×
×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

C calcular o resto de um número dentro do struct usando pilha


nceiifadorr

Posts recomendados

Boa noite 



estou com problema dentro do algoritmo que organiza as informações de forma de pilha. Não estou conseguindo, validar se o numero é par ou impa.

eu sei fazer a validação so não estou conseguindo inserir na estrutura de pilha.
  
  
#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

struct N{
 int num;
 struct N *prox;
};
typedef struct N n;

int tam;

int menu(void);
void inicia(n *PILHA);
void opcao(n *PILHA, int op);
void exibe(n *PILHA);
void libera(n *PILHA);
void push(n *PILHA);
n *pop(n *PILHA);


int main(void)
{
 n *PILHA = (n *) malloc(sizeof(n));
 if(!PILHA){
  printf("Memoria cheia !\n");
  exit(1);
 }else{
 inicia(PILHA);
 int opt;

 do{
  opt=menu();
  opcao(PILHA,opt);
 }while(opt);

 free(PILHA);
 return 0;
 }
}

void inicia(n *PILHA)
{
 PILHA->prox = NULL;
 tam=0;
}

int menu(void)
{
 int opt;

 printf("Escolha a opcao\n");
 printf("0. Sair\n");
 printf("1. Zerar a Estrutura\n");
 printf("2. Exibir os Elemento \n");
 printf("3. Adicionar Elemento (PUSH)\n");
 printf("4. Remover Elementos(POP)\n");
 printf("Opcao: "); 
 scanf("%d", &opt);

 return opt;
}

void opcao(n *PILHA, int op)
{
 n *tmp;
 switch(op){
  case 0:
   libera(PILHA);
   break;

  case 1:
   libera(PILHA);
   inicia(PILHA);
   break;

  case 2:
   exibe(PILHA);
   break;

  case 3:
   push(PILHA);
   break;

  case 4:
   tmp= pop(PILHA);
   if(tmp != NULL)
   printf("Removido: %3d\n\n", tmp->num);
   break;

  default:
   printf("Comando Invalido Tente Outra Vez...\n\n");
 }
}

int vazia(n *PILHA)
{
 if(PILHA->prox == NULL)
  return 1;
 else
  return 0;
}

n *aloca()
{
 n *novo=(n *) malloc(sizeof(n));
 if(!novo){
  printf("Memoria Cheia !\n");
  exit(1);
  
  
 }else{
     
  printf("Novo elemento: "); 
  scanf("%d", &novo->num);
  
   return novo; 
  }      
  

 }

void exibe(n *PILHA)
{
 if(vazia(PILHA)){
  printf("PILHA Vazia!\n\n");
  return ;
 }

 n *tmp;
 tmp = PILHA->prox;
 printf("Pilha:");
 while( tmp != NULL){
  printf("%5d", tmp->num);
  tmp = tmp->prox;
 }
 printf("\n        ");
 int count;
 for(count=0 ; count < tam ; count++)
  printf("  ^  ");
 printf("\nOrdem:");
 for(count=0 ; count < tam ; count++)
  printf("%5d", count+1);


 printf("\n\n");
}

void libera(n *PILHA)
{
 if(!vazia(PILHA)){
  n *proxN,
     *atual;

  atual = PILHA->prox;
  while(atual != NULL){
   proxN = atual->prox;
   free(atual);
   atual = proxN;
  }
 }
}

void push(n *PILHA)
{
 n *novo=aloca();
 novo->prox = NULL;

 if(vazia(PILHA))
  PILHA->prox=novo;
 else{
  n *tmp = PILHA->prox;

  while(tmp->prox != NULL)
   tmp = tmp->prox;

  tmp->prox = novo;
 }
 tam++;
}


n *pop(n *PILHA)
{
 if(PILHA->prox == NULL){
  printf("Pilha Esta Vazia...\n\n");
  return NULL;
 }else{
  n *ultimo = PILHA->prox,
              *penultimo = PILHA;

  while(ultimo->prox != NULL){
   penultimo = ultimo;
   ultimo = ultimo->prox;
  }

  penultimo->prox = NULL;
  tam--;
  return ultimo;
 }
} 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • nceiifadorr alterou o título para calcular o resto de um número dentro do struct usando pilha

Não use estruturas globais

 

Entenda que uma estrutura dessas, seja uma lista ou uma pilha ou uma fila ou qualquer desses containers de coisas, é uma coleção dessas coisas. No seu caso um int:

 

struct N{
 int num;
 struct N *prox;
};
typedef struct N n;

 

E então crie uma estrutura dessas coisas, os tais nós.

 

Uma pilha é uma coleção de nós, e cada nó tem um dado. No seu caso um int.

 

A pilha NÃO é um nó, um nó não é uma pilha. Ao programar assim, como está fazendo, só vai  ter mais problemas e demorar muito mais para escrever e testar. E vai ter maior dificuldade em aproveitar isso para o exercício seguinte, e isso é um desastre.

 

Evite isso a todo custo: uma struct global com o nome de UMA letrinha e declarada junto com o tipo? Muito difícil de ler, mesmo logo depois de escrever

 

  • Não use estruturas globais. De jeito nenhum. Nenhuma variável global.
  • Não use void f() use funções que retornam algo. E passe argumentos.
  • Um printf() de 6 linhas é muitas vezes melhor que 6 printf() de uma linha

 

Compare

 

 printf("Escolha a opcao\n");
 printf("0. Sair\n");
 printf("1. Zerar a Estrutura\n");
 printf("2. Exibir os Elemento \n");
 printf("3. Adicionar Elemento (PUSH)\n");
 printf("4. Remover Elementos(POP)\n");
 printf("Opcao: "); 

Ou

 printf("\
     Escolha a opcao\n\
 \n\
 0. Sair\n\
 1. Zerar a Estrutura\n\
 2. Exibir os Elementos\n\
 3. Adicionar Elemento (PUSH)\n\
 4. Remover Elementos(POP)\n\
 \n\
 Opcao:  "); 

 

?

 

E o segundo executa dezenas de vezes mais rápido...

 

  • Teste sempre o retorno de scanf()... Que adianta seguir com o menu se não ler nada?
  • Se tem uma função menu() qual o propósito de deixar retornar uma opção inválida para o programa? 
  • Não escreva NUNCA um programa interativo antes dele estar pronto. Só vai te atrasar. Mostrar um menu não acrescenta nada. Escreva as funções. Teste. Antes.
void inicia(n *PILHA);
void opcao(n *PILHA, int op);
void exibe(n *PILHA);

 

não acha que estaria melhor com algo como

 

Pilha* inicia();
int exibe(Pilha* p);
int libera(Pilha* p);
int POP(Pilha* p);
int TOP(Pilha* p);
int PUSH(Pilha* p);

 

O comum no caso de pilhas?

 

Use nomes mais significativos para suas estruturas.

 

Para que opcao() se tudo que tem em main() é isso? executar as opções do menu?

 

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda a ler resistores e capacitores

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!