Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

aphawk

Membros VIP
  • Total de itens

    6.599
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

3.691

Sobre aphawk

  • Data de Nascimento 07/02/1960 (59 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo, SP
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Ocupação
    Hardware
  • Interesses
    Pescar, jogar, bons restaurantes, pesquisar novidades, andar de moto, inventar montagens, e principalmente criticar o Ensino do jeito que está sendo feito....
  1. @MOR, Faça uma proteção em cima de onde estão os fios, deixando uma pequena altura para apenas as baratas passarem. Uma distância de alguns centímetros garante que a pata do gato não consiga entrar pela pequena abertura e chegar aos fios. O único problema que não vejo como contornar é o gato querer comer as baratas .... Paulo
  2. @MOR , Bom, sempre tem uma maneira de contornar as situações... por exemplo, criar uma barreira na vertical, onde as baratas tenham de subir alguns centímetros, e colocar os fios alinhados na parte superior dessa barreira, a própria gravidade deve fazer com que a barata caia e libere os fios .... Vou parar por aqui antes que dê mais motivos para a @Isadora Ferraz se descontrair kkkkkk ! Paulo
  3. Tenho mais piadas sobre isso mas nem me atrevo... to com medo do ed. Kkkkk agora também não entendí ... o título deste tópico não é “MATA-BARATAS ELÉTRICO” ???? Paulo
  4. Eu duvido muito que isso funcione. As baratas possuem um monte de queratina, e com o baixo peso delas elas são um péssimo condutor ( ou um bom isolante ? ) . Paulo
  5. @André Picon , Minha ideia é aproveitar aquele esquema simples que te indiquei, que usa um ampop e um Mosfet junto com uns resistores, uma fonte de 24V, um regulador de tensão de 5V para alimentar essa sua régua, e pronto, mais simples que isso impossível.... Paulo
  6. @André Picon , 10% está bom ? Então isso dá para fazer fácil com componentes comuns, eu já ví alguns circuitos para isso , vou procurar em casa e posto mais tarde. Por enquanto, olhe o segundo esquema daqui : https://electronics.stackexchange.com/questions/307456/4-20ma-output-from-arduino Paulo
  7. @André Picon , Por curiosidade, qual a precisão que esse circuito deve ter ? Paulo
  8. @Visitante , Opa me desculpe, você tem razão , passei reto quando você disse Circuitlab .... Eu uso o Proteus, não conheço esse simulador. Paulo
  9. @Matthwus , Pelo manual do amplificador, a maior potência possível é de 140W sob 2 ou 4 ohms. Vamos calcular a maior tensão RMS possível : 140 = VxV/4 => VxV = 560 =>. V = Raiz quadrada de 560 = 23,7 Volts Então, a tensão de pico é de 23,7 x 1,41 = 33,4 Volts. Pode usar capacitor com 50V sem nenhum problema, mas lembre-se tem de ser BIPOLAR !!! Se não encontrar, pode usar dois eletrolíticas em série, com o dobro da capacitância, e nesse caso a tensão de cada um pode ser até menor, tipo 25 Volts, k ? E nesse caso, solde os dois terminais de mesma polaridade juntos, por exemplo os dois terminais positivos ficam soldados no meio. Paulo
  10. @André Picon , Existe isso pronto, caso você opte por alimentar esse potenciômetro com 5V regulados : https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1230234430-modulo-conversor-de-tenso-para-corrente-0-5v-para-4-20ma-_JM?matt_tool=88344885&matt_word&gclid=EAIaIQobChMI-M6LwbSH5AIVjIiRCh0NCQ8HEAkYBSABEgIFm_D_BwE&quantity=1 Paulo
  11. Nossa .... isso é matéria ensinada antes do vestibular ..... procure pela Lei de Ohm .... Paulo
  12. @efesto , Fazem alguns anos eu testei vários transistores das famílias BC e 2SC nesse circuito. Só funcionou mesmo com o 2N2222A... Paulo
  13. aphawk

    Ideias de Projetos

    @Ronaldo Neudl , Bom, não sabemos qual foi o foco de seu curso .... e aliás você tem de sugerir coisas que você gostaria de fazer, mas claro que você tenha o conhecimento para ir tocando, em caso de dúvidas aí sim pode perguntar, ok ? Lembre-se que aqui tiramos duvidas e podemos te ajudar, mas é você que vai fazer o trabalho ! Vamos lá, explique o que você viu no seu curso, para termos uma ideia.... Paulo
  14. Mas antes tem de ganhar bastante dinheiro para conseguir isso ! E se conseguir, por favor ensine eu e a @Isadora Ferraz ok ? Paulo
  15. Olha .... não é PHD mas cheguei perto ! Quase virei PHD em “protocolos” ! Eu fiz um programa em Assembly do 6502 que permitia acessar o Videotexto no Apple ][ . Um ano de briga técnica com a antiga Telesp e no final desisti porque descobri que lá existiam “forças ocultas” , como dizia o Jânio Quadros.... um tal de SCN dominava ... Depois, portei o programa para rodar na placa Videx ( CPM sob o Z-80 ) dentro de um Apple ][ . Isso era na velocidade fantástica de 1200/75 bauds kkkkk . Logo a seguir descobri como fazer os Modens da época fazer 75/1200 e aí inventei a comunicação rápida ( quase 1200/1200 ) usando esses modens kkkk Antes disso fiz um programa no CP/M do saudoso Gepeto usando protocolo Y-modem com CRC para trocar arquivos com nosso sistema de controle de processos industriais instalados em clientes. Finalmente em 1987 fiz de novo um monte de programas de comunicação com X-modem, Y-modem e até o Kermit para rodar em MS-DOS 3.2 nos IBM PC-XT... Detalhe : tudo sempre em Assembly ! Só recentemente tive de fazer um programa de comunicação serial a 115k Bauds entre dois Atmegas. Hoje falamos Usart mesmo quando tratamos apenas os sinais Tx/Rx ... naquela época tinha de tratar DCD, DTR, DSR, RTS, CTS, RI ... e claro, os Tx/Rx ! Fazer uma comunicação simples entre dois microcontroladores no mesmo local é brincadeira de criança perto daquela saudosa época de desbravamento ! adicionado 6 minutos depois @Surid , Start bit, stop bit, 9600 bauds .... Faz o arroz com feijão : um start bit, 8 bits de dados, um stop bit, sem paridade... isso é universalmente conheçido como formato 8N1 . No arduíno deve ser bico definir isso em uma só linha de programação. Paulo

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!