Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

cesardelta1

Membros Plenos
  • Total de itens

    1.057
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

452

Sobre cesardelta1

  • Data de Nascimento 24-09-1977 (40 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Vila Velha/ES
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Biografia
    um pouco
  • Ocupação
    Automação industrial
  • Interesses
    Adquirir conhecimento.
  1. Olá! 1) Você pode imprimir em jato de tinta desde que a transparência seja para jato de tinta pois existe transparência para impressora laser e jato de tinta. 2) A transparência tem um lado liso e um lado rugoso, (áspero) a impressão deve ser feita do lado áspero e deve ser feita espelhada, invertida, assim você coloca o fotolito com o lado áspero voltado para baixo, para a placa. Mas se você esqueceu de espelhar a imagem, não se desespere, é só imprimir com a tinta no lado áspero e posicionar o lado áspero para cima e o lado liso encostado na placa. Não assisti o vídeo, mas esse é o jeito padrão de fazer transferência no método fotossensível.
  2. Saudade das reuniões de grupamento! Em Ribeirão Preto -SP a partir dos anos 2000 não existia mais ninguém modulando nos 11 metros, alguns poucos em 2 metros e em 40 metros, a maioria na faixinha. Aqui em Vitória-ES só se ouve QRM hoje em dia, está tudo abandonado. Saudades... @aphawk Seu indicativo quase deu suas iniciais heim? Só falhou a do sobrenome. Abraço
  3. Os disjuntores de hoje se não forem de marca renomada nem servem como parâmetro de base, mas de qualquer forma todos os componentes de uma instalação são calculados com 30% de tolerância. E vocês provavelmente estão considerando essas tolerâncias e cálculos teóricos, mas nem só de teorias vive a humanidade. Eu poderia trazer aqui tabelas, normas, gráficos, comparativos e "et coetera", mas não estou para competir em conhecimento nem provar nada. Esse forum ultimamente está assim, uma disputa intelectual, medonha. A propósito, meus chuveiros são 220V
  4. A minha residência tem duas fases 127V e eu tenho 3 chuveiros de 5000W, fora o resto.
  5. Hã? Levando em consideração o padrão de entrada das concessionárias, sim, dependendo do tipo de instalação, até mais de 300A Você tem dúvida? Se você duvidasse do meu conhecimento em semicondutores (eletrônica) eu até compreenderia, mas em elétrica são 25 anos de profissão, amigo. Bom, boa sorte por aí por que eu "bandonei"!!!
  6. @dyeguinhuu Para não te deixar sem resposta, procure no google "eletronica silveira" lá você se sentirá em casa e encontrará uma barbaridade de fontes. Barbaridade num bom e num mau sentido. Bom, isso se você conseguir entender o que eles escrevem...hehehe
  7. Vou complementar a explicação do Paulo, aliás, vou dizer quase a mesma coisa, mas de forma mais simples. Repare bem que a fonte de 80A é alimentada pela sua rede 127V/220V (fonte de energia primária) que pode te oferecer 100, 200A ou mais. O que sua fonte faz é baixar a tensão de 127V/220V(fonte de energia primária) para 12V e a corrente para 80A (fonte de energia secundária), repare que não ouve ganho e sim o contrário. No caso da bateria de 7A que agora é sua fonte de energia primária, você conseguiria tirar dela 7A ou menos, mas nunca conseguirá tirar mais 7A, da mesma maneira que não conseguiria tirar mais corrente que a rede 127V/220V pode te oferecer. Talvez você tenha ouvido falar de amplificador de corrente em fontes e esteja se confundindo. Se consegue amplificação de corrente com transistores em fontes, porém nunca conseguirá mais que o primário pode oferecer. Nesse caso a amplificação de corrente (que inclusive eu sempre achei esse termo "amplificação" errado) é em relação a o regulador de tensão. Imagine a seguinte situação: você fará uma fonte linear de 3A, você tem os seguintes materiais: trafo de 3A diodos de 3A capacitores eletroliticos regulador de tensão de 1,5A (LM317) Nesse caso sua fonte estaria limitada a 1,5A, mesmo o trafo sendo de 3A. O que se faz nesse caso é usar um transistor que suporte mais que 3A e fazer um circuito "amplificador" de corrente que fará com que a metade ou a maioria da corrente da fonte passe por ele e assim conseguindo uma corrente maior que o regulador LM317, mas nunca conseguirá mais que 3A, pois o trafo (fonte de energia primária) é o limite. Bom, não foi uma explicação curta, mas foi o mais simples que consegui.
  8. Esse sensor reflexivo é a laser ou Infra vermelho? Edit Caramba, eu tinha prometido que não iria mais postar nesses posts de duvidas de curso, mas agora já foi, a resposta fica para a Isadora
  9. Se você diz! Talvez estejam usando outro tipo de célula, outra liga química ou até mesmo mais células, vou pesquisar depois sobre isso. Como eu não conheço o sistema atual, vou me abster da resposta enquanto pesquiso, aguarde a opinião de alguém que esteja mais atualizado no assunto.
  10. Eu concordo com o Ricardo, sobre os termistores e digo mais: existem no mínimo 2 trilhas que passam alí em baixo deles que vaporizaram e provavelmente tem mais coisa queimada aí nessa placa.
  11. Todas as baterias tem um circuito "limitador" de corrente, proteção térmica e contra sobre tensão pois essas baterias se tornam perigosas se ultrapassar qualquer uma dessas grandezas, então isso de carga rápida é só propaganda. Talvez você veja alguma diferença entre um carregador de 1A e outro de 3A, mas nunca passará disso se mantiver a bateria com seu circuito limitador. Baterias de Li-Ion são carregadas com a corrente nominal da bateria e não deve ser excedida em hipótese alguma, por isso existe o circuito dentro da bateria. O sugerido pelo fabricante é que não ultrapasse os 5V, acima disso sobre aqueceria as células, porém o recomendado são de 4.1V a 4.5V para recarregar cada célula. 9 pilhas dessa em série dariam 13,5V, seriam preciso 6 pilhas em série para formar os 9V. Por fim: Eu não aconselho a você fazer isso, mas se quiser, faça por conta e risco sabendo que vai dar Me*da. Abraço
  12. Eu não usei um esquema em especifico para montar essa fonte, usei conhecimento acumulado. Eu teria que abrir a fonte para levantar os componentes utilizados, mas estou sem tempo esses dias, aliás faz mais de 1 semana que não sento na bancada, outra coisa é que poluiria esse tópico. Agradeço seu interesse em ajudar, Muito obrigado.
  13. @Picco A ponte é uma Semikron skb 30/08 Eu testei essa ponte com outros capacitores também, de 22.000uF, de 9.000uF e de 50.000uF, Apesar de serem antigos, mas os que estão na fonte são novos, 2 de 4.600uF. Agora eu abri a fonte para ver o modelo da ponte e a que está lá é outra, não dá para ver qual é, mas lembro que também é de marca renomada 15A e também dá queda de tensão. Então provavelmente é o regulador mesmo, vou acabar colocando uma fonte de corrente constante antes do amperímetro e pronto.
  14. A fonte vai até 33Vcc e em qualquer tensão ela cai 3Vcc, mas agora que estou lembrando que a queda é da ponte retificadora, mesmo sem a circuitaria, sem filtro, só retificado, quando coloco carga dá queda de 3Vcc, mas antes da ponte não há queda alguma. E não importa a carga, 20mA dá queda de 3Vcc, 1A, 2A, 3A... até 7A dá queda de 3Vcc. Pode até ser mesmo componente falso, em alguns dias vou fazer uma compra na Digikey, vou aproveitar e pedir uns reguladores também para testar ( se a grana der né!) Mas estou me lembrando daquela ponte...
  15. Você esqueceu de considerar que depois de retificada e filtrada a tensão sobe para o pico de 21,2Vcc menos 1,4Vcc dos diodos sobram 19,8Vcc. @Wilson Esser a lógica que todos vão te indicar são essas aí: queda no trafo, queda na ponte, tensão insuficiente na entrada do regulador (não é seu caso), regulador entrando em proteção (também não é seu caso) e blá blá blá. Mas já aconteceu comigo e mais de uma vez, de montar fontes com esses reguladores e dar uma queda de tensão absurda assim, inclusive numa fonte que eu uso hoje. Ela está em 20Vcc sem carga, se colocar uma carga de 3A ela cai para 17Vcc, porém se eu colocar um LED de 20mA ela cai para 17Vcc também, sem exagero! E esse meu trafo fornece 8A sem queda de tensão. Eu já montei até o circuito do Datasheet e acontece a mesma coisa então eu te digo o que pode ser pela lógica, é o que eu aprendi, mas eu sei que tem mais alguma coisa, só não achei o que é ainda. Boa Sorte para nós!

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×