Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

placa-mãe não permite o linux reconher o modem


jamesnasa

Posts recomendados

Utilizo uma placa mãe ASUS PV133 para processador PENTIUM III, e já troquei de modem duas vezes, o que estou utilizando agora é um modem da INTEL 537EP ao qual o KURUMIM 5 mostra que tem habilitação para este modem, mas para meu triste espanto quando tento disca pelo KPP mostra a seguinte resposta: é impossível conectar com o modem.

Um amigo me disse que este modelo de placa mãe não permite que o LINUX reconheça o modem, pois roda com 133Mhz e que para reconhecer o modem deve-se utilizar uma placa mãe com 166Mhz ou acima.

Esta informação é verdadeira ou o que esta acontecendo para que o LINUX não reconheça os modens que já tentei instalar , pois também já utilizei várias versões de diferentes LINUX e a resposta foi à mesma.

Alguém pode me ajudar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

De boa manu, o problema não é o modem, o problema é você, já configurei esse modem em várias distros e é relax, baixa o source do site da intel, compila na mão e pronto... Apenas algumas distros precisa de uns ajustes em alguns arquivos antes de compilar mais sempre funciona de boa

...e sobre seu amigo falar que a placa mãe não permite que reconheça o modem, fala quem fabrica a pinga que seu amigo tomou porque quero processar o fabricante, deve estar causando dano a mente das pessoas... :naonao:

Seu Kuruma tá instalado no HD ou é um Live-CD ?

T+

:joia:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

 

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi – 2ª Edição

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!