Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

arfneto

Membro Pleno
  • Total de itens

    2.627
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

1.993

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    SP
  • Sexo
    Masculino
  1. para somar os índices você pode escrever linha + coluna, a soma dos índices... declare as variáveis de controle dentro do for. É assim desde 89. E antes não era assim porque demorou muito para o comitê afinal aprovar isso na linguagem. E estamos no final de 2020. É muito importante reduzir o escopo das variáveis. Se elas só fazem sentido dentro do loop use declare no for
  2. int matriz[4][4]; int i,j,indice=0; for (i = 0; i <4; i++) { for(j = 0; j <4; j++) { matriz[i][j] =j; } } O que faz você crer que j seja a soma dos índices da célula? Não há um a soma aí. declare uma variável por linha declare as variáveis de controle do for no próprio comando. Não deixe NUNCA variáveis com nomes ingênuos como i e j soltas pelo programa
  3. você entendeu a planilha como mostrei? é exatamente o propósito de seu programa. Se não entendeu isso nem a planilha não faça o programa ainda, porque vai ter muito mais trabalho Você sabe o que é uma linha de comando? Já compilou um programa assim ao menos? Quando você roda um programa o que tiver na linha de comando é enviado para o programa, como parâmetros de main(). Não entendo porque não ensinam isso. Rodar os programas apenas dentro do IDE até dar certo. Entregar. Esquecer. Essa parece ser a realidade de aprender essas coisas.
  4. Pense bem: você precisa de duas listas Escreva em torno dos dados. Sempre. E não comece a escrever antes de ter boa ideia do que vai fazer Entenda que uma lista tem nós. E os nós tem dados. Uma lista não é o nó. O nó não é uma lista. Os dados são um conteúdo. De cada nó. Sempre que programar uma lista como se você um nó e com dados e tudo dentro vai trabalhar muito. A toa. E o resultado não vai compensar. Em uma lista ligada você pode inserir novos elementos no fim ou no começo. Ou em alguma ordem. Em uma lista ligada, ao menos para t
  5. não, não. Apenas posto aqui ou em outros forums quando tenho tempo e acho que posso ser útil. Já treinei pessoas, mesmo instrutores. Não mais.
  6. Provavelmente seu professor poderia ter explicado melhor... Todo programa em C tem um exemplo potencial disso e deveria ser o segundo programa a ser ensinado num curso de C... Minha opinião apenas. E não ensino ninguém diretamente Você declarou main() assim int main() e está incompleto: poderia ter escrito int main(void) deixando claro que não vai usar os argumentos, mas entenda que a assinatura de main() é desde sempre int main( int argc, char** argv) E assim TODO programa em C tem um exemplo simples e
  7. Talvez nem tanto. Não vou julgar. Eu tenho uma lista de erros comuns. E de erros não tão comuns. O tópico entra com o código, às vezes os erros. É só recortar e colar de um lado e de outro. Ajudaria se o editor desse forum não fosse tão pobre Quem sabe no próximo upgrade da plataforma não mude algo? Nem as funções básicas do BBCode parecem estar todas presentes. Ajudaria o forum ter tags. Uma pesquisa melhor. E ajudaria se alguém arrumasse o absolutamente tôsco de trocar "P Q" por "porque" mesmo no meio de um programa. Mesmo que seja um post sobre filas de prioridade no forum
  8. Postou um programa C. Não disse que o programa era pra ser escrito em C++? São muito diferentes. Sobre o programa: Não, você não vai salvar o maior. Vai salvar A POSIÇÃO do maior e do segundo maior. A posição. Com a posição você sabe o valor mas não o contrário
  9. Seu programa tem muitos erros. E ainda não está assim muito bom. Vou listar rapidamente alguns dos problemas e sugiro rever e implementar como vou dizer: vai perder menos tempo e chegar logo a algum resultado. E aí poste o código novo e alguma nova dúvida se tiver. Claro, fique a vontade para ignorar o que vou dizer De seu código: //Bibliotecas #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <string.h> //Protótipos void cabecalho (void); void case1 (void); void case2 (void); void case3 (void); Comentários como esses, acredite, não acrescentam m
  10. arfneto

    C++ Alguém pode me ajudar?

    O que significa? https://pastebin.com/RdUCBrNB?fbclid=IwAR2lZBVvQfWMWOfq8yjiMICdWDdTOdFJQ5ctPLjVdN5Mvs_V2kpel2R3fJ4 Poste o código aqui. Ajude os outros a te ajudar. Supondo que eu tenha tempo e possa te ajudar, do modo como fez: eu preciso clicar num link desconhecido, por minha conta e risco possivelmente ver um código e baixar um programa não sei de que modo entender o código postar algo que talvez possa te ajudar, mas só vai servir para você e para quem mais tiver disposição de seguir esse caminho Faça o simples: poste o
  11. Para ficar mais claro no exemplo como se usa esse tipo de coisa de especialização de classes: Em casos como o dessa classe Vehiculo em geral não faz sentido que se possa declarar uma instância de Vehiculo. Apenas de classes derivadas, como Moto, Triciclo e Truck no exemplo. Essa é a noção de derivação afinal. Nesses casos se diz que a classe é abstrata. Um protótipo para a geração de classes derivadas. C++ chama as classes de abstratas: Mas a linguagem curiosamente não tem a qualificação abstract para classes, como tem java. Veja ao lado a mensage
  12. ???? O caso não é "suposto". É a pergunta que iniciou o tópico. Veja o título: trata-se da cortesia do IDE CLion de criar um protótipo para os construtores. Não só eu expliquei como mostrei um exemplo usando uma versão operante da classe de 4 linhas sem qualquer código de apoio que você postou. Não entendi... A maneira comum de passar parâmetros para o construtor da classe base é exatamente a que mostrei no programa. delegated constructors. Está logo acima. Tente ler de novo: class Triciclo : public Vehiculo { public: Triciclo(st
  13. Então crie uma classe. Na construção leia o valor de um arquivo ou crie na hora, isso não é importante e não caia na b0b@g3m comum de querer ler do teclado. E escrevas as 3 funções como métodos. Chame os 3 e nada mais. Claro, antes de tudo escreva uma função para mostrar a matriz lida na tela ou não vai saber o que está havendo
  14. No contexto da pergunta acho que é exatamente isso: uma conveniência: mais compacto e legivel. Isso desde que você não use duas vezes na inicialização e no corpo a mesma variável porque o compilador não te avisa. E na hora de ler um programa enorme de terceiros você preste atenção para ver se "a outra empresa" não fez isso. Muitas classes tem vários construtores com longas listas de atribuições e separar essas atribuições da lógica ajuda. Tem gente que acha o contrário e tem lugares que nem aceitam. Não é bem assim: o construtor padrão da classe base VAI SER
  15. @Xslopes que linguagem vai usar? Em C use um int[] um contador e duas variáveis para salvar as posições dos dois maiores valores. Nada mais, Em C++ pode usar um vetor mesmo. Para evitar a duplicidade apenas olhe um a um: são serão no máximo 9 afinal.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

minicurso-montagem-popup.jpg

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!