Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Problema com energia?


Posts recomendados

O meu primeiro PC foi um Pentium 100Mhz memoria sdram 64MB de 33Mhz, e fonte de 250w, pois bem, a energia aqui em casa é relativamente estavel, porém quando chove, as vezes a energia da uma piscada e volta em seguida, as vezes não pisca mais, as vezes volta a piscar depois de meia hora, vai de caso para caso.

Agora vem o mais intrigante, quando a luz piscava, eu percebia a luz do quarto apagar, o monitor também, e até o meu radio-relogio perdia a configuração da hora, porém o meu Pentium 100 ficava lá intacto como se nada estivesse acontecido, (Na época eu usava estabilizador, apesar de acreditar que não tenha nada a ver com a historia)

O mais bizarro foi que em uma das piscadas na enegira, o disco rigido reiniciou, pois eu escutei o barulho tipico do disco acelerando, e o sistema ficou intacto, e para não dizer que nunca tive problema, somente uma vez o computador travou porém ainda mostrava a imagem do que eu estava trabalhando, ai foi só reiniciar.

Agora tenho um Athlon XP 2800, memoria 1GB ddr 333Mhz (Na verdade o pente é 400Mhz, só que a placa-mãe só suporta 333Mhz) e uma fonte de 400w, e ao dar qualquer piscada de enegia o computador desliga, o que me deixa mais irritado é que agora o radio-relogio mantem a hora como se nada tivesse acontecido, as vezes em algumas piscadas de energia, o radio-relogio fica piscando como se a enegia tivesse piscado, porém mesmo assim mantem a hora.

Detalhes são que o radio-relogio é o mesmo, e que eu nunca usei aquelas baterias no radio-relogio.

1º Agora, porque a maquina mais antiga se mantia intacta em uma piscada de enegia e a "nova" desliga.

2º Já tive a vontade de comprar um no-break, só que isso acontece só no final de ano e eu iria pagar uns R$200 que é o preço do no-break mais barato que encontrei, para usar só alguns segundos alguns poucos dias no final de ano.

3º Como a piscada é muito rápido a ponto de não deixar o relogio desligar, (acredito que não da tempo de esvaziar os capacitores dele.) será que daria para eu usar um banco de capacitores para manter o computador na hora da piscada de energia?

Gostaria de conhecer uma solução para esse pequeno problema. Não que me atrapalhe, mas é mai para aprender mesmo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O meu primeiro PC foi um Pentium 100Mhz memoria sdram 64MB de 33Mhz, e fonte de 250w, pois bem, a energia aqui em casa é relativamente estavel, porém quando chove, as vezes a energia da uma piscada e volta em seguida, as vezes não pisca mais, as vezes volta a piscar depois de meia hora, vai de caso para caso.

Agora vem o mais intrigante, quando a luz piscava, eu percebia a luz do quarto apagar, o monitor também, e até o meu radio-relogio perdia a configuração da hora, porém o meu Pentium 100 ficava lá intacto como se nada estivesse acontecido, (Na época eu usava estabilizador, apesar de acreditar que não tenha nada a ver com a historia)

O mais bizarro foi que em uma das piscadas na enegira, o disco rigido reiniciou, pois eu escutei o barulho tipico do disco acelerando, e o sistema ficou intacto, e para não dizer que nunca tive problema, somente uma vez o computador travou porém ainda mostrava a imagem do que eu estava trabalhando, ai foi só reiniciar.

Agora tenho um Athlon XP 2800, memoria 1GB ddr 333Mhz (Na verdade o pente é 400Mhz, só que a placa-mãe só suporta 333Mhz) e uma fonte de 400w, e ao dar qualquer piscada de enegia o computador desliga, o que me deixa mais irritado é que agora o radio-relogio mantem a hora como se nada tivesse acontecido, as vezes em algumas piscadas de energia, o radio-relogio fica piscando como se a enegia tivesse piscado, porém mesmo assim mantem a hora.

Detalhes são que o radio-relogio é o mesmo, e que eu nunca usei aquelas baterias no radio-relogio.

1º Agora, porque a maquina mais antiga se mantia intacta em uma piscada de enegia e a "nova" desliga.

2º Já tive a vontade de comprar um no-break, só que isso acontece só no final de ano e eu iria pagar uns R$200 que é o preço do no-break mais barato que encontrei, para usar só alguns segundos alguns poucos dias no final de ano.

3º Como a piscada é muito rápido a ponto de não deixar o relogio desligar, (acredito que não da tempo de esvaziar os capacitores dele.) será que daria para eu usar um banco de capacitores para manter o computador na hora da piscada de energia?

Gostaria de conhecer uma solução para esse pequeno problema. Não que me atrapalhe, mas é mai para aprender mesmo.

Certamente o problema do Athlon XP desligar e o Pentium 100Mhz não desligar se deve ao fato do consumo elétrico do Atlhon XP ser muito maior que o do Pentium 100Mhz. Os capacitores da tua fonte conseguiam manter o Pentium ligado durante a queda de energia, porém não são suficientes para alimentar um Atlhon nesse intervalo de tempo.

Se teu PC for somente essa configuração que você postou, sem placa de vídeo, você pode usar esses nobreaks baratos mesmo de 350VA que não há problemas, até porque você disse que é uma queda rápida que nem chega a 1 minuto.

Essa ideia aí do banco de capacitores é totalmente viajante! :lol:

Abraço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quando eu tava morando no RJ,na minha casa costumava ter queda de luz constantes,mais caia e voltava ou fraquejava de forma que todos os aparelhos desligavam o monitor também e só o PC se mantinha ligado,eu achava aquilo absurdo ate hoje acho,tinha vezes que tava de noite eu la assistindo TV com o PC ligado e de repente a luz dava aquelas quedas bruscas que a lampada basicamente não ilumina e tudo desliga,e o PC la sossegado quando voltava e o monitor ligava tava do mesmo jeito.Eu usava um estabilizador desses que da tlec tlec,bom,eu nunca gostei dos tlec XD,mais essa foi meio bizarra,bom,sei que agora eu só uso filtro mesmo depois do incidente.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se teu PC for somente essa configuração que você postou, sem placa de vídeo, você pode usar esses nobreaks baratos mesmo de 350VA que não há problemas, até porque você disse que é uma queda rápida que nem chega a 1 minuto.

O Faller falou que os nobreaks online são caros custando coisa de R$1000 para mais, agora estou vendo alguns nobreaks na casa de R$500 e R$260, só que nas especificações fala algo como online

O nobreak de R$260 tem essas caracteristicas

Especificações Técnicas

Interativo - regulação on line.

Estabilizador interno: com 4 estágios de regulação.

Filtro de linha interno

http://www.kalunga.com.br/product.asp?category%5Fdisplay%5Fname=No%2Dbreak+New+station+ust+700va+%284%2B3%29t+115v+mono+fx+black+SMS+CX+1+UN&category%5Fname=C1%7CInform%E1tica&catalog%5Fname=KommerceII&product%5Fid=446831

O nobreak de R$500 tem essas caracteristicas

Características Gerais

Interativo - regulação ON LINE.

Estabilizador interno: com 4 estágios de regulação.

Filtro de linha interno

http://www.kalunga.com.br/product.asp?category%5Fdisplay%5Fname=No%2Dbreak+Net4%2B+1400va+115v+mono+fx+black+SMS+CX+1+UN&category%5Fname=C1%7CInform%E1tica&catalog%5Fname=KommerceII&product%5Fid=446836

Esse On Line que é mensionado é realmente aquele online onde o computador é alimentado pelas baterias e não pela rede eletrica diretamente? Ou será que estou enganado?

Essa ideia aí do banco de capacitores é totalmente viajante! :lol:

Abraço.

Totalmente viajante :), bom não acredito que seja bem assim, já que eles tem a capacidade de segurar o computador por alguns milisegundos, mas de qualquer maneira é realmente estranho, mas acho que na teoria funcionaria se fosse bem dimencionado os capacitores.

Bom, não sei, não sou técnico em eletronica.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
O Faller falou que os nobreaks online são caros custando coisa de R$1000 para mais, agora estou vendo alguns nobreaks na casa de R$500 e R$260, só que nas especificações fala algo como online

O nobreak de R$260 tem essas caracteristicas

Especificações Técnicas

Interativo - regulação on line.

Estabilizador interno: com 4 estágios de regulação.

Filtro de linha interno

http://www.kalunga.com.br/product.asp?category%5Fdisplay%5Fname=No%2Dbreak+New+station+ust+700va+%284%2B3%29t+115v+mono+fx+black+SMS+CX+1+UN&category%5Fname=C1%7CInform%E1tica&catalog%5Fname=KommerceII&product%5Fid=446831

O nobreak de R$500 tem essas caracteristicas

Características Gerais

Interativo - regulação ON LINE.

Estabilizador interno: com 4 estágios de regulação.

Filtro de linha interno

http://www.kalunga.com.br/product.asp?category%5Fdisplay%5Fname=No%2Dbreak+Net4%2B+1400va+115v+mono+fx+black+SMS+CX+1+UN&category%5Fname=C1%7CInform%E1tica&catalog%5Fname=KommerceII&product%5Fid=446836

Esse On Line que é mensionado é realmente aquele online onde o computador é alimentado pelas baterias e não pela rede eletrica diretamente? Ou será que estou enganado?

Totalmente viajante :), bom não acredito que seja bem assim, já que eles tem a capacidade de segurar o computador por alguns milisegundos, mas de qualquer maneira é realmente estranho, mas acho que na teoria funcionaria se fosse bem dimencionado os capacitores.

Bom, não sei, não sou técnico em eletronica.

Veja que o pega ratão armado pelo marketing do fabricante acabou de ter sucesso..

Os fabricantes são pródigos nessa questão de neurolinguística ou se quiser simplesmente semântica.

Veja ao que o fabricante lhe diz..

No-break interativo.. O que significa que ele tem estágios de regulação, ou seja taps como os estabilizadores os tem e que essa regulação é feita ON LINE, ou seja, não é necessário que você desligue seu PC para que o relé do "estabilizador" interno ao no-break comute, como se coubesse essa idiotice... Imagina como seria a regulação OFF LINE, aonde o no-break apitaria, por exemplo, lhe avisando que a tensão estaria um pouco fora para que você desligasse seu PC para que estabilizador comutasse o relé para uma nova saída do transfornmador com 6 volts a mais ou a menos... Sem sentido total. Inexiste, é impossível de se imaginar essa regulação off line. Desse modo a tal de regulação ON LINE é só "pega ratão"

Não confunda regulação ON LINE com operação ON LINE.. Mas que pega o incauto usuário pega mesmo... Outro joguete de palavras.. A forma de onda que é gerada pela operação no modo bateria eles não gostam muito de dizer que é retangular, e por isso a chamam de senoidal por aproximação, ou quasi-senoidal, so para usar a palavra senoidal, para pegar ratão também..

Outro dado interessante de você reparar é a distorção harmônica gerada pelo no-break. Nos no-breaks senoidais puros esse dado aparece nas características e os no-break senoidais puros dos mais simples geralmente tem 5% de distorção harmônica, os melhores tem 3% e os verdadeiramente ótimos, geralmente usados para áudio e vídeo, tem 1% de distorção harmônica. Nos no-breaks comuns, de onda retangular, essa característica simplesmente é suprimida, pois se citada seria da ordem de 80% a distorção harmônica gerada pelo no-break. Não é energia é pura distorção harmônica.....

Ou seja tem muita armadilha nas entrelinhas.. Se você ler nas especificações tempo de comutação, saiba que esse no-break não vai ser on-line, pois o on line está sempre presente e desse modo não existe tempo de comutação pois não há comutação..

Se você ler regulação interativa também não será um no-break on-line, pois a regulação do no-break on line se dá de forma realimentada, linearmente adaptada, em alta frequência, na modulação PWM do circuito conformador da onda senoidal..

Veja ai como é "montada" uma senóide em um no-break senoidal puro:

PWM_Senide.jpg

Desse modo tanto a frequência quanto a tensão dessa forma de onda senoidal de saída é monitorada e com amplitude regulada através da operação dos transistores de saída modulados em PWM..

E assim se vai enganando um, enganando outro... Quase conseguiu enganar você..

Quanto a sua ideia dos capacitores sim, se maiores poderiam aguentar um pouco mais, alguns ciclos a mais. Mas esses capacitores não poderiam ficar no AC e sim na CC de 310 Volts dentro da fonte de alimentação. Com uma capacitância maior desses elementos os seus diodos retificadores, filtros, etapa de entrada da fonte teriam que ser redimensionados, ou seja, seria uma nova fonte, com a finalidade de aguentar um ciclo ou dois a mais dessa anomalia que ao invés de durar 16 mili segundos poderia vir a durar 30 ou 50 mili segundos, ou seja uma aplicação tão específica que não justificaria nem um pouco o investimento.

O único cliente sensível a esse desenvolvimento seria o nosso colega Rodrigo Baleeiro, que perto do natal já teve um ou dois acontecimento desse tipo e do qual ele não sabe dizer absolutamente nada, nem seu tempo de duração, nem as tensões envolvidas nem tampouco se as lâmpadas e seu PC e quem sabe o relógio estavam alimentados na mesma fase, nas suas duas experiências de "abdução" elétrica. Experiência totalmente não repetível, de baixíssima incidência, absolutamente não indicada para se tomar nenhuma observação séria, até mesmo porque em cada experiência era um PC diferente e se não me engano com diferentes fontes.. Ou seja, com essa preciosidade de dados ai não é possível se estabelecer a menor correlação entre um causo e outro... Dados mais perdidos que chinelo de bêbado...

Resumindo.... Capacitores esqueça...

Na verdade, se quiseres cometer essa aberração saiba que já existe até essa solução desenvolvida.... É só você colocar no seu PC que consome ou demanda 150 Watts uma fonte de 1.500 Watts. Essa dai vai ter um capacitor maior e vai segurar seu PC de 150 Watts por uns ciclos a mais..

Abraço...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quanto a sua ideia dos capacitores sim, se maiores poderiam aguentar um pouco mais, alguns ciclos a mais. Mas esses capacitores não poderiam ficar no AC e sim na CC de 310 Volts dentro da fonte de alimentação. Com uma capacitância maior desses elementos os seus diodos retificadores, filtros, etapa de entrada da fonte teriam que ser redimensionados, ou seja, seria uma nova fonte, com a finalidade de aguentar um ciclo ou dois a mais dessa anomalia que ao invés de durar 16 mili segundos poderia vir a durar 30 ou 50 mili segundos, ou seja uma aplicação tão específica que não justificaria nem um pouco o investimento.

O único cliente sensível a esse desenvolvimento seria o nosso colega Rodrigo Baleeiro, que perto do natal já teve um ou dois acontecimento desse tipo e do qual ele não sabe dizer absolutamente nada, nem seu tempo de duração, nem as tensões envolvidas nem tampouco se as lâmpadas e seu PC e quem sabe o relógio estavam alimentados na mesma fase, nas suas duas experiências de "abdução" elétrica. Experiência totalmente não repetível, de baixíssima incidência, absolutamente não indicada para se tomar nenhuma observação séria, até mesmo porque em cada experiência era um PC diferente e se não me engano com diferentes fontes.. Ou seja, com essa preciosidade de dados ai não é possível se estabelecer a menor correlação entre um causo e outro... Dados mais perdidos que chinelo de bêbado...

Fiz esses questionamentos mais por curiosidade mesmo, mais para aprender.

Quanto a tensão, é de 110v mas não tem como dizer nada sobre variação nem sobre o tempo de queda da energia, pois não tenho nem um osciloscopio, e todos os equipamentos mencionados estavam na mesma fase sim, mas como eu já disse a minha intenção é mais aprender mesmo pois como isso acontece poucas vezes, como você já disse, e eu concordo, não vale a pena o esforço ou o dinheiro gasto em um nobreak.

Valeu Faller.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Basta adotar uma fonte boa, com potência suficiente, que seu PC vai diminuir esses problemas ou elimina-los, mas tudo depende do tempo da piscada.

Provavelmente a fonte do seu Pentium 100 trabalhava com muita folga e tinha capacitores muito melhores do que sua fonte atual. Foi uma tendência daquela época pra cá as fontes reduzirem muito a sua qualidade. Lembro de abrir fontes nessa época aí, inclusive tenho uma ATX queimada de 1997, que apesar de genérica, tinha componentes de filtraguem que já há algum tempo as genéricas não possuem. Os capacitores então são ridículos nessas genéricas, os de entrada são pequenos. Já vi fonte com capacitores de 200uf em fontes de PCs da Positivo, o que é ridiculo!

Nobreak vai te ajudar nessas piscadas, mas você não taria curando o problema na raiz. Agora pra piscadas mais longas, ai só um nobreak pra resolver.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.