Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Lokasso

Membros Plenos
  • Total de itens

    399
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

12

Sobre Lokasso

  • Data de Nascimento 18-05-1987 (31 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Araraquara/Campinas, SP

Outros

  • Ocupação
    Estudante de Eng. Elétrica
  1. Felizmente o problema era software mesmo. A formatação resolveu =)
  2. Aiaia, estou ficando com medo. Meu Pc começou a travar do nada há alguns dias, do nada a tela congela (embora o cursor ainda se mexa) e depois de um tempo (suficiente pra me dar mal nos jogos, rsrs) tudo volta (às vezes nem volta, só com reset mesmo)... Tenho medo que seja a MB =/ Já limpei tudo aqui, atualizei drivers, etc... falta só formatar o PC - o que farei amanhã, e espero que resolva.
  3. Eu to jogando no Tortus, mas assim que abrir o server BR eu venho pra cá!
  4. A sáida do sensor ("sinal") deve ir tanto na entrada do primeiro ampop (do jeitinho que você fez) quanto na entrada do segundo (o que não foi feito, já que você ligou a saída do primeiro na entrada do segundo, o que não faz sentido). Tire esses resistores de 100 Ohms. Você deve ligar o cursor do potenciômetro na entrada do ampop onde esses resistores de 100 Ohms estão, ligando um dos terminais que sobram do ampop no GND e o outro no VCC.
  5. Mouse? Agora é que eu estou viajando mesmo, rsrsr... explica direito isso aí rapaz! Rsrs... Bom, o valor dos resistores nesta aplicação não é muito crítico. Eu deixaria a impedância em algum valor da ordem de 10 kOhms. Bom, supondo que você vá usar o 741 mesmo, e ainda, supondo que tenha uma zona morta na qual nenhuma das cargas está ligada (conforme sua descrição), eu sugiro o seguinte: -> comparador #1 (limiar superior): entrada não inversora (pino 3) - saída do sensor; entrada inversora (pino 2) - divisor resistivo calculado pra dar algo entre 4.25 e 4.7V, ou o cursor de um potenciômetro (sendo que os outros terminais desse pot estão ligados em 0V e +VCC), permitindo o ajuste exato do ponto desejado; saída (pino 6) - acionamento da carga #1 (que você ainda não especificou qual é). pino 7 em +VCC; pino 4 em 0V; -> comparador #2 (limiar inferior): entrada inversora (pino 2) - saída do sensor; entrada não inversora (pino 3) - divisor resistivo calculado pra dar algo entre 3 e 4.25V, ou o cursor de um potenciômetro (sendo que os outros terminais desse pot estão ligados em 0V e +VCC), permitindo o ajuste exato do ponto desejado; saída (pino 6) - acionamento da carga #2 (que você também não especificou qual é). pino 7 em +VCC; pino 4 em 0V; Espero não ter te confundido muito, hehe... abraço.
  6. Tentou fazer como? Poste o circuito que você usou pra gente analisar. Sobre a diferença de tensão, qualquer comparador detecta com o pé nas costas, não precisa amplificar não, pode ficar sossegado quanto a isto. E a carga, como é ela? Sem saber fica difícil te dizer o que usar...
  7. Bom, não estou com meu PC agora, mas lembro que é algo extremamente simples (no caso de usar a controladora adicional, se não me engano da Silicon Image - conectores laranja). Acho que é na última ou penúltima aba (da direita) da bios, tem o ítem "Drive Xpert", com três opções se não me engano. O nome deve ser algo do tipo "Xtreme Speed" para o raid0... se ninguém postar mais nada eu edito aqui amanhã, quando estiver com meu PC. Agora se é pra usar o raid0 pela controladora da intel (ICH10R - conectores sata vermelhos) já deve dar um trabalhinho maior, talvez seja necessário instalar drivers durante a instalação do SO.
  8. Aqui o link fica um tempão "carregando" e não abre...
  9. Então, já usei a linha de 5V de uma velha fonte AT para fazer um pirógrafo caseiro, e deu certinho. Pra falar a verdade, mesmo com 5V às vezes ficava quente até demais, aí eu tinha que usar um fio mais comprido pra limitar um pouco mais a corrente.
  10. jjmello, uma fonte de PC dá conta disto, pode ser daquelas baratinhas mesmo. Basta ligar um pedaço de resistência de chuveiro entre o 5V e o terra (fios vermelho e preto), ou até mesmo entre os 3,3V e terra (fios laranja e preto). Pra regular a temperatura você precisa variar o tamanho da resistência. Comece com uma bem grande, e vá cortando até chegar à temperatura desejada. Tome bastante cuidado com as ligações, e de preferência não ligue a resistência diretamente nos conectores da fonte, já que ela vai aquecer bastante, podendo derreter os conectores.
  11. Detalhe irrelevante né ? Huhiauhiahia...
  12. Tem, entretanto, uma bateria mais forte será também maior e mais pesada, podendo não caber no seu carrinho, ou limitar o desempenho dele. Pela tensão (4.8 V) suponho que seja uma bateria de NiCd/NiMh. Caso queira substituíla basta comprar uma de igual tensão mas com maior carga. Exemplo: 4.8 V por 1400 mAH (que deve durar o dobro do tempo). Quanto maior a carga (os "mAH"), maior o tempo que ela deve durar.
  13. Você está usando algo para aquecer/esfriar o NTC ? Faça o seguinte: poste o seu circuito corrigido. Meça então os valores das tensões nas duas entradas do ampop - tanto com o NTC "frio" quanto com ele "quente" - e nos dê os valores medidos para as duas situações. Aproveite e meça também a saída do ampop para as duas situações. abraço,
  14. IN+ -> Entrada não inversora do ampop, pino 3 IN- -> Entrada inversora do ampop, pino 2 V+ -> Positivo da fonte de alimentação, supondo que ela é simétrica. Deve ser ligado ao pino 7 V+ -> Negativo da fonte de alimentação, supondo que ela é simétrica. Deve ser ligado ao pino 4 Vout -> Saída do ampop, pino 6 Se você não for usar fonte de alimentação simétrica é necessário alterar algumas coisas da minha sugestão anterior. abraço,
  15. Ahh, só agora olhei com calma seus circuitos, e tem mais coisas incoerentes. No primeiro deles você liga os terminais 4 e 7 do lm741 na alimentação, o que está correto, entretanto, no segundo deles você liga na alimentação os pinos 1 e 8, o que não faz o menor sentido, e deixa os pinos 4 e 7 aterrados. Outra coisa importante: como você está trabalhando com um comparador com histerese, o ampop estará sempre saturado, ou seja, sua saída ou estará em quase +12V ou em quase -12V. Desta forma, a entrada não inversora (do primeiro circuito) estará sempre em: IN+ = Vout*R3/(R3+R4) =~ Vout*0,18 -> que será aproximadamente -2,1V ou +2,1V, dependendo de Vout (tensão da saída do ampop). Já a entrada inversora tem o valor: IN- = Vbat*R2/(R2+R1) -> não sei qual a variação do seu NTC (R2), mas supondo que ele varie de zero a infinito (suposição absurda, mas serve para exemplificar o problema) e que Vbat=12V, teríamos então: IN- = Vbat*0 = 0V, e no outro caso, IN-= Vbat*1 = 12V. V- então pode variar portanto de 0 a 12V. Veja que isto é um problema, já que quando a saída do ampop estiver em -12V, e portanto IN+ =~ -2,1V, sempre teremos IN- > IN+, independente do valor de R2. O comparador nunca vai sair deste estado então, já que para isto é necessário que IN- < IN+. Para resolver este problema você precisa mudar o terminal de R2 que vai ao terra para a tensão V- (e coloque também o terminal de cima do R1 em V+), assim, os novos extremos pra IN- serão: IN- = (V+ - V-)*R2/(R2+R1) + V- se R2 = 0 -> IN- = V- se R2 = Infinito -> IN- = V+ Logicamente o seu R2 vai variar em uma faixa muito menor do que de 0 a Infinito, mas basta você ajustar os valores dos resistores para operar na faixa desejada.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×