Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Economizando no Registro de Domínios

       
 44.202 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Veja como economizar ao registrar domínios na Internet.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O registro de domínios com extensão .com, .net e .org são controlados pela InterNIC (http://www.internic.net), que é um serviço do Departamento de Comércio do governo dos Estados Unidos. Até pouco tempo atrás, o registro de domínios com extensões .com, .net e .org era feito através do site da InterNIC, que na verdade redirecionava para uma outra empresa, chamada Network Solutions, que detinha o monopólio para efetuar o registro de domínios com essas extensões. Ou seja, enquanto a InterNIC fiscalizava, a Network Solutions era quem registrava, coletando valores e os demais dados necessários para efetuar o registro.

O governo norte-americano decidiu que o monopólio da Network Solutions para o registro de domínios era injusto, liberando o mercado de registro de domínios para qualquer empresa que quisesse atuar nesse mercado, bastando, para isso, ter os pré-requisitos exigidos pela InterNIC e ser credenciada por esse órgão.

Atualmente, portanto, temos várias empresas que oferecem o registro de domínios com extensão .com, .org e .net. Uma lista completa dessas empresas você encontra em http://www.internic.net/alpha.html. Ou seja, você não precisa registrar o seu domínio através da Network Solutions, pode usar qualquer empresa credenciada pela InterNIC.

A reação imediata com essa decisão do governo norte-americano foi a queda do preço do registro de domínios. Quando detinha o monopólio, a Network Solutions cobrava US$ 70 para o registro de cada domínio. Atualmente, esse preço caiu para US$ 35, de modo a enfrentar a concorrência, que está cada vez mais feroz.

Pesquisando atentamente, você encontrará empresas como a www.buydomains.com que oferece o registro de domínios por apenas US$ 16! Outras empresas são especializadas em clientes que possuam um alto número de sites na Internet, oferecendo registros por preços ainda mais baixos. É o caso da www.bulkregister.com, que oferece registros por US$ 10 por cada domínio (mas você tem que registrar, no mínimo, 50 domínios). A própria www.buydomains.com oferece o registro de cada domínio por apenas US$ 9 se você registrar mais de 1.000 domínios.

Ou seja, a história agora é pesquisar! Lembrando que, se você já possui um site na Internet com endereço .com, .net ou .org registrado através da Network Solutions, você pode renovar o registro através de qualquer outra empresa, aproveitando os preços mais baixos.

E aqui no Brasil? O monopólio do registro de domínios com terminação .br pertence à Fapesp (http://registro.br), que atualmente cobra R$ 40 para o registro de cada domínio. Esse preço já caiu bastante, é verdade: no passado o registro era mais caro. Mas será que se aqui no Brasil fosse usado o mesmo sistema norte-americano esse preço não cairia ainda mais? Ou melhor: será que não seriam modificadas as regras que tanto dificultam e burocratizam o registro de domínios no Brasil? Ao contrário do que ocorre no exterior, no Brasil somente empresas podem ser proprietárias de domínios com extensão .com.br e cada empresa só pode ter, no máximo, 10 domínios! E ainda não são aceitos caracteres de acentuação, ao contrário dos domínios no exterior, que já permitem esses caracteres (é possível registrar o domínio www.ação.com, mas no Brasil é necessário registrá-lo como www.acao.com.br, já que o sistema nacional não permite acentuação).

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário







Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×