Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Gu1426

Membros Plenos
  • Total de itens

    325
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D

Reputação

40

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Sombrio/SC
  • Sexo
    Masculino
  1. Compare os fios do projeto que você viu e o que você tem, a maioria usa entre 26 a 30 AWG, pode ser qualquer fio fininho, mas não use fio muito fino pois fica difícil de enxergar e de enrolar uma do lado da outra. adicionado 9 minutos depois Um bom fio para bobinas de tesla pode ser retirado de bobinas de eletrificadores queimados, pelo menos os eletriicadores de cerca rurais possui uma bobina com uma boa quantidade de fio 30 AWG e outra bobina separada com poucas voltas de um fio bem grosso, não sei se você vai encontrar eletrificadores deste tipo queimados, (maioria dos casos é o circuito que queima), isso é só um exemplo, você pode retirá-lo de transformadores velhos que estejam fora de uso ou até de motores elétricos, o problema é que os motores vem com um verniz que torna praticamente impossível de retirar as bobinas sem destruí-las, aí é preciso deixar a bobina mergulhada em algum solvente, como thinner... Eu espero não ter te deixado confuso, foi só minha tentativa de ajudar, kkkk
  2. @Isadora Ferraz @Mestre88 Vou testá-lo, deixe eu me armar primeiro, kkkkk brincadeira, como sou muito medroso, vou acionar o transformador a uns 2 metros de distância e com luvas de borracha na mão, acho que as chances de eu levar choque são nulas, né?
  3. @Mestre88 Meu tio desmontou, ele ia colocar um som nele não deu certo e jogou tudo fora, até a carcaça ia pro lixo, mas minha mãe quis pegá-la para guardar e deixar de decoração, o problema é que está sem tela, nada, só a madeira mesmo, nem compensa muito arrumar isso. Vou ver se uma hora consigo compro o rádio, o que é improvável, ao menos tentei.
  4. @Isadora Ferraz kkkkk. Eu tenho aqui um rádio transistorizado Teleunião modelo Translíder com 9 transistores, o problema é que, há uns anos atrás, meu tio desmontou esse rádio e agora o que sobrou foi a carcaça e um potenciômetro, mais nada. Encontrei um cara com um rádio idêntico a esse (pifado claro) vendendo por apenas 200 reais, fiquei louco quando vi esse anúncio, porém, como seria mais entulho para a casa dos meus pais, preferi ficar longe dele, só para comparação, um rádio desse funcionando custa entorno de 900 à 1000 reais. adicionado 0 minutos depois Eu gosto de restaurar uns radinhos, mas nunca fiz isso, triste né? adicionado 13 minutos depois Voltando ao assunto, queria que isso fosse um substituto para meu não tão velho ferro de solda, não é ponteira, não é resistência, nada disso, foi o plástico que quebrou, colei com cola instantânea mas não estou pondo muita fé de que é seguro usá-lo assim, pois já colei umas 3 vezes... Mas também não estou pondo muita fé nesse ferro de solda pistola que estou tentando fazer, não sei, quando eu faço algo normalmente não funciona, sai fumaça, explode, as únicas coisas que fiz que funcionaram foi uma lixadeira (que nunca usei) e um transformador (que está juntando poeira), e eu tenho medo de me machucar de novo, da última vez quase cortei o dedo fora, nem me pergunte como, consegues entender?
  5. @Isadora Ferraz Meu único aparato protetor é uma lâmpada incandescente de 100W, serve?A potência do meu primário é de 40W, acho que é certo isso que falei, né. adicionado 2 minutos depois @Isadora Ferraz kkkkkkkk, sendo bem sincero, eu chuto que é de100W por que consigo ver uns dois "0" apagados nela, a tinta onde isso estava escrito se desgastou ao longo dos vários anos de existência dessa lâmpada, eu só tenho duas, a outra é menorzinha e o bocal é diferente.
  6. @Isadora Ferraz @Mestre88 Um detalhe, se eu colocar a "resistência" no trafo e testar com a lâmpada série a lâmpada não vai acender por completo?
  7. @Isadora Ferraz Qual corrente o fusível que devo colocar?
  8. @Isadora Ferraz @Mestre88 @Ricardo S Ferreira Bem, chegou a hora mais arriscada, testá-lo. O que posso fazer para que caso a bobina venha a falecer eu evite fumaça, faísca, estouros, etc.? Ou evite de queimá-la, é claro, esse é o mais importante.
  9. @Mestre88 Eita, então, são 5 voltas para dar 1V nessa variável, se eu enrolar 2,5 voltas vai dar 0.5V aproximadamente, se eu conseguir 0.5V e 20A, por exemplo, seriam 10W? Se meus cálculos absurdamente difíceis não estiverem errados, isso quer dizer que o trafinho aguenta? @Isadora Ferraz kkkkk. Fico até imaginando a reação dos seus pais quando te pegavam fazendo isso.......
  10. @Mestre88 39.6W, arredondei para 40W. adicionado 4 minutos depois A corrente máxima dele é 180mA e a tensão da rede é 220V
  11. @Isadora Ferraz @Mestre88 Vou fazer com dois pedaços de fio rígido de 2,5mm enrolados juntos, ok? adicionado 1 minuto depois Cada fio desse suporta até 15A, dá para eu tirar 30A dos dois ou mais?
  12. @Mestre88 E o primário do outro transformador, que provavelmente foi feito com uma constante, poso usá-lo tranquilamente?
  13. @Mestre88 Nossa, tudo isso? Não tem como deixar mais fraquinho não? Se eu usar aqueles fios rígidos de 3mm, ou dois deles juntos, consegue derreter o estanho 60/40? sobre a isolação, tem espaço de sobra, estou pensando em reaproveitar o primário de um outro trafo e mudar somente o secundário, funciona? Aí é sem cálculo mesmo...
  14. @Isadora Ferraz Eu tenho um desse último aí, pertencia ao meu bisavô (é claro, eu sou mais novo que vocês), tirei o autotransformador dele, rebobinei e está guardado na gaveta... @Mestre88 Sobre o secundário, um tira de ferro de uma panela velha serviria, apesar de o ferro ser ruim de dobrar, ele passa dos 600 graus? Se derrete alumínio já tenho uma forja em formato de pistola, kkkk brincadeira... Já estou perdendo o ânimo, vou ter que abrir e depois envernizar tudo de novo, é nisso que dar ser eu e colocar verniz antes de testa-lo...
  15. @Mestre88 @Isadora Ferraz Acho que os dois me convenceram de que é perda de tempo, aliás, acho que eu tenho um trafão desse que você falou, é daqueles estabilizadores manuais de 19xx?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×