Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Pistigrilo

Membros Plenos
  • Total de itens

    4.119
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

560

1 Seguidor

Sobre Pistigrilo

  • Data de Nascimento 18-02-1987

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Conselheiro Lafaiete, MG
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    AMD Phenom II X6 1090T BE
  • Cooler
    Corsair H100
  • Placa de vídeo
    MSi Radeon HD 7870 2GB HAWK
  • Placa-mãe
    GIGABYTE GA-890FXA-UD5
  • Memória
    Corsair Dominator 12GB (2x4GB+2x2GB) DDR3 1600MHz
  • HDs
    1x3TB Western Digital Caviar Purple + 2x2TB Seagate Barracuda 7200.14
  • SSDs
    240GB Corsair Neutron SATA III
  • Gabinete
    Corsair Graphite Series 600T White Edition
  • Fonte
    Corsair CMPSU-850AX
  • Mouse
    Microsoft Basic Optical Mouse v2.0
  • Teclado
    Microsoft Digital Media Keyboard 3000
  • Monitor
    Dell UP2716D
  • Sistema Operacional
    Microsoft Windows 7 Ultimate
  • Browser
    Opera e Mozilla Firefox

Meu Tablet

  • Marca e modelo
    Apple iPad Air 2 64GB

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Samsung Galaxy S7 SM-G930F

Outros

  • Interesses
    Fotografia, tecnologia, animes, séries e músicas antigas.
  1. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    A KaBuM! está explodindo os preços como o próprio nome já bem indica! E explodindo bem para o alto! Loucura, loucura, loucura!
  2. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    E o status de colocar "GTX Titan" na assinatura do fórum, não conta? Por isso os R$10.000,00! Hahaha!
  3. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Eu não daria 560 golpistas em um Core i3 de entrada como esse, por mais que seja 4C/4T e com 6MB de cache L3! Acho que os Core i3 terão preços condizentes com seu segmento quando saírem as placas-mãe de entrada, com chipsets mais baratos.
  4. quero trocar core i5 3330 por um i7 3770 vale a pena ?

    Se você conseguir fazer esse upgrade por apenas essa diferença de 350 golpistas eu não vejo motivos para não fazer. Plataforma nova é melhor? Com certeza! Mas você vai ter que desembolsar bem mais! Porém, sendo realista, acho muito difícil alguém comprar um Core i5-3330 por 400 golpistas nessa altura do campeonato.
  5. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Eu não acredito muito nisso, pois se você pegar hoje os Core2Quad ou mesmo Pentium D, que já eram processadores quentes (especialmente o segundo), eles ainda vão funcionar hoje, mesmo não usando TIM. É raro processador dar defeito em uso normal. Geralmente as outras peças morrem antes. A vida útil de um processador é de mais ou menos vinte anos (sem overclock), podendo durar ainda mais em alguns casos. A única forma de fabricação que eu considero comprometedora para a vida útil dos processadores é aquela que a AMD usava nos tempos do Athlon, Athlon Xp, Duron e Sempron Socket 462 (ou Socket A, se preferirem), onde o chip do processador ficava completamente exposto, sem spreader metálico. Mas isso é opinião minha também, pois eu já vi uns processadores desses partindo dessa para uma melhor (embora após alguns anos de uso também e provavelmente sem trocar a pasta térmica).
  6. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Por isso eu falei aquilo acima! A Intel devia usar uma pasta térmica melhor pelo menos nos modelos K e X, que são voltados para overclok!
  7. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Isso só mostra o quanto o chicletinho da Intel limita o potencial dos seus chips.
  8. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Sim, eu citei os LGA1366 apenas como exemplo, mas não estou menosprezando os LGA1156. Muita gente comprou Core i5-750 e foi muito feliz naquela época. Daí você vê o quão lenta foi a evolução dos processadores nessa década. Estamos citando processadores de 2009 que ainda dão caldo hoje, ou seja, são processadores com oito anos de idade. Tempos atrás processadores com essa idade de uso ficavam praticamente inutilizados por não aguentarem rodar os programas mais recentes. Essa é uma das provas do quanto está difícil evoluir hoje, já que a litografia já está bastante miniaturizada.
  9. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    A performance do Ivy Bridge é pouca coisa acima da do Sandy Bridge. Agora, do Nehalem para o Sandy Bridge a evolução foi considerável, de uns 30% em processadores com especificações parecidas. Na primeira geração o único processador que ainda é forte na minha opinião, mesmo hoje, é o Core i7-980X (e o 990X, que é praticamente a mesma coisa), na plataforma Westmere. Mas mesmo alguns modelos mais simples (como o "popular" 950) ainda dão um gás em algumas tarefas menos exigentes. Eu entendi a sua intenção e achei a ideia da tabela bastante nobre, mas é aquilo que falei acima: a necessidade de cada um varia e também tem que analisar toda a configuração. Tipo, para quem for usar uma GeForce GTX 1080 Ti não faz sentido ficar "encalhado" em plataforma antiga, pois o processador daria um grande gargalo. Mas para a galera da GeForce GTX 1050, por exemplo, mesmo um Core i5-2500 já faria a festa! Da mesma forma, não adianta comprar um Core i7-8700K e querer jogar com uma (super popular) GeForce 8400GS. Então não faz sentido criar algo tão taxativo assim, entende?
  10. AMD Ryzen - Pós-lançamento

    Eu espero realmente que você esteja certo! O processador já é bom! Se tiver um "gás" a mais de otimização vai ficar muito filé!
  11. AMD Ryzen - Pós-lançamento

    Estou começando a achar que essa tal "otimização para Ryzen" vai virar lenda, igual a "otimização para Bulldozer". A diferença é que o Ryzen já é bom mesmo sem "otimização", enquanto o Bulldozer foi um fracasso total.
  12. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Será que quem tem um Core i7-2600K precisa mesmo de upgrade "urgente"? Eu com um Phenom II X6 não estou sentindo tanta urgência assim... Acho que isso varia muito do uso e do restante do hardware. O Core i7-2600K (isso só para citar o modelo mais antigo dessa tabela) ainda segura muita placa de vídeo que é vendida atualmente, por exemplo. E dizer que um Core i3 de quarta geração é melhor que ele eu acho muito errado. Confesso que não sou muito fã desse tipo de tabela taxativa, pois isso é muito subjetivo. Vai ter gente com um Core i7-7700K que para alguma tarefa pode achar o upgrade para o Core i7-8700K interessante, enquanto tem gente que ainda está super feliz com um Core i5-2500 (ou talvez até algo mais simples e mais antigo que isso), por exemplo. Eu tenho a mesma opinião.
  13. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    A realidade é que o hardware atual não dá conta de rodar jogos pesados em 144FPS fixos, mesmo em Full HD, quanto mais em resoluções mais altas. Mesmo a GeForce Titan XP não roda todos os títulos atuais com essa fluidez toda de FPS, ainda mais se tiver um processador intermediário segurando ela. Eu enxergo os monitores de alta frequência como boa opção para quem roda jogos mais leves, tipo LOL, Dota, etc e quer o máximo de fluidez possível para não atrapalhar nas partidas online. A sua GeForce GTX 1070 é uma placa excelente (inclusive talvez seja a minha opção quando eu trocar de PC ano que vem), mas 144FPS cravados é puxado, especialmente acima do Full HD. Aumentar a resolução para "diminuir a carga sobre o processador", como vejo muita gente falando, é um pouco que uma ilusão, pois a única coisa que é feita é forçar o gargalo da placa-de-vídeo antes do processador, dando essa ilusão de que o processador está trabalhando menos, mas a carga do processador continua sendo mais alta que em resoluções mais baixas.
  14. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Vale lembrar que além dos threads a mais, os Core i7 possuem mais cache. Isso também faz diferença.
  15. Intel Coffee Lake - Pós-Lançamento

    Pelo menos no Cannon Lake teremos 10nm (ou pelo menos esperamos por isso). Se vier com octa-core vai ficar mais do que interessante, mesmo sendo mais do mesmo em arquitetura.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×