Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

World Taekwondo Hanmadang 2008

       
 1.896 Visualizações   0 comentários

Como muitos de vocês já sabem, eu treino Taekwondo desde 1992, sendo faixa-preta 2º dan. Neste fim-de-semana passado eu participei do World Taekwondo Hanmadang 2008, em Anaheim, CA. Eu e o meu novo mestre, Edmilson da Silva Filho, éramos os únicos brasileiros presentes no evento.

World Taekwondo Hanmadang 2008
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Como muitos de vocês já sabem, eu treino Taekwondo desde 1992, sendo faixa-preta 2º dan. Neste fim-de-semana passado eu participei do World Taekwondo Hanmadang 2008, em Anaheim, CA. Eu e o meu novo mestre, Edmilson da Silva Filho, éramos os únicos brasileiros presentes no evento.

O Hanmadang é uma competição diferente, focando no aspect “arte marcial” do Taekwondo (mudô, em coreano) como formas (poom-sae) e quebramento (kiok-pa), que são os aspectos do Taekwondo que eu mais gosto.

Eu estava bastante empolgado em participar, pois esta seria a minha primeira competição internacional.

Eu fiquei muito desapontado com a organização (e depois tem gente que reclama da organização dos campeonatos brasileiros!). No primeiro dia ninguém sabia quando eu iria competir (qual dia). Meu nome estava na divisão errada para o quebramento com soco e meu nome não estava na lista para as finais desta categoria, mesmo eu tendo sido um dos finalistas. Depois de ficar em 3º lugar meu nome não estava na lista para a entrega das medalhas! Para a competição de poom-sae eu tive de esperar das 13:00 H até as 21:30 H. Inacreditável. Basicamente eles decidiram colocar crianças e adultos para competirem no mesmo dia, portanto tivemos de esperar até que todas as crianças tivessem terminado. Eles poderiam simplesmente ter colocado as crianças em um dia diferente. Do lado bom, a localização do evento foi perfeita (esta foi a primeira vez que o Hanmadang foi realizado fora da Coréia do Sul) e muitos puderam coordenar umas férias na Disneylândia com a participação no evento (dá para ir andando tranquilamente do centro de convenções de Anaheim até o portão principal da Disneylândia).

Eu sempre tento ver o lado positivo de tudo. Eu decidi ver este torneio como sendo uma experiência para o próximo torneio, pois eu sei que posso fazer bem melhor (veja abaixo), e também como um treinamento para o meu exame para 3º dan, que deve ocorrer no final de 2009.

Abaixo eu descrevo a minha experiência em todas as categorias que eu participei, todas na divisão sênior (31-40 anos) (ver vídeos ao final desta entrada):

  • Quebramento com mão aberta: Eu não tinha a menor ideia do material que seria usado. No site oficial dizia que o material seria granite, mas eu não sabia exatamente que tipo de granito eles iriam usar. É claro que eles escolheram o granito mais duro possível, o mesmo usado em pias de cozinha, com 2,5 cm de espessura. Eu não consegui quebrar nem mesmo uma pedra. Agora que eu sei exatamente qual material é usado eu vou treinar adequadamente para o próximo ano ou então vou desistir dessa categoria. A pessoa que quebrou mais pedras foi um mestre coreano, que desceu a mão em 10 pedras (imagina quebrar 10 bancadas de cozinha empilhadas). Impressionante. Todos os competidores se levantaram e para uma demorada ovação.
  • Quebramento com soco: Nas preliminaries eu fui capaz de quebrar quarto de sete telhas plásticas, o que me garantiu uma vaga nas finais. Nas finais eu quebrei oito de dez telhas “de verdade”. Eu fiquei em terceiro lugar (medalha de bronze) com este resultado. O primeiro lugar foi capaz de quebrar 10 telhas e o segundo, nove. Você pode ver abaixo os vídeo tanto das preliminares quanto da final. Eu sei que eu consigo quebrar 10 telhas, eu sei qual foi o meu erro e o que devo fazer para corrigi-lo para a próxima vez (vendo o vídeo das preliminares eu pude ver claramente que o meu pé esquerdo estava mal posicionado, o que vez com que a minha mão escorregasse quando ela atingiu as telhas; eu corrigi isso nas finais).
  • Quebramento com pé: Nas preliminaries eu fui capaz de quebrar quatro tábuas de plástico, o que me qualificou para as finais. Tábuas plásticas são mais difíceis de se quebrar do que tábuas de madeira. Isso tanto é verdade que 2/3 dos competidores não conseguiu quebras as tábuas nas preliminares. Nas finais eu cometi o erro de colocar tábuas de mais (10), não conseguindo quebrar nenhuma. O primeiro lugar quebrou nove tábuas de madeira. Eu acho que eu posso melhorar bastante aqui. Eu estava com excesso de confiança por ter quebrado as tábuas plásticas nas preliminares e este foi o meu maior erro. No vídeo abaixo você vê meu quebramento nas preliminares.
  • Poom-sae: Eu executei a forma Keumgang, que é a forma para faixas-preta 2º dan. Meu maior erro foi balançar demais no meu último hakdari sagui (base da garça); mesmo que você seja um leigo pode claramente ver que eu fiquei balançando à beça em uma das últimas bases da forma. Outra coisa que possivelmente me custou alguns pontos foi eu ter feito um sinal com a mão em vez de ter respondido “yes, sir!” quando o juiz me perguntou se era o meu nome que estava na tela (você pode ver isso claramente no início do vídeo abaixo). Eu tirei 82,00, ficando em 4º lugar. Assistindo ao video eu encontrei vários outros erros menores; eu poderia ter feito melhor. Eu vou treinar mais para o meu próximo torneio de poom-sae.

 

Editado por Gabriel Torres

Compartilhar



  Denunciar Post no Blog
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!