Imprimir artigo
Teste do Mouse Eclipse da OCZ
22/09/2009 às 13h46min por André Gordirro em Testes
23.264 visualizações
Página 1 de 5

Introdução

Produto Recomendado Clube do HardwareDepois de lançar o Behemoth (já testado por nós), um mouse de grandes dimensões voltado para usuários com mãos grandes, a OCZ lança o Eclipse, um modelo menor para jogos, mas que não deixa de fora todo o que o segmento pede: peso ajustável, botões e perfis configuráveis, alta precisão. Chegando a 2.400 dpi de resolução, ele fica atrás do próprio Behemoth (3.200) e o Mamba (também testado), da Razer (5.600), mas não comprometeu nosso desempenho, como veremos no teste a seguir.

mouse Eclipse
Figura 1: O Eclipse.

Voltado para destros, o Eclipse tem formato em cunha, com nicho de apoio para polegar e mindinho, dois tradicionais botões laterais, roda de navegação que acende para indicar o perfil de usuário. Abaixo da roda encontra-se o botão seletor de nível de resolução e quatro LEDs azuis que indicam a resolução vigente. O corpo tem cobertura de borracha e é muito confortável, podendo ser usado por horas sem causar cansaço nos dedos ou punho. Ao contrário dos concorrentes, o sistema de ajuste de peso não fica na base do mouse, que tem apenas o canhão laser e o botão de seleção de perfis, e sim no bojo do mouse. Basta retirar a tampinha e, através de uma lingueta, puxar o conjunto de quatro pesos, que aumentam em até 18g o peso final do Eclipse (chegando então a 137g).

mouse Eclipse
Figura 2: Aberto com o sistema de pesos.
ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
446.661 usuários cadastrados
1.624 usuários on-line