Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

faller

Membros VIP
  • Total de itens

    20.066
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

9.484

Sobre faller

  • Data de Nascimento 31-01-1954 (64 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Porto Alegre
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Ocupação
    Engenheiro
  • Interesses
    Fontes, Eletrônica em geral
  1. Meu amigo... Naquele conector tem 4 fios apenas, dois pretos que são terra, e dois amarelos que são +12 Volts. Consiga, retirado de outra fonte qualquer estragada, do lixo, do refugo (claro, com o conector esse em questão em bom estado) corte um pedaço do rabicho com o conector na ponta. Coisa de 10 cm.. Agora descasque cerca de 1,5 cm cada fio e faça o mesmo com esse da sua fonte. Interligue fio a fio a ponta retirada da fonte do lixo e interligue com o fio correspondente na sua fonte.. Pretos com pretos e amarelos com amarelos. Se duvidar meu cachorro saberia fazer isso dai. Pena que ele anda muito ocupado ultimamente..
  2. Postado e afixado desde 2009 aqui nesse mesmo fórum Leia se interessar:
  3. Isso dai rompeu devido ao excesso de calor no contato do mesmo. Geralmente isso dai acontece quando os conectores envolvidos são de má qualidade. Ai, devido a mau contato eles aquecem, que por sua vez piora o contato que mais se aquece e piora tudo.. Geralmente compromete ambos os conectores, macho e fêmea, mas sim pode ser trocado, perdendo-se apenas cerca de dois centímetros do cabo, para poder colocar novo conector. No cabo também se pode pegar um conector retirado de uma fonte já do lixo e emendar nesses quatro fios dai. Na placa-mãe é que a porca torce o rabo. O ideal é trocar o conector por um novo e de qualidade..
  4. É isso sim.. Quando tem energia ele se comporta como um maldito estabilizador, atrapalhando sua fonte em cada tlec (ruído típico da comutação desnecessária de relés internamente) e, na ausência da energia elétrica ele passa a gerar energia no formato de onda retangular, prejudicial mais uma vez a sua fonte.. Isso dai nem é no-break e sim short-break de onda retangular... Deveria ser usado somente para alimentar lâmpadas num camping.. O zumbido chato do Clamper se dá por ele estar filtrando adequadamente a energia. Fontes e filtros de linha baratos não fazem esse zumbido pois são incapazes de filtrar adequadamente..
  5. Essa fonte entrega cerca de 335 Watts como deixa claro seu fabricante, é só ler na etiqueta dela (escrito em letras miúdas).. Não é uma fonte moderna mas deve sim aguentar sem problemas essa sua config que não pede mais de 251 Watts no pico do pico. Confira: https://outervision.com/b/D9HXaX
  6. Segundo suas considerações depreendo que não tens problema nenhum ai.. Para mim está bom ou melhor, ótimo. Nem sei porque fiz todo aquele relato... Devo estar ficando velho e carente. Com certeza isso.. Mil desculpas, de minha parte. Estando bom para todos, fui..
  7. Ou use algum arranjo tipo esse daqui: Só que com resistor R3 = 680 ohms A tensão V1 pode ser por exemplo 12 Volts, se R1 baixar para 10k.
  8. Veja ai, 279 Watts de demanda de pico.. https://outervision.com/b/2dzAO5 Tenha certeza de que sua especificação de config está correta. Use essa calculadora e terás uma ótima aproximação da demanda dessa config, mas coloque lá tudo que necessita ser alimentado. Você esqueceu por exemplo, da especificação da memória.... Ou a memória de seu PC é alimentada a vento??? adotando esse tipo de fonte E pare de pensar nessas fontes prá lá de porcaria.. Botas em risco toda sua config adotando esse tipo de fonte.. Caia na realidade.. Uma fonte como a CX450 seria uma ótima escolha para você. Por longos anos ela lhe acompanharia inclusive em novas configs/upgrades
  9. O cidadão quer ajuda mas não se ajuda ele mesmo. Inúmeras vezes lhe disseram para ligar seu PC sem o maldito no-break e o que ele fez???? Continua a dizer eternamente que ele tem um problema.. Ora, lhe adianto que sua ajuda deverá vir na direta proporção de quanto ele quer ser ajudado e colaborar com o avanço do tópico e busca da solução de seu problema... Colabore caro Helio Vieira. Antes de fazer qualquer coisa ai verifique se a tensão de sua tomada é a mesma que está setada para operar sua fonte... Se é a mesma ligue seu PC direto nessa tomada..
  10. Procure através do Tio Google usando a string de busca "resistências aletadas" Descubra fornecedores, descubra distribuidores, descubra revendedores.. Isso dai e um comprimido de sevirol, de 8 em 8 horas lhe darão excelente noção de "vire-se". Saber pesquisar com acesso ao Google e dezenas de outros elementos de busca é fácil.. O difícil mesmo era na nossa época de adolescência, sem internet, em que a gente tinha de buscar tudo em revistas e livros..
  11. Podes usar baterias desses resistores com aparecem ai na foto, do tamanho que desejares e com a potência que quiseres.. A eficiência e a velocidade de transferência de calor com um sistema assim é múltiplas vezes maior que em um sistema resistor - montagem - pedra. O próprio resistor tem um péssimo coeficiente de transferência de energia térmica com seu invólucro, seguido de mais um acoplamento térmico resistor - pedra que deixa a desejar.. Isso dai mais um ventilador, insuflando ar pela janela, através das aletas, e um termostato, é o melhor modo de aquecer rápido e de modo seguro um ambiente seja o mesmo do tamanho que for..
  12. O transformador pode até ser de 220 para 220 ou qualquer outra tensão, mas tem de ser transformador (um enrolamento para o primário e outro, isolado deste, para o secundário) e nunca autotransformador cujo primário e secundário são parte do mesmo enrolamento. Veja a diferença.. Usando transformador não vais correr o risco de levar choque contra o aterramento ou parede ou piso, tocando-se em um só fio... Quanto a eficácia do aquecimento... A mesma vai depender de que ambiente queres aquecer, líquido, sólido ou meio ambiente.... Uma boa solução para aquecer o meio ambiente passa por um elemento aquecedor aletado.. Algo assim se desejares fazer por resistências.. Melhor ainda se insuflares ar pelas resistências aquecidas.. Procure no comércio por resistências aletadas... São eletricamente isoladas e prontas para ligar..
  13. Caro colega misterjohn Usando daquele seu exemplo de circuito bem simples, com a rede, com um interruptor e com o elemento a ligar, a luminária. Para simplificar o entendimento do problema imagine um resistor de alto valor ligando o fio de retorno a um potencial de energia... Não seria o suficiente para ligar uma lâmpada incandescente em função da limitação de corrente provocada pelo resistor de alto valor, correto??? Imagine agora uma instalação dessas típicas com led. O led necessita de corrente contínua para seu correto funcionamento. Isso, nesses casos, é conseguido por uma fonte chaveada, e opera do seguinte modo. A tensão alternada aplicada na entrada é retificada por uma ponte de diodos e em seguida é acumulada justo naquele capacitor eletrolítico que tem de ter uma capacidade de poder trabalhar com tensões da ordem de 360 Volts pois redes como a sua, de 220 Volts, depois de retificadas tem picos de tensão cerca de 1,44 vezes maior que a tensão de pico da rede elétrica. por sua vez é bem possível que a rede elétrica comercial de 220 Volts possa ter picos da ordem de 15% a maior que essa tensão nominal.. 220Volts x 1,15 x 1,44 = 358 Volts (por isso sua isolação tem de ser daqueles 400 Volts). Por sua vez essa fonte chaveada nem chega a oscilar com tensão contínua baixa. Não oscilando não haverá consumo da energia acumulada no capacitor. Um capacitor com energia sendo aplicada ao mesmo e sem nenhum circuito que o descarregue vai aumentando sua tensão armazenada sendo limitada essa subida de tensão justo pelo resistor que sugeri colocares no circuito, só para entendimento do mesmo e do efeito.. Acontece que essa tensão crescente no capacitor vai chegar um momento em que essa tensão vai atingir um valor tal que o circuito vai poder oscilar e nesse momento vai gerar tensão no secundário dessa fonte, ligando o led. Justo ao ligar esse led esse capacitor vai descarregar a energia armazenada no mesmo mantendo por breve instante esse led aceso. Esse é o flash que vês ai.. Porque o led não se mantém aceso???? Justo por causa do resistor limitador de corrente que sugeri colocar lá no fio de retorno. Como a energia está sendo suprida a fonte através dele ele limita a corrente e o capacitor logo se descarrega todo e a oscilação (e funcionamento da fonte) cessa... Note que a cadência (frequência da piscada) vai depender de inúmeros fatores. - Da tensão da rede elétrica (se baixa vai piscar mais lentamente que se alta) A rede de 220 volts pode estar com 200 ou com 240 Volts, dependendo da hora do dia, do quão distante sua casa está do transformador etc. - Do valor dessa resistência que inserimos para entendimento.... E afinal, que resistência é essa??? Essa resistência ou paralelo de diferentes resistores representa ai a fuga da fiação em fios velhos e muitas vezes rachados ou trincados em sua isolação, quer em função da umidade, quer em função da indução entre fios pela proximidade ao longo da tubulação. Associe-se a isso a fuga por sujeira acumulada ao natural pelo tempo, pela maresia em regiões litorâneas.. Retire agora esse resistor e tudo vai ficar bem. Retirar esse resistor significa recuperar todos esses problemas de instalação antiga de que acabei de falar.. Note que em dias mais úmidos, em horários noturnos (rede com tensão maior) a frequência das piscadas deve tender a aumentar. Esse mesmíssimo efeito se percebe também em lâmpadas econômicas justo em função das mesmas também usarem o mesmíssimo tipo de entrada ou ligação com a rede elétrica (diodos retificadores e capacitor de armazenamento). Nota-se também uma maior incidência desse efeito em circuitos com chave de duas vias (chave hotel) por ter uma fiação mais longa, de maior chance de indução entre fios.. Soluções paliativas passam por interruptores duplos (ajuda mas pode não resolver), inversão de fio na ligação (trocar de fase), colocação de um resistor de alto valor junto da luminária, sempre ligado, mas isso agrega consumo. Mas o melhor mesmo é a correção do problema junto a instalação. Uma dica que pode ser útil.. Desligue tudo ai de sua casa, em suas chaves e tomadas e tente visualizar em seu contador se ele move aquela roda ou se ele acumula qualquer contagem, o que não pode, pois se fizer é fuga e o que é pior, você paga. Não vale desligar os disjuntores, que deverão estar todos ligados.. Mil desculpas pela extensão do texto. è que não dá de explicar isso dai em três linhas. Relate algum resultado que a matéria interessa a muitos..
  14. Lembre-se da fórmula envolvida no cálculo da potência dissipada: Pot = V^2 / R Pot = VxV/R Pot2k2 = 220 x 220 / 2.200 = 48.400 / 2.200 = 22 Watts ==> Como seu resistor é projetado para dissipar 10 Watts ele "ferve" e é destruído com 22 Watts sendo dissipados. Ou adotas um resistor com capacidade maior, 30 Watts por exemplo, ou voltas ao resistor de 4.700 Ohms pois Pot4k7 = 220 x 220 / 4.700 = 48.400 / 4.700 = 10,29 Watts (no limite para esse resistor). Cuidado ao trabalhar com esse aquecedor direto nos 220 Volts da rede elétrica. Basta tocares em um dos fios (se for o fase), para levar um choque que pode ser até fatal, contra os pés descalços ou com sapatos de couro, em piso frio..

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×