Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Shuttle XPC SS51G

       
 46.225 Visualizações    Testes  
 1 comentário

Testes realizados com o Shuttle XPC SS51G, trata-se de um PC compacto fabricado pela Shuttle.

Shuttle XPC SS51G
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Shuttle vem liderando a indústria no desenvolvimento de PCs compactos, vendendo-os "vazios", vindo somente o gabinete, fonte de alimentação e placa-mãe. Essa idéia - chamada mini barebone - foi rapidamente copiada por outros fabricantes, como a ECS (EZ-Buddie), a Biostar (iDEQ), a FIC (ICE-Cube) e a Soltek (Qbic), só para citar alguns.

A solução da Shuttle chama-se XPC e está dando o que falar. Medindo apenas 20 cm de largura, 29 cm de comprimento e 18 cm de altura, o XPC da Shuttle chama a atenção pelo seu design moderno e pelo tamanho reduzido.

 

Shuttle XPC SS51G
Figura 1: XPC SS51G da Shuttle.

A idéia é ter um PC de tamanho reduzido não só para ser usado como um micro comum, mas como uma estação multimídia em casa ou no trabalho, reproduzindo DVDs e MP3, por exemplo. Como o design é moderno, fica muito bonito na sala de casa ou no escritório.

O XPC é um conceito e não um produto único. Há vários modelos, tanto para a plataforma Intel quando para a plataforma AMD. Em http://us.shuttle.com/ você pode ver todos os modelos de XPC atualmente disponíveis. Podemos dizer que o XPC é um conjunto formado por uma placa-mãe compacta (19 x 25 cm), um gabinete compacto de alumínio e uma fonte de alimentação de tamanho reduzido.

Nós recebemos da Shuttle o modelo SS51G para testes, que é um modelo para processadores Intel baseada na placa-mãe FS51 da Shuttle, que usa o chipset SiS 651. Os nossos testes são, portanto, específicos para esse modelo de XPC e outros modelos poderão ter recursos a mais ou a menos do que o modelo testado, bem como o desempenho poderá ser diferente.

A frente acrílica azul chama a atenção e você pode personalizar o seu XPC comprando outras frentes da Shuttle. Na parte frontal temos uma saída SPDIF óptica, entrada para microfone, saída para headfone, duas portas USB 2.0 e uma porta FireWire (ver Figura 2). Já na parte traseira temos os tradicionais conectores de teclado, mouse PS/2 e portas seriais, além dos conectores da rede e do vídeo on-board, duas portas USB 2.0, duas portas FireWire, entrada SPDIF óptica e saídas independentes de canais frontal, traseiro e central/subwoofer do som on-board (ver Figura 3). Ter essas saídas de forma independente é excelente. Em placas-mães em que não há esse recurso, essas saídas são compartilhadas com as entradas line in e mic in, não permitindo que você use todos os recursos do som on-board ao mesmo tempo.

 

Shuttle XPC SS51G
Figura 2: Conectores do painel frontal do XPC SS51G da Shuttle.

 

Shuttle XPC SS51G
Figura 3: Conectores do painel traseiro do XPC SS51G da Shuttle.

Como falamos, o modelo SS51G vem com uma placa-mãe compacta, modelo FS51, que mede 19 x 25 cm. Vemos a placa-mãe na Figura 4 (para tirarmos essa foto nós removemos a baia das unidades de disco e o dissipador de calor do processador, que falaremos sobre daqui a pouco).

 

Shuttle XPC SS51G
Figura 4: Placa-mãe FS51 do XPC SS51G da Shuttle.

A placa-mãe FS51 é baseada no SiS 651, que tem vídeo on-board, e tem dois soquetes DDR-DIMM, aceitando até 2 GB de memória SDRAM, suportando até memórias DDR333/PC2700. Essa placa tem seis portas USB 2.0, sendo que somente quatro são aproveitadas no gabinete, e três portas FireWire (controladas pelo chip VIA VT6306). A rede on-board é controlada pelo onipresente Realtek RTL8100B e o som on-board é produzido com o auxílio do codec Realtek ALC650, que é de seis canais e possui uma excelente relação sinal/ruído. As duas portas IDE dessa placa-mãe são ATA-133.

Além disso, essa placa-mãe tem um slot AGP e um slot PCI. Ter um slot AGP é uma grande vantagem, pois você pode instalar uma placa de vídeo "de verdade" no XPC, desabilitando o seu vídeo on-board.

A fonte de alimentação do XPC tem tamanho reduzido e usa uma micro ventoinha em sua ventilação. Essa fonte nos chamou a atenção pelo seu tamanho reduzido e pelo baixíssimo nível de ruído de sua ventoinha.

O XPC vem também com um cooler para o processador. Esse cooler é um capítulo a parte, já que ele é diferente de tudo o que já vimos até hoje. A ventoinha do cooler não está sobre o dissipador, mas sim perpendicular a ele, com um sistema de transferência de calor feito através de pequenos canos (heat pipe). A ventoinha possui dois papéis: dissipar o calor transferido do dissipador de calor do processador e eliminar o calor presente dentro do gabinete. Veja na Figura 5 o dissipador de calor montado sobre o processador. Na próxima página nós analisaremos em detalhes esse dissipador de calor inovador.

 

Shuttle XPC SS51G
Figura 5: Cooler do processador e do gabinete do XPC SS51G da Shuttle.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Ola, procuro por um distribuidor do produto barebone XPC SS51G da Shutle, vi que fizeram um teste com o produto e gostaria de saber com quem conseguiram e o telefone ou e-mail de uma pessoa de contato.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×