Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Bernardo Simão

Underclock em processador 125W

Posts recomendados

Olá, estou usando em minha placa-mãe de 95W um Phenom II X6 2.8Ghz de 125W, ele não chega a puxar 125w, monitorando no HWMONITOR ele fica travado em 111.15w para conseguir seus 2.8Ghz

 

Sei que há risco em usar, e gostaria de saber se fazendo um underclock no processador de 2.8 para 2.2Ghz, que resulta em 101w, estaria na faixa de estabilidade mesmo ultrapassando um pouco os 95w?Screenshot_7.png.28c218926e6f91974e8e7d29b6992a42.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão as leituras feitas via software não são muito confiáveis. Mas se você quer reduzir o consumo do seu processador, além de underclock pode ser necessário um undervolt.

 

O problema de usar esse processador na sua placa-mãe de 95W é que o VRM vai superaquecer bem mais rápido que em um modelo para 125W, e com o aumento de temperatura, a quantidade de energia suportada pelos MOSFETs reduz significativamente, então garanta que existe uma boa ventilação na sua placa-mãe. Se você usar air cooler, a ventoinha ajuda um pouco a ventilar o VRM, apesar de ainda não ser suficiente, mas em caso de water cooler, o VRM não recebe nenhum tipo de ventilação, o que agrava ainda mais a situação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, GuilhermeGB disse:

@Bernardo Simão as leituras feitas via software não são muito confiáveis. Mas se você quer reduzir o consumo do seu processador, além de underclock pode ser necessário um undervolt.

 

O problema de usar esse processador na sua placa-mãe de 95W é que o VRM vai superaquecer bem mais rápido que em um modelo para 125W, e com o aumento de temperatura, a quantidade de energia suportada pelos MOSFETs reduz significativamente, então garanta que existe uma boa ventilação na sua placa-mãe. Se você usar air cooler, a ventoinha ajuda um pouco a ventilar o VRM, apesar de ainda não ser suficiente, mas em caso de water cooler, o VRM não recebe nenhum tipo de ventilação, o que agrava ainda mais a situação.

Uso um da cooler master rodando no full a 6000Rpm, e a temperatura do processador só passa de 45° em stress test.

 

Uma dúvida que tenho é, antes eu não tinha uma boa ventilação e a pasta térmica era uma porcaria, o processador batia 70° quando rodava no stress test( ou até mesmo mexendo no PC sem forçar tanto), e a cputin a 64°, quando isso ocorria o clock do processador se limitava a 800Mhz, e a temperatura abaixava, e eu tinha que reiniciar o PC para voltar ao normal.

 

Comprei a placa-mãe nova não faz nem 2 semanas, botei coolers no gabinete para melhor refrigerar e troquei para uma pasta térmica Silver thermal, melhorando tudo em questão de temperatura no PC, como na imagem.

 

Porém, rodando stress test os núcleos do processador quando chegam a 49-50° por um tempo em 100%, reduzem ainda para 800Mhz, e essa é minha dúvida do por que.

 

 

 

 

Screenshot_9.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão Qual é a sua placa-mãe? 6000 RPM aí deve estar bem barulhento, não?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, GuilhermeGB disse:

@Bernardo Simão Qual é a sua placa-mãe? 6000 RPM aí deve estar bem barulhento, não?

Uma Bluecase AM3+ BMB78-D1, faz barulho, mas não chega a ser incomodo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão rapaz, nunca tinha visto essa placa-mãe, e nenhum outro modelo da Bluecase. Essa marca não tem fama boa na fabricação de fontes, não sei o quão confiável são as placas-mãe projetadas por eles. O VRM da sua placa, que precisa ter uma boa ventilação, é a região dentro do retângulo amarelo:

 

bluecase-bmb78-d1-am3-ddr3-1600-chipset-amd-760g-micro-atx.thumb.jpg.82c212ff95e2c4363561e9b0c6a4c66b.jpg

 

Não garanto que melhorar a refrigeração vai fazer a placa-mãe "suportar" um processadores de 125W, mas pode ajudar. O problema é saber se o projeto aí está preparado para lidar bem com uma energia maior do que a especificada pelo fabricante.

  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, essa temperatura do processador é tranquila, mesmo antes quando ele chegava a 70 graus não era problema...

 

Se a frequência do processador esta caindo para 800Mhz e a temperatura do processador é realmente essa de 60-70 graus, então o problema muito provavelmente é o VRM! Ao aquecer demais ele diminui a frequência do processador para ele consumir menos energia e assim diminuir a exigência dos Mosfets.

 

Tente fazer um undervolt e um underclock no processador. Coloque uma fan soprando sobre o VRM, e voce pode inclusive comprar uns dissipadores de aluminio no mercado livre e colar eles sobre os Mosfets com o thermal pad...

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Bernardo Simão disse:

Uma dúvida que tenho é, antes eu não tinha uma boa ventilação e a pasta térmica era uma porcaria, o processador batia 70° quando rodava no stress test( ou até mesmo mexendo no PC sem forçar tanto), e a cputin a 64°, quando isso ocorria o clock do processador se limitava a 800Mhz, e a temperatura abaixava, e eu tinha que reiniciar o PC para voltar ao normal.

 

Comprei a placa-mãe nova não faz nem 2 semanas, botei coolers no gabinete para melhor refrigerar e troquei para uma pasta térmica Silver thermal, melhorando tudo em questão de temperatura no PC, como na imagem.

 

Porém, rodando stress test os núcleos do processador quando chegam a 49-50° por um tempo em 100%, reduzem ainda para 800Mhz, e essa é minha dúvida do por que.

Essa parte que você adicionou depois eu não li, mas o colega acima já respondeu corretamente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, GuilhermeGB disse:

@Bernardo Simão rapaz, nunca tinha visto essa placa-mãe, e nenhum outro modelo da Bluecase. Essa marca não tem fama boa na fabricação de fontes, não sei o quão confiável são as placas-mãe projetadas por eles. O VRM da sua placa, que precisa ter uma boa ventilação, é a região dentro do retângulo amarelo:

 

bluecase-bmb78-d1-am3-ddr3-1600-chipset-amd-760g-micro-atx.thumb.jpg.82c212ff95e2c4363561e9b0c6a4c66b.jpg

 

Não garanto que melhorar a refrigeração vai fazer a placa-mãe "suportar" um processadores de 125W, mas pode ajudar. O problema é saber se o projeto aí está preparado para lidar bem com uma energia maior do que a especificada pelo fabricante.

É tenso amigo, a minha placa-mãe antiga eu comprei já usada, e queimou depois de um ano de uso, justo os mosfets, mas era uma da pcware bem velha e oxidada.

 

Estava difícil de achar placas mãe AM3 com preço bom e optei por essa AM3+, pois diz ter suporte para os Phenom II(e garantia de 1 ano), mandei email para a fabricante e me disseram que eu tinha que cuidar da refrigeração da placa, e se estivesse tudo dentro das linhas na temperatura estaria ok, mas não confia muito..

 

Sobre suportar bem, não sei, mas consigo manter a temperatura sem passar dos 42° em jogos, o que já é ótimo pois antes alcançava +60° o que pode ter queimado a placa anterior, e até agora não estou tendo problemas de travamentos.

 

Mas, vi que 10% de potencia a mais dos 95W da placa-mãe seria tranquilo de suportar em algum site da internet, não sei se é real, mas consigo manter o processador a 2.2GHZ com 101W, o que acha disso?

 

adicionado 2 minutos depois
5 minutos atrás, gutopereira disse:

Cara, essa temperatura do processador é tranquila, mesmo antes quando ele chegava a 70 graus não era problema...

 

Se a frequência do processador esta caindo para 800Mhz e a temperatura do processador é realmente essa de 60-70 graus, então o problema muito provavelmente é o VRM! Ao aquecer demais ele diminui a frequência do processador para ele consumir menos energia e assim diminuir a exigência dos Mosfets.

obrigado pelo esclarecimento!, Sim vamos botar em conta em ser o VRM, como a placa diminui a frequência ao forçar demais, não seria essa uma boa proteção dela mesma? (lembrando que ela não faz mais isso comigo usando-a normalmente, sem forçar no stress test)

Bom, para mim que não entendo muito, acho que se ela faz isso e diminui a temperatura e potência, que chega a 58W em 800Mhz, não seria uma proteção boa? e que não traria o risco de usar esse processador nela?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, Bernardo Simão disse:

É tenso amigo, a minha placa-mãe antiga eu comprei já usada, e queimou depois de um ano de uso, justo os mosfets, mas era uma da pcware bem velha e oxidada.

 

Estava difícil de achar placas mãe AM3 com preço bom e optei por essa AM3+, pois diz ter suporte para os Phenom II(e garantia de 1 ano), mandei email para a fabricante e me disseram que eu tinha que cuidar da refrigeração da placa, e se estivesse tudo dentro das linhas na temperatura estaria ok, mas não confia muito..

 

Sobre suportar bem, não sei, mas consigo manter a temperatura sem passar dos 42° em jogos, o que já é ótimo pois antes alcançava +60° o que pode ter queimado a placa anterior, e até agora não estou tendo problemas de travamentos.

 

Mas, vi que 10% de potencia a mais dos 95W da placa-mãe seria tranquilo de suportar em algum site da internet, não sei se é real, mas consigo manter o processador a 2.2GHZ com 101W, o que acha disso?

 

É igual o colega ali mesmo disse, o problema não é a temperatura do processador, e sim do VRM. Seu processador pode estar a 60ºC, mas os MOSFETs do VRM podem estar a 100ºC ou mais, e a corrente suportada por eles cai consideravelmente nessas condições. Se ficar forçando demais os componentes, a vida útil da sua placa-mãe vai diminuir rápido.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, GuilhermeGB disse:

É igual o colega ali mesmo disse, o problema não é a temperatura do processador, e sim do VRM. Seu processador pode estar a 60ºC, mas os MOSFETs do VRM podem estar a 100ºC ou mais, e a corrente suportada por eles cai consideravelmente nessas condições. Se ficar forçando demais os componentes, a vida útil da sua placa-mãe vai diminuir rápido.

Amigo, acabei de fazer um teste de stress com 2.2GHZ 101W, e a placa-mãe não está mais limitando nada, segue print, será que está tudo ok ?

Screenshot_10.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão Teste por alguns minutos e veja o resultado.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, GuilhermeGB disse:

@Bernardo Simão Teste por alguns minutos e veja o resultado.

Quase 20 min e ai está, não está limitando o clock nem com o stress

Screenshot_11.png

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão Legal, então parece que seu problema com thermal throttling foi resolvido. Se o fabricante disse que tudo bem usar o processador respeitando os limites de temperatura, então quem sou eu pra discordar?!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, GuilhermeGB disse:

@Bernardo Simão Legal, então parece que seu problema com thermal throttling foi resolvido. Se o fabricante disse que tudo bem usar o processador respeitando os limites de temperatura, então quem sou eu pra discordar?!

O thermal throttling resolveu quando eu melhorei a refrigeração geral do PC, mas ele ainda aparecia quando eu deixava forçando demais no teste de STRESS com 2.8GHZ.

 

Bom, a garantia é de 1 ano acho que vou arriscar..

 

 

Screenshot_12.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É bem provável que esse cooler a 6000RPM está ajudando a manter o VRM um pouco mais frio também, se não for incomodo pra você, então boa sorte!

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, GuilhermeGB disse:

É bem provável que esse cooler a 6000RPM está ajudando a manter o VRM um pouco mais frio também, se não for incomodo pra você, então boa sorte!

Ok mano muito obrigado pela ajuda ai, vou usar ele em 2.2Ghz.

Você sabe se daria muita diferença? de 2.8Ghz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bernardo Simão o desempenho do processador deve cair na mesma proporção da redução do clock, ou seja, você vai ter uns 80% do desempenho normal do processador.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenta fazer apenas um undervolt sem precisar fazer underclock?

Ve até quanto dá pra diminuir o vcore sem mexer no clock do processador? As vezes voce consegue diminuir o consumo de energia sem perder desempenho.

 

Obs: eu acho que esse TMPIN que aparece no HWInfo é a temperatura dos Mosfet. Se for isso mesmo, acho que 117 graus ainda é alto e esta proximo do limite antes de dar throttling(120 graus)..

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@gutopereira posso estar enganado, mas não tem sensor de temperatura para os MOSFETs do VRM. Se você abrir seu HWMonitor agora vai ver que essas temperaturas aí sempre estão em 100ºC ou mais, então é algum erro de leitura, tem vários casos assim na internet.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, gutopereira disse:

Tenta fazer apenas um undervolt sem precisar fazer underclock?

Ve até quanto dá pra diminuir o vcore sem mexer no clock do processador? As vezes voce consegue diminuir o consumo de energia sem perder desempenho.

 

Obs: eu acho que esse TMPIN que aparece no HWInfo é a temperatura dos Mosfet. Se for isso mesmo, acho que 117 graus ainda é alto e esta proximo do limite antes de dar throttling(120 graus)..

o TMPIN sempre fica nisso, como as outras temperaturas bugadas, falando que minha placa-mãe está a 100°+, mas creio que não é real.

 

Sobre diminuir a tensão, não sei até quando posso diminuir pois não tenho conhecimento nisso, mas na minha BIOS não tenho essas opções de diminuir clock nem tensão.

 

Apenas consegui diminuir a frequencia do processador limitando pelo Cool e Quiet da bios

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, gutopereira disse:

Tenta fazer apenas um undervolt sem precisar fazer underclock?

Ve até quanto dá pra diminuir o vcore sem mexer no clock do processador? As vezes voce consegue diminuir o consumo de energia sem perder desempenho.

 

Obs: eu acho que esse TMPIN que aparece no HWInfo é a temperatura dos Mosfet. Se for isso mesmo, acho que 117 graus ainda é alto e esta proximo do limite antes de dar throttling(120 graus)..

Você conhece algum programa que eu possa fazer isso ? compatível com AMD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só sei fazer pela BIOS, mas pode ser que algum programa consiga fazer isso dentro do Windows.

Vamos esperar outros colegas opinarem...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Recomendo colocar uma fan de 80mm ou 120mm em cima do vrm.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
34 minutos atrás, OCCT disse:

Recomendo colocar uma fan de 80mm ou 120mm em cima do vrm.

Vou por um dissipador de aluminio pra ajudar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!