Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Digão AMD

Membros Plenos
  • Total de itens

    834
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

3

1 Seguidor

Sobre Digão AMD

  • Data de Nascimento 13/02/1982 (37 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Manaus

Outros

  • Ocupação
    Técnico Eletrônica Analógica, Digital e Informática
  • Interesses
    Hospedagem WEB? RSNETHosting.com
  1. Para testes deste tipo, pode-se utilizar um fusível comum de 0,9A ou 1A como medida de "precaução" para salvar ou no mínimo não colocar em risco a vida do regulador, que neste caso só pode fornecer via especificação do datasheet o máximo de 1A, dessa forma, se a carga exigir mais do que o regulador pode fornecer dentro da faixa aceitável do mesmo, ele irá "forçar" tentando fornecer à carga a corrente de que ela precisa, nesse caso se ele começar a querer fornecer ou ir além dos 0,9~1A, o fusível vai se abrir e você mesmo que não saiba exatamente a corrente da carga (por falta de especificação, etc) no mínimo terá a certeza de que a carga estará exigindo uma corrente superior ao que o regulador pode fornecer e isso em regime máximo, que seriam os 1A! P.S.: O fusível seria ligado na linha dos 12VCC anteriormente ao regulador, isto é, na linha dos 12VCC já retificada, o que significa ligar o fusível "depois" do transformador. Bom Trabalho aí. R.Costa.
  2. Amigo Lokasso, Obrigado pela sua mais esclarecedora resposta. Agora, sinceramente, eu também gostaria de saber de onde vem a formula que você utilizou para calcular a Potência...por exemplo, os 1,73?! Quanto ao fator de potência, tudo bem, consigo entender...mas até aproveito pra perguntar a você: Caso a carga nao seja resistiva esse fator de potência irá ser inferior a 1 ou não? Realmente, como nosso caro amigo BCPetronzio, eu gostaria de aprender sobre...se lhe for possível, muito obrigado mais uma vez. P.S.: Esse valor de 1,73 é uma constante? Aplica-se apenas a redes trifásicas? Monofásicas? Bifásicas? Abração, R.Costa.
  3. Se estiver correto para este tipo de aplicação que você deseja, o cálculo de POTÊNCIA seria: P=ExI P=220V x 78A P= 17.160Watts R.Costa.
  4. Será que ao usar a agulha ou a ponta do ferro de solda para "aumentar" os buraquinhos não acabou também "destruindo"/removendo os anéis metalizados?! Se isso aconteceu, não vai pegar solda mesmo. A solucão será utilizar as próprias pernas dos capacitores e soldá-las diretamente nas trilhas que vão a esses buraquinhos. Boa Sorte. R.Costa.
  5. Jé comprei inúmeras vezes com eles. Bom atendimento, boas formas de pagamento e agilidade na entrega também. Acredito que você possa confiar. R.Costa.
  6. É meu amigo Domenor, Se compreendo eu não sei, mas que eu tento, eu tento...rs Eu acho que o CI mesmo de "frequencia diferente" funcionou porque dentro dele deve ter um circuito de controle onde esta parte do circuito "analiza e avisa" ao oscilador (dentro do mesmo CI) o quanto deve oscilar para demandar as tensoes pré-definidas de funcionamento (12V, 9V, 5V, etc) pela corrente "X"! Então "será" que por ser um CI diferente esse aí que você disse ter usado e funcionado (especial para outra faixa de oscilação/frequência) e imaginando este sendo específico para trabalhar numa frequencia "mais baixa" daquela pré-determinada para o funcionamento desta fonte aí que você não tem o CI original, será que o CI não está trabalhando "demasiadamente" para "tentar" suprir (e até está conseguindo pelo que você diz) a oscilação do CI original e assim manter a fonte em funcionamento? Com ela funcionando já experimentou "colocar a ponta do dedo" sobre o CI para "sentir" a temperatura dele? (imagina esse CI trabalhando que nem um condenado para manter a coisa funcionando, será que ele mesmo não poderia gerar esse ZUMBIDO que você diz?), já experimentou fazer o mesmo teste colocando "a ponta do dedo" no transistor chaveador? (será que ele não está "fritando"?) será que ele mesmo por chavear demasiadamente (no caso do CI oscilador estar mandando um sinal PWM muito superior ao CI original da fonte) não poderia estar gerando esse ZUMBIDO? Será que não poderia ser o trafo - chopper possuidor de fugas internamente nos seus enrolamentos? Sabemos que no circuito, basicamente encontramos o CI Oscilador da fonte, o circuito de Controle (que "manda" oscilar mais ou menos dependendo do retorno "de informação" que ele tem vindo da saída da fonte para manter uma tensão constante e suprindo com a corrente necessária demandada pela carga) assim como o "trabalhador" final disso tudo no primário da fonte que seria o Transistor Chaveador...então, acho que as buscas pelo ZUMBIDO devem começar por aí... Lembrando que tudo isso é apenas dedução de minha parte... Espero que ajude. Grande Abraço, R.Costa.
  7. Amigo Domenor, se você diz que o "zumbido" vem do secundário da fonte e diz também que os capacitores eletrolíticos estão bons...(tem certeza absoluta? Já mediu a capacitância e a ESR de todos eles (eletrolíticos)?)...enfim, dê uma analisada nos Diodos Schotky na saída, bobinas verticais que geralmente utilizam núcleo de ferrite, e até mesmo os resistores de carga da saída (que por poderem estar alterados, pode acreditar que fariam a fonte trabalhar mais, ou seja, oscilador, chaveador, trafo (Choper), diodos schotky..... É apenas uma dica sem garantias de solução! Mas se resolver e avisar aqui, eu agradeço muito! Boa Sorte! R.Costa.
  8. Caro bacon_gustavo, A existência da tensão na pilha medida com o multímetro não significa obrigatoriamente que ela tem/terá condição de fornecer a corrente necessária quando colocada para alimentar determinado aparelho. Isso porque a demanda de corrente automaticamente "joga" a tensão pra algo muito inferior aos "1,5VCC" medidos pelo multímetro com a "pilha solta". R.Costa.
  9. Q m*** hein meu caro cpexpert! Mas não desanima não! Por todos nós! rs Um abraço e bom final de semana. R.Costa.
  10. Putz! Até amanhã!? Tu é o cara...hehe...vou esperar! Abração, R.Costa.
  11. Hehehe...caro cpexpert, O dono eu não sei não...mas quanto a nós aqui, com certeza ficaríamos contentes! Abração. R.Costa.
  12. É meu caro, realmente parece que esse CI é algo complicado de se achar por aqui. Verifiquei em algumas lojas como Solda Fria e Milcomp e não tem nem sinal dele. Mas na milcom.com.br existem outros modelos de STA - como o STA475 (agora o negócio é você verificar se algum dos que as milcomp.com.br tem é equivalente a este seu. Com certeza fora do Brazil irá encontrar, mas aí o problema é o preço, frete, etc...né... Se eu encontrar eu aviso aqui. Abração, R.Costa.
  13. Fala lazzari, Realmente você está certo. Não encontrei também digitando essas keywords...enfim, mas está em algum tópico por aí... Abração, R.Costa.
  14. Caro rmlazzari, Esse programinha é muito útil sim! Se não me engano, o nosso amigo soschip foi quem também deu a dica desse mesmo programa em alguns posts atrás. Muito bom mesmo. Abração, R.Costa.
  15. Já verificou na: www.farnell.com.br R.Costa.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!