Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

AMD lança processador K6-2 com tecnologia 3D Now!

       
 41.171 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Saiba mais sobre o processador K6 lançado pela AMD

AMD lança processador K6-2 com tecnologia 3D Now!
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

A AMD acaba de anunciar o lançamento de seu novo processador, chamado K6-2. Este processador utiliza a mesma pinagem do Pentium e Pentium MMX (soquete 7) trazendo, porém, duas inovações tecnológicas importantes.

A primeira, que freqüentemente falamos por aqui, é a utilização do barramento externo de 100 MHz. Quase todos os processadores hoje trabalham externamente a 66 MHz, atingindo uma taxa de transferência externa máxima teórica de 528 MB/s (essa taxa é utilizada na comunicação entre o processador e a memória RAM). Utilizando o barramento a 100 MHz, esta taxa pula para 800 MB/s. Outro processador que operar externamente a 100 MHz é o Pentium II "Deschutes" (Pentium II a partir de 350 MHz). É válido ressaltar que os processadores Intel são tradicionalmente bem mais caros que os processadores concorrentes. Isso significa que um K6-2 pode apresentar umo desempenho igual ou superior a um Pentium II sob mesma freqüência de operação, só que por um preço bem mais em conta.

O aumento da freqüência de operação externa faz com que haja um ganho real de performance. Por exemplo, comparar um Pentium II-300 ou mesmo um Pentium II-266 com um K6-2-300 é um pouco complicado, já que o primeiro processador usa barramento de 66 MHz e o segundo, de 100 MHz.

Outro ganho de performance importante é no barramento AGP. Esse barramento exclusivo para placas de vídeo 3D e presente em algumas placas-mães pode operar em basicamente dois modos de operação: x1 (264 MB/s) e x2 (528 MB/s). Apesar de a maioria dos chipsets (circuitos da placa-mãe) oficialmente operarem o AGP a até 528 MB/s, na prática esso desempenho nunca era atingida, já que o barramento local também trabalhava a essa taxa: não sobrava "espaço" para intercalar duas transferências com alta taxa de velocidade. Como conseqüência, a taxa de transferência caía para que as duas transferências pudessem ser executadas. Como o barramento local do K6-2 trabalha a 800 MB/s, sobra "espaço" para uma transferência do barramento AGP a 528 MB/s sem ter de diminuir o desempenho do micro.

Outra vantagem interessante é a utilização do soquete 7, o mesmo padrão do Pentium e do Pentium MMX, ao contrário do Pentium II que utiliza um conector proprietário chamado slot 1. A tendência é que as placas-mães para o K6-2 sejam, portanto, bem mais baratas que as placas-mães para Pentium II.

Por falar nisso, para aproveitar toda o desempenho do processador K6-2, a placa-mãe deverá ser capaz de trabalhar a 100 MHz. Atualmente o melhor chipset para operar a 100 MHz é o MVP-3 da VIA Technologies. Portanto, na escolha de uma placa-mãe para o K6-2, dê preferência a comprar uma que utilize o chipset VIA MVP-3.

A segunda inovação tecnológica é a tecnologia 3D Now. Essa tecnologia consiste na adição de mais 21 instruções ao conjunto de instruções MMX. Todo o conceito do MMX continua inalterado, ou seja, as instruções 3D são instruções que utilizam o conceito SIMD (Single Instruction, Multiple Data), capazes de processar mais de um dado por vez, fazendo com que o desempenho aumente. Enquanto as instruções MMX são instruções simples baseadas nas instruções de manipulação de números inteiros, as instruções 3D são um pouco mais "poderosas", formada basicamente por instruções de manipulação de números de ponto flutuante (instruções do coprocessador matemático).

A princípio, só se beneficia da tecnologia 3D Now os programas que forem escritos com instruções 3D Now (da mesma forma que só se beneficia da tecnologia MMX os programas que forem MMX). Ou seja, essa tecnologia não aumentará a velocidade de seu aplicativo gráfico ou de seu processador de textos.

Acontece que essa tecnologia foi desenvolvida em parceiria com a Microsoft e outros fabricantes. A Microsoft já garantiu que a sua interface de programação multimídia DirectX 6.0 (a ser lançada em breve) terá suporte total à tecnologia 3D Now. Isso significa que programas escritos baseados no DirectX (jogos 3D, por exemplo) ficarão mais rápidos em processadores com a tecnologia 3D Now caso você tenha o DirectX 6.0 instalado em sua máquina (caso contrário o programa não se beneficiará da tecnologia 3D Now). O DirectX "traduz" as instruções do programa para instruções baseadas na tecnologia 3D Now. A AMD também já avisou que será lançada uma nova versão do OpenGL (outra interface de programação multimídia muito usada) com suporte total a essa nova tecnologia.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!