Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Eduardo Junior

Membros Plenos
  • Total de itens

    1.677
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre Eduardo Junior

  • Data de Nascimento 04-03-1988 (30 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Curitiba, PR
  1. Já usei, mas acho que não dá para fazer acoplamento com os indutores. E os capacitores sempre são de alto valor (alguns uF), que não existem (só eletrolíticos, que não servem para corrente alternada). Daí tem que fazer os ajustes! hahah
  2. Pois é... acho que já está montado nesse modo Z http://www.ce-mag.com/archive/02/11/likely.html http://www.murata.com/emc/knowhow/pdfs/te04ea-1/26to28e.pdf Dobra a indutância em cada indutor. Como são dois por núcleo, quadruplica. Já havia simulado as topologias em um circuito à parte, no Proteus. Realmente dobra a indutância em acoplamento perfeito (MUTUAL_A=-1) e zera em MUTUAL_A=+1, considerando só a corrente diferencial (fase-carga-neutro) Sim, meu objetivo é aprimorar o projeto, fazendo um filtro bem "certinho". heh Estou considerando uma carga de 25.4 ohms, que drena 5 A em 127 V, dando 635 W de potência.
  3. -2 dB = 10 log (G) G = 0,631 A tensão se reduz a 63,1% do total. É bastante!
  4. Acontece que essa simulação do filtro Butterworth não considera o acoplamento dos indutores, funciona como indutores independentes. Se ligar todos indutores no "modo comum", nesse circuito, os indutores viram um curto (fluxo magnético nulo; indutância nula): No "modo diferencial", o fluxo magnético dobra, dobrando a indutância: Misturando os dois tipos:
  5. Fiz a resposta em frequência do filtro de ruído de modo comum. O filtro dá um ganho de 15 dB em 39.5 kHz. Ou seja, se vier um ruído dessa frequência, ele será amplificado em até 30 vezes, aproximademente! Agora estou com mais dúvidas ainda quanto ao circuito...
  6. Obrigado faller e chico! Fiz umas simulações de ruído de modo comum e modo diferencial. Para ruído de modo comum, adicionei uma fonte de ruídos (sinal senoidal de alta frequência, na verdade) ao neutro. Desta forma o ruído também estará presente na fase. Para ruído de modo diferencial, adicionei ruído em série com o sinal da fase (127 V + ruído) Ficou assim: Analisando o filtro de ruído em modo comum, percebe-se uma atenuação do ruído. Eu achei que a atenuação foi fraca... Com indutores de maior indutância fica melhor. Já o filtro de ruído diferencial atenuou bastante o ruído: Agora uma coisa que fiquei em dúvida: a ordem de montagem dos indutores (comum e diferencial) influencia o funcionamento do filtro?? Veja a resposta em frequência abaixo: O gráfico de cima é com o indutor em modo diferencial ligado por primeiro e o gráfico de baixo é com o indutor em modo comum por primeiro. Bom... será que simulei de forma correta?
  7. Como poderia simular o filtro de ruídos por software (com bobinas em modo comum e diferencial)? Simulei aquele filtro Butterworth do 1º post no Proteus e deu igual aqui... Mas se utilizar uma bobina no modo diferencial e outra em modo comum, o filtro continua sendo de 5ª ordem? Ah, como posso calcular as capacitâncias, tendo um valor fixo de indutância? Grato.
  8. Os moderadores estão autorizados a fazer qualquer modificação neste tópico (apagar, atualizar, juntar com outro tópico). Até mais!
  9. Gostei da ideia!! Pode deixar o atual como default, mas outros skins para escolha ficariam legais!
  10. A pasta térmica existe exatamente para obter um contato melhor, uma fina camada é suficiente. Se o cooler for adequado para o processador, não haverá problemas com a pressão exercida.
  11. Que está acontecendo, cada reload da página o record de usuários online aumenta!! 449 online! Se não for um erro, parabéns!!
  12. Turbo 300 - Brasil Telecom Largura de banda útil: 257.60kbps Pode realizar downloads a 32.2 KB/sec.
  13. Não me lembro como conheci o CDH. Ficava lendos os causos hehehe. Entrei no fórum no início desse último DB. Enjoei de hardware, só dou umas olhadas de vez em quando aqui. Mas estou 100 % ativo num Bar por aí... HIC...
  14. Antigamente: Athlon XP - alto desempenho Duron - baixo custo Atualmente: Athlon 64 - alto desempenho Sempron - baixo custo

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×