensando em configurações usando os soquetes LGA 1151 ou AMD4 (ou outra que recomendem), e queria partir de algo aproximado do Phenon II X6 para cima. Como montarei ao longo do tempo, o preço entre placa-mãe, processador e memória pode ser de até uns R$ 1.200,00.
  2. Pessoal, estou pensando em vender algumas peças para trocar por outras mais atuais, e gostaria de saber de vocês quanto vale este conjunto: Phenon II x6 1055T Placa-mãe AM3 MSI 880GMA-E35 (tem HDMI, USB 3.0) 4GB RAM DDR3 500GB HD Essa configuração me atende muito bem, e estou pensando em renovar apenas por questões de atualização mesmo. O PC não é usado para jogos, estão dispenso placa de vídeo, mas preciso que o novo kit aguente uns bons anos como vem aguentando o velho Phenon. Então, além de me ajudarem a avaliar o kit antigo, qual nova configuração me recomendam? Obrigado.
  3. Bom, consegui resolver 99% dos problemas de driver. Peguei neste link os drivers para o modelo 5500 (não tem 5000...) e eles reconheceram quase tudo, exceto a webcam. Obrigado, Dom Bonilla, pela ajuda até aqui.
  4. Já baixei os dois, Dom Bonilla, mas não tenho acesso à internet para eles baixarem os drivers. As placas de redes não foram reconhecidas.
  5. O duro é que o netbook não é meu e essa demora vai causar (mais) alguns contratempos. Se alguém tiver o mesmo netbook e puder me informar certinho sobre as placas de rede, poderei ir direto baixar os drivers. Ou se tiverem uma ISO da instalação, melhor ainda hehehehe!
  6. Olá amigos! Formatei um netbook Positivo Mobo 5000 Black, baixei os drivers no site (para Win 7), mas ao que me parece, não são os drivers corretos, pois nada está funcionando. Rodando o Everest, ele me informa o seguinte: - placa-mãe - Positivo UW3 - processador Atom N455 - adaptador gráfico - Intel® Graphics Media Accelerator 3150 (o único que consegui instalar, porém não do site da Positivo) - adaptador de som - IDT 92HD81B1X @ Intel NM10 ICH (este o Windows reconheceu e instalou sozinho) - controlador IDE - Intel® 82801 GB/GR/GH (ICH7 Family) Serial ATA Resumindo, o som e o vídeo estão instalados, o leitor de cartões e a câmera ainda não testei, mas faltam os drivers de rede, tanto por cabo como wireless. Não sei mais onde procurar, até por falta de informações sobre os componentes de rede. O site da Positivo é quase inútil, pois não reconhece o número de série da máquina. Alguém pode me ajudar?
  7. Pessoal, comprei essa fonte 3R System iCEAGE IA450HP80 450 W esta semana, baseado nos "Produtos Recomendados do CdH" e até agora não consegui fazê-la funcionar a contento. Não sei se estou deixando de observar algum detalhe ou se a fonte veio com problema, mas tem ocorrido o seguinte: - O PC desliga logo depois do arranque, assim que vai iniciar o Sistema Operacional. - Se eu ficar na tela do BIOS, ela não desliga. - Se entrar no SO em modo de segurança, ela mantém-se ligada. - Se depois disso tento reiniciar, ela desliga. Minha configuração é a seguinte: - MB ASUS M2N-MX SE PLUS - tudo onboard - AMD Athlon 64 X2 4600+ - 2 GB KINGSTON - HD SAMSUNG 500GB SATAII - DVD-RW LG GH20NS15 - SO Windows XP SP3 x86 Esta configuração funciona normalmente sem problemas aparentes com uma fonte Coletek 400W, mas com a IceAge não vai nem a pau. Num outro fórum li o seguinte: Mudei os jumpers, tirei todos os fios dos USBs e MICs frontais e o problema continua.Alguém pode dar uma luz, por gentileza?
  8. Só para encerrar a questão, como estava com um certo tempo livre, acabei baixando todos os drivers e utilitários. Pra minha sorte, verifiquei que apesar da placa ter vários modelos, os drivers eram sempre os mesmos. Sobre a minha dúvida no 1º post, a dica do amigo Tendou_Souji caiu como uma luva, pois tanto os updates como os utilitários estão na mesma categoria na página de download, e foi isso que me confundiu. Para instalar, tive de usar os utilitários de instalação dos drivers que também foram baixados no site da Asus. Agradeço então ao amigo Tendou_Souji pela boa vontade em ajudar. []'s!
  9. Tenho uma dúvida relativa ao download de drivers para MB ASUS. A placa em questão é a P5GC-MX. Agora vi também que existem mais modelos da mesma. Esse, a FSB 1066, a /1333 e a /GBL. Pra ajudar, o computador é do meu sobrinho que mora em outra cidade, e ele não entende lhufas de informática... Mas, vamos lá! Pra facilitar, vou citar o exemplo do chipset: Entrando no site da ASUS, já selecionados os modelos e SO, aparecerem 3 links para download, todos de atualização. O que me encasqueta a cuca é o tamanho dos arquivos. O que quero saber é se tenho de baixar todas as 3 ou só a última. Se só a última, por que a atualização mais recente é tão pequena em relação às outras? Atualização de 07/02/2007 = 25,59 Mb Atualização de 02/08/2007 = 26,33 Mb Atualização de 20/09/2007 = 3,23 Mb Ou seja, a mais recente é menor que as anteriores, portanto, não dá para conter todas elas. Nesse caso, baixo todas? A descrição, pela ordem das datas, é a seguinte: 07/02/2007 - V8.1.1.1010 = 25,59 Mb ChipsetIntel8111010_W&V.zip Intel 945G Drivers V8.1.1.1010 for Windows 2000/2003/XP/2003&XP 64bit/vista 32&64bit.(WHQL) 02/08/2007 - 8.3.0.1013 = 26,33 Mb Intel Chipset Inf Update Program v8.3.0.1013 for Windows 32bit 2000/2000 server/XP/MCE/2003/Vista & 64bit XP/2003/Vista(WHQL). 20/09/2007 - 8.3.0.1013 = 3,23 Mb Intel® Chipset Software Installation Utility V8.3.0.1013 for Windows 2000/XP & 64bit XP & 32/64bit Vista(WHQL). Agradeço a quem puder me ajudar.
  10. Obrigado pela resposta, amatheo. Outra questão aos amigos: se esses cartuchos não tem vácuo, posso simplesmente furar a etiqueta e recarregar sem tapar os furos novamente?
  11. Qual a função das espumas dentro dos cartuchos? É possível utilizá-los sem elas? Quais seriam as consequências? Dá pra bolar um bulk ink nesses cartuchos HP que vem com a cabeça de impressão? Agradeço a todos que colaborarem!
  12. Foi de muita ajuda seu post. Agora, imaginem a bola de neve: o cara envia mercadorias atrasadas somente aos que o encontrarem, com o dinheiro que está recebendo com novas compras, de pessoas que sequer tem a ver com o caso. Se passou por problemas de verdade, vai demorar e muito para se reestabelecer, tanto para si quanto para sua freguesia.
  13. Clicando nesse link, vemos que o nome mudou. Era E-Hardware e ficava em Campo Mourão / PR, e agora chama-se All Soft e fica em Engenheiro Beltrão / PR também. Um cliente se refere a ele pelo nome (Thiago). As vendas deram uma parada a partir de setembro de 2006 e retornaram em junho de 2007 a todo vapor, conforme a página de qualificações. O site está atualizado e com bons preços ainda, mas a lista diminuiu bastante.
  14. Vejam o que saiu no jornal: Por Adriana Fernandes (AE) PARAGUAI Apesar da resistência da indústria nacional e de setores da Receita Federal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva editou ontem medida provisória que cria um regime unificado especial de tributação para a importação de produtos do Paraguai. A adoção da medida, que legaliza na prática a atividade dos ‘sacoleiros na região de Foz de Iguaçu, atende à pressão do governo do Paraguai, país parceiro do Brasil no Mercosul. A pressão dos paraguaios aumentou depois que o Fisco brasileiro intensificou nos últimos dois anos o cerco ao contrabando na região, o que acabou gerando um problema diplomático para Lula. O governo paraguaio e prefeitos das cidades brasileiras que orbitam em torno da fronteira alegavam que a ação da Receita estava prejudicando a economia local, completamente dependente desse comércio. O novo regime de tributação funciona como uma espécie de ‘Simples, com o pagamento unificado dos tributos vinculados à importação: IPI, Imposto de Importação, Cofins e PIS. Para aderir ao regime, o sacoleiro terá que abrir uma empresa microimportadora. Nessa condição, ele poderá comprar do Paraguai um valor máximo de mercadorias por ano. Segundo o secretário-adjunto da Receita Federal do Brasil, Carlos Alberto Barreto, o limite ficará inicialmente entre R$ 120 mil e R$ 150 mil por ano. A MP permite que ele vá até R$ 240 mil. O limite será decidido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e fixado em decreto presidencial. O decreto também definirá a alíquota única dos tributos devidos, que será inicialmente fixada em 25%. A MP autoriza um máximo de 42,25%. Os ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento vão publicar a lista dos produtos e as quantidades que poderão ser importadas pelas empresas. A expectativa da Receita é de que em 90 dias o sistema já esteja funcionando. Os produtos só poderão ser vendidos no varejo. O pagamento terá que ser feito por meio de débito em conta corrente bancária da empresa. Não poderão ser importados fogos de artifício, munições, armas, explosivos, bebidas, cigarros, veículos, embarcações, inclusive suas partes e peças, medicamentos, pneus e bens usados. A MP também permite que os Estados, por meio de convênio, participem do novo regime para cobrar o ICMS vinculado à importação. O regime vai simplificar controles, estimular o empreendedorismo e diminuir o contrabando, disse Barreto. Apesar de afirmar que a alíquota de 25% não significa redução de tributos, ele disse que o novo regime vai atrair os sacoleiros, permitindo a legalização do comércio. A alíquota de 25% é equivalente à cobrada hoje na importação normal, mas o sistema é simplificado. Hoje, o risco de o sacoleiro perder a mercadoria é muito grande, alegou. Somente em 2006 as apreensões na região chegaram a US$ 1 bilhão. Barreto contestou a avaliação de que o novo regime será uma porta de entrada para produtos pirateados. Segundo ele, os fiscais da Receita estão preparados para identificar produtos falsificados. Mas nos bastidores da Receita há insatisfação com a medida. O temor é que o regime abra as portas para uma ‘nova Serra Pelada no Sul do Brasil, ampliando exponencialmente o número de pessoas envolvidas com esse comércio. Também preocupa o possível aumento do contrabando de produtos asiáticos e a ação de organizações criminosas. Hoje, quem vai ao exterior em países que fazem fronteira com o Brasil, como o Paraguai, pode comprar até US$ 300,00 sem pagar impostos. O que passar do limite é tributado em 50%. Esse é, em tese, o regime de impostos a que está sujeito o ‘sacoleiro, que normalmente viaja na condição de pessoa física. Link da notícia: Jornal Cruzeiro do Sul - Sorocaba
  15. Alguém mais tem tentado contato? A última atualização de preços no site foi em 15/05/2007. Será que é porque o Dollar estabilizou ou algum outro motivo? Li que prenderam o dono da Nave em Foz do Iguaçu... ...hum... o Thiago poderia aparecer por aqui pra dar alguma posição, mesmo que acabe espinafrado pela galera. De qualquer forma, é uma pena... Gostava de comprar lá e achava os preços imbatíveis. Sou obrigado a partir pra outra.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×