Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

aphawk

Membros VIP
  • Total de itens

    16.808
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

2.867

Sobre aphawk

  • Data de Nascimento 07-02-1960 (58 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    São Paulo, SP
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Ocupação
    Hardware
  • Interesses
    Pescar, jogar, bons restaurantes, pesquisar novidades, andar de moto, inventar montagens, e principalmente criticar o Ensino do jeito que está sendo feito....
  1. @Italo Mendes , Pelo desenho de seu chefe, ele nomeou um pino como Input, e outro pino como Output. Até daria para fazer um unico pino ser uma saída, e quando não for acionada, poder servir como entrada, mas me parece meio sem sentido. Tem certeza de que o mesmo pino tem de ser tanto entrada como saída ? Paulo
  2. @BloodCeltics Lopes , Nao conheço muito de Arduino, mas usei algumas placas diferentes, e a IDE é a mesma, apenas tem de mudar na configuração da IDE qual é a placa destino do programa. Existem alguns Arduinos mais poderosos que usam microcontroladores Arm, esses talvez usem uma IDE diferente. Sei que o Nano, Uno, Mega, usam a mesma IDE. Paulo
  3. @Italo Mendes , Tá bem mal explicado.... mas vamos tentar : qual a sua dúvida ? Paulo
  4. @Marcos Antônio galli , Se for a mesma tecnologia da bateria original, a mesma tensão, e caso tenha módulo de carga integrado seja similar à original, pode usar sim, só que a carga vai durar bem menos tempo. Paulo
  5. @Shazam2018 , Se usar um Atmega8 ou Atmega48 sai ainda mais barato do que com os Pics. E mais barato do que tentar montar com componentes discretos. adicionado 4 minutos depois @Sérgio Lembo , Sim, temos muitos microcontroladores baratinhos, mas quase sempre não são fornecidos em formato DIP, e para comprarmos aqui no Brasil os preços são bem mais altos do que nos Usa, pela questão de volume e impostos. Fora o fato de termos de usar programadores especiais ( leia-se caros ) , compiladores próprios para eles que são bem menos conhecidos, e ainda fazer layout e soldagem manual, inviabiliza totalmente o uso não profissional deles. Paulo
  6. @777MarcioJosé , Esse CI funciona sem nenhum problema com impedâncias de 4 a 32 ohms. Não precisa modificar nada. Caso pretenda utilizar ele com o máximo da potência, sugiro colar um pequeno dissipador nele. Paulo
  7. Então pode ter certeza de que a tensão desses Leds não é de 3,4 Volts como te disseram, é menor. Deve ser pouco acima de 3 Volts. Mas mesmo assim o resistor em série resolve o problema. Paulo
  8. @Jaison fregulia , Já antecipando a resposta à pergunta do amigo @Sérgio Lembo , a tensão da bateria do carro pode fácilmente ultrapassar 14V com o motor ligado ! Mas se você utilizou um resistor limitador de corrente, em série, isso não queimaria os seus Leds. Para isso, você precisa saber qual a corrente média recomendada pelo fabricante de seu Led, e fazer as contas para quando a tensão da bateria atingir um valor máximo de 14,4 Volts a corrente ser essa máxima recomendada. Algo assim : supondo que a corrente máxima seja de 20 mA : 4 diodos em série = 4 x 3,4 = 13,6 Volts. Seu resistor tem de ter sobre ele uma queda de 14.4 - 13.6 = 0,8 Volts. então terá o valor de 0,8 / 0,02 = 40 ohms. Use um de 39 ohms, com dissipação mínima de 1/8 de watt. Paulo
  9. @Leandro Martins Araujo , Qual é a sua dúvida ? Paulo
  10. Não ví nada sobre o link, mas o final do seu post me chamou a atenção : Sabemos que a pior velocidade que um transistor trabalhe é justamente quando opera saturado. A meu ver, isto significa duas coisas que são evitadas em qualquer design de microprocessador : - Baixa velocidade na comutação, significando baixo desempenho. - Alto consumo de energia. Talvez isto possa inviabilizar o avanço no projeto, seja por baixa velocidade ou seja por excesso de dissipação. Mas se você conseguiu resolver esses problemas no design das pastilhas, pode ser uma novidade muito bem vinda ! Paulo
  11. Como assim, um trabalho de colégio que trabalhe diretamente com a rede de 110/220V para destruir aparelhos eletrônicos???????? Sem nenhuma orientação sobre correrem risco de vida, e alunos sem nem saber o risco que correm ? Oras, só o perigo de alguém morrer encostando onde nao deve com a tensão da rede já deveria mandar PRENDER o professor, sem falar na “destruição de aparlhos eletrônicos para fins educacionais” ! Qual o fim didático disso em um simples colégio ????? Tem alguma coisa mal explicada aqui, isto não é um trabalho escolar. Sugiro que parem de dar idéias aqui para não serem responsabilizados por alguma tragédia depois Paulo
  12. @João Pedro Possetti , Para ver como usar corretamente drivers de corrente ou de tensão com os Max7219 : https://www.maximintegrated.com/en/app-notes/index.mvp/id/1196 Ou : http://embedded-lab.com/blog/high-voltage-seven-segment-led-display-driver-with-spi-interface/ Paulo
  13. @mdpirangi , Quando você instala vários drivers, é normal um atrapalhar o outro e nada funcionar. Teria de desinstalar TODOS os drivers, eliminando TODOS os arquivos instalados no diretório do Windows. A maneira certa é ver qual é o seu Arduíno.... existem cópias semelhantes mas que usam hardware de comunicação serial-USB diferentes. Paulo
  14. @Shazam2018 , Não, é você que está errado, meu amigo. Programar um PIC é a mesmíssima coisa de Gravar um PIC. Escrever um programa para um PIC é o que você quer fazer. E é totalmente outra coisa muiiito diferente. Sem você dar mais detalhes, vai ser muito difícil que apareça alguem ... mas aguarde alguns dias . Paulo
  15. @lucandmendes , Teria de alterar a sua fonte Atx, mudar a saída dela para obter pelo menos uns 15,6 Volts. Aí sim teria como acrescentar um circuito de carga de bateria. Qualquer outra coisa sem isso é gambiarra que não vai funcionar .... Paulo

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×