Imprimir artigo
Teste do Teclado Aivia Osmium (MX Brown) da Gigabyte
por em Testes
Última atualização:
16.539 visualizações
Página 4 de 6

Jogando com o Osmium

Produto Recomendado Clube do Hardware

O Osmium com teclas Cherry MX Brown foi feito para quem gosta de sentir uma resposta ao apertá-las, ainda que suave; ao contrário das Cherry MX Red (do modelo de iluminação azul), que são tão discretas que nem parecem mecânicas em si. Aqui vai, novamente, a crítica à falta de uma nomenclatura melhor por parte da Gigabyte para distinguir os dois produtos; se isso pode causar confusão em um texto, imagine na prateleira de uma loja. Independente da tecnologia das teclas, o Osmium tem uma precisão impressionante; a sensação de “estar no comando” é um pouco mais acentuada nesse modelo pela resposta tátil das teclas Cherry MX Brown. Sentimos que é mais difícil errar um clique, pois a sensação nos dedos confirma ou não a digitação..

Osmium
Figura 12: Apoio de pulso encaixado

Consideramos as macros mal localizadas, porque ficam muito acima no topo do teclado e obrigam o jogador a abandonar o conjunto WASD para acionar as G1-G5; seria interessante que elas ficassem à esquerda ou que houvesse as duas opções (acima e à esquerda), para o usuário deixar os comandos mais ofensivos na lateral, onde o acionamento é mais ágil, enquanto reservava as macros do topo para funções menos urgentes. Como as macros ficam distantes, programamos apenas ações que não têm relação com combate, como a venda de itens sem valor no World of Warcraft.

Osmium
Figura 13: Teclado iluminado

A ideia de ter rodas parecidas com as de um mouse no teclado é ótima. O acionamento do volume e da luz é mais instintivo dessa forma, porém os comandos multimídia mereciam um conjunto próprio, similar ao das macros, em vez de ficarem relegados à associação com as teclas de função F1-F4.

Em termos de resistência, por ser pesado, o Osmium ficou perfeitamente estável sobre a mesa, mesmo no calor do combate em partidas de FPS. O cabo pesado não é tão flexível e, dependendo da disposição dos equipamentos do usuário, pode dar um pouco de trabalho para ser plugado. Por outro lado, com um hub completo à disposição, é possível plugar no teclado um mouse e um headset (tanto digital quanto analógico), sem nunca mais se preocupar em fuçar atrás da torre do PC.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.820 usuários cadastrados
1.099 usuários on-line