Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Denyson Guimarães

Java Alguém pode me ajudar e entender

Recommended Posts

Veja só.


A forma mais fácil de detectar esses erros de compilação é simplesmente ... mandar compilar.

 

Baixe o Eclipse Oxygem java no seu computador e pratique. Escreva programas, compile, veja os erros, conserte, compile de novo, veja outros erros, conserte, compile de novo, veja os erros, conserte, até você pegar a manha. Programação se aprende com a prática.

 

Os exercícios de 1 a 6 são resolvíveis por edição/compilação dos códigos fontes que foram fornecidos. Basta tacar o trecho do programa no IDE (Eclipse, Netbeams) e ele dá  a dica do que tá errado.

 

No exercício 1, o erro é que tá faltando ponto e vírgula. Compile que o compilador vai mostrar onde.

No exercício 2, o erro é que tá faltando ponto e vírgula e está faltando também fechar e abrir as chaves {} corretamente. Analise e verá. Se você usar um Eclipse ou Netbeams, eles já detectam o erro durante a edição do programa, dando a dica da linha que tem o erro. Como ver isso funcionando ? Só praticando.

 

No exercício 3, o erro é na hora de dar nome as variáveis. Quais são as variáveis que aparecem no programa ? Elas tem nomes válidos ? Analise.

 

No exercício 4, o erro também tem a ver com o nome da variável. É uma pegadinha. A variável pode ter qualquer nome ? Ou tem palavras que não podem ser usadas como nomes de variáveis ? Analise.

 

No exercício 5, o erro é ... num tem erro de compilação! Porém, o programa não faz nada. Porque ? Será que é um erro de lógica ? Ou tá faltando alguma coisa ? Preste atenção e verá o que está faltando.

 

No exercício 6, o erro é ... algo que já vimos aqui nessa lista de exercícios, num exercício anterior. 

 

A partir do exercício 7 em diante a coisa fica mais interessante. 

 

No exercício 7, é o mais interessante. Antes de danar-se a fazer o programa, imagine que você tem as réguas de tomadas nas suas mãos e faça as contas de como cacula o número de tomadas disponíveis. Comece com uma régua com 2 tomadas. Depois pense em duas réguas com número de tomadas diferentes (todos maiores que 2 e menores que 6). Faça uma tabelinha , assim

2 réguas -

régua1 ........ 2 tomadas .... 3 tomadas .....4 tomadas ... 5 tomadas ... 6 tomadas 

régua 2                                      .

2 tomadas                                 .

3 tomadas                                 .

4 tomadas........................... (2+4) ou (3+3) .

5 tomadas

6 tomadas 

 

resolvi para você o caso de 2 réguas, sendo que uma com 4 tomadas e outra com 3 tomadas. Consegue entender como faz a conta de quantas tomadas sobram  ? 

Depois que entender como funciona com 2 réguas, expanda o raciocínio para 3 réguas e tende descobrir a lei de formação, a fórmula matemática que .. dada a quantidade de tomadas de cada régua, calcula o total de tomadas disponíveis, que é a quantidade de equipamentos que podem ser ligados, concorda ? 

 

Os exercícios 8 e 9 consistem na aplicação direta das fórmulas que aparecem nos enunciados. Tudo que você tem a fazer é escrever o programa e os comandos para obter os dados pedidos. No caso do exercício 8 é só obter os valores para as variáveis a, b e c do teclado, fazer a conta como o enunciado diz e exibir o resultado. Se ligue que tem que fazer um import no começo do programa para a função sqrt funcionar.

 

O exercício 9 é mais fácil ainda pois o enunciado pede explicitamente que os valores das variáveis sejam atribuidos o início do programa. Chuta uns números para xnum1, xnum2 e xnum3 e taca a fórmula para fazer o cálculo. A mesma coisa aqui em termos de import. Tem que importar para poder fazer log funcionar.

 

O Exercício 10 é só fazer o teste de mesa, acompanhar o código e ver o resultado. Se ler o código do programa com atenção vai entender o que o programa faz. 

 

O Exercício 11 é para fazer avaliação de expressões lógicas e depois seguir os ninhos de if's. Requer atenção. Na dúvida, taque o programa no Eclipse, rode ele e veja o resultado. O importante não é saber qual é o resultado mas como o programa chegou a tal resultado. A ideia desse exercício é que o aluno entenda como o programa funciona e o que ele faz.

 

O Exercício 12 é uma variante do exercício 10. Imagine que em vez de votar em candidatos, você estaria votando em carros. É a mesma coisa .. Ou seja, a resposta do exercício 12 é a pergunta do exercício 10 (com algumas modificações)

 

O Exercício 13 é super chato. Num tem graça nenhuma. Tem uma pegadinha que é a conversão de int para double no meio da expressão. Parece complicação mas é só obviedade.

 

O Exercício 14 é um somatório dentro de um for que acontece ..... (quantas vezes? .. hein ?? hein ?? pense direitinho)

 

O Exercício 15 é tão chato e sem graça quanto o 13 só que a pegadinha agora é na declaração das variáveis que já são double na hora de fazer a conta ... 

 

O Exercício 16 é uma variante mais interessante do exercício 14. Os exercícios  17 e 18 também, tudo muito parecido. Se fizer um, faz o outro facilmente. Num tem mistério.

 

O Exercício 19 é só seguir o programa e monitorar os valores das variáveis. Chato.

 

O Exercício 20 é a famosa série de Fibonacci. Acho que esse algoritmo, junto com o algoritmo para calcular fatorial de um inteiro, é o algoritmo mais usado em exercício de iniciação a programação. Pense em como você faria manualmente, anote os passos que você fez manualmente e tente fazer o programa reproduzindo esses passos.

 

O exercício 21 é para testar se um número é primo. Dica, número primo é aquele que só é divisível por ele e por 1. Então faça um laço que começa com 2 e vai até a metade do número. Tente obter o resto da divisão do número informado por essa variável do laço. Se o resto for 0 (zero) significa que existe um divisor para aquele número, portanto ele não é primo.

 

O exercício 22 , fazer a tabuada de um número. Se eu fosse você, não me limitaria aos 8 números que ele está pedindo no exercício. Faça para qualquer quantidade de números e irá impressionar o seu professor (além de aprender). Dica: cada tabuada é um laço for

 

O exercício 23 resolve um problema que já foi mencionado aqui nesse post. Qual será ? 

 

O exercício 24 é uma pegadinha. Preste atenção nele. O que é que ele faz ? Dica, já foi mencionado aqui nesse post duas vezes.

 

O exercício 25 é uma tiração de onda grande, trolagem grande mesmo que o seu professor fez com você :) Não fique com raiva dele, ok ? No fundo é engraçado :)

 

O exercício 26 é o mais complicado de fazer porém a solução é simples. Só requer pensar um pouco no laço e no que vai dentro do laço. 

 

Por favor, me informe se você tentou fazer algum desses exercícios e teve dificuldade. Recomendo postar cada um deles separadamente.


Outra pergunta: você quer aprender a resolver esses exercícios ou quer que alguém faça-os para você ? 

 

 

adicionado 1 minuto depois

Eu morei em Manaus quando era garoto :) Gosto muito dessa sua terra.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como estão as coisas aí ? Com os exercícios ? Desenrolou ? Tá precisando de ajuda ? Quer uma pizza ? Se espirrar ... saúde.

 

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu quero aprender sim só queria uma ajuda mais obrigado , estou tentando o meu máximo pra resolver

adicionado 1 minuto depois

estou indo ate que bem mais ainda não entedi muito bem a questão 7 mais hie vou a um grupo pra estudarmos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Denyson Guimarães disse:

ainda não entedi muito bem a questão 7

Faça o exercício mental de preencher a tabela

 

Tomei a liberdade de fazer uma planilha em Excel para ajudar você  a pensar nesse exercício

 

tomadas possíveis.xlsx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×