Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

cjfester

Membros Plenos
  • Total de itens

    23
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    N/D

Reputação

4

Sobre cjfester

  • Data de Nascimento 22-11-1975 (42 anos)

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Brasilia-DF
  • Sexo
    Masculino

Meu PC

  • Processador
    Core i7 8700
  • Cooler
    WC Riotoro Bifrost 240
  • Placa de vídeo
    ZOTAC GTX1070Ti Amp
  • Placa-mãe
    Gigabyte Z370 aorus ultra gaming 2
  • Memória
    32Gb corsair vengeance 3000
  • Gabinete
    Gamemax Infinity M908
  • Fonte
    thermaltake smart pro 750
  • Sistema Operacional
    W10

Meu Smartphone

  • Marca e modelo
    Asus Zenphone 4

Outros

  • Interesses
    Curioso sobre PCs e hardware em geral
  1. LENDA !! Basicamente não existe cabo sata I, sata II e sata III, são todos o mesmo cabo. O que varia é a qualidade dos cabos (tipo, espessura do fio, possíveis emendas/gambiarras nas pontas/conectores, material ruim no isolamento). É SÓ ISSO. O resto é marketing pra vender o mesmo cabo mais caro. https://overbr.com.br/dicas/mito-ou-verdade-cabos-influenciam-na-velocidade-do-ssd
  2. Então @Stefano Ribeiro o que você quer é ligar um spliter de fan nos 3 fans da corsair que comprou numa conexão pwm da placa-mãe? Primeiro problema a ser resolvido é se o conector do fan da corsair é compatível (sim parece absurdo, mas a corsair está com uma política de tornar seus produtos tão exclusivos que é capaz de nem serem mais compatíveis com os padrões ATX e molex - ligue apenas um fan pra ver se funciona normalmente). Resolvido essa parte você pode conectar até 3 fans no mesmo conector sem problemas, eu mesmo faço isso e é seguro - mas não mais que isso porque aí sim você sobrecarregará a placa - mas "normalmente" isso afeta somente a velocidade e desempenho dos fans, mas não custa ter cuidado. Mas lembrando que seu cabo spliter tem somente um plug realmente com 4 pinos (isso se ele for 4 pinos, muitos são somente 3 pinos mas permitem controle de velocidade por software), fazendo com que só a velocidade deste seja medida/sentida pela placa-mãe, e isso faz com que os 3 operem na mesma velocidade através da modulação de sinal que a placa-mãe vai mandar pelo cabo. Mesmo usando o controlador da corsair (hub vendido junto com as ventoinhas) isso se repete. Opção 1 - usar o cabo spliter para conectar os 3 fans: não precisa outra conexão de energia, a energia fornecida no conector da placa é suficiente para tocar os 3 fans com segurança. Apesar do spliter "ser pwm" somente uma ponta tem essa função, em resumo, as 3 fans operarão na mesma velocidade mas no software da placa-mãe aparece somente uma conexão e uma fan (mas você sabe que são 3 naquele conector). Pronto. Opção 2 - Depende de qual controlador da corsair veio nos seus fans. Normalmente eles fornecem apenas um "hub" que no fundo vai funcionar exatamente como o cabo spliter, só o controlador tem ligação direto na fonte e possibilita ligar mais fans. Opção 3 - Se você adquirir o commander pro (aquele caríssimo) ele tem uma conexão USB que possibilita você marcar qual fan está conectada em cada ponto/conexão dele e dizer onde está essa fan pelo software da própria Corsair, o que então possibilitará você controlar individualmente cada fan sem usar o software da placa-mãe. O tal commander pro permite inclusive você conectar o CPU FAN nele - eu mesmo nunca recomendo fazer isso, deixo sempre esse principal conectado na sua conexão padrão da placa-mãe para evitar problemas. Pelo preço desse controlador, ele também controla leds, então seus LL120 ficariam melhor sob controle desse item da própria Corsair. Seus rins e córneas estão legais? kkkk Inclusive no seu caso, não conecte fans "muito importantes" (CPU ou bomba de água) no spliter, pode ser que precise de um controle mais fino/preciso e isso pode ser um problema nesses itens.
  3. Cara já tive esse problema e resolvi no melhor "old school": cortei umas borrachas grossas e "calcei" a placa-mãe nos pontos que mexeria mais e faria mais força. Os calços de borracha funcionam bem para apoiar a placa e não entortar e ainda isolam bem pra não causar curto, podendo ser deidos lá abaixo da placa sem problemas (já vi usarem papelão também kkkk), acrílico, enfim, os mais diversos materiais para "burlar" as limitações.
  4. Cara, tem tutorial no youtube sobre isso ( e só vi agora que você editou e pôs um link). Mas resumidamente, você vai pegar seu plug, e ligar o fio interno dele (positivo) com o amarelo do molex(12V) e o preto, negativo externo ao plug, com o preto ao lado do amarelo do molex. Mercado livre tem inclusive esses conectores já prontos que a galera vende junto com fitas e outros acessórios. Outro jeito é ver se sua placa tem suporte ao rgb, aí não precisa nada disso que a placa fornece a energia e é só plugar o conector de 4 pinos da fita. Acho importante deixar registrado pra que for ler ou cair aqui através de pesquisa. Abraço.
  5. Já deve ter a resposta, mas acho que não custa deixar registrado para quem for ler. Há dois TIPOS básicos de fita led, a "comum" e a "endereçada". Não tem a ver com 5050 ou 3528 ou mesmo 5630, esses números tem basicamente a ver com o tamanho do led: 3,5x2,8mm, 5,0x5,0mm e 5,6x3,0mm e consequentemente sua capacidade de iluminação. Os mais comuns de encontrar são fitas leds "comuns", de tamanho 3528 e 5050, que possuem recursos limitados não sendo possível acionar um led específico com uma cor ou efeito específico, mas elas funcionam muito bem com "ondas", trocas de cores, efeitos que piscam e combinados todos eles ainda é possível muita coisa bacana. Um pouco mais difícil de encontrar é a fita led "endereçada", também acompanhada do código WS2812b que é um pequeno controlador para cada led da fita, com leds tamanho 5050 e 3528, o que permite que você possa acionar unicamente o led "N" da fita. Resumidamente é isso, tecnicamente não cabe aqui explicar essa fita e outros detalhes e também limitações das fitas, quantidade de leds, etc. Outras diferenças entre a "comum" e a "endereçada": Energia - a comum é normalmente 12V e a endereçada, normalmente, 5V. Fitas ainda mais comuns, não RGB, são 12V também, normalmente. Conector/Fios - a comum é normalmente 4 fios (tem modelo com 5 fios, sendo o quinto dedicado a cor branca, também chamada de RGBw) e a endereçada é somente 3 fios. Fitas ainda mais comuns, normalmente NÃO RGB - ou seja, uma cor fixa - usam somente dois fios. Essas diferenças são essenciais para determinar qual tipo de fita você pode adquirir. Porque? Porque sua placa-mãe pode não dar suporte a uma ou outra. Alguns modelos da Asus dão suporte somente a comun, 12V, 4 fios. Já placas da Gigabyte e MSI costumam ter suporte aos dois formatos mais populares, 4 fios 12V E 3 fios 5V, em conectores separados obviamente. Para efeitos mais complexos, tipo o famoso "chroma" você necessitará da fita endereçada e um software que gerencie tal efeito. O que tenho visto é que o software das placas mãe são meio limitados quanto a efeitos, daí a proliferação de controladores externos oferecidos por fabricantes como Corsair com seu comander pro, a Thermaltake, a NZXT, Razer, só pra citar os mais "famosos". O outro motivo deles o fazerem, é que (especialmente a Corsair) quer vender seus produtos mais caros com outro "status", daí propositalmente alteram o esquema elétrico dos leds e seus conectores, tornando-os incompatíveis com o controle da placa, sendo então "necessário" você adquirir produtos unicamente do ecosistema daquele fabricante. Mas os princípios acima citados continuam iguais (só pra citar, já fiz mod em ventoinhas e fitas led de fabricantes diferentes e por dedução soldei fios e padronizei conexões e walllláá, tudo funcionando sincronizado). Então @Diego F.Campos , respondendo a sua pergunta, depende kkkkk. A primeira parte é assim: você compra uma fita led (pedaço ou rolo) e ela já vem com um conector que basicamente é só conectar na placa-mãe, não tem erro (normalmente) porque os conectores são diferentes e distintos. Prestar atenção ao compra sobre se ela é 12V ou 5V. Presumindo que você compre os modelos mais populares e fáceis de achar (led RGB, comum, 12V 4 fios) e sua placa-mãe possui suporte (normalmente, é exatamente para esse tipo de fita led) você não precisa controlador externo ou controle remoto, ou mesmo fonte/cabo adaptador. Plugue sua fita com seu conector original de 4 fios na placa (observando a marcação do pino de energia) e a placa mesmo gera energia para ligar e controlar o led. As placas oferecem software para controle dos efeitos: Asus=Aura, Gigabyte=RGBFusion, MSI=Mystic Light, AsRock=Asrock rgb led, etc. Onde comprar? Sites que tem esses "acessórios" com "selo gamer" ou "selo RGB" custam um rim e uma córnea por uma mísera fitinha de 30cm, quando não é necessário comprar o dito controlador proprietário para plugar o seu acessório. Procure na sua cidade material elétrico, iluminação, comunicação audiovisual que você vai encontrar fitas a preços mais honestos. A outra é a parte chata. Sincronizar. Sincronia é outro ponto importante, fitas com controle remoto, ventoinhas com led por controlador de terceiro, memórias com led com controlador próprio, placa-mãe com leds e seu software próprio de leds, teclado com rgb com um controlador separado (redragon por exemplo), outro o controle é pelo próprio teclado, os razer possuem software próprio, vale pro mouse também. Cada um com cor e efeito distinto, recurso distinto, ao mesmo tempo, então imagine o pisca pisca e salada de cores que isso vira - ninguém conversa com ninguém. Esses efeitos de sincronizar com música só alguns controladores oferecem, outros tem até app pra você controlar por celular wifi/bluetooth, aí tem opção pra dar com um pau, e pra variar nada compatível com nada. Sua fita vai ter um efeito, a ventoinha outro, sua placa-mãe outro, a memória outro, o símbolo ou detalhe da placa de vídeo outro e assim vai. As opções basicamente são inúmeras. Eu mesmo optei por tentar de todo jeito padronizar e sincronizar os efeitos pra não incomodar (me irrita cada um piscando de um jeito ou cor - mas isso é pessoal). Aí vejo o que cada produto oferece de especificação técnica e já fiz vários mods em ventoinhas RGB, troquei fita led do gabinete, criei aquele espelho/fundo infinito, pluguei várias coisas em divisores/hubs e gambiarras correlacionadas kkkkkk Então hoje optei pela fita endereçada 5050, 5v 3 fios que faço mods em todos os componentes que adquiro, exige trabalho de desmontar, soldar fio, abrir alguns buraquinhos pra passar fio e cuidar para não ultrapassar o limite que minha placa gerencia (300 leds ou 5m de fita/leds - lembrando que cada um consome energia, a soma deles não pode ultrapassar o limite do conector da placa, que no manual DEVE constar qual é), além do cable management que vira um terror com tanto fio e adaptação. Acho que é importante ficar a dica aqui sobre o assunto, mas por ser um tópico antigo alguém pode querer trancá-lo por ressucitar coisa antiga.
  6. Ao fazer isso ele perderá a chance de recuperar os dados em raid pois a formatação e cópia do sistema apagarão qualquer resquício do raid/paridade.
  7. 99% dos gabinetes a venda no mercado brasileiro são midtower, eventualmente você acha um com 4 baias pra hd de 3,5'. Sofri com isso, sempre tinha 5 HDs pendurados dentro do gabinete, meu atual tem só duas baias pra HD mecânico, aí parti pra ignorância e meti 2 de 8Tb, particionados para a s finalidades que eu tinha antes, e os outros viraram cases externos usb. No seu caso, começaria abrindo mão do DVD (eu tive que fazer isso, substituí por pendrive/ISOs e não me faz falta) e para eventualidades, tenho um drive externo usb de bluray/dvd. Mesma coisa com leitor de cartão, peguei um externo usb. Só aí já quebrou teu galho em grande parte, resta adaptar (casemod?) sua controladora de fans. Ainda assim, um gabinete que comporte radiador de 360, os cabos, hds, ssds, etc vai ser uma pesquisa complicada e aconselho ir a alguma loja e ver de perto os cases/modelos porque só pelos reviews, unboxing e medidas mostradas na internet não dá pra ter total noção de como fica o resultado (minha experiência). Ainda assim, bem acomodado só com os WC de 240. De memória aqui, lembro de dois gabinetes com muitas baias e espaço: corsair obsidian 750D e 900D - na internet e lojas "conhecidas" não achei. Tem o thermaltake P5 também se "te gusta" gabinete aberto. EVGA DG85/Dg87 ... mas prepare seu bolso. Tem os midtower por aí que prometem "compatibilidade" com um 360, mas daí tem poucas baias e provavelmente nenhuma de 5,25 como você quer. Os que tem as baias, cabe um de 240, e assim por diante.
  8. Cara olhando assim, acho que teu H80i é que não tá lá essas coisas. Dá uma geral, limpa a poeira com aspirador. Mas pra over apostaria num de 240mm vai segurar melhor esse esquentadinho aí. Abraço
  9. não sei o que eu fiz, mas o antológico 3770 aqui tá redondinho no cooler box kkkkk, tudo bem, não to rodando stresstest, mas 4299 sem nenhum esforço ou over acho que tá de boas né.
  10. pasta térmica recomendo a Cooler Master Master Gel Maker (MGZ-NDSG-N15M-R1) uma das mais altas condutividades térmicas, lembra a artic silver (aquele barro meio prateado/metálico) mas com ótima performance e nem te cobram um rim por ela.
  11. Esse caso dos rgb é complicado, os fabricantes propositalmente (pra vender dois modelos ao invés de apenas um) os tornam incompatíveis entre as finalidades (e entre outros fabricantes/produtos). Estou com esse abacaxi também, os coolers e leds do gabinete são controlado manualmente por botão no gabinete. Os fans do watercooler são estáticos, não tem controle. Solução: comprei fitas de led e vou fazer um "casemod" no sistema "é o que tem pra hoje". Substituir os leds do gabinete e dos fans do water cooler e integrá-los para controle pela placa-mãe. Gostei do desempenho do watercooler gamemax iceberg 240 (fans silenciosos), suportou 10 min de stress test com máximo de temperatura do processador em 58º, idle fica entre 29 e 34º. Já na corsair e seus watercoolers com fans pretos o mod teria que ser bem mais agressivo, ou perder desempenho de refrigeração. Os dois aparentemente não dá, por isso, inclusive, optei por esse watercooler que posso fazer um mod mais modesto com resultado bacana (expectativa - só fazendo pra ver kkk). Embora não tenha achado nenhuma especificação técnica dos fans do watercooler, não arrisquei substituí-los. E o gabinete, olha o festival de cores ... por isso vou trocar e deixar ao menos mais homogêneo e com controle centralizado a partir da placa-mãe. Depois posto aqui como ficou.
  12. Galera dos reviews (e unboxing) faz essas coisas somente pela estética, pra tirar foto e fazer vídeo e postar no youtube, pelo menos é o que tenho visto. Raramente alguém faz um review mais técnico comparando antes e depois, original x novo (com leds e tal), compatibilidade, desempenho, macetes, etc.
  13. @Contiusa obrigado. Era o que eu suspeitava. A ideia (inicial) era um WC de 240/280mm selado mais como "garantia" de temperaturas aceitáveis e estáveis num i7 8700 (sem o K) com um overzinho eventual e leve já que esse processador é travado para dar um gás na máquina e tirar melhor proveito de todos os componentes ... com foco numa estética mais bacana. Como disse, ideia inicial, depois de ver vários vídeos de pessoal montando máquinas bem legais (ninguém fez testes de desempenho da refrigeração depois de montar as "discotecas"). Há sempre aquela "brasilidade" de fazer uns mod nos coolers originais também kkkkkk (nem sei se dá, mas vai que ...). Estou na fase de coletar informações dos componentes e outros detalhes, devo montar essa máquina no mês de abril. Vou fazer os testes e posto aqui pra galera porque realmente achei interessante alguns projetos que vi (vou catar os links pra por aqui talvez), e a internet a gente sabe né, muito review e propaganda de "computador gamer" pra vender e ficar bonito, mas na hora da verdade as coisas são um pouco diferentes. Farei o teste com um cooler original e depois com as fans "alternativas" até pra servir como algum parâmetro pra galera que esteja pensando em algo semelhante.
  14. @Rafael Coelho obrigado ! Mas realmente a dúvida era pertinente porque baixando o manual (e de outras placas também - faço isso kkkk), não fica claro. Não lembro agora a placa/modelo em que dizia que, mesmo no modo pcie, mas operando a 4x, perderia um slot ... na mesma seção também não dizia como colocar em 4x, 2x ou o que quer que seja e nem se colocando a 2x perderia um slot. Nos testes e reviews do pessoal do youtube também fica essa dúvida porque a galera sempre usa apenas um M2, quando usa 2 é em raid e apenas mais um HD e não entram nesse detalhe porque nessa configuração não precisa e também não faz diferença. Perguntei isso porque tenho o péssimo hábito de ter o sistema mais 4 HDs com finalidades diversas, então mesmo colocando que fosse apenas um M2, de seis portas sata disponíveis, ""fica quase apertado"" (por favor, considere as aspas como exagero) se perder um ou duas portas, entende ? Pra um usuário "light", com o sistema e mais um ou dois HDs, tranquilo, nem se preocupa em perguntar isso. Mas "heavy" users acredito ser algo que pode fazer uma boa diferença, visto que há modelos Z370 com oito portas sata, outros com 3 slots M2, e assim por diante. Obrigado mais uma vez.
  15. Vou tentar explicar: Já vi vários casemods (ou pelo menos mods parciais) em que o pessoal coloca ventoinhas (coolers) rgb nos radiadores dos watercoolers. Até canais de pessoal que monta umas máquinas bacanas tem esse recurso. Bom, exceto alguns modelos da thermaltake, TODOS os outros vem com coolers "tradicionais", sem recursos de iluminação. Vi em muitos WC custom essa mesma prática de colocar coolers com led/rgb. A grande pergunta é: que coolers esse povo anda colocando ? Os coolers a venda por aí são descritos como coolers de gabinete, e olhando as especificações rpm, pwm, cfm alguns se aproximam bastante, porém longe dos 2100 rpm de alguns coolers de WC (corsair), porém com cfm semelhante. Onde encontro esses coolers específicos? Ou o que esse povo anda fazendo, colocando cooler de gabinete mesmo (com bom cfm ao menos) ? É possível fazer esse "mod" afinal ?

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×