Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

ShadowBrujah

Membros Juniores
  • Total de itens

    8
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

5

Sobre ShadowBrujah

  • Data de Nascimento 10/04/1983 (37 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Osasco, SP
  • Sexo
    Masculino

Outros

  • Ocupação
    Analista Programador
  1. Quando eu tinha 14 anos de idade, eu consertava computadores. Hoje em dia eu sou analista de sistemas... Acho que esse trabalho de "consertar computadores" é o trabalho "de entrada" no mercado de TI... Não conheço ninguém que fez carreira consertando computadores... as pessoas geralmente se especializam em outras áreas mais rentáveis, como desenvolvimento de sistemas, modelagem 3D, edição de vídeos, Webdesign, e por ai vai. Até mesmo porque, hoje em dia, se o computador quebra, você compra um novo, e não conserta o antigo. Configurar rede Wifi... cara, isso ai qualquer um faz... O sujeito não precisa nem do "sobrinho" para isso, basta ele se dispor a ler o papel que vem junto com o roteador. Mas se mesmo assim ele não tiver paciência, o sobrinho vai e resolve. Porque é que o cara vai pagar milhares de reais por uma tarefa que uma criança de 12 anos pode fazer?
  2. Eu vi sim... Então vamos pensar um pouco: Você é o dono do Facebook. Você mantém uma infra que custa alguns milhões de dólares por mês, você paga funcionários, impostos e tem que lidar com investidores anciosos por lucros. Seus usuários raramente clicam nas propagandas da sidebar (o modelo de banner já não funciona mais a um bom tempo). Para piorar, muitos dos seus usuários tem Adblockers, então os anúncios da sidebar nem mesmo aparecem. Como é que você vai fazer o Facebook dar dinheiro? O dinheiro tem que sair de algum lugar, certo? Então vamos pensar... O que é que as pessoas procuram no Facebook? Elas procuram se informar, certo? Compartilhar suas notícias e ler as notícias compartilhadas por seus amigos e as empresas que acompanha. Para mim está muito claro que "esta" é a forma de monetizar o Facebook... é tornando a atividade mais importante dele algo que possa fazer dinheiro. Imagine se o Facebook não cobrasse pelo "Boost" do post... Entregasse sua postagem de graça para todos os usuários... De onde é que o Facebook tiraria o dinheiro que precisa? Capitalismo é isso... você transforma aquilo que as pessoas mais precisam em lucro. Eu não vejo nada errado no Facebook adotar essa medida. O Twitter está até hoje sem dar lucro justamente porque não encontrou uma forma rentável de monetizar o serviço. Os usuário não pagariam por Tweets. As empresas não pagariam por Tweets. Os usuários jamais aceitariam um algorítimo que filtre os twitts das pessoas que eles seguem... Então é uma sinuca de bico. O modelo do Youtube é completamente diferente do Facebook... O Youtube quer manter o usuário assistindo vídeos, então quanto mais vídeos ele ver, melhor, diferente do Facebook, que mostra para o usuário apenas o que ele acha que é interessante. Depois de ler o artigo do Gabriel e ver o vídeo, e ter pensado um pouco mais sobre o assunto, eu admito que também passei a achar o modelo de negócios do Facebook mais "perverso". No entanto, eu respeito e acho que ele tem o direito de fazer o que quiser... cabe ao mercado decidir se vai continuar usando ou não... Alternativas temos... E eu acho que o Youtube é realmente a mais promissora.
  3. É... se você criar uma ferramenta que prenda a atenção do usuário 24h por dia você com certeza vai achar legal, e seus concorrentes, não. No fim das contas, é o usuário quem manda... Ele vai gastar o tempo dele onde ele quiser, e quem criar a melhor ferramenta, ou o melhor conteúdo, vai ter vantagem. Eu tenho um blog e vi os acessos cairem muito depois que o Facebook passou a ser o "site padrão" das pessoas... Em compensação, trabalho em outro blog que só existe graças ao tráfego que o Facebook envia para ele através de uma página criada lá... A página existe a mais tempo do que o Blog, e o Facebook é quem me dá os Pageviews de lá e que faz a divulgação da lojinha anexa ao bog. Nunca gastei 1 real com publicidade do Facebook.
  4. Eu acho que nós temos que pensar da seguinte forma: O Facebook criou uma ferramenta incrível, onde podemos ter amigos e "Curtir" páginas de empresas e entidades que queremos. Ele não cobra nada do usuário e vive basicamente de publicidade. Sendo uma empresa privada, não cabe a nós dizer o que o Facebook tem ou não tem que fazer... Nossa opção enquanto consumidores é "usar ou não" os serviços dele. O que temos que pensar é o seguinte: O Facebook envia tráfego para o seu site, logo, ele está te ajudando. Se não fosse o Facebook, provavelmente eu não acompanharia nem 10% dos sites que acompanho hoje. O usuário final é sempre o foco, e o Facebook ajuda o usuário final a ter acesso a mais conteúdo... principalmente o conteúdo que é mais interessante ao usuário (tem um algoritmo que determina isso). O usuário que é "realmente fã" de uma determinada página, inclui ela na lista de notificações, e ai não perde nada publicado nela. Então dos 5 milhões de "curtidas" que uma página tem, apenas alguns são realmente interessados nisso... Imagine se todos os 5 milhões de curtidores do Luciano Hulk fossem realmente ver todos os posts que ele coloca na sua página? Tem gente que curte e nunca mais volta pra saber do cara. Não faz sentido pensar que o Facebook está "roubando" os seus acessos... pois no fim das contas, se não fosse o Facebook a maioria desse povo simplesmente não entraria no site com a mesma frequência. A melhor estratégia hoje é conviver com o Facebook e aprender a lidar com essa nova forma de divulgação. Não enxergar nele um concorrente, mas sim alguém que "te ajuda de vez em quando". Não dá para contar com ele, mas quando a ajuda vem, é ótimo. Sobre os programas de monetização, estes sim estão beeeeeem fracos no Brasil. Adsense já não é bom a muito tempo... Com o fim do Mercado Sócios, ficou bem difícil querer ganhar dinheiro apenas com publicidade. É preciso criar novas formas de monetizar o conteúdo... Seja cobrando do usuário final, seja criando algum produto "premium", ou vendendo camisetas, bonés e etc...
  5. Bom, só para constar, comprei a Seventeam ST-380 PAS e estou muito contente. O computador ligou sem problemas e está lá, rodando até agora (não desliguei ainda desde que liguei). O mais legal da fonte mesmo, de imediato, é que ela não tem o seletor 110/220V... é automático. Não que isso seja uma graaande vantagem, mas é legal saber que ela agüenta variações de energia sem queimar e sem danificar o PC. Até mais!
  6. Amigo, obrigado pela resposta! Agora tenho certeza que vou comprar a fonte certa para mim. Eu encontrei uma loja na Sta Ifigênia que vende por R$ 180,00. Sai mais barato eu ir lá pessoalmente e retirar do que pagar 176+frete. Quanto a ser fácil de encontrar... Não sei o que é difícil então... Liguei em 10 lojas lá e ninguém nunca ouviu falar da fonte... A única que tinha era 190,00 e só por encomenda. Liguei na Wynds (distribuidor Seventeam no Brasil) e eles me passaram mais uma relação de telefones, mas levei um tempão para encontrar essa fonte a pronta entrega. Bom, achei! Agora já estou mais tranqüilo. Valeu!
  7. DuoLEd, eu não conhecia esta fonte. Parece ter especificações bem semelhantes a da Seventeam, porém, um pouco inferiores (11 e 15A no 12V1 e 12V2 respectivamente), além do preço mais salgado. Essa fonte é melhor que a Seventeam em algum aspecto? Poderia dar mais detalhes?
  8. Pessoal, bom dia. Esta é minha primeira mensagem aqui no Clube do Hardware. Eu tenho um PC e a fonte queimou. Era uma fonte genérica de 500W da Wisecase (acho que tem 180W real). Meu PC é um Core 2 Duo 2.6Ghz numa Asus P5KSM-VM (acho que é esse o nome da placa mãe Som, Video, e Lan onboard), com uma GF-8600 GS, 1 DVD-RW e um Card Reader 8 em 1. A fonte da Seventeam ST-380 PAS é de 380W reais, tem 18A nas saídas 12V1 e 12V2, e tem PFC Ativo. Acredito que ela atende ao meu PC bem (afinal, a outra fonte tinha 7A e só uma saída de 12V e o PC estava funcionando normal). E ai? O que vocês acham desta fonte? Alguém tem algum comentário sobre ela? Eu não vou usar estabilizador e gostaria de uma fonte silenciosa para poder deixar o PC ligado durante a noite enquanto eu durmo. Ela custa R$ 190,00. Por este preço, compro uma Seventeam ST-450 P-CG, de 450W reais, mas sem o PFC Ativo. E ai? O que vale mais a pena? Obrigado pessoal!

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!